Explosões abalam duas bases aéreas russas longe da linha de frente da Ucrânia

Rússia confirma explosões em instalações militares enquanto Kyiv encontra uma maneira de atingir bombardeiros de longo alcance

Explosões abalaram duas bases aéreas russas longe das linhas de frente, enquanto Kyiv parecia lançar um ataque preventivo contra bombardeiros que o Kremlin usou para tentar paralisar a rede elétrica ucraniana.

O Ministério da Defesa da Rússia confirmou os ataques na segunda-feira, alegando que dois de seus aviões de guerra foram danificados quando interceptaram dois drones ucranianos. Para Kyiv, o ataque representou uma operação sem precedentes nas profundezas da Rússia para interromper a estratégia do Kremlin de provocar uma catástrofe humanitária na Ucrânia à beira do inverno.

Relatos da mídia russa e vídeos publicados nas redes sociais indicaram que uma explosão ocorreu na manhã de segunda-feira na base aérea Engels-2, na região russa de Saratov, que abriga bombardeiros Tu-95 que participaram de ataques com mísseis de cruzeiro contra a Ucrânia.

Outra explosão ocorreu na base aérea militar de Dyagilevo perto de Ryazan, uma cidade a menos de 150 milhas de Moscou. Três pessoas morreram e cinco ficaram feridas depois que um caminhão de combustível explodiu, informou a mídia estatal russa. Essa base também abriga bombardeiros de longo alcance Tu-95.

Logo após as explosões nas bases aéreas, a Rússia lançou um ataque em massa há muito esperado contra a Ucrânia, envolvendo mísseis lançados do ar e do mar dos mares Negro e Cáspio.

A Ucrânia alegou ter derrubado 60 de um total de 70 mísseis, um novo recorde na eficácia de seus sistemas de defesa aérea. O Ministério da Defesa russo afirmou ter atingido 17 alvos.

Em Kiev, sirenes de ataque aéreo soaram e as pessoas se abrigaram em estações subterrâneas de metrô, mas nenhum míssil atingiu a capital e, após três horas, o alarme foi liberado. bem abaixo de zero, mas eles pareciam ter sido significativamente menos bem-sucedidos em interromper a rede elétrica ucraniana do que o ataque de mísseis em massa russo anterior em 23 de novembro.

Dyagilevo

Engels-2

Duas pessoas morreram e três ficaram feridas no sul da Ucrânia depois que pelo menos um míssil atingiu um prédio residencial em Zaporizhzhia. A energia foi cortada na cidade de Mykolaiv e Odesa relatou interrupções no abastecimento de água da cidade.

Se confirmado como uma operação ucraniana, o ataque à base aérea de Engels seria o ataque mais ousado atrás das linhas russas até hoje. A base aérea é um local crucial para as operações da força aérea russa contra a Ucrânia e para as forças nucleares estratégicas do país. bunker de armazenamento de armas com ogivas que podem ser implantadas nos bombardeiros estratégicos de longo alcance da Rússia.

O vídeo das explosões nas bases aéreas russas mostrou uma explosão de fogo iluminando o céu noturno. Moradores relataram que o som da explosão pode ser ouvido a quilômetros de distância. Em um vídeo de Saratov, o som de uma aeronave ou míssil pode ser ouvido gritando acima pouco antes da explosão ser ouvida, as autoridades locais da região de Saratov disseram que os serviços de segurança estavam investigando.

Baza, um meio de comunicação russo com fontes nos serviços de segurança, disse que o aeródromo russo em Engels foi atacado por uma munição vagabunda, um tipo de sistema de armas aéreas, que teve como alvo a pista da base aérea. Os bombardeiros Tu-95 com capacidade foram danificados na explosão. Nenhum dos dois indicou uma fonte para sua informação.

Um oficial ucraniano ofereceu uma avaliação enigmática das explosões de segunda-feira. “A Terra é redonda – descoberta feita por Galileu. A astronomia não foi estudada no Kremlin, dando preferência aos astrólogos da corte”, escreveu Mykhailo Podolyak, um conselheiro presidencial, “Se fosse saberia: se algo for lançado no espaço aéreo de outros países, mais cedo ou mais tarde, objetos voadores desconhecidos retornarão ao ponto de partida.”

Entre os que se abrigaram no metrô de Kyiv estava o chefe de direitos humanos da ONU, Volker Türk, que estava em Kyiv para se encontrar com ativistas ucranianos de direitos humanos e acabou realizando a reunião em um bunker.

