Home Nota Oficial Comando da Aeronáutica Pré-seleciona candidatos do Projeto F-X2

Comando da Aeronáutica Pré-seleciona candidatos do Projeto F-X2

167
108

O Comando da Aeronáutica informa que, em obediência ao cronograma de renovação da frota das aeronaves de combate da Força Aérea Brasileira – FAB, completou mais uma etapa do processo de seleção dos novos caças multi-emprego a ser incorporados ao seu acervo.
A Comissão Gerencial do Projeto F-X2 (CGPF-X2), instituída em 15 de maio de 2008, conduziu os estudos de avaliação das aeronaves pré-selecionadas (Boeing F-18E/F Super Hornet, Dassault Rafale, Eurofighter Typhoon, Lockheed Martin F-16 Adv, Saab Gripen NG e Sukhoi SU-35), de forma a elaborar uma lista reduzida (short list) nesta etapa do processo.
A concretização desta short list visou a garantir o atendimento aos requisitos operacionais para aeronave de caça multi-emprego estabelecidos pelo Estado-Maior da Aeronáutica e permitir o aprofundamento das avaliações dos sistemas de armas candidatos que foram selecionados nesta fase.
Os estudos tiveram por base as informações fornecidas pelas empresas em resposta aos pedidos de informações (do inglês Request For Information – RFI), emitidos em Junho de 2008. Os dados provenientes das empresas participantes foram avaliados de forma sistêmica, considerando aspectos referentes às áreas operacional, logística, técnica, Compensação Comercial (offset) e transferência de tecnologia para a Indústria Nacional de Defesa.
A partir de agora, na nova etapa do processo de seleção, as avaliações irão concentrar-se nas seguintes aeronaves componentes da short list (listadas aqui em ordem alfabética dos respectivos fabricantes): BOEING (F-18 E/F SUPER HORNET), DASSAULT (RAFALE) e SAAB (GRIPEN NG).
As 36 aeronaves, que integrarão o 1º lote, deverão ser entregues a partir de 2014, com expectativa de vida útil de, no mínimo, 30 anos. Assim, ao longo dos próximos anos, haverá a substituição, gradativamente, dos atuais caças Mirage 2000, F-5M e A-1M. O conjunto de conhecimentos e capacitação tecnológica adquiridos nesta aquisição irá contribuir para que o Brasil tenha condições de produzir ou participar da produção de caças de 5ª geração em um futuro de médio e longo prazo.
Por fim, o Comando da Aeronáutica ressalta que este processo representa um importante avanço para sua Indústria de Defesa com reflexos duradouros, possibilitando parcerias estratégicas de longa duração. No correr do próximo ano, deverá ser conhecido o vetor selecionado, tão logo as fases subseqüentes sejam concluídas.

CENTRO DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA AERONÁUTICA

Subscribe
Notify of
guest
108 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Walderson
Walderson
12 anos atrás

Caraca,
o azarão do F-18 passou para a nova fase. Será que rolou lobby (sei lá se é assim que se escreve). Americano não transfere nada. Vai entender. Eu nunca confiei em promessa dos EUA.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

O conjunto F-18E/F/AIM9X/AIM120C é sem dúvida o melhor se comparado com o Rafale/Mica. Mesmo o Gripen NG é melhor que o Rafale, que até onde eu sei só opera os Micas, que na função BVR é limitado.
Se vier com “ferrões” o melhor é o Hornet.
Mas será que vem? Ou tem aquela velha história dos mísseis “ficarem lá” nos States?

Direto do Céu Azul
Direto do Céu Azul
12 anos atrás

Bosco, isso é papo de internet. Se comprarmos os F-18, só não receberemos os misseis se não pagarmos por eles. Tinha uns Derby lá em BASC que depois eu soube foram devolvidos por falta de pagamento. Se é vero eu não sei, mas foi o que rolou. Mais do que nunca esta entrevista com o VP da Boeing ganha força: Esta é a nossa melhor hora, já entregamos mais de 360 Super Hornets, nos encontrando quatro meses adiantados em relação ao cronograma de entrega acertado. Desta vez, o cronograma do F-X2 está muito agressivo, nós retiramos o documento de solicitação… Read more »

Fábio Max
12 anos atrás

O SU-35 já era…

Fábio Max
12 anos atrás

E dará Gripen ou Rafale… mas agora aposto no Gripen.

pablo
pablo
12 anos atrás

tenho certeza de que se vierem os F18, eles virao “chipados” ou seja, os yankes saberao SEMPRE onde os nossos F18 estao…
nao confio em americano

Diego
Diego
12 anos atrás

Acho que o F/A-18E Super Hornet seria uma boa escolha pois tem a versão naval!Só ñ sei se ele poderia operar o NAe São Paulo,se alguem poder tirar minha duvida?

konner
konner
12 anos atrás

Lamento pelo aparelho em sí, [ SU-35 BM ] um caça extraordinário.

