Mais médicos, menos aviões

    248
    10

    KC-137 acidentado no Haiti

    Para lembrar:

    A FAB está praticamente sem poder voar, mas o super bem planejado “Mais Médicos” usará os velhos aviões da FAB. O governo não pensou antes que isto precisaria ser feito?

    FONTE: O Diário

    Subscribe
    Notify of
    guest
    10 Comentários
    oldest
    newest most voted
    Inline Feedbacks
    View all comments
    Marcos
    Marcos
    7 anos atrás

    Vão usar quais aviões? Só se forem os C-130 e C-295, porque obviamente as “otoridade” não vão abrir de seus jatos “particulres”.

    André Sávio Craveiro Bueno
    André Sávio Craveiro Bueno
    7 anos atrás

    Pois é…

    De meados da década de 70 até meados da de 90 não tinhamos dinheiro para quase nada. Na década de 80 houve até a moratória sarneysiana. Mas aparentemente a FAB sofria menos do que hoje em relação às aeronaves.

    Sugiro uma pauta que compare aquela época com a de hoje. Mesmo com situações diferentes penso que ao menos a quantidade do passado era bem maior do que a de hoje, mesmo em tempos muito mais bicudos economicamente falando.

    Edgar
    Admin
    7 anos atrás

    Agora sim…

    …os C-130 vão chegar mais rápido no fim de sua vida útil.

    Podíamos fazer uma campanha para as aeronaves de transporte da FAB:

    “Abaixo a Pressurização!!”

    Antonio M
    Antonio M
    7 anos atrás

    Isto pode ser uma “oportunidade” de compra emergencial, portanto sem concorrência/licitação ……

    Bogaz
    Bogaz
    7 anos atrás

    Isso queria ver. Liberar o GTA pra fazer esse transporte.

    Edgar
    Admin
    Reply to  Bogaz
    7 anos atrás

    Bogaz, mas o Grand Theft Auto é o que move as “autoridades” no país desde a Colônia…

    sergiocintra
    sergiocintra
    7 anos atrás

    Já que entraram no assunto GTA, lembrei do GTE e suas equipagens e aí relacionei aos VC-96 (737) – “braguinha” para uns e “sucatinha” pra outros. Embora tenha as distâncias de enflexamento mais reduzidas que o 707 poderiam virar “KC’s”? Afinal esses 737 ainda tinham muito de voo a dar!
    Não pensando em custos, mas tirava-se os “recheios para a elite” embarcava os equipamentos dos 130 e as cestas dos kc-137 e pronto teriamos os “KCtinhos”.
    .
    “Poggio” tem algum histórico de 737 KC ?

    Mauricio R.
    Mauricio R.
    7 anos atrás

    É só criar um novo GTE específico p/ o Mais Médicos, aviões tem os da Embraer…

    Ivan
    Ivan
    7 anos atrás

    Sérgio Cintra,

    Tem gente que já discutiu sobre um KC-737 por aí.
    http://www.airliners.net/aviation-forums/military/read.main/53009/

    Eu não gosto da idéia, mas é outro debate.

    Sds.,
    Ivan, o frentista.

    sergiocintra
    sergiocintra
    7 anos atrás

    Ivan Pois é, as discursões pelas datas das postagens são antigas e as opiniões diversas. Óbvio que em termos custos a coisa pesa, pois para a USAF a qtdade.seria bem maior, mas as capacidades operacionais reduzidas. Como v. mencionou é um belo debate, mas a minha intenção era esse alerta, pois mencionou-se o maior desgaste dos 130, a defazagem de não ter nada até a chegada dos 390, a duvida sobre o 767 – sai ou não sai, enfim é uma pancada de alternativas para o gosto de todos. Entrei com mais uma, mas não tinha nada sobre o assunto… Read more »