O Kremlin disse que Vladimir Putin foi informado dos incidentes. O presidente russo estava reabrindo a ponte da Crimeia na segunda-feira, onde uma explosão em outubro levantou dúvidas de que a Rússia poderia proteger a península que ocupou da Ucrânia em 2014.

Relatórios de monitoramento ucranianos na semana passada sugeriram que a Rússia estava entregando mísseis de cruzeiro à base aérea e transferindo aeronaves para a instalação de Ryazan em preparação para outro ataque contra a Ucrânia.

Engels-2

Imagens de satélite publicadas pela Der Spiegel na semana passada mostraram 20 bombardeiros estratégicos estacionados na pista da base aérea de Engels em preparação para outro ataque à Ucrânia.

Blogueiros pró-guerra russos criticaram os militares por deixarem os aviões agrupados na pista, tornando-os um alvo atraente para sabotagem ou ataque.

A Ucrânia não é conhecida por ter qualquer munição que lhe permita atacar centenas de quilômetros além das linhas de frente do conflito, embora haja relatos de tais veículos aéreos não tripulados em desenvolvimento.

Como as duas instalações militares estavam entre 300 e 450 milhas da fronteira ucraniana, Rob Lee, membro sênior do Instituto de Pesquisa de Política Externa dos EUA, disse que os drones podem ter sido lançados pela Ucrânia de dentro do território russo.

“Os ataques de veículos aéreos não tripulados têm um alcance relativamente curto e eles não seriam capazes de voar tão longe da Ucrânia”, disse Lee.

O suposto ataque ucraniano à base Engels-2 provavelmente teve como objetivo interromper os planos russos de atacar a infraestrutura ucraniana, disse ele.

“A Ucrânia vem alertando há semanas que a Rússia estava se preparando para uma nova onda de ataques com mísseis em sua rede de energia. Isso poderia ter sido um ataque preventivo.”

A Rússia recorreu a ataques de longo alcance à rede de energia da Ucrânia depois que suas tropas foram forçadas a se retirar de várias regiões ucranianas após uma contra-ofensiva vigorosa. Putin chamou os ataques inevitáveis ​​após uma explosão na ponte da Crimeia que Moscou culpou.

A Rússia sofreu uma série de incidentes e ataques embaraçosos em bases militares, inclusive na Crimeia ocupada, que mostraram a vulnerabilidade de suas forças armadas.

FONTE: The Guardian

Subscribe
Notify of
guest

58 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
sub urbano

Possivelmente um ataque com drones. Um drone suicida relativamente simples tem alcance e poder de destruição similar ao de mísseis de cruzeiro caros e tecnologicamente avançados.

Alfredo

Que nada!
Foi um míssil ucraniano.
Agora quaisquer acidentes em instalações militares russas serão creditadas aos heróicos ucranianos que atuam junto com a fantástica OTAN.

Alfredo

Esqueci de acrescentar.
O míssil era balístico intercontinental.
Segue o jogo!

Santamariense

Oh, “inteligente”, qual a parte do texto que diz “O Ministério da Defesa da Rússia confirmou os ataques na segunda-feira, alegando que dois de seus aviões de guerra foram danificados quando interceptaram dois drones ucranianos. Para Kyiv, o ataque representou uma operação sem precedentes nas profundezas da Rússia para interromper a estratégia do Kremlin de provocar uma catástrofe humanitária na Ucrânia à beira do inverno..”, tu não entendeu??? Segue lendo o texto que tem mais….não adianta negar…heheheheheh

Last edited 1 mês atrás by Alexandre Galante
Alfredo

Ô Flanker.
Essa é a típica Operação Golfinho.
Vem até a tona, faz uma gracinha e depois some de novo.
A esta altura do conflito, com perdas em massa, os ucranianos gastam tempo e dinheiro em operações que nem arranham as forças russas.
Continuem assim.

Santamariense

Os ucranianos estão fazendo o que lhes compete, lutar pelo país deles. Vocês podem negar, fazer ironia, bater o pé, dizer que é mentira, etc, mas a verdade é que os russos não esperavam, nem em seus piores pesadelos, que a guerra seria como está sendo. Entao, senta e chora. Kkkkkkkkkkkk

Sturmgewehrstgde

Ueee, nem arranham mas os russos continuam correndo de que então?
Tão tomando um pau dos ucranianos.
A única coisa que os generais russos sabem fazer é mandar seus soldados recuarem.
Daqui uns 30 dias já recuaram tanto que estaram as portas do Kremlin.

