domingo, maio 9, 2021

Gripen para o Brasil

Briga boa na reta final do F-X2

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Agora que estão definidos os três finalistas do F-X2, será possível analisar detalhadamente qual aeronave se encaixa melhor nos requisitos da FAB e na estratégia de Defesa do Brasil.
No Blog do Poder Naval foi levantada a questão de que a aeronave escolhida poderia também ser selecionada pela Marinha para emprego no seu navio-aeródromo São Paulo, algo que seria vantajoso para o País em termos de custos e facilidade de treinamento e manutenção.
Em próximos posts vamos analisar os prós e contras dos três concorrentes finais. Que vença o melhor para o Brasil!

- Advertisement -

90 Comments

Subscribe
Notify of
guest
90 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
CorsarioDF

É o Su-35 se fu…!!! Uma pena sem dúvida, o que mais me irrita no Rafale é a sonda “fixa” de abastecimento, aquele apêndice deve ser um “avestruz” nas telas dos radares inimigos, a França poderia melhorar esse item em particular, aumentando em muito a descrição do avião (poderia colocá-la como a do Su-35 que é retrátil). Eu sinceramente torcia pro Su-35 e o Rafale era minha 2ª opção, agora é a 1ª sem pestanejar. Sds.

FALCON

Como já disse no blog naval, dos tres o melhor sem sombra de dúvida é o F/A-18 mas c/ certeza os yankes não vão liberar os codi.-fontes não adianta nem vim,então bem vindo RAFALE.

FALCON

OBS:O MEU FAVORITO TAMBÉM ERA O “MONSTRO” CHAMADO SU-35,MAS NÃO DEU FAZER O QUE?

welington

O melhor seria com certeza o su-35BM, com os Russos nos ajudando no programa VLS acho que teríamos a melhor transferência tecnológica por parte deles alem de participarmos do desenvolvimento de um caça de 5º geração o PAK FA, mais como a decisão foi política e como vamos ficar com um dos três acho que Dara o Rafale o Gripen tem muitos componentes americanos que eles nunca iriam nos passar tecnologia de todos os mesmos, a meu ver o F-18 não tem a menor chance, americano transferindo tecnologia de radares, códigos fontes, motores nunca. Infelizmente vai dar Rafale.

pjms

Realmente, gostaria também que fosse o SU-35BM, mas este creio foi retirado, para que entrasse o F-18, que ao meu ver foi uma política do barbudo com os EUA.Também acredito no Rafale. Final de agosto nosso ministro da defesa, sr. Jobim já teria declarado o Rafale como vencedor, inclusive afirmando que já viria um primeiro lote de 12 caças e que seria fabricado/montado aqui no Brasil o complemento do lote. Creio também que por o Brasil, agora para mim mais do que confirmado, estar negociando os sub e fragatas com a França, já seria mais fácil a França repassar a… Read more »

Hornet

Bon Jour, mon amis É pessoal, o jeito vai ser, de agora em diante, escrever os posts em francês…Também me surpreendeu a saida prematura do SU-35, mas não me supreende a escolha pelo Rafale (ou alguém ainda tem dúvida sobre essa escolha?!!!)…Acho que desde o começo da história do FX-2, o Rafale já era cotado como um dos favoritos, e a cada dia que passa vem confirmando esse favoritismo. em 29 de agosto deste ano, o Estadão publicou esta matéria: “O ministro da Defesa, Nelson Jobim, deu sinais ontem de que prefere o modelo francês na compra dos novos caças… Read more »

Douglas

Olha, eu duvido que a FAB colocasse o F 18 na lista final se nao fosse garantido a abertura de códigos e sistemas. Faltando isso, seria um recado pra franceses não serem taõ generosos. questão de politica. A FAB deve ter conseguido um compromisso americano e com isso vai pressionar os franceses a darem o maximo que puderem. Vamos ver.

