sexta-feira, setembro 24, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Caças Rafale bombardeiam posição do Estado Islâmico em Sinjar, no Iraque

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Rafale com Damocles e GBU12 - foto nota ataque a Sinjar contra EI - Força Aérea Francesa

Segundo informe da Força Aérea Francesa, na segunda-feira (1º de dezembro), uma patrulha de reconhecimento armado de dois caças Rafale bombardeou pela manhã uma posição do Estado Islâmico (EI, também conhecido como Daech), na região das montanhas Sinjar, no Iraque.

O ataque das aeronaves que fazem parte da operação francesa Chammal, dentro do esforço de vários aliados para auxiliar tropas iraquianas na luta contra o EI, foi uma ação de oportunidade. Os caças haviam decolado para cumprir missão planificada de apoio aéreo a forças de segurança do Iraque no norte daquele país, quando receberam a informação de meios da coalizão sobre um posto de controle (check-point) do EI a sudoeste das montanhas Sinjar, uma zona em estado de sítio que regularmente sofre ataques do grupo.

Orientados ao objetivo pelo centro de operações combinadas aéreas e espaciais (CAOC – Combined Air and Space Operations Center), os caças Rafale identificaram os alvos e confirmaram a presença de um posto de controle nas mãos do EI. Equipados com pods (casulos) de designação de alvos e com bombas guiadas a laser GBU12, os caças realizaram o ataque para destruir duas estruturas do “check-point” de combatentes do Estado Islâmico / Daech.

FONTE / FOTO: Força Aérea Francesa (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em francês)

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Clésio Luiz

Caças F-4 foram vistos atacando alvos no Iraque. Tudo indica que seja do Irã:

http://www.janes.com/article/46514/iranian-phantom-jet-strikes-the-islamic-state-in-iraq

Ivan

Clésio,

Turquia também opera Phantom F-4.

Ivan.

Ivan

Obaservar economia de recursos.

As bombas usadas são Paveway GBU12, de menor custo de produção que as propulsadas francesas.

Clésio Luiz

Os informes que li falam que a possibilidade desses F-4 serem turcos é baixa, já que eles disseram claramente que não fariam parte da operação. Fora que os F-16 seriam melhores candidatos para lançar bombas por lá.

Já quanto as bombas usadas pelos franceses, ainda é caro, já que estão operando em área não contestada e contra alvos moles, (quase) qualquer coisa serviria.

As munições com baixo efeito colateral e baixo custo vão dominar as guerras no futuro, pelo visto. Não fossem os MANPADs, acho que até foguetes guiados eles estariam usando por lá.

Ivan

Clésio,

É vero, são iranianos.
O engraçado é o ‘nem te ligo’ entre Irã e EUA.

Quanto ao baixo custo é isso aí.
A questão é que precisam lançar de uma altitude segura e, ao mesmo tempo, acertar o alvo…
… como aquele jogo: One Shot One Kill.
Neste contexto, por enquanto, é Paveway. No futuro serão as SDBs.

Abç.,
Ivan.

jacubao

Tá faltando ver os A-1M da FAB lançando umas bombinhas nas cabeças do EI também…

Últimas Notícias

FOTOS: J-16D com novos pods de guerra/interferência eletrônica

Foram divulgadas mais fotos do Shenyang J-16D, versão de guerra eletrônica do caça multimissão J-16 da Força Aérea de...
- Advertisement -
- Advertisement -