Jefferson Ferreira

Russia pode falar até que foi ataque de estilingue… mas pela distância tá bem difícil de acreditar em drone… e pelos vídeos dá para cre que foi um ataque de mísseis…

Santamariense

Pode ser, não duvido. Pra mim, o que interessa é que causaram danos aos russos.

Velho Alfredo

Pior

Pode ser um ataque de drones sim, só q tendo saído de dentro do território russo.

Santamariense

Chora na cama que é mais quente…hehehehehehe

Last edited 2 meses atrás by Santamariense
Andre

É Da Lua (mais um alter ego…), foi mais um russo fumando, igual ao moska

George

Alfredoquings, aceita. Foi uma paulada no orgulho russo esse ataque. Mais um para a lista de vexames do Putin.

MFB

Essa base parece mais um museu.

Adriano Madureira

Exatamente, como algumas bases americanas com B-52,A-10 e aeronaves B-1 Lancer ou até mesmo pasmem, algumas bases da FAB, além de algumas alemãs…

Nada de extraordinário amigo, nem os endinheirados do golfo tem aeronaves 100% no estado da arte…

Inimigo do Estado

Esse museu lança misseis com mais de 1.000 km de alcance, o inimigo não vê nem o que o atingiu, quanto mais de onde veio. O Brasil tem um lança-traque que precisa estar dentro do raio de ação do inimigo para atirar, da década de 60…

Heinz

se tivessem lançado um enxame de drones, provavelmente teriam destruído várias aeronaves, entretanto creio que seriam mais facilmente detectados.

Glasquis 7

Pilotos fumando???

Underground

Dia triste para o sr. MIMIMIMI!

Paulo

Já tem fotos de um tu22 danificado.

Satyricon

Coisa linda.

RSmith

drones…. tipo “Pau que bate em Pedro… bate em Paulo!”

Underground

Dizem que o drone que os ucranianos estavam desenvolvendo ficou pronto e que iriam fazer teste hoje.

Jodreski

Se continuar assim eu não me espantaria se a Ucrânia atacar Moscou e o Kremlin, as forças russas parecem ser incapazes de proteger suas instalações, patético isso! Se a Ucrânia tivesse os meios Russos a sua disposição a cabeça do Putin já teria sido servida ao Ocidente.

Hcosta

É bem provável que aconteça e com muitas vítimas civis. Mas vão ser os Russos a fazer esse ataque…

Underground

A continuar assim os EUA vão ter de intervir, para defender a Rússia.

Alfredo

A continuar assim, a Rússia vai ter de contratar alguns pintores para lanternagem no Tupolev.
Agora, lembra da ação espetacular da Ponte da Criméia, prenúncio da tomada pela Ucrânia e que deveria ficar pronta em setembro de 2023?
Foi reaberta hoje e o próprio Putin dirigiu sobre ela.

Alfredo

É esse o vídeo da reabertura da ponte .

youtube.com/watch?v=H0Q23v33tK4

Underground

Então já dá para atacar de novo!

Santamariense

Tu não cansa de passar vergonha? Eu acho que tu tem um fetiche em fazer o que faz. Deve até fazer um 5 contra 1 enquanto escreve essas sandices. Patologia completa…heheheheh

Satyricon

Tal intervenção tornaria-se uma possibilidade se, e somente se, o arsenal nuclear russo corresse o risco de cair em mãos erradas.

Maurício.

Esses dias eu vi um vídeo do Celso Cavallini onde ele disse que com o fim da URSS, alguns artefatos nucelares sumiram. Agora, com esse seu comentário, eu fui dar uma pesquisada para ver se era verdade. Aparentemente sim, e não foi só a URSS que aparentemente “perdeu” alguns artefatos, os americanos também. Mas, como isso envolve tanto EUA como Rússia, nunca saberemos a verdade, se envolver o mercado negro de armas, aí que complica mais ainda.

Nilton L Junior

Nossa que notinha mixuruca.

Henrique

kkkkkkkkkaham

Andre

Me lembrou a noticia do afundamento do Moska e sua reação.

Jagderv#44

kkk

Nilton L Junior

E qual o problema?? por acaso você tinha certeza ou ficou esperando a confirmação, afinal pra quem acredita em roubo de chip de geladeira não precisa duvidar de nada, e sobre esse ataque é uma notinha que não nada, Criméia e Donbas é da Rússia.

George

Meu filho, para de passar vergonha e cai na realidade.

