domingo, novembro 28, 2021

Gripen para o Brasil

Dubai Airshow 2021: Airbus prevê demanda de aeronaves comerciais para o período de 2021-2040

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br
  • A Airbus prevê demanda de 39.000 novos aviões de passageiros e cargueiros até 2040.
  • Segundo a empresa, haverá “necessidade de mais de 550.000 novos pilotos e mais de 710.000 técnicos altamente qualificados nos próximos 20 anos”.

Nos próximos 20 anos, a Airbus prevê que a demanda por transporte aéreo mude progressivamente do crescimento da frota para a retirada acelerada de aeronaves mais antigas e menos econômicas, resultando na necessidade de cerca de 39.000 aeronaves de passageiros e cargueiros recém-construídas, 15.250 delas para substituição.

Como consequência, em 2040, a grande maioria das aeronaves comerciais em operação será de última geração, contra cerca de 13% hoje, melhorando consideravelmente a eficiência de CO2 das frotas de aeronaves comerciais do mundo. Os benefícios econômicos da aviação vão além do setor, contribuindo com cerca de 4% para o PIB global anual e sustentando cerca de 90 milhões de empregos em todo o mundo.

Embora tenha perdido quase dois anos de crescimento durante o período COVID, o tráfego de passageiros demonstrou sua resiliência e deve se reconectar a um crescimento anual de 3,9% ao ano, impulsionado pela expansão das economias e do comércio em todo o mundo, incluindo o turismo. As classes médias, que têm maior probabilidade de voar, crescerão em número em dois bilhões de pessoas, para 63% da população mundial. O crescimento mais rápido do tráfego ocorrerá na Ásia, com a China doméstica se tornando o maior mercado.

A expectativa é que a América Latina demande cerca de 2.500 aeronaves, com predominância de narrowbodies: 88% dos pedidos são de corredor único, enquanto o mercado de aeronaves pesadas deve representar apenas 4% do total.

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antoniokings

Batendo com as previsões que a região da Ásia será (ou já está sendo) o polo de desenvolvimento econômico atual.

Mk48

Prezado Kings,.
.
Exato.
.
Resta saber se os potenciais candidatos brasileiros possuem ao menos as mínimas qualificações para entrarem nesse mercado.

Antoniokings

Prezado Mk48.

É a grande oportunidade do Brasil.

SDS

Joli Le Chat

Exatamente, e as previsões mais antigas já iam nesse sentido.
O forecast é da Airbus, assim como Boeing e Embraer fazem os seus.
Mas aviões como MC-21, C919, ARJ21, CR929 vão aparecer cada vez mais.

Antoniokings

Exatamente.
Principalmente com uma grande demanda vinda da China, países da Ásia Central e do Sudeste Asiático.
Esses países têm importantes laços com China e Rússia.

Carlos Campos

Meu Deus a Airbus tá sambando na cara da Boeing, 3 posts com vendas da Airbus.

SANTANA

NAO SO DA BOEING MAS DA EMBRAER TAMBEM,VENDERAM A220 ENQUANTO A EMBRAER NENHUM DA FAMILIA E2

Últimas Notícias

O Gripen E vai igualar e, em muitos casos, ser melhor do que os atuais caças de quinta geração, afirma o Chefe da Força...

A Saab apresentou os seis primeiros Gripen E produzidos em série e que em breve ficarão prontos a Força...
- Advertisement -
- Advertisement -