Hornet

Mas, como diria o filósofo Juarez Soares, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Ou seja, o FX-2 é uma coisa….a parceria com a Rússia é outra coisa. Claro que sem o SU-35 no páreo do FX-2, a tal parceria com o PAK-FA pode ter ido pro brejo….mas pode ser que não. Já ouvi (e li) declarações tanto do Mangabeira como do Jobim, que o que interessava nessa parceria com a Russia não era o avião em si, mas sim a tecnologia, pois o Brasil quer desenvolver o seu próprio caça de quinta geração a médio e… Read more »

welington

O SU-35BM tinha com certeza a melhor transferência tecnológica devido aos Russos já nos ajudarem no programa VLS e também nos daria uma entrada concreta no desenvolvimento do tão sonhado caça de 5º geração o PAK FA. Estou desapontado, pois essa escolha não teve caráter técnico e sim político, assim deixo o meu despontamento com o governo, pois essa decisão não foi do alto comando da FAB que com certeza escolheriam o melhor vetor para o País o Flanker. Que vergonha. O mais grave de tudo é vermos a Venezuela planejando ter para já 150 caças do justamente Super Flanker,… Read more »

Hornet

Mauro, eu estou tentando achar na internet a entrevista que em o Jobim diz que o interesse na parceria com os Russos seria a tecnologia, e não o avião em si, mas não estou achando…(se eu achar depois, vou postar aqui, ok?) O que vc diz faz todo o sentido, claro. E concordo com seu argumento. Mas penso que o Brasil, o MD, está mais atrás de desenvolvimento tecnológico do que propriamente de “super-caças”, ou “super-equipamentos” no momento (não me surpreenderia se muita gente ficasse decepcionada com o PND, quando anunciado, pois creio que ele conterá um plano estratégico para… Read more »

Wilson Johann

Pessoal, a matéria apresentada no site “areamilitar” (link abaixo) é leitura obrigatória a todos os interessados no assunto FX-2. Esclarece, definitivamente, as dúvidas sobre a saída do SU-35 da concorrência, e dos outros: F-16 e Typhoon.

http://www.areamilitar.net/noticias/noticias.aspx?nrnot=656

Os caras não brincam em serviço. A FAB está fazendo uma concorrência com os pés no chão.

Até mais!!!

Emanuel

Política escrota, burra e covarde. Isso tudo é o fator MEDO de deixar os EUA “brabinhos” e causar especulações. Com o perdão da palavra, fodam-se os EUA, o Brasil deveria ter opitado por aliar-se com países que oferecem mais vantanges…SU-35, PAK-FA, sistema anti aéreo, mísseis.. é revoltante ver essa política nojenta de neutralidade, optar pela frança um meio termo. Quando li comentários a respeito das grandes chances da escolha do SU-35 fiquei bastante feliz e esperançoso, agora vejo a falta de visão desses políticos, a falta de respeito com a opinião e a preferência da FAB pelo SU-35, falta de… Read more »

konner

[” Uma outra possibilidade (essa é conjectura minha mesmo, nunca ouvi ninguém do governo ou da FAB tocar nesse assunto), é o Brasil, junto com a França, vir a desenvolver juntos alguma coisa no futuro, pra substituir o Rafale. — Hornet em 01 out, 2008 às 17:39 “] Creio que sua conjectura ” Hornet “, não é tão improvável ! A possibilidade de a SAAB e a Dassault virem no futuro a produzir em parceria o primeiro caça de 5ª geração europeu, já foi comentado na Europa. Olhando por esta ótica, muito mais o Rafale mas, até o Gripen, poderia… Read more »

Tomcat

Vou expor minha opinião por partes como o Jack; 1º Acho que a grande maioria de nos e também a FAB, preferia o Flanker, ou seja o melhor…; mas agora isso é passado 2º O Gripen NG é um ótimo avião mas sofre de não ter ainda uma versão naval, ter pouco alcance e do fado de ainda depender de componentes made in USA. Portanto a chance dele é 1% 3º O Super Hornert é um caça sensacional, testado em combate, esta tendo a Honra de substituir o F-14 (que Deus o tenha) é um landau dos ares: Só que… Read more »

Carlos Ernesto

Isso é coisa de politica. Quero mostra meu descontetamento, não hove seleção e sim indicação. Vergonha, não é um país sério.

Hornet

Konner, eu concordo que com o Gripen também pudéssemos levar adiante essa possível parceria, mas vejo essa atual aproximação do Brasil com a França como algo muito mais viável (e concreto). E vejo também que o que o Brasil está querendo com Paris é “replicar” (pra usar a palavra citada na matéria do areamilitar) a independência tecnológica que a França possui em relação aos EUA (principalmente em relação aos EUA). E, aqui, vejo uma coêrencia maior em se aproximar da França do que da Suécia, pois o Gripem é um avião sueco só na asa esquerda, na asa direita é… Read more »

Igor

É pessoal não é o melhor, mas deixemos o su35 para Venezuela testar. Se queremos ser realista provavelmente o rafaleco ganhe por conta da tranferencia.

