sexta-feira, setembro 17, 2021

Gripen para o Brasil

Taiwan já modernizou 42 caças F-16 para o padrão F-16V

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Taiwan está se preparando para colocar o caça F-16V em serviço em uma cerimônia no final deste mês. O evento terá a presidente Tsai Ing-wen como convidada de honra.

A Força Aérea de Taiwan está investindo 110 bilhões de yuans para atualizar 142 caças F-16A/B/C/D para as especificações F-16V. O primeiro esquadrão de combate de F-16V atualizado realizará uma cerimônia de instalação na base de Chiayi.

Oficiais da Força Aérea disseram que 42 caças F-16V já foram modernizados e todos eles têm capacidade de inicial (IOC), desempenhando tarefas de prontidão para o combate.

Os F-16V da Base de Chiayi e o IDF Jingguo da Primeira Ala da Base de Tainan realizarão missões de defesa aérea no espaço aéreo sudoeste, interceptando aeronaves comuns que invadem a Zona de Identificação de Defesa Aérea do Sudoeste.

O fabricante de armas americano Lockheed Martin anunciou em 2012 o desenvolvimento de um novo modelo do Fighting Falcon, o F-16V – V de “Viper” em inglês. O novo modelo é equipado com radar de varredura eletrônica ativa (AESA) AN/APG-83, novo computador de bordo, link de dados Link-16 e outros.

Além de atualizar 142 caças F-16A/B para F-16Vs, junto com a aprovação do presidente dos EUA Trump para a venda de outros 66 caças F-16V, Taiwan terá mais de 200 caças F-16.

Os caças F-16V de Taiwan também terão a capacidade de lançar mísseis ar-ar de curto alcance guiados por infravermelho Sidewinder AIM-9X.

Cockpit do F-16V

FONTE: Yahoo

- Advertisement -

136 Comments

Subscribe
Notify of
guest
136 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Junior

E os Mirage’s 2000 foram atualizados?

Antoniokings

Agora vai!
Está pronta para enfrentar a China!

Gabriel

Você não cansa de passar vergonha a cada comentário?

Você devia ser objeto de estudo, pela capacidade de resiliência.

Emmanuel

Já é mais do que suficiente para negar as ambições daquela ditadurazinha.

Antoniokings

Abro as apostas.
Dou até cinco dias para a China ‘passar a régua e fechar a conta’.

Andre

Eu aposto um barril de 5l de heineken. Hoje é dia 18/03/2021. Aposto que a China não fará absolutamente nada e estendo seu prazo de 5 dias para até o dia 18/03/2022.

Fechado?

Antoniokings

Claro que não.
Porque ainda não interessa.
Mas, do início das ‘hostilidades’ até cinco dias, eu aposto.
E aposto que os EUA vão apenas apresentar uma nota repúdio e aplicar sanções aos pilotos que bombardearem o Palácio Presidencial de Taiwan.

Helio Eduardo

Concordo com seu prazo, e acho que cinco dias é a versão extendida… A proximidade geográfica já decidiu o futuro de Taiwan no caso de conflito com a China. Mas discordo sobre a possibilidade de reação dos EUA. Em mais de uma matéria e mais de uma vez, já expus a você meu ponto de vista: a China é um Dragão de pés de barro. Se os EUA tomarem, de fato, as dores de Taiwan, a China recua em umas poucas semanas ou vai para o tudo ou nada nuclear. A China depende do resto do mundo para comida, energia… Read more »

Antoniokings

Prezado Hélio

Já expus aqui o meu ponto de vista sobre a inutilidade de se usar comida (ou as falta de) como arma.
A China, bem mais pobre do que é hoje, enfrentou os EUA na Guerra da Coreia e impôs severas derrotas aos americanos.
Os EUA bombardearam as plantações vietnamitas e foram derrotados do mesmo jeito.
Ademais, a China dispõe de rotas terrestres seguras para abastecimento junto aos países da Ásia Central e Rússia.
À China, não vai faltar alimentos, petróleo e minério para levar uma eventual guerra adiante.

Helio Eduardo

Prezado Antoniokings,

Não acho que a China terá aliados e, mesmo que os tenha, suas necessidades são, digamos, monstruosas, proporcionais ao seu tamanho no mundo.

No fim, espero que nenhum de nós dois possa provar sua respectiva teoria.

Conan

Perfeita colocação Hélio! Todos países que realmente contam na arena mundial retaliariam diplomaticamente e economicamente, alguns ate militarmente. Se o Brasil e Austrália cortarem os suprimentos de matéria prima e alimentos para a China de quem eles iriam comprar? Os países africanos onde a China tem alguma influencia não teriam condições para isso, não na velocidade e quantidade de que ela necessitaria para se manter.

