Home Noticiário Internacional Boeing abandonou as caudas inclinadas no F-15SE ‘Silent Eagle’

Boeing abandonou as caudas inclinadas no F-15SE ‘Silent Eagle’

673
67

MSF09-0028

A Boeing informou na feira Singapore 2010 que as caudas inclinadas propostas inicialmente para o F-15SE Silent Eagle foram eliminadas.

Para reduzir a RCS, o protótipo do F-15SE vai incorporar materiais absorventes de radar e tanques de combustível conformais modificados para transportar armas internamente.

O desenho da cauda inclinada teve destaque durante o lançamento do Boeing F-15SE, em março do ano passado em St Louis, Missouri, mas foi abandonado nas fases posteriores do programa.

A próxima etapa agora incluirá o lançamento de mísseis Raytheon AIM-9 e AIM-120 em julho e agosto.

A Boeing confirmou que o F-15SE será formalmente oferecido ao governo da Coreia do Sul, que deve abrir uma concorrência da caças em 2011. Seoul também está considerando o Lockheed Martin F-35.

A Boeing propõe o F-15SE como um caça para o “first-day-of-war”, com habilidade para penetrar o espaço aéreo inimigo sem ser detectado. O Silent Eagle também terá um avançado sistema de guerra eletrônica da BAE Systems e um radar AESA.

Dizem que o F-15SE terá um RCS frontal igual ao F-35 de exportação.

f-15-silent-eagle-1

SAIBA MAIS:

Subscribe
Notify of
guest
67 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Leopodo Duarte
10 anos atrás

Uma otima aeronave, agora so falta testa a sua capacidade de furtividade.
Bom para paises que nao querem arcar com desepesas com F35, otima saida.

Robson Br
Robson Br
10 anos atrás

Devagarzinho está saindo um novo caça.
Com as devidas comparações é claro, o PAK-FA também está nascendo de um grande caça.

O que os americanos já enxergaram é que não vale a pena continuar investindo em um caça tão caro como o F-22.

Não será surpresa se este caça (F-15) voltar para as fileiras da USAF e se a Boeing dar mais uma requentada no F-18 para USN.

th98
th98
10 anos atrás

ñ entendo porque a Frqança abandonou seus mirages assim de uma hora pra outra. deveriam ter continuado a sua evolução

th98
th98
10 anos atrás

leia-se França

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

E agora, quando um russo não tem derivas inclinadas ele não é furtivo, mas agora que a Boeing abandonou o esquema, o que será que “estes” dirão!??? que a Boieng reinventou a roda? rsrsrsrsrs

Leopoldo Duarte, operar um F-15 é mais caro ou tão, que operar o futuro F-35.

Sds!

Nick
Nick
10 anos atrás

Sinceramente continuando achando que chamar o F-15 SE de 5ª geração é forçação de barra….no máximo é um 4.85 geração 😀
uma vantagem sobre o SU-35 BM sem dúvidas é a utilização dos tanques conformais como bomb-bays, o que garantirá seu rcs baixo, mesmo que carregado para algumas missões.

[]’s

Justin Case
Justin Case
10 anos atrás

Amigos,

No meu entender, as derivas inclinadas para fora só reduziriam o RCS visto de uma posição 3/9h. Visto do setor frontal, pouco seriam significantes.
Ainda, a posição inclinada aumenta o RCS para os radares que estão no solo, na posição 3/9h baixa.
A dupla empenagem também tem efeito de aumentar a capacidade de sobrevivência a impactos e esconde parcialmente a saída das tubeiras, para aumentar a furtividade IR.
Abraço,

Justin

“Justin Case supports Rafale”

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Desculpe o off-topic
Su50 PAK FA, uma visão francesa da coisa,
Thierry, traduz pra nós:

http://www.agoravox.fr/tribune-libre/article/aviation-2-hypersonique-ta-mere-69127

Projetos hipersônico russo, vôos sobre a Holanda, etc.
TVC abandonado no Su50…
[]s

Novesfora
Novesfora
10 anos atrás

Senhores, em todos os combates que participou, algum F-15 já foi abatido?
E quantas presas foram trucidadas por ele?

Taz Miranda
Taz Miranda
10 anos atrás

Senhores, uma nave fantástica, incrível e todos os adjetivos positivos que se podem atribuir à ela, mas de um modo meio Felipe CPS, me desculpem, a Boeing está se tornando uma especialista em “emendões”… Primeiro, o Infra Vermelho na cabeça do tanque do SH, agora não deu pra inclinar as caudas. Meu negócio é motores e pentapá, mas essa dificuldade (o abandono da inclinação) não seria porque é muito dificil modificar um projeto como este? E o pior, será que o projeto funciona? Lógico que sei que não existe “bobos” na Boeing.

