Home Sistemas de Armas Com chegada de novo lote, Super Hornets da RAAF atingem IOC

Com chegada de novo lote, Super Hornets da RAAF atingem IOC

139
16

Das quatro aeronaves que pousaram na Austrália em 7 de dezembro, três já são preparadas para conversão em Growlers

Nesta quarta-feira, 8 de dezembro, o Departamento da Defesa da Austrália informou que mais quatro aviões de combate  F/A-18F Super Hornet chegaram à Austrália. Esse novo lote, que inclui as primeiras três aeronaves já com cabeamento para futura conversão na versão Growler de ataque eletrônico, pousou na Base de Amberley na terça, dia 7.

A chegada desse lote permitiu que se declarasse a capacidade inicial de operação (IOC –  initial operating capability), com o Esquadrão 1 da RAAF (Força Aérea Real Australiana) completando sua dotação de doze aeronaves e o Esquadrão 6, que na semana passada despediu-se de seus F-111, recebendo seus primeiros aviões. Segundo o informe do Departamento de Defesa, a IOC foi atingida dentro do prazo e do orçamento.

O Esquadrão 1 estava dotado de 11 aeronaves desde meados deste ano, aguardando a chegada da última unidade enquanto esta (oficialmente já entregue e com indicativo A44-201), completava testes avançados de desenvolvimento de software nos EUA.

O voo de traslado, o primeiro que passou a contar com suporte da Boeing, foi realizado a partir da Base Aérea de Travis, na Califórnia (EUA), com escalas técnicas na Base Aérea de Hickam no Havaí e por Guam. Até o final de 2011, as aeronaves restantes da encomenda de 24 F/A-18F Super Hornets deverão ser entregues.

FONTE / FOTOS: DoD Austalia (Departamento de Defesa da Austrália)

VEJA TAMBÉM:

16
Deixe um comentário

avatar
16 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
14 Comment authors
Rafael(sp)VaderAlmeidaRicardo_RecifeFabio Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
RolandTFlackphayser
Visitante
RolandTFlackphayser

Pensei é que as naves viajassem de navio, mas, se voar é o seu forte por que negar-lhes o céu no seu nascimento?

Os pilotos brasileiros a essa hora devem estar com uma inveja tamanha de não terem nascido australianos ou de não terem presidentes tão bons quanto o povo da “ilha”.

Marine
Visitante
Marine

A direcao do blog,

Off-topic mas de importancia ao blog:

http://www.janes.com/news/defence/jdi/jdi101208_2_n.shtml

vplemes
Visitante
vplemes

Estes sempre foram os meus preferidos. Melhor caça (realmente testado em combate), melhor tecnologia, maior gama de armamentos, melhor pós venda, melhor logística, excelente proposta de ToT, e a cereja do bolo: O PREFERIDO PELO CA.

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Se o Brasil tivesse acertado a compra dos SH com Boeing ha 2 anos atras, provavelmente a FAB ja estaria recebendo seus primeiros cacas. Mas por causa desse antiamericanismo latrinoamericano que reina em varios setores da sociedade brasileira, fizeram a opcao por um vetor extremamente caro de voar e manter e vamos ficar a ver navios. Esse acordo com a Franca e tao fragil e imprevisivel que nada nos garante que o produto final sera entregue conforme o que foi acordado em papel. O Brasil nao precisa de ninguem para se ferrar. Nossos politicos ferram o pais melhor do que… Read more »

Ademar
Visitante

Acordo com os EUA seria bem pior .

É só olhar pro Chile que as peças de manutenção fica nos EUA .

Que venham os Rafales !

É a melhor opção e os militares sabem disso e concordam .

Leiam essa matéria :

http://moraisvinna.blogspot.com/2010/12/fx-2-militares-nao-se-opoem-compra-de.html

Joker
Visitante
Joker

Os australianos assinaram quando mesmo o contrato pros SH? Passaram a receber quando? O Growler também num deu um esfrega no F22? Já foi assinado o contrato pros F35?

Umas perguntinhas interessantes…

Craveiro
Visitante
Craveiro

Ademar disse:
8 de dezembro de 2010 às 12:23

Pelo amor de Deus! Peças de manutenção dos F16 chilenos nos EUA! Que besteira!

Havia o boato de os AMRAAM ficarem lá, mas isso não se sustentou!

Para quem acredita em conto da Carochinha americana, há também a Carochinha francesa.

Edu Nicácio
Visitante

48 F/A-18 E/F + Gripen E/F em grandes quantidades + projeto futuro (Boeing + Embraer + Saab) para um 5G-BR…

Era só o que eu queria…

Fabio
Visitante
Fabio

O Brasil corre para não chegar !!! Hornet tem embargos, Rafale é caro, Gripen é projeto. em resumo: Eles é que são complicados ou o Brasil é que não sabe o que quer ? O mundo todo compra caças e voa… No Brasil se faz um barulho enorme para depois de 10 anos nada ser resolvido. E ainda queremos respeito e seriedade dos outros países ? ha ha ha ha ha ha ha !!!! O Brasil nem c… nem sai da moita…

Ricardo_Recife
Visitante
Ricardo_Recife

!Ademar disse:
8 de dezembro de 2010 às 12:23

Acordo com os EUA seria bem pior .

É só olhar pro Chile que as peças de manutenção fica nos EUA .”

Estas enganado companheiro, e muito. A manutenção dos F-16 esta sendo feita no Chile, com as peças em depósitos no país, por um consorcio composto pela Enaer, IAI e a Lockheed Martin. O resto é lorota antiamericana.

Marine
Visitante
Marine

Craveiro e Ricardo Recife,

Esquecam amigos, estao perdendo o tempo seus tentando ensinar. Esse povinho nao quer ouvir e quando houve o que nao quer, finge que nunca ouviu.

Aposto que a mesma pessoa, na proxima materia sobre o mesmo topico ira dizer a mesma coisa, propaganda essas malditas lendas de internet.

Sds!

Almeida
Visitante
Almeida

Ademar, o senhor é um fanfarrão!

Vader
Visitante
Member

Tadeu Mendes disse:
8 de dezembro de 2010 às 12:13

“Se o Brasil tivesse acertado a compra dos SH com Boeing ha 2 anos atras, provavelmente a FAB ja estaria recebendo seus primeiros cacas”

Pois é Tadeu. Uma lástima o antiamericanismo beócio que se propaga.

_______________

Ademar disse:
8 de dezembro de 2010 às 12:23

“É só olhar pro Chile que as peças de manutenção fica nos EUA”

Possui alguma prova, ou pelo menos alguma evidência disso, ou como desinformado(r) pqd está a trollar a partir de lendas da internet? No aguardo do link.

Rafael(sp)
Visitante

Pois é , o deles operacional e nós aqui ainda derrapando e sem sair do lugar com o mesmo papo estudantil besta da década de 60, contra os americanos. E enquanto isso, meia dúzia de safados cada vez mais ricos e uma legião de seguidores bitolados babando pelas sobras!!!!!

Tadeu Mendes
Visitante
Tadeu Mendes

Caro Vader,

Se essa moda de antiamericanismo fundir com o bolivarianismo, o Brasil ta ferrado.