Antoniokings

Por enquanto, fique tranquilo.
Os negócios falam muito mais alto.
Chineses aumentaram as compras de títulos americanos.
Americanos e europeus encharcam a China com dólares em investimentos diretos ou financeiros.
A China é a queridinha do momento e ninguém vai deixar de cortejá-la.

https://www.bloombergquint.com/business/goldman-citigroup-lead-u-s-banks-plowing-billions-into-china

Carlos Crispim

Para enfrentar a China só a Rússia, Índia e, claro, EUA. Só.

Pedro

Infelizmente, pelos cálculos dos próprios americanos, alguma tentativa de anexação pela força militar ou econômica acontecerá até 2027 no máximo. Acho que Taiwan é um território perdido desde da reaproximação acontecida nos anos 60/70.

Os 5 olhos que mantenham a pressão no amro do sul da china em relação a soberania dos demais.

Carlos Crispim

Taiwan é da China, assim como as Falklands são da Argentina, simples assim. Não tem como existir outro país no mar bem na sua costa, eu não sou fã dos chineses, mas lá todos eles são chineses, então que se entendam, obviamente não querem ser comunistas, visto que comunismo é o câncer do planeta, mas não vejo solução.

fulcrum

É a china que é de Taiwan.

Helio Eduardo

Não, não é, e nem 300 desses seriam suficientes. A proximidade geográfica anula qualquer chance de defesa. Discordo muito do kings, mas não posso, por conta da divergência ideológica, deixar de concordar com ele: se a China quiser invadir Taiwan, vai fazê-lo e a ilha estado deixará de existir em alguns poucos dias. O que vai custar à China é outra questão, mas opino que eles não estão nem aí, dado ser Taiwan uma daquelas questões viscerais, cuja moral importa mais do que qualquer coisa (além do que eles podem se dar ao luxo de perder, vamos chutar, 100 caças… Read more »

Conan

Para o azar da China existe um pedacinho de mar de mais de 160km separando ela de Taiwan isso é muita agua e faz toda diferença principalmente para a US Navy, não importa o quanto eles invistam na marinha deles. Taiwan é uma verdadeira fortaleza com forças militares muito bem treinadas e equipadas e não entregarão um metro sequer da ilha sem uma luta sangrenta. Um outro detalhe que eu gostaria de mencionar é esse ” eles não estão nem aí”….Esse pensamento podia existir no passado nos tempos de Mao Tsé-tung quando a China era um pais muito isolado do… Read more »

LEONARDO BASTOS

Pra enfrentar, não! Mas, pra resistir duramente a ponto de desencorajar a invasão, sim…

Defensor da liberdade

Sei não hein? Uma saraivada de DFs e outros mísseis de cruzeiro nos aeroportos e grandes estradas taiwanesas e adeus capacidade de combate aéreo de Taiwan. Quem ataca tem a vantagem da surpresa.

Helio Silva

Se Taiwan não ficar em alertas e sistemas de defesa frágeis e falhos, sim…
Agora, que é uma baita dissuasao isso é.
Além disso, só foi noticiado o inventário dos f16, e quanto ao restante da estrutura de Taiwan? Radares, submarinos, navios, helicópteros, etc, etc?
Saudações!

Defensor da liberdade

Que precisam de bases para operar, vão operar de quais bases se estas estarão sob escombros?

carvalho2008

As pessoas imaginam coisas paritarias, mas não é assim. A vantagem esmagadora sempre fica com quem toma a iniciativa… Caças para decolar precisam de bases e pistas…. O primeiro ataque chines seria por misseis submarinos em alvos estratégicos, as bases aereas seriam atacadas no primeiro ato e os caças teriam dificuldade de levantar voo e exercer seu papel….porque submarinos? porque são dificeis de ser monitorados. A distancia é pequena e assim quase impossível discernir de onde viria o primeiro missil…é uma situação complexa…. As pessoas esquecem que hoje em dia os Submarinos estão num papel do primeiro estagio da guerra… Read more »

Bosco

Defensor,
Você não tem a mínima curiosidade de pesquisar antes de afirmar determinadas coisas? Você sabe quantos mísseis balísticos e de cruzeiro a China tem? O Vietnã recebeu 10 milhões de toneladas de bombas em 10 anos e “venceu” a guerra e você acha que “milhares” de mísseis derrotam um país?
Só tem um jeito da China vencer Taiwan e é desembarcando pelo menos 200 mil soldados lá, caso contrário, vence mas não leva.

