Home Indústria Aeroespacial HMD do Gripen começa a operar na Força Aérea Sul Africana

HMD do Gripen começa a operar na Força Aérea Sul Africana

693
8

Nesta terça-feira, 20 de setembro, a Saab divulgou nota sobre a entrada em operação do sistema HMD (Helmet Mounted Display – mira / visor montado no capacete) “Cobra” nos caças Gripen da Força Aérea Sul Africana (SAAF). A África do Sul foi o primeiro cliente do Gripen a encomendar os capacetes Cobra, no estado da arte, para uso em seus 26 caças Gripen.  As entregas do sistema para esquadrões de linha de frente já começaram e o 2º Esquadrão, baseado em Makhado, pode agora empregar o primeiro sistema Cobra operacional do mundo.

Na foto acima está o Comandante do 2º Esquadrão, Tenente Coronel Musa Mbhokota, que realizou os dois primeiros voos operacionais com o equipamento. Os voos contaram com o apoio de um instrutor da Saab no assento traseiro, o piloto de testes Robin Nordlander.

O HMD apresenta dados diretamente no visor do capacete, o que permite que o piloto mantenha-se com a “cabeça para cima” (em outras palavras, sem olhar o painel) em momentos cruciais da missão. O sistema Cobra é binocular, apresentando tanto a simbologia de armamento ar-ar e ar-solo quanto dados básicos de voo.

O sistema permite operação em qualquer tempo e altitude, em todo o envelope de voo de combate, sendo um componente chave do sistema de armas do Gripen. Entre as capacidades, estão a “escravização” de armas e sensores e sobreposição ao “mundo real”, visto pelo piloto, de camadas de parâmetros de voo, dados de sensores, aquisição de alvos e situação do armamento.

O Cobra também permitirá que os caças Gripen da SAAF utilizem todo o potencial de seus mísseis ar-ar IRIS-T e do futuro míssil ar-ar A-Darter, em situações de combate aproximado. O HMD amplia consideravelmente as capacidades ar-ar no combate dentro do alcance visual.  O equipamento deverá também ser integrado aos caças Gripen da Força Aérea Sueca.

FONTE / FOTOS: Saab e SAAF

8
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
RogérioGrifoedcreekMauricio R.Ricardo Cascaldi Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Vader
Visitante
Active Member

A propósito alguém sabe que bicho deu o A-Darter?

ricardo_recife
Visitante
Member
ricardo_recife

E tem gente que diz que integrar um HMD em um caça não é importante, bobagem!

Vader a única coisa que sei é que o Gripen e o BAE Hawk da África do Sul já têm o A-Darter integrados a seus sistemas. Ele deve ter sua produção iniciada em 2013.

Agora quanto ao F-5M não me lembro de ter lido nada a respeito nos últimos meses, mas se não estou enganado a previsão é (ou era) de ser introduzido na FAB em 2014.

Ricardo Cascaldi
Visitante
Member

A Saab cuidando de seus clientes. 😀

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

Os franceses, que não tem HMD no Rafale, inventaram outra bossa, p/ desmerecer este aviônico.
Seria a duvidosa funcionalidade de a cabeça de busca do Mica IR, funcionar da memsma forma que um HMD.
Ocorre que tdo míssil IR faz isso, as vezes em conjunto c/ o radar, em alguns casos em um cone bastante superior, a aquele possível c/ o Mica.
É por isso que c/ esses mísseis, conjugados a um HMD, é possível o tiro “over the shoulder”.
O que c/ o Mica, dada essa sua inferioridade, não é possível fazer.

edcreek
Visitante
Member
edcreek

Olá,

Muito boa noticia para o Gripadinho, junto com a-darter deve dar um belo caldo!!!

Sem trolagem pessoal, o Rafale tem programado o HMD para ser integrado.

Abraços,

Grifo
Visitante
Grifo

O interessante desta notícia é que a África do Sul tem agora um HMD com sistema de acompanhamento sul-africano, que será integrado com um míssil ar-ar sul-africano.

Nenhum outro vetor daria à SAAF tamanha liberdade para integração da tecnologia local.

Rogério
Visitante
Member
Rogério

Flw td Grifo, e é por isso mesmo que eu sempre preferi o Gripen NG, já com a Le jaquê morreriamos com as arminhas francesas “ad eternum”

Rogério
Visitante
Member
Rogério

O A-Darter terá um melhor desempenho que o IRIS-T ?