Confio na FAB, sempre confiei.

É comandada por brasileiros QUALIFICADOS e extremamente COMPETENTES.

Contudo, seria simplicidade minha imaginar que um empreendimento desta magnitude obedeceria unicamente a critérios técnicos referente ao equipamento em sí.

Agora, não tenho dúvidas que a escolha será pelo que for melhor para — “o Brasil “.

Portanto, levando-se enconta — ‘o conjunto de tudo o que está em jogo’, e não é só equipamento.

Fernando_SP
Fernando_SP
12 anos atrás

Rs..Pablo, já vi que tua desconfiança dos americanos não é lá muito racional. E para o “direto do céu azul!é isso mesmo que vc disse, esse negócio de não entregar, não cumprir é papo de internet. Você tem razão!! Ninguém tem que ficar acreditando em promessa!!! Se vc acredita nisso, acredita em papai noel também! O que vale é o que está no contrato. E só não vamos receber se não pagarmos. E ponto!

Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
12 anos atrás

Thanks god no Su-35BM! Que pena que o Typhoon saiu também. Sobre o F-18E/F li um entrevista do diretor da Boeing que falou sobre a aprovação do congresso americano para transferência tecnologica do radar AESA dos F-18. Lembrem-se que o tio sam está meio desesperado com a crise imobiliaria e fará de tudo pra ganhar algum dinheiro. Lembrem-se também que com o F-22 operando e o F-35 já voando o F-18E/F e sua tecnologia já não é tão de ponta ou sensivel assim. Mas ainda prefiro o Rafale ou o Gripen. Bosco você acha mesmo o conjunto Rafale + Mica… Read more »

João-Curitiba
João-Curitiba
12 anos atrás

Não vejo problema na transferência de tecnologia do F 18. Assim como a VW não se importa em transferir a tecnologia do Gol. Agora mais do que nunca os EUA precisam de alguém na região para fazer frente ao novo “eixo do mal” que está se formando na região. Acho que o único impecilho por enquanto é o governo do PT, não muito confiável ideologicamente. Mas não podemos perder mais este bonde da história. A Colômbia é hoje o maior parceiro estratégico dos EUA na AL e vai que o Tio Sam resolve por suas fichas lá? Mas se for… Read more »

Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
12 anos atrás

De uma forma a vinda dos F-18 abriria parametro para a MB tmb pensar em uma futura aquisição…

Porem da mesma forma q o F-18 tem sua versão naval, o Rafale tmb tem!!

Entao vamos torcer para o Rafale, ja pensando em uma açao desse tipo por parte da marinha!! Ja pensou Rafale M ?!?!

pablo
pablo
12 anos atrás

Fernando_SP, acho que nao sou eu quem acredita em papai noel… mas enfim, se os yankes transferirem mesmo o radar AESA para nos, esta de bom tamanho… discordo do seu ponto de vista de que qnd vc diz que a minha desconfianca e americanos nao e la muito racional, eu so nao sou baba ovo de americano… como disseram, eesse aviao e foi projetado ha muito tempo atras… e como o FX2 vem pra ficar uns 30 anos ou mais, acho que o F18 ter uma concepcao mais antiga do que o Gripen e o Rafale, acho que a briga… Read more »

edilson
edilson
12 anos atrás

buáaaaaaaaaaaaaa…
mas vejam ao que parece o 5G tá de pé

Fábio Max
12 anos atrás

Desconfiar dos americanos não é algo despropositado, afinal, eles são “lisos” mesmo.

Mas eu desconfio mais de russos e chineses, porque país por país, os EUA são uma democracia plena…já nesses outros…

tomas
tomas
12 anos atrás

Eu falei nateriormente que o Pentágono está fazendo uma “bruta força” para recolocar seu material militar na América Latina. Para isso nada como olhar com mais atenção para o Brasil, a maior potência econômica e democrática da região. Tendo em vista a quantidade de novos governos esquerdo-populistas que pipocam no continente os EUA querem um país mediador-moderador forte o suficiente economica e militarmente, e que principalmente seja aliado para conter futuros arroubos agressivos anti-democráticos na região. Quanto aos off-sets, corre na boca pequena que além de alguns investimentos virão uma pancada de armamentos para as FAs, principalmente para o EB… Read more »

konner
konner
12 anos atrás

Esta definição por parte do Brasil, talvez explique [ Também ] a atitude mais contundente de Moscou no que tange a aumentar e aprofundar a relação com Caracas.