welington

Aliados rárá, eles tem sim são interesses em nossas reservas de petróleo, água, urânio, densa diversidade de fauna e flora com grande possibilidade de descobrir a cura para varias doenças, do potencial que o nosso país tem. Não acredite que a França é nossa aliada ele tem são muitos interesses na gente, interesse por interesse eu vou com o BRIC, pois ganharemos muito mais com o BRIC= Brasil, Rússia, Índia e China. Parcerias com esses países como o Pak Fa Brasil, Rússia, Índia só tem a ganhar, alem do mais são em torno de 2,7 bilhões de pessoas para alimentar… Read more »

Paulo

Qualquer dos caças que venha será um ganho efetivo às FAs, afinal se já botamos pra correr os mirage 2000 da L’armeé no passado com nossos f5, que o diga se operarmos Rafales ou Super Hornets. Ainda aposto nos americanos (seria um desenvolvimento lógico pra quem já opera f5, mas o mesmo pode ser dito do rafale em relação ao mirage)… Já torci (e o verbo é torcer mesmo, pois não temos poder de decisão) pelo SU 35 BM, já ví com bons olhos o Rafale, agora estou achando até bom operar o Super Hornet (ainda mais se vierem versões… Read more »

Paulo

Aliás, qual o custo atualizado de cada um dos participantes restantes?

Paulo Taubaté

Desde o F-X a disputa já se arrastava…

Primeiro, era F-16, Mirage, Gripen e Sukhoi.

Agora foi Sukhoi, Gripen, Rafale.

Do nada, apareceu o F-18.

Parece que a escolha pende pra um dos mesmo, Rafale e Gripen.

Já limaram o F-16 e o Sukhoi.

Mas, como estamos no Brasil, sei naum….. de repente, dá até Hornet.

Jonas Rafael

Também acho que não pré-selecionariam o F-18 se não tib]vesse a transferência tecnológica envolvida. Acho que as garras do Tio Sam tão apertando por fora aí…

lula

Acho que os americanos vão querer mudar o rumo desta historia, espero que não, e empurrar um hornet barato e com avionicos ultrapassados, sem o radar aesa!!! quem viver vera … olha só!!!!

lula

Agora galera, o caça mais barato de ser operar e o gripen vamos ser realista liberar dinheiro pra comprar e uma coisa, e depois pra manter ???

Tailhooker

Não sou profeta, mas prestem a atenção no que eu vou escrever aqui agora e guardem para o futuro.
Esqueçam Super Hornet, Rafale, Gripen NG. O que vamos ter como FX-2 serão os Mirage 2000-9 dos Emirados Árabes Unidos de segunda mão.!!

NÃO PRECISA SER MÃE DINÁ. NÃO ESQUEÇAM
OUTRA COISA PARA ESQUECER DE VEZ :

NÃO EXISTE TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA E CÓDIGOS-FONTE. NINGUEM QUE POSSUI TECNOLOGIA ENTREGA NUMA VENDA !! NÃO SE ILUDAM, CAROS

Tiago Jeronimo

Para os orfãos do SU-35BM um trecho da materia do AreaMilitar sobre o FX-2, leiam e vejam se parar de delirar e falar sandices sobre o quanto seria maravilhoso o Su-35BM aqui. “O Su-35 é uma aeronave que em vários aspectos ultrapassa muitos dos seus concorrentes. Em termos de propulsão, os russos são conhecidos por conseguirem extrair o máximo de potência de seus motores e a grande dimensão da aeronave permite uma considerável autonomia operacional. A favor dos russos jogavam também as excelentes qualidades aerodinâmicas do avião, juntas a motores com vetorização de impulso. Além dessas vantagens os russos também… Read more »

Mauricio R.

Briga??? Aonde???? Mas fala sério, é só teatrinho prá disfarçar o que já está de antemão decidido.
Maracutaia.

lula

Cada caça foi projetado pensando no seu pais de origem, o hornet pertence a marinha americana que atua no mundo inteiro. E o EUA , e o que mais se assemelha em termos de territorio com o Brasil !!!

Vassily Zaitsev

Galante,

tira uma dúvida, por favor:

vi uma reportagem em que um executivo da Gripen International fala que o Gripen NG tem um alcance sem reabastecimento superior ao Dassaut Rafale, pois ele comporta bem mais combustível internamente.
Isso seria verdade??????

Se for, meu voto fica com o suéco.