Defensor da liberdade

10 milhões de toneladas no meio do mato? Pelo amor de Deus. Você é quem deveria pesquisar as coisas antes de falar. Ou pelo menos pensar direitinho, o que duvido muito dessa sua capacidade….

Art

No fim para conquistar tem que ter “boots on the ground”, não tem jeito. Logo Taiwan com muitos mísseis anti navio e defesas vai dar um trabalho imenso. Os caças são uma primeira barreira.

Last edited 5 meses atrás by Art
Alfredo Araujo

Perfeito !
Beiraria o doentio, se Taiwan achasse que consegue impedir uma invasão chinesa…

Pedro Bó

Os taiwaneses não sabem de nada sobre sua Defesa, quem sabe é o Antônio Reis, carioca, na casa dos 30 anos, formado em algum curso inútil de Humanas e que é comentarista “profissional” de internet.

Não vejo diferença nenhuma entre seus posts e as fake news de Whatsapp da Direita histérica.

Nilton L Junior

É mais ou menos assim, Império Chinês, estou avisando eu tenho pau pra bater, Taiwan estou vendo como vou apanhar.

Marcelo 75

Não há como questionar a beleza estética de um f-16, seja ele de qualquer variante! Realmente o bicho é lindo! Más em pleno 2021 uma modernização dessa aeronave(F-16V) utilizar componentes analógicos no cockpit, como apresentado na foto ao lado direito da tela MFD, é meio que bizarro referentes a caças russo da década passada. Presumo ser um retrocesso! Uma modernização não seria de colocar uma aeronave em igualdade de condições de uma aeronave moderna? Tanto em desempenho, como em inovação de meios utilitários a interface homem/máquina? Colocar “anabolizantes” em um vetor antigo a “meio pau,” é o mesmo que ir… Read more »

Antoniokings

E esse é um grande problema para países como EUA, Israel e Turquia, que têm a espinha dorsal de suas Forças Aéreas baseadas neste vetusto modelo.
Os próprios americanos, como aqui publicado, consideram o avião ultrapassado para a guerra moderna.

Andre

O que dizer então de quem se apoia no já fracassado em combate Mig29?

Antoniokings

Pergunte aos países que voltaram a comprar esses ‘antiquados’ aviões, como Egito, Índia e a própria Rússia.
Talvez eles saibam de algo que não saibamos, a não ser o fato que ninguém mais compra F-16 (exceto os coitados que têm de sujeitar a pressões políticas de Washington).

Flanker

Isso não é novidade. Os instrumentos analógicos servem como backup para os digitais.

Flanker

Su-30MKM

images (7).jpeg
Flanker

Mig-35

images (9).jpeg
Flanker

Su-27SKM

images (16).jpeg
Flanker

Su-34

Cockpit-do-Su-34-681x456.jpg
igortepe

Painel da USS Enterprise.

download (1).jpg
M.@.K

hahahahaha Boa!!!!

Victor Filipe

Atualização para o padrão V é uma Baita evolução, mas não é a reestruturação completa da aeronave, apenas a atualização do Radar antigo AN-APG-68 para o AN-APG-83 já demonstra uma baita evolução, entretanto, para a atualização desses vetores não é necessário que todos os mostradores sejam passados de analógicos para digitais, isso geralmente só é feito quando a atualização é mais profunda. A atualização principal nessas aeronaves se da nos computadores internos para ter uma velocidade de processamento melhor os novos painéis digitais vão demonstrar com mais precisão os dados mais importantes enquanto informações secundarias ficam com os analógicos isso… Read more »

Jagdverband#44

Vão cair em mãos chinesas após a invasão?

Gabriel

Me parece claro que o objetivo de Taiwan é ter Forças Armadas em condições de provocar danos suficientes em uma suposta força atacante muito superior, para desencorajar o ataque. A modernização do F-16 vai ao encontro desse pensamento.

Sem dúvida o conjunto F-16 + F-CK-1A/B + M2000 (considerando os diferentes níveis de modernização/disponibilidade) consegue atualmente esse objetivo.

Antoniokings

Parece-me claro que Taiwan está gastando dinheiro à toa, visto que estes antiguados aviões serão varridos dos céus ou destruídos em terra nas primeiras horas de combate.

M.@.K

Não viaja… a poucos dias teu conceito foi lá em cima quando tu mesmo fez uma baita análise dizendo que a guerra entre a China e Taiwan não era bom para ambos, agora teu conceito caiu novamente.. hehehe.

Last edited 5 meses atrás by M.@.K
Antoniokings

Continuo com essa opinião, o que não excluiu o fato de que em um improvável conflito, 42 F-16 ‘modernizados’ não farão diferença ante o poderio chinês.