Douglas
Douglas
12 anos atrás

Eu não tenho problemas ideológicos nem com França nem com os EUA. com os Russos, pesa a insegurança de não cumprirem contratos. duvidas com relaçaõ a capacidade do F 18 e rafale? Simples, peçam duas unidades de cada e desenvolvam aqui um programa de testes em concorrencia, para ver qual é o melhor, desde que as partes aceitam transferir alguma tec. É assim que a USAF escolhe seus caças, poe pra voar e analisa suas qualidades. Não adianta ficar lendo manual e depois dizer com base no que leu qual melhor avião. Também é um exagerado escolher unicamente com base… Read more »

Douglas
Douglas
12 anos atrás

Aos convivas, lembro que o projeto do Rafale remonta a 1975/77, voo em 1986. Já é trintão. E pesa contra o fato de nunca ter sido produzido em larga escala, ainda se encontrar em fase de integração de sistemas ( versão F3), por falta de dinheiro na frança, e nunca ter sido experimentado em combate ar ar. Tambem não vendeu em lugar nenhum onde foi oferecido. Dos tres o unico realmente novo é o Gripen. Se o conceito é idade o Gripen vence. Depois, em segundo, o F 18, pois o Superhornet é um projeto praticamente novo da decada de… Read more »

dumont
dumont
12 anos atrás

Caros blogueiros, qualquer um dos três representará um salto imenso para a FAB , além de imediatamente se tornarem a vanguarda do poder aéreo da AL (sem falar nos F5M e AMX M). Acho que o Gripen (NG!) tem a vantagem pela facilidade de operar armas já usadas pela FAB (Derby) e que serão usadas no futuro (A Darter). Mas logo logo tanto Gripen qto o Rafale (o único sem supercruiser?) vão poder usar o Meteor. Quanto ao F18, não podemos nos esquecer que operadores qualificados (Suíça e Finlândia) adoram o avião (nas versões C e D!! e sem transferência… Read more »

Douglas
Douglas
12 anos atrás

Contudo, acho que o Rafale tá na dianteira. Existe um distanciamento do governo atual com os EUA hoje em dia.

marujo
marujo
12 anos atrás

Aposto no F-18 por uma série de questões. Primeiro não vamos querer marginalizar os EUA de nosso programa de modernização militar, transformando-os quase num eventual agressor. Segundo,a consolidação do eixo Caracas-Moscou é fator de aprofundamento de tensões, o que nos deixa mais próximos dos americanos. Terceiro, porquue o Super Hornet deve vir acompanhado de uma série de armamentos transferidos, que podem ter alguma utilidade em um cenário quanto ao nosso. Por último, não é bom para o Brasil ficar tão dependente assim da França quanto a aliança estratégica faz supor. Quanto ao avião em si, não acredito que seja inferior… Read more »

Douglas
Douglas
12 anos atrás

Ok Marujo, procede. Mas o governo atual é tão distante politicamente dos EUA que não vejo noivado nessa história.

edilson
edilson
12 anos atrás

caro Douglas todos os 3 aviões remontam de projetos desencadeados no fim dos anos 70 inclusive o gripen…

Robson Br
Robson Br
12 anos atrás

“DEFESANET 01 Out Defesa Notification to Congress of a possible Foreign Military Sale to Brazil of UH-60L Black Hawk Helicopters” Com a notícia da compra de 15 UH-60L Black Hawk pode estar dando zebra mesmo. Pode estar pintando F18 hornet, futuramente um esquadrão de F35, um porta aviões convencional usado e muito mais. O espaço americano na América latina ficou muito pequeno e o único país confiável é o Brasil. Eles não vão querer perder este espaço. Pela rapidez que o processo e pela necessidade imediata da FAB, pode ser o F18. Gosto muito do Rafale, mas acho que ainda… Read more »

Clausewitz
Clausewitz
12 anos atrás

Esta já é do Rafale. Que é um baita avião!

henrique
henrique
12 anos atrás

mais uma piada, tiraram o sukhoi, pra q o rafale ganhe, pois dai eles podem dizer q o f-18os EUA nao tranferem tecnologia e o Gripen tem baixo raio de açao, esses cara sao uns …, a FAB tem pessoal qualificado mais so sob pra alto oficialato quem o nosso amante da cachaça quer, novamente imagine quanto eles nao vao tirar de uma compra de bilhoes, se ja tiram milhoes de cartoes!

