Objetivo do retrofit foi elevar a aeronave para a configuração FOC – Full Operational Capability

No dia 8 de maio de 2024, o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) informou, em nota, que a Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) concluiu com sucesso o recebimento do retrofit da aeronave FAB 2855, projeto KC-390.

Este procedimento abrange a elevação da versão da aeronave FAB 2855, da Força Aérea Brasileira (FAB), com o objetivo de atingir a configuração FOC – Full Operational Capability (capacidade operacional completa)

Importância para o Brasil

O projeto KC-390, originado em 2009, é de responsabilidade do Ministério da Defesa (MD), sob a coordenação do Comando da Aeronáutica (COMAER). Trata-se de um projeto de alta relevância para o fortalecimento da Indústria Aeroespacial Brasileira, com a criação e manutenção de empregos de alto nível, potencial de exportação de um produto de alto valor agregado e incorporação de tecnologias inovadoras ao parque industrial nacional.

O retrofit da aeronave permitirá à FAB continuar executando suas missões com maior eficiência e segurança, contribuindo para a soberania do país.

KC-390 FAB 2855 DCTA

A aeronave foi recebida em um momento muito oportuno, tendo em vista a necessidade de emprego, entre outras missões, no transporte de material para apoio às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.

O papel do GAC-PAC

A Comissão Coordenadora do Programa Aeronave de Combate (COPAC) é responsável pela coordenação dos projetos de aquisição, desenvolvimento e modernização de aeronaves de combate, bem como de sistemas relacionados, incluindo o projeto KC-390.

A comissão executa o acompanhamento e o controle das etapas contratuais junto à Embraer S/A, por meio do Grupo de Acompanhamento e Controle – Programa Aeronave de Combate (GAC-PAC), o que possibilita a verificação in loco de cada componente instalado na aeronave, bem como permite interações com a empresa, tornando o processo mais transparente e eficiente.

Acerca do processo de recebimento dessa etapa, o Chefe do GAC-PAC, Coronel Aviador Fábio Pires Vieira afirma que: “A assinatura do Termo de Recebimento não é uma mera formalidade do processo, tendo em vista que é um ateste da conformidade de todos os itens contratuais previstos, uma vez esgotadas as diligências da comissão de recebimento, para entregar à FAB um vetor seguro e que atenda aos requisitos preestabelecidos.”

FONTES / FOTOS: DCTA, por ACS e GAC-PAC / Embraer Defesa & Segurança – José Carlos

Subscribe
Notify of
guest

27 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Hcosta

off topic
https://www.youtube.com/watch?v=1287TJAVAYw

até parece fácil…

Rinaldo Nery

E de certa forma é. O fly by wire ajuda muito a vida do piloto. Além do HUD. Voei o E195, com HUD, e o A320/321 que possuem fly by wire.

Sergio Cintra

Cel.
Para os pilotos, ora o “joy stick” na direita ora na esquerda, é facil a adaptação? Requer um “refino” diferenciado e no simulador consegue-se tirar, digamos, vícios?

Underground

Não tem diferença nenhuma. Side stick ou manche, esquerda ou direita, tanto faz.

Rinaldo Nery

Eu sou destro, mas acostumei com o sidestick na esquerda. Não foi imediato. Demorou alguns vôos.

Underground

Para a mesma resposta
Under: 7👎
Cel. FAB: 7👍

Rinaldo Nery

E só tomar um Johnnie de GBP 250… Só pra gente rica!

Last edited 1 mês atrás by Rinaldo Nery
Underground

Recomendo Macallan 18 anos triple cask.

Rinaldo Nery

Concordo. Só falta o dinheiro pra comprar.

Rinaldo Nery

Sem ciúmes…

Rinaldo Nery

De acordo com um “ixxpecialixta” aqui, pena que não faz REVO de helicóptero…

Samuel Asafe

Já disse isso em outras postagens, a Embraer criou um monstro. Esse avião só não pousa de ré, o restante todo ele faz, e faz melhor.

Douglas Rodrigues

O KC-390 não irá realizar esse procedimento de REVO em helicópteros?
Ou seja, os helicópteros com capacidade de REVO serão abastecidos por quais meios?

Rinaldo Nery

Irão, sim.

Matheus Lucas

Demorou mas tá na labuta de novo agora quem tá na embraer e o fab-2856 .

BK117

Bem vindo de volta, 55!
No aguardo do retorno do 53 e 56. Notícias do 59?

Enfim, minha maior curiosidade seria o que exatamente foi retrofitado? Software? Sensores? Hardware? Cablagem? Alguma alteração estrutural ou nas superfícies de comando? Pelo tempo decorrido deve ter sido algo extenso.

Lembro que o 54 ficou um tempo parado para atualizações, logo na época que o 55 parou. Será que vai precisar passar pelo mesmo trabalho? Talvez uma atualização menor para o FOC?

Willber Rodrigues

Se alguém puder me informar o que foi feito nesse retrofit, eu agredeceria muito.

Camargoer.

Tenho a mesma curiosidade.

Frederico

E aquela aeronave que sofreu um acidente em 2018, o PT-ZNF, será que ela volta a voar?

Camargoer.

Creio que perdeu as condições de voo. Deve ter virado sucata.

Santana

Já foi totalmente desmanchado nas dependênciias da Embraer mesmo

Alisson Mariano

Considerando que o 2855 já está na configuração FOC e não possui o sensor do sistema DIRCM da AEL/Elbit, conforme print de post de hoje da FAB, penso que, provavelmente, não serão todas as unidades que receberão o referido sistema.

Segue o print:
https://imgur.com/a/c8M3L93

Segue foto do protótipo PT-ZNG com o referido sistema:
comment image

Rommelqe

The Directed IR Countermeasures (DIRCM) system provides maximum survivability against approaching threats, such as infrared-guided anti-aircraft missiles. DIRCM combines advanced laser technology with a high frame rate thermal imaging camera and a small, high dynamic range mirror turret.
The systems feature an open architecture and integrate seamlessly with any type of aircraft with all types of MWS (missile warning systems) and other defenses.

Rommelqe

Voce aí que negativou um simples comentário proativo destinado a esclarer para todos o signifcado da sigla DIRCM deve saber quais foram os retrofits requeridos para o 2855 atingir o FOC. Ou não?

Rommelqe

De qualquer forma, também tenho a curiosidade de saber quais foram os retrofits instalados no 55! Abs

Santana

Logo o ninho dos KC em gpx vão estar lotados, existe uma previsão na rádio pião de fazer 5 KC em 2025… E pode esperar mais…