sexta-feira, maio 7, 2021

Gripen para o Brasil

Saab faz a primeira entrega de fuselagem traseira do treinador T-7A

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

A Saab despachou sua primeira seção de fuselagem traseira para o programa T-7A Red Hawk. Esta é uma entrega importante no programa de Desenvolvimento de Engenharia e Fabricação (EMD) para seu parceiro de aeronaves de treinamento avançado T-7A Red Hawk, a Boeing

A produção e o envio desta seção de fuselagem traseira é o mais recente marco na contribuição da Saab para o projeto e desenvolvimento do treinador T-7A Red Hawk para a Força Aérea dos Estados Unidos.

Esta remessa de 15 de abril de 2021 é da fábrica de Linköping da Saab na Suécia para a Boeing em St. Louis, Missouri, EUA. Após a conclusão da fase de produção do EMD, a nova instalação da Saab em West Lafayette, Indiana, EUA, assumirá a produção da Saab das seções traseiras para o programa T-7A.

“O T-7A Red Hawk representa um feito notável de engenharia no desenvolvimento de aeronaves; tudo alcançado por meio de excelente colaboração com a Boeing e o uso de engenharia digital e manufatura avançada. Tem sido extremamente gratificante ser o pioneiro neste cronograma de desenvolvimento acelerado e entregar a precisão, visibilidade e comunicação resultantes na produção”, disse Jonas Hjelm, vice-presidente sênior e chefe da área de negócios da Saab Aeronautics.

A fuselagem traseira foi projetada e construída pela Saab, no âmbito da parceria do T-7A com a Boeing. Após a chegada em St Louis, a seção traseira da Saab será emendada à fuselagem dianteira, antes da instalação das asas, aletas e montagem da cauda para se tornar uma fuselagem de teste estático completo. Esta fuselagem será usada para testes estruturais no solo durante a fase EMD do programa.

O T-7A Red Hawk é um sistema totalmente novo de treinamento avançado de pilotos projetado para que a Força Aérea dos EUA treine a próxima geração de pilotos de combate nas próximas décadas. A aeronave se beneficiou da abordagem “quebrando a norma” da Saab e da Boeing para o projeto, engenharia e produção de aeronaves militares, que viu a aeronave T-X anterior passar do conceito ao primeiro voo em apenas 36 meses.

Boeing T-7A

DIVULGAÇÃO: Saab

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Satyricon

Imagino se não farão uma versão de ataque leve deste. Outros treinadores pelo mundo seguiram este caminho (vide T27/29)

Lúcio Sátiro

Meu sonho , como caça leve de ataque e treinamento para fazer parceria com o Grippen

nonato

Desenvolvimento fora da norma.
É isso que defendo.
Quem sabe construir não precisa psssar uma década “desenvolvendo”.
Até porque entre o conceito e o produto final você não costuma ver diferença alguma no design etc o que significa que não refazem durante o dia desenvolvimento…

Reportagens especiais

Do T-6 ao T-37

Por Gustavo Adolfo Franco Ferreira ( fotos de Arquivo de Aparecido Camazano Alamino) O primeiro registro de meu interesse pessoal...
- Advertisement -
- Advertisement -