Santamariense

Sentiu o golpe…..kkkkkkkkk

Jefferson Ferreira

Tá feio pra rússia hein… a guerra já chegou no próprio território… a partir do momento que começar a ter baixas civis na rússia o pesçoco do putin vai ficar mais perto da forca…

Essa guerra é a maior prova de estupidez humana e como é perigoso ter líderes autoritários que não tem oposição!!!

Joao G

Esperamos que a forca fique tão próxima do pescoço de Putin que ele infelizmente fique o resto da sua vida sem conseguir respirar S2.
Slava Ukraini

Maurício.

Não é de agora que a Rússia sofre ataques em seu próprio território, e se a Ucrânia não atacar, burra está sendo ela.
Agora, essa tal ponte que o Putin foi abrir na Criméia, é a mesma que foi atacada em outubro, e que a tão falada “inteligência britânica” disse que só ficaria pronta em setembro de 2023? Se for a mesma, eu estava certo ao dúvidar de uma fonte como o ministério da defesa do Reino Unido…

Leandro Costa

Ivan, larga esse cigarro!

Santamariense

Kkkkkkkkkkkk..Boa!

Morgoth

Alexei, Yuri, Yevgni, Sergei e Timur estavam fazendo churrasco próximo a um caminhão-tanque e usaram vodka demais na churrasqueira. Acidentes acontecem!

Andre

Será que era um árabe quem estava operando o S400?

Rogerio

Burro foram os turcos em trocar o F-35 pelo S400.

Luiz

O F-35 caro e cheio de problemas?

Inimigo do Estado

Aquele que para levantar vôo precisa estar com o céu limpo, sem poeira, vento, nuvem, raios, trovão, passarinhos, oxigênio, raios solares, bactérias, esporos de fungos?

Prefiro um teco teco com um 38.

Jmgboston

A Russia pode até ter conquistado territórios mas a que custo? Um paísinho de nada dando tanto trabalho. Eu não acredito mais nessa lorota de que o Putin quer prolongar essa ocupação ilegal. Estão é com dificuldades mesmo contra um oponente bem mais fraco.

BLACKRIVER

Independente de qualquer coisa….

A infraestrutura de pista; taxiway; pátio e posições para aeronaves é impressionante!

H.Saito

Sendo a Rússia é melhor esperar pra ver se não é propaganda vergonhosa.
Podem ter usado uma simulação de ataque para acusar a Ucrânia e ganhar apoio popular, além de uma desculpa para “retaliar” os ucranianos.

sub urbano

Interessante q os “Cisnes Brancos” são maiores que os TU95… sempre imaginei o contrário. Na ultima imagem contei 33 Bombardeiros estrategicos entre TU160, TU95 e TU22(?), poder de fogo impressionante.

Last edited 1 mês atrás by sub urbano
orivaldo

onde estão as defesas aéreas com 157 % de efetividade ?

Fabio Araujo

Os ucranianos tinham falado que estavam finalizando um drone suicida de fabricação local que teria alcance de 1000Km levando uma ogiva de 70Kg, se estes drones realmente existirem podem ter sido usados nesses ataques, já foram mostradas imagens dessas bases com os aviões alinhados lado a lado e com vários mísseis armazenados ao lados desses aviões,um drone suicida com ogiva pequena detonando esses mísseis armazenados ao lado dos aviões poderia fazer um bom estrago, mas isso se esse drone realmente existir!

Felipe

Ataque ucraniano foi com drone TU-141 de origem soviética. O drone foi abatido pela defesa aérea da base e os destroços atingiram o TU-22M3

Fabio Araujo

Foram duas bases e os estragos foram muitos foram usados mais de um drone, pode até ter sido com o TU-141 modificado, mas este modelo é um drone de observação equipado com câmaras e não tem ogivas, ele possui alcance suficiente e os ucranianos tem vários deles, segundo algumas fontes os ucranianos teriam colocado uma ogiva e um sistema de orientação mais moderno nesses drones, mas até agora não esta claro se foram TU-141 modificados ou algum drone novo. Tem gente criticando o ataque a essas bases, mas era dessas bases de onde partiam os aviões que estavam atacando a… Read more »

Nukman

Eu sonho ver a ucrânia atacar uma base militar russa dentro da russia com os HIMARS dos eua,queria ver qual seria a reação russa….pequenos cogumelos se erguendo ate 10km de altidude sobre a ucrania?,sim,gostaria de ver,qual seria a reação da otan?
Talvez isso continue no reino da fantasia,mas eu não nego que gostaria de ver alguma dessa situação acontecendo.