Grande Abraço!

Lecen
Lecen
10 anos atrás

Caso o Brasil escolhesse o F-18 Super Hornet poderia em seguida comprar o Silent Eagle até o momento em que for necessário um caça de quinta geração.

Afinal, não são ambos da Boing?

Taz Miranda
Taz Miranda
10 anos atrás

Ah… Só um detalhe… Eu acho que o F15 SE é um “emendão” como um todo!!!

Grande Abraço!

bruno luiz
bruno luiz
10 anos atrás

++++++++Muito bom, mas o Tucano também pode ser invisivel.+++++++++++ Eu ja falei que com o conhecimento que o ITA tem, em breve também poderemos ter o nosso Super Tucano versão stealt. Podeiamos curvar o leme para o lado, como foi feito com o Comanche (helcoptero furtivo). Ai quem não tiver grana para um caça stealthy daqui uns 20 anos, poderá comprar um turboélice stealth baratinho da Embraer. Chance nós teremos, sempre vai haver um pais menos rico que compará turbo[elices, eles ainda não vão morrer, são mais baratos que caças a jato. Imagine você daqui a 20 anos um Hiper… Read more »

Rodrigo Cesarini
Rodrigo Cesarini
10 anos atrás

Visto que o F-15 nunca foi barato, acho que o SE só é interessante para quem já opera versões anteriores. Para o restante dos possíveis compradores, se for para gastar, que gaste com o F-35 que ainda tem muito o que evoluir.

bruno luiz
bruno luiz
10 anos atrás

desculpem meu erros, quebrei meu dedo e to me virando com o mindinho de “reserva” rsrs

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Aquelas armações do canope irão permanecer????? Mesma crítica ao T-50…, mas que na figura da Boeing and God Save America pode…
[]s

Wolfpack
Wolfpack
10 anos atrás

Sem contar a disposição dos motores que não mudaram, expondo o compressor primário de cara…
Vai entender a defesa de alguns do Blog…
[]s

bruno luiz
bruno luiz
10 anos atrás

Galante

Galante, quero enviar um desenho de um Super Tucano que eu fiz para o Blog e mostrar que podemos sim fazer um 5ªG turboélice, acho que seria o 5ª geração mais barato do mundo, mutos vão comprar.

Então, deixo o meu e-mail

brunoluizrocha@yahoo.com

Bosco
Bosco
10 anos atrás

Pessoal,
deixa o Wolfpack extravasar. Isso faz bem a ele e amanhã o cara vai estar o maior legal.
Eu de minha parte faço é incentivar.
Isso aí Wolf, põe tudo pra fora. rsrsrsrsr….

bruno luiz
bruno luiz
10 anos atrás

Bosco e Wolfpack essa aí é a turminha viúva resentida rsrsrsrsr
Só em falar nos seus pretendentes abandonados, já se tomam de raiva.

Francisco AMX
Francisco AMX
10 anos atrás

Mas não me “importaria” ver um desses na FAB… rsrsrsrs com deriva, sem deriva…. eu topo! rrsrsrs melhor que o vovô SHornet sem dúvida!

Sds!

rodrigo avelar
rodrigo avelar
10 anos atrás

alguem sabe o verdadeiro preço deste exelente caça?

Robson Br
Robson Br
10 anos atrás

Assim como no caso do F15, um caça que marcou gerações e agora como no caso do PAK-FA que deriva diretamente de um outro caça que também marcou gerações, podemos concluir que é posível evoluir uma plataforma já conceituada em uma mais moderna. Os caças de 4,5 geração já veem incorporando materiais, sistemas e conceitos que estão sendo utilizados nos caças de 5ª geração, como é caso p.ex do F-18, Rafale e Gripen. No caso do PAK-FA, praticamente é um caça novo, que tem um longo caminho de desenvolvimento, mas que já marcou história, pois sugiu em uma época onde… Read more »

João Augusto
João Augusto
10 anos atrás

Caraca, pode ser que funcione, pode até ser mais barato mas… é a coisa mais feia e gambiarrada que eu ja ví na vida. Só falta os caras juntarem os tanques conformais com fita isolante e durepox. XD
Ô trem feio viu? AFF!
(Antes que alguém venha me jogar pedra… sei que não precisa ser bonito pra funcionar…)

joão
joão
10 anos atrás

Sei não, mas eu achei o bomb bay muito pequeno para um caça desse tamanho. Só 4 mísseis…? É isso mesmo?

