• Pedido firme inclui 10 aeronaves E190-E2 e outras 10 E195-E2
  • Entregas começarão no segundo trimestre de 2025

São José dos Campos, Brasil, 03 de junho de 2024 – A Mexicana de Aviación, companhia aérea estatal do México, fez um pedido de 20 jatos E2 da Embraer (NYSE: ERJ; B3: EMBR3). O acordo inclui 10 jatos E190-E2 assim como 10 jatos E195-E2 com entregas previstas para o segundo trimestre de 2025. A companhia aérea vai configurar o E190-E2 com 108 assentos e o E195-E2 com 132 – ambos em classe única.

A Mexicana será a primeira operadora dos jatos E2 no México e irá se beneficiar dos baixos custos operacionais e da eficiência de combustível dessas aeronaves, reforçando o compromisso da companhia aérea e da Embraer com a sustentabilidade e em promover uma aviação mais eficiente.

Com essa decisão estratégica, a Mexicana irá crescer e modernizar a sua frota, fortalecendo a conectividade doméstica e internacional para oferecer viagens acessíveis e confortáveis aos seus clientes, com os mais elevados padrões de segurança e de serviço.

“Damos as boas-vindas à Mexicana, que será a primeira operadora da família E2 no México. A companhia aérea se destaca pelo sucesso e rápido crescimento que alcançou desde o reinício de suas operações, em dezembro de 2023. A Mexicana já está voando para 18 destinos, transportando mais de 115 mil passageiros e acumulando mais de 3.280 horas de voo nesse curto período. Assim, a companhia aérea reforça o seu compromisso com a excelência operacional e o atendimento aos clientes”, afirma Priscilla Doro Solymossy, Vice-Presidente de Vendas & Marketing da Embraer Aviação Comercial para América Latina e Caribe.

Sobre a Mexicana de Aviación

A companhia aérea faz parte da Olmeca-Maya-Mexica S.A. de C.V. Grupo Aeroportuário, Ferroviário, Serviços Auxiliares e Afins, e reiniciou as operações em 26 de dezembro de 2023. Tem como objetivo melhorar a qualidade e cobertura dos serviços aéreos, bem como promover a conectividade, para ser um motor de crescimento, desenvolvimento e competitividade no nível nacional.

Sobre a Embraer

Empresa aeroespacial global com sede no Brasil, a Embraer (NYSE: ERJ; B3: EMBR3) completa 50 anos de atuação nos segmentos de Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança, Aviação Agrícola. A Companhia projeta, desenvolve, fabrica e comercializa aeronaves e sistemas, além de fornecer Serviços & Suporte a clientes no pós-venda.

Desde que foi fundada, em 1969, a Embraer já entregou mais de 8 mil aeronaves. Em média, a cada 10 segundos uma aeronave fabricada pela Embraer decola de algum lugar do mundo, transportando anualmente mais de 145 milhões de passageiros.

A Embraer é líder na fabricação de jatos comerciais de até 150 assentos e a principal exportadora de bens de alto valor agregado do Brasil. A empresa mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

DIVULGAÇÃO: Embraer

Subscribe
Notify of
guest

10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Filipe Prestes

Excelente notícia! Espero que o E2 possa vender muito mais, se aproveitando da capacidade de entrega mais rápida ao cliente do que a Airbus

Matheus

Excelente notícia! Que venha também um grande pedido da Aeromexico. Na torcida por grandes encomendas da Embraer em Farnborough.

Bernardo Santos

Muito bom, a Embraer sempre mostrando que o Brasil pode dar certo.

EduardoSP

Ótima notícia!
Aguardando a assinatura do contrato com a Holanda. A escolha do KC foi anunciada há quase dois anos e, até agora, nada de contrato.

Jorgemateus77

Deviam ter ido de A220, melhor opção do mercado, mas tudo bem né

Ozires

Ah é… melhor opção em que sentido??

Carlos Pietro

Sai pra lá!

EduardoSP

Deixa o cliente escolher a melhor opção.
Cada um sabe aonde o calo lhe aperta.

Last edited 10 dias atrás by EduardoSP
adriano Madureira

Off-Topic; Falando em México, o Poder Aereo tem alguma notícia sobre a renovação da força aérea mexicana?

Dudu

Também com cada aviao cujos preços médios são USD $ 65.6 e USD $ 58.2, saindo por USD $ 37.5….nao tem o que a Mexicana reclamar.