Mas como Carlos Ernesto disse: concorrencia é só de mentirinha, o que tá valendo de verdade é o fator político.

Como ficou para Marrocos e Líbia? Não iam comprar o Rafale??? o que aconteceu, que ninguêm mais falou à respeito do assunto?????

Tailhooker

Marrocos não errou, foi de F-16. Líbia ainda não decidiu, mas com certeza não irá de Rafale. Infelizmente, nossos políticos foram seduzidos pelos French ! Mais ainda acho que vai dar Mirage 2000-9, negócio intermediado pelo Sarkozy. Solução “mais em conta” e de acordo com a vontade do povo brasileiro. “Enquanto isso, vamos aguardar o desenvolvimento de novos aviões”. Vai ser o discurso populista proferido, para a revolta de todos. Queria estar errado, mas não vai ser dessa vez ainda que nosso País vai “se dar ao luxo” de adquirir aviões de combate de primeira linha. O complexo de pobre… Read more »

Raphael

Vai vir trinta e poucos hornets, e depois F-35s!

Baschera

Não substimem o poder político e econômico (via FMS) do Titio Sam.
Se o congresso americano liberar o que a FAB solicita, mais a pressão do Dep. de Estado e a aliança Russo/Venezuelana, vai dar F/A-18 SH e mais TARDE, quando o Jobim estiver de pijamas, o F-35 para a FAB e MB. Já apostei minhas fichas…..lembrando, embora, que sou um viúvo do Su-35/PAK-FA.
Sigamos vendo a novela FX-2….. quem teria mandado matar o Su-35?
Quem se casará com a bela donzela FAB ?? O loiro suéco ? O Cawboy americano ou o gaulesinho rafaleco ?
Sds.

Tomcat

Ih, outro Tomcat de novo…

CorsarioDF

É acho que o Baschera tem razão, vamos esperar as cenas dos próximos capítulos… Tô com medo do F/A-18 ganhar com as barbas de molho!!! Lembrem-se do SIVAM… O Rafale perdeu todas concorrências em que participou ou seja é um Azarado ou tem algo por trás da propaganda francesa? Se fosse para ele ganhar, pq o ministro não já anunciou? Lembram do final do ano passado quando falaram que tínhamos comprado 2 IKL-214? E acabou vindo Scorpene, e agora? Acho que depois da eliminação do Su-35 o candidato mais forte é o F/A-18 mesmo, lembrando que sou também viúvo do… Read more »

Meirelles

Briga boa na reta final seria: Su-35BM x Rafale F3.
Isso sim seria uma briga digna.Daria até um pouco de expectetiva,uma vez que não se podia saber ao certo quem venceria.Agora tá na cara, vai ser o Rafale,o F-18 super hornet tá aí só pra não deixar os americanos muito chateados,a não ser que dê uma louca neles e nos liberam tudo o que temos de direito.
Já que não tem Su-35BM,que vem os Rafales.
Sds.

Nelson Lima

Não é correto confundir o Hornet com o Super Hornet, que é um caça novo, inclusive com medidas maiores. O Super Hornet é um projeto melhor do que o Rafale.Além disso, será opção para um futuro Nae nacional.Para mim a chance tecnica do Super hornet é 49% e a do Rafale 51%, ou seja,pussuiriam a mesmas chances se os norte-americanos fossem flexíveis na liberação do míssil BVR AIM120C AMRAAM.Como eles não serão flexíveis nesse ponto e imporão um série de restrições para a aquisição do mesmo, o favoritismo naturalmente passa para o binômio Rafale/Mica. Já a chance política do Rafale… Read more »

Meirelles

E mesmo que os norte-americanos liberem os AIM 120 AMRAAM,vão dizer: só usem com nossa autorização.

joaquim

Rafale na cabeça…..anuncio do dia 22 de abril de 2009….Dia da Aviação de caça….

joaquim

PS: Viva la France…………

joaquim

Essa noite nem vou dormir direito….bons tempos aqueles do Gloster Meteor…..nos custou apenas algumas milhares de toneladas de algodão….e diga-se de passagem que…..os Meteors não eram nem de 0,5ª geração

Caçador

Aos amantes do Rafale:
O Rafale NUNCA venceu uma competição internacional.
Porque será? Acho que posso tentar explicar: Projeto antigo; man-machine interface antiquada; utiliza apenas armamentos franceses; custo do ciclo-de-vida (preço da aeronave + preço da manutenção + preço da operação) extremamente caro.
E ainda: sem nenhum histórico de transferência de tecnologia. Na Índia, para introduzir armamentos não franceses, tiveram que recorrer á uma engenharia reversa (feita pelos israelenses).
Para completar: A Dassault é uma empresa competidora da Embraer no segmento de aeronaves executivas (Falcon X Legacy e Phenom). vamos alimentar o inimigo?