Hebert
Hebert
10 anos atrás

Desculpem pelo OFF-TOPIC logo numa primeira postagem mas acredito valer a pena: Aparentemente acabou a novela: 04/02/2010 – 04h04 Dassault diminui preço, e Lula escolhe caça francês Publicidade da Folha Online Hoje na Folha O presidente Lula e o ministro Nelson Jobim (Defesa) bateram o martelo a favor do caça Rafale após a francesa Dassault reduzir de US$ 8,2 bilhões (R$ 15,1 bilhões) para US$ 6,2 bilhões (R$ 11,4 bilhões) o preço do pacote de 36 aviões para a Força Aérea Brasileira, informa a colunista Eliane Cantanhêde em reportagem publicada na Folha desta quinta-feira (íntegra disponível somente para assinantes do… Read more »

Hebert
Hebert
10 anos atrás

Nossa. R$ 11,4 bilhões de reais, por 36 caças…

Espero que essa ToT realmente seja substancial.

O que ainda me reservo ao direito de duvidar.

Espero que tenha sido um bom negócio para o país.

André Castro
André Castro
10 anos atrás

OFF-TOPIC

Acabei de ouvir na Jornal da manhã da Jovem Pan , que a FAB bateu o matelo e quem levou foi o Rafale por R$11 bilhões , os fraceses reduziram em 4 bilhões a preço inicial .

André Castro
André Castro
10 anos atrás

ops martelo

André Castro
André Castro
10 anos atrás
th98
th98
10 anos atrás

Se isso que o André colocou for verdade, Aleluia irmão, desencantou, enterraram de vez o finado e a viúva já pode ir tirar a pensão

A-Bomb
A-Bomb
10 anos atrás

Acabei de ler tambem.
Parece que é verdade.

Finalmente acabou.

Mrogerfox
Mrogerfox
10 anos atrás

Amigos do blog, hoje as 0630h vi no site uol a seguinte matéria: “Dassalt diminui preço, e Lula escolhe caça francês”…
Olha o RAFALE aí gente!!!

Robson Br
Robson Br
10 anos atrás

EM UM DIA TÃO ESPERADO, O BLOG ESTÁ ACORDANDO MAIS TARDE http://www.g1.com.br Lula e Jobim escolhem caça francês após revisão de preço, diz jornal Valor de pacote teria caído cerca de R$ 4 bilhões. Compra de aviões é alvo de discussão no governo. Tamanho da letra A- A+ Depois de uma queda de quase R$ 4 bilhões no valor do pacote de 36 caças, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro Nelson Jobim, da Defesa, optaram pela proposta francesa na negociação de novos aviões para a Força Aérea Brasileira (FAB), informa o jornal “Folha de S. Paulo”… Read more »

rolouco
rolouco
10 anos atrás

O presidente Lula e o ministro Nelson Jobim (Defesa) bateram o martelo a favor do caça Rafale após a francesa Dassault reduzir de US$ 8,2 bilhões (R$ 15,1 bilhões) para US$ 6,2 bilhões (R$ 11,4 bilhões) o preço do pacote de 36 aviões para a Força Aérea Brasileira, informa a colunista Eliane Cantanhêde em reportagem publicada na Folha desta quinta-feira (íntegra disponível somente para assinantes do jornal ou do UOL). O Rafale ficou em último no relatório técnico da FAB, que trouxe em primeiro o caça sueco Gripen e em segundo o americano F-18. Mesmo com a redução, os aviões… Read more »

evandro
evandro
10 anos atrás

Não tem nada de surpresa na matéria pois já sabíamos que a escolha do Presidente seria para o Rafale. Temos que tirar o chapéu para o Presidente e para o Jobim pois um desconto de 2 Bilhões de Dólares não é para qualquer um não!!!rsrsrsrs Se eles pessoalmente não estiverem ganhando nenhuma “gratificação” da Dassault…

Giordani RS
Giordani RS
10 anos atrás

Certa vez li que o Governo dos EUA era contra a repotencialização e troca dos avionicos dos F-4 turcos, por que estes teriam um desempenho semelhante ao do F-16…como as coisas mudam, não? Pobre F-20, impedido de fazer parte da história…

Robson Br
Robson Br
10 anos atrás

DEU TAMBÉM NO http://www.terra.com.br “”Após redução de preço, Lula e Jobim teriam escolhido Rafale 04 de fevereiro de 2010 • 06h22 Comentários 132 Notícia O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Defesa Nelson Jobim decidiram escolher o caça francês Rafale, segundo informações do jornal Folha de S.Paulo. Essa escolha teria ocorrido depois que a fabricante Dassault reduziu de US$ 8,2 bi para US$ 6,2 bi o preço final do pacote de 36 aviões para a Força Aérea Brasileira. Essa redução significaria uma economia de R$ 3,7 bilhões. A redução não diminuiria o preço dos caças Rafale… Read more »

evandro
evandro
10 anos atrás

Só quero ver a reação dos Americanos com a escolha do Rafale. Depois de anos de dependência e embargos o Brasil parece só agora realmente estar Proclamando sua Indepêndencia!!! Dia da Independência do Brasil… 04 de Fevereiro de 2010. rsrsrsrsr.

