terça-feira, outubro 26, 2021

Gripen para o Brasil

Afeganistão: os Rafale estão de volta

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Em 2 de agosto de 2011, três caças Rafale C do Esquadrão de Caça Provence 01.007, da Base Aérea 113, em Saint-Dizier, surgiram na base aérea de Kandahar. Eles vieram substituir três Mirage F1CR do Esquadrão de Caça Savoy 02.033, que deixou definitivamente o teatro de operações em 31 de julho, após lá operar por cerca de quatro anos.

Desde o início de agosto, três Rafale e três Mirage 2000-D estão destacados para Kandahar, em trabalho conjunto para efetuar as missões de caça da Operação Pamir.

Esta não é a primeira missão do Rafale no Afeganistão. Dois destacamentos foram enviados, em 2007 e em maio de 2009. Desde então, as capacidades deste caça evoluíram muito. Na verdade, o Rafale F3.2 agora vem equipado com o pod laser Dâmocles permitindo-lhe designar alvos com um feixe de laser. Com esse pod, o Rafale também pode levar bombas guiadas GBU 12 (bombas guiadas a laser) ou AASM (amamento modular ar-superfície). Ainda, as missões podem ocorrer de dia ou à noite.

A cerimônia solene ocorreu na base de Kandahar, em 29 de julho, na presença de todo o Destacamento Aéreo, durante o qual o Mirage F1 CR “passou as chaves” dos “hangaretes’ ao Rafale.

FONTE: EMA / Departamento de Defesa e Assuntos dos Veteranos

COLABOROU: Just in Case

BATE-PAPO ONLINE: Converse sobre este e outros temas com outros leitores no ‘Xat’ do Poder Aéreo, clicando aqui.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

IMAGENS: Cerimônia do Dia do Aviador e da Força Aérea Brasileira

Por André Magalhães Aconteceu na manhã do dia 22 de outubro, na ALA 1, em Brasília (DF), a cerimônia alusiva...
- Advertisement -
- Advertisement -