Alitson
Alitson
12 anos atrás

AiAiAiAi…

É… Esse filme tem final conhecido… Pelo menos a FAB sabe o que faz…

paulo
paulo
12 anos atrás

Vendo o que sobrou vou na contramão da maioria: já deu hornet. Explico: 1 – Os EUA já estão trabalhando com duas opções muito mais avançadas que o F18 (f22/f35) então tecnicamente estariam vendendo material que já conhecessem e suplantaram (não haveria o risco de ver material superior ao seu (PAK-FA) nas nossas mãos cucarachas); 2 – Os EUA estão em recessão e tanto Republicanos quanto Democratas sabem que o que movimenta sua economia é industria de base, principalmente a militar (ah se tivéssemos esse entendimento entre nossos governantes). Então nada melhor que vender uns Fs ao Brasil para alavancar… Read more »

edilson
edilson
12 anos atrás

senhores o hornet continuará sendo o principal avião da marinha dos EUA portanto as alegações de que será encostado logo não procede.
a boeing inclusive estuda a possibilidade de desenvolver novas versões…

Roberto
Roberto
12 anos atrás

dos três, particularmente, acho melhor o F18, avião por avião, ele já esta testado em batalha, tem bom raio de ação e armamentos… pela entrevista do presidente da Boeing todos os códigos fontes estarão abertos, com isso pode-se acoplar qualquer tipo de armamento; na mesma entrevista ele disse que a empresa pode fabricar aproximadamente 55 aviões/ano, então em um ano estaríamos recebendo todos; se for confirmada a compra de 120 unidades, pode-se pedir à Boeing consultoria, como off set, para o desenvolvimento de uma caça 100% nacional. O Rafale tem a seu favor a logística, a experiência em armamento francês… Read more »

Cinquini
12 anos atrás

Eu aposto a minha cueca velha que já deu Rafale, mas se der Super Hornet tb seria de bom tamanho 😀

RLobo
RLobo
12 anos atrás

Gostei da decisão da FAB: F18, Rafale e o Gripen NG. Se o F18 vier com o radar AESA e os codigos fontes abertos, aposto como o F18 ganha e acredito que teriamos um avião superior a todos os latinos (MIG 29 Peru, SU30 da Venezuela e F16 do Chile). Agora convenhamos… os EUA é o unico que possue capacidade industrial para entregar todos os caças que o Brasil precisa bem mais rápido. Lembram do tempo que a França entregou os Mirage 2000 ao Brasil? Será que ela tem GAP industrial para fornecer de maneira rápida e segura o que… Read more »

welington
welington
12 anos atrás

Caraca estou desapontado o su-35BM era o melhor e acho que teria a melhor trasferencia tecnologica devido a russia ja nos ajudar nos progamas do vls.Estou desapontado.

Fernando_SP
Fernando_SP
12 anos atrás

Pablo…aqui ninguém é baba ovo de americanos. Nem de chileno mané. Se teus clientes são americanos tb é problema teu. O negócio é que se passaram a perna nos chilenos, dúvido que isso aconteça aqui. E é claro que ninguém vai passar a tecnologia do AESA. De qq maneira o Rafale vai ser escolhido. O que não é nada mal.

Walderson
Walderson
12 anos atrás

Amigo Douglas,

por várias vezes vi vc escrever sobre o problema da dupla Rafale/Mica em combate BVR. Poderia esclarecer-me?
Um abraço.

Carlos
Carlos
12 anos atrás

A Bolivia vai compra helicoptero da russia, mas um pais se aliado ao URSO VERMELHO, brasil que nao abra bem os olhos, agora so falta o EQUADOR se alia ao ruuso, ai vamos ver muitos PAK-FA voando sobre nosso espaço aereo, nossos politicos so fud…….. o brasil com essas escolha mau feita, tenho pena da FAB, agora tem que se preucupa com o CHAVES e o INDIO MALUCO do molares.

Carlos
Carlos
12 anos atrás

correçã
helicopteros da russia

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Tiago Jeronimo, No início o Mica foi inovador, notadamente o TVC e os 2 tipos de cabeça de busca (IR e RF), que eram características inéditas no ocidente, mas depois se mostraram um tanto quanto inadequados. Na arena “dentro do alcance visual” ele é muito grande e caro (excede as especificações). Se não me engano a versão IR custa tanto quanto 2 AIM9X, e a versão RF custa como 3. Na arena “BVR” ele tem alcance pequeno, incompatível com a tecnologia de radares atuais e com o nível de “furtividade” das aeronaves lançadoras, no caso o Mirage 2000 e o… Read more »

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Um caça de quarta geração e meia não pode se dar ao luxo de ter um míssil BVR de alcance pequeno. De quanto mais longe ele puder engajar seus alvos melhor já que não tem um nível de furtividade elevado.
Em um hipotético combate BVR entre o Rafale com o Mica, o Typhon com o futuro Meteor e o F18E com o AIM-120 (C5), provavelmente o Typhon sairia vencedor.
Já um F22 ganharia de todos com o AIM-120, porque sua “furtividade” permite que se aproxime mais.