Lobo
Lobo
10 anos atrás

Folha afirma que Rafale levou o FX-2 Dassault diminui preço, e Lula escolhe caça francês O presidente Lula e o ministro Nelson Jobim (Defesa) bateram o martelo a favor do caça Rafale após a francesa Dassault reduzir de US$ 8,2 bilhões (R$ 15,1 bilhões) para US$ 6,2 bilhões (R$ 11,4 bilhões) o preço do pacote de 36 aviões para a Força Aérea Brasileira, informa a colunista Eliane Cantanhêde em reportagem publicada na Folha desta quinta-feira (íntegra disponível somente para assinantes do jornal ou do UOL). O Rafale ficou em último no relatório técnico da FAB, que trouxe em primeiro o… Read more »

Ivan 2
Ivan 2
10 anos atrás

” http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u689129.shtml ” US$ 6.2 Bilhões? US$ 172 Milhões por aeronave? Preço totalmente incompatível… Mais um pouco a imprensa chega ao preço do F-22! Absurdo! A FSP quer acabar com o FX-2! Sobre o F-15 SE O F-15, é um excelente caça, e independêntemente de seu padrão, 90% das Forças Aéreas no mundo não possui um caça com capacidades semelhantes! O F-15 SE é uma “modernização” do F-15, com algumas soluções que dimimuem o RCS além de aviônica de última geração. Mas não é um caça de 5° geração! Seu projeto é da década de 70, o que inclui desenho… Read more »

Livre-Pensador
Livre-Pensador
10 anos atrás

Quero crer que tudo de certo nesta total dependencia com a França ,caso contrario meus filhos e netos vão pagar um preço muito alto por este desatino,do nosso Governo;os EUA podem complicar o nosso relacionamento,o OBAMA deve se sentir muito mal perante o povo americano levantou a bola do CARA errado?

Antonio M
Antonio M
10 anos atrás

Não se esqueçam que a “incógnita” do Rafale será o seu custo de operação!!! Haverá verba para mantê-los voando? Sem dúvida como compra de prateleira a FAB será bem servida em termos de equipamento mas, particularmente ainda acredito que o acordo com a SAAB para o Grippen seria melhor em termos de transferência tecnológica. Não estamos entrando em guerra com ninguém e não creio nessa possibilidade em futuro próximo nem mesmo adiante, portanto teríamos tempo de se envolver no projeto do Grippen NG e aprender e opinar muito mais do que em relação a Rafale. E digo mais. A uma… Read more »

Wilson Giordani de Souza
Wilson Giordani de Souza
10 anos atrás

Vou aguardar pelo anúncio oficial. Que barrigada é essa da Folha? O Jobim não está para receber representantes da Suécia?

[]s

Aurio A. Terloni
Aurio A. Terloni
10 anos atrás

Acabou o FX-2, deu rafale.

Leopodo Duarte
10 anos atrás

Pra quem acha que o F15 é mais caro que operar o F35 esta enganado, estamos falando de um novo F15.
O F35 pode ser ate monomotor mas a capacidade de desempenho nao a mesma.

Rodrigo Cordeiro
Rodrigo Cordeiro
10 anos atrás

nosssa deu rafale!!

fomos surpreendidos!!

viva o relatório da fab!!

rolouco
rolouco
10 anos atrás

deu agora no em cima da hora, das 9;00hs que a Dassault nao confirmou a venda dos rafales. e que so sera oficial quando o governo brasileiro der a noticia!!

Leonardo
Leonardo
10 anos atrás

Bom dia a todos

A Folha é um meio de comunicação sério até que provem o contrário, mas de qualquer forma prefiro fazer como o colega Wilson Giordani e aguardar pelo anúncio oficial, agora seja o que Deus quiser, pois assim como os outros dois concorrentes, o vetor tem capacidades de sobra para atender as necessidades da FAB, já em relação aos custos, só o tempo dirá se foi realmente um grande erro ou não!!!!

Um abraço