Douglas

Todo mundo falou com lógica. Isso só caracteriza o quao complexa é a escolha. Vamos aguardar… Enquanto máquina de batalha, prefiro o F-18 E/F sobre todos os outros, pelo simples fato de ter sido testado em cenario real à saciedade. Isso, nem SU 35, nem Rafale nem muito menos Gripen têm. E sobre a continuidade do F -18 estará ai pelos proximos 20 anos como cavalo de batalha da US Navy. E se formos com ele, receberemos em 15 anos o F-35. neste aspecto não acredito em desenvolvimento isolado como alguns pretendem, como os franceses fizeram e agora passados quase… Read more »

Douglas

Sobre uso de armas, acho que todas as armas táticas serão liberadas. Só se o Brsil quiser Tomahwks em fragatas e subs é que incidirá a restrição. Missies ar-ar ar-mar etc vão liberar geral, pois a russia tende a faz-lo pra venezuela.

König

Tiago Jeronimo você le esse site e leva o que tem ai a serio?
HAHA
So confirma o que eu ja sabia…

Baschera

A exclusão do Su-35, teve 90% a ver com o recado mandado pelos USA. A sua escolho implicaria em sansões comerciais não veladas e não oficiais, como por exemplo, dificutar a venda de aviões da Embraer nos mercado americano, dificultar a entrega de partes e componentes, turbinas , etc de fabricação ou tecnologia americana, etc. Ao que parece, os USA não aceitariam nosso “alinhamento” a dupla Chavez/Putin. Vejam que até a China deu um caldo no Chavez quando de sua “visita” a mesma na semana passada, dizendo com todas as letras que as relações entre a China e Venezuela eram… Read more »

CorsarioDF

É o Su-35 se fu…!!! Uma pena sem dúvida, o que mais me irrita no Rafale é a sonda “fixa” de abastecimento, aquele apêndice deve ser um “avestruz” nas telas dos radares inimigos, a França poderia melhorar esse item em particular, aumentando em muito a descrição do avião (poderia colocá-la como a do Su-35 que é retrátil). Eu sinceramente torcia pro Su-35 e o Rafale era minha 2ª opção, agora é a 1ª sem pestanejar. Sds.

FALCON

Como já disse no blog naval, dos tres o melhor sem sombra de dúvida é o F/A-18 mas c/ certeza os yankes não vão liberar os codi.-fontes não adianta nem vim,então bem vindo RAFALE.

FALCON

OBS:O MEU FAVORITO TAMBÉM ERA O “MONSTRO” CHAMADO SU-35,MAS NÃO DEU FAZER O QUE?

welington

O melhor seria com certeza o su-35BM, com os Russos nos ajudando no programa VLS acho que teríamos a melhor transferência tecnológica por parte deles alem de participarmos do desenvolvimento de um caça de 5º geração o PAK FA, mais como a decisão foi política e como vamos ficar com um dos três acho que Dara o Rafale o Gripen tem muitos componentes americanos que eles nunca iriam nos passar tecnologia de todos os mesmos, a meu ver o F-18 não tem a menor chance, americano transferindo tecnologia de radares, códigos fontes, motores nunca. Infelizmente vai dar Rafale.

pjms

Realmente, gostaria também que fosse o SU-35BM, mas este creio foi retirado, para que entrasse o F-18, que ao meu ver foi uma política do barbudo com os EUA.Também acredito no Rafale. Final de agosto nosso ministro da defesa, sr. Jobim já teria declarado o Rafale como vencedor, inclusive afirmando que já viria um primeiro lote de 12 caças e que seria fabricado/montado aqui no Brasil o complemento do lote. Creio também que por o Brasil, agora para mim mais do que confirmado, estar negociando os sub e fragatas com a França, já seria mais fácil a França repassar a… Read more »

Reportagens especiais

Embraer apresenta o avião de transporte militar KC-390

Gavião Peixoto-SP, 21 de outubro de 2014 – A Embraer apresentou hoje o primeiro protótipo do avião de transporte...
- Advertisement -
- Advertisement -