Igor
Igor
12 anos atrás

Apesar dos pontos forte citados em favor ao Super Hornet, acredito que o vencedor será o Rafaleco, só pelas declarações do nosso ministro levar a crer isso.

João-Curitiba
João-Curitiba
12 anos atrás

Prezado Robson BR.
Não acredito em F35. Mas você citou um NAe convencional usado. Quando da compra do Foch (São Paulo), foi analisado também a compra do Saratoga, mas o preço era muito superior ao francês. Agora surge a oportunidade de uma barganha. Compramos os F18, 120 pra FAB e mais outros para a MB, desde que nos disponibilizem um NAe usado. A preço de ocasião. Caso contrário, tá assim de francês e russo querendo vender pra nós…

Paulo Taubaté
Paulo Taubaté
12 anos atrás

Pergunta: Se der Rafale, qual vai ser a compensação para o EEUU. Pq, eles não vão ficar de mão abanando….

Tiago Jeronimo
Tiago Jeronimo
12 anos atrás

Bosco,

Não tinha essas informações sobre o Mica mas vou dar uma pesquisada, se o Mica é ruim podemos comprar/fabricar Derbys para o Rafale. Acredito também que se o Mica é tão ruim como você fala a França logo logo vai desenvolver algo melhor. Quanto ao meteor se não me engano ainda falta muito tempo para ele entrar em produção. Agora o AIM-120 é um senhor missel apesar de ter tido um kill ratio meio acanhado nas ultimas guerras.

Sds.

Baschera
Baschera
12 anos atrás

Como toda novela de drama brasileira que se preze, mataram o personagem principal. Longe de terminar, a trama, agora ficou até mais envolvente com a “surpresa” de inclusão do F/A 18-SH. Teria o Tio Sam “mandado” matar o “belo” SU-35 de modo que seu “filho” F/A-18 casasse com a FAB ?? E o pretendente gaules deixará que os planos de Titio Sam o empurrem para a solteirice ??
E quanto ao loiro suéco, o que fará para convercer a FAB de que seu amor é verdadeiro e promissor ??
Não percam os próximos capítulos de FX-2 Tupiniquim…..
Sds.

Bosco
Bosco
12 anos atrás

Tiago, o Mica está longe de ser ruim. Ele é muito bom para combate de curto alcance. É até “bom demais”. Para combate “além do alcance visual” pode-se dizer que ele seja um pouco “inadequado” quando comparado com seus congêneres (Amraam, R77 e o futuro Meteor). No combate BVR é comparável ao Derby e ao R-darter, embora seja um pouco melhor do que eles por ter atualização por data-link. Se tivéssemos os Micas nos nossos Mirage e os Python IV, V e Derbys nos F5M teríamos ótimas armas de dissuasão. Sem dúvida o conjunto Mirage200/Mica é superior a qualquer coisa… Read more »

KELP
KELP
12 anos atrás

Amigos, não tenho nada contra os americanos mas não dá pra confiar neles, concordo com o amigo Pablo, chipado é a palavra, um amigo no blog naval falou sobre M-2000-9. é de se pensar, também escutei falar mas que seria uma compra secundária pra entrega imediata e que seriam apenas 9 unidades. Amigos são boatos, mas vale apena trocar ideias sobre o assunto.

KELP
KELP
12 anos atrás

amigos, vi o jornal da globo, infelizmente acho que vai dar hornet. é o mais barato de operar, possui o menor preço unitário, possui maior autonomia e vem com tecnologia dee ponta, seguido de kit hawk concerveja.

Nelson Lima
Nelson Lima
12 anos atrás

Gente, vamos parar de papo e vamos coçar o bolso pra ajudar o blog. Vou confessar. sou praticamente um desempregado!Meu celular nem foto bate!Mas sei que os compatriotas aqui já encomendaram seu iphone. vamos lá,pessoal. quero saber do reesultado do FX2 por aqui.

welington
welington
12 anos atrás

Otima historia Baschera rsrs.
infelismente vai dar Rafale os Françeses estão desesperados para vender essa novela vai ter o pior final que poderia ser imaginado.
Hoje estou triste estou viuvo.