Home Divulgação Atech exporta solução de gereciamento de tráfego aéreo para Índia

Atech exporta solução de gereciamento de tráfego aéreo para Índia

294
0

presidente da Atech,Jorge Ramos

A Atech, empresa brasileira líder em soluções para sistemas complexos de missão crítica, foi contratada pela Autoridade de Aeroportos da Índia (AAI – Airports Authority of India) para implantar o “SkyFlow ATFM”. O contrato, no valor de US$18,5 milhões, iniciará sua execução este mês (julho/2014) e tem 30 meses de duração. O SkyFlow é um sistema de gestão e controle de fluxo de tráfego aéreo, que integra os dados das companhias aéreas, aeroportos e órgãos de controle, entre outros, com informações meteorológicas de interesse para o controle de tráfego aéreo em uma base de dados unificada.

Com esta integração, o sistema permite que os órgãos de controle do tráfego aéreo atuem para equilibrar a capacidade e a demanda aéreas, a fim de garantir a segurança das operações e a regularidade e pontualidade dos voos. Para conquistar esse contrato, a Atech, empresa controlada pela Embraer Defesa & Segurança, participou de uma concorrência internacional e foi vencedora por apresentar uma solução competitiva e de excelência técnica, customizada às necessidades do setor aeronáutico indiano.

“Este contrato tem um significado especial para a Atech, marcando o reconhecimento internacional da excelência de nossas soluções. Como este projeto estamos fornecendo, internacionalmente, soluções e produtos que são resultados das nossas atividades de pesquisa e desenvolvimento, e projetando globalmente uma tecnologia crítica nacional”, ressalta o presidente da empresa, Jorge Ramos.

Segundo Ramos, a Atech se destacou dentre as demais companhias pela expertise no desenvolvimento de projetos de grande complexidade, como a integração de todo o setor aéreo de um país em um sistema único de gerenciamento de tráfego. A solução provida pela Atech é resultado do esforço contínuo da empresa no desenvolvimento de sistemas inovadores para controle e gerencialmente do tráfego aéreo. Neste histórico de construção de uma competência ímpar destaca-se a importante parceria da Atech com a Força Aérea Brasileira, visando assegurar o excelente nível da gestão de trafego aéreo no País.

O sistema será adaptado à realidade da AAI para atuar dentro da realidade e condições específicas do fluxo dos voos indiano. No Brasil, um sistema semelhante está em operação no CGNA (Centro de Gerenciamento da Navegação Aérea), no Rio de Janeiro. “A Atech mostrou-se apta a promover um salto de qualidade tecnológica nessa área dentro do Brasil e a demonstrada confiabilidade deste sistema foi decisiva para a conquista do contrato com a AAI”, conclui Ramos. O setor de transporte aéreo indiano está em grande ascensão. De 2000 para cá, conforme dados da AAI, o volume de passageiros embarcados saltou de 42 milhões/ano para 150 milhões/ano. Até 2020 este volume deve chegar a 452 milhões/ano, o que tornará a Índia o 3º maior mercado de aviação. Para atender esta demanda por transporte aéreo o investimento deve chegar a US$ 120 bilhões até 2020. No Brasil, segundo a OACI (Organização da Aviação Civil Internacional), o número de passageiros embarcados é de cerca de 90 milhões/ano, com cerca de 9.500 procedimentos entre pouso e decolagem por dia.

DIVULGAÇÃO: Assessoria de Imprensa da Atech
                                     Rossi Comunicação

 

 

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of