M.@.K

Se poderio imperialista fosse o fator preponderante, os EUA não teriam sido escorraçados na tentativa de invasão de Cuba ou na guerra do Vietnam, nem tão pouco os russos no Afeganistão. A vantagem, realmente é da China… isto é fato, mas em matéria de conflitos, nada é certo… Aqui tudo é achismo. 

Flanker

Se tu acha que Taiwan se resume a 42 F-16 modernizados……

Flanker

O F-16V é tão obsoleto, vetusto e antiquado quanto o Mig-35.

Antoniokings

É, mas dá um ‘couro’ no F-16.
Melhor nem tentar .

M.@.K

o correte é: PODE dar um couro no F16…o resto é especulação… 🙂

Flanker

Onde? Quando? Entre quem? São aeronaves nascidas na mesma época, com a finalidade de uma enfrentar a outra, continuam sendo atualizada até hoje….portanto, não fale do que não sabe.

jose benedito

Esqueçam a China, é só um exercicio de retórica, através de meios convencionais não tem capacidade real de obrigar Taiwan a voltar a ser uma de suas provincias. O preço a pagar seria muito alto, Taiwan teria condições de contra-atacar causando perdas consideraveis à China, não só perdas militares e economicas, mas perdas que colocariam em cheque a aura de invencibilidade de potencia da China, com desdobramentos inimaginaveis , até mesmo afetando a legitimidade e capacidade de governar do PCC, o que sem duvida provoca calafrios nos figurões do partido e na elite dominante. A China é um dragão de… Read more »

Chuck Norris Dos Paraguai

Os EUA nem conseguiram dar conta do BLM, ainda vem dizer que a China não consegue dar conta de um “bando de estudantes”?

Flanker

Se tu colocar centenas e centenas de policiais e militares, descendo a porrada, tiros e tudo o mais, sem se preocupar com a opinião pública, direitos humanos, etc, qualquer manifestantes serão derrotados. Cado contrário, a coisa muda de figura. Lembra da Praça da Paz Celestial?

Alexandre

A China é um dos maiores Países do mundo, tem muita profundidade geográfica, ao contrário de Taiwan que é uma pequena ilha a mais o menos 200 km de distância da China, ou seja, qualquer tipo de armamento pode atingir Taiwan, seja um submarino diesel elétrico navegando submerso por todo o trajeto ou mesmo um míssil de cruzeiro simples e que esteja dentro do tratado de misseis de 300km. Geograficamente, Taiwan tem suas principais cidades voltadas para a China, em função de uma cadeia de montanhas no lado oposto, o que dificulta uma possível fuga e torna as cidades de… Read more »

Defensor da liberdade

Taiwan só pode atacar as costas chinesas no máximo. Já a China pode peidar do meio da África e acertar Taiwan, com seus DFs e H-6 com mísseis com mais de 1.000 km de alcance.

Bosco

Um navio de guerra defendido por sistemas competentes de defesa são as regiões do planeta Terra mais protegidas, e isso ocorre pelo fenômeno da “convergência”. Diferente de um grande país que não tem como ter densidade de meios de defesa em seu amplo território, um navio pode concentrar todo o seu potencial contra as ameaças que convergem contra si. O mesmo se aplica a um CSG ou a uma “pequena” ilha. Quem estuda artes marciais e defesa pessoal sabe que não é necessário treinar contra uma agressão de 10 ou 20 indivíduos simultaneamente, mas apenas contra 4. Não importa se… Read more »

Last edited 5 meses atrás by Bosco
Rafael Gustavo de Oliveira

“e claro, ter fôlego para chegar nos 30”

haja folego hein chefe….enxame de 1500 aeronaves de ataque e 120 bombardeiros H-6 sobre sua cabeça em vários pacotes de ataque…estou contando só a força aérea, fora a horda que vem do mar.

Talvez Taiwan ao invés de se defender, utilizasse a tática dos israelenses (Yom Kippur) e atacassem primeiro, daria uns dias a mais de vantagem….mas é uma causa perdida…acho que militar nesse país nem dorme em paz.

Rafael Gustavo de Oliveira

precisa logo de um batalhão de bruce lee e alguns steven seagal…rs

Antoniokings

Esse não tem jeito.
kkkkkkk

Antoniokings

Mais Bruce Willis, Sylvester Stalone, Chuck Norris e outros.
E ainda terão de ir em um centro espírita para John Wayne ‘ descer’ para ajudar na empreitada.
kkkkk

Andre

Israel atacou primeiro na guerra dos 6 dias. Na guerra do Yom Kippur foi atacado em todas as frentes por um enorme número de árabes amplamente armados, treinados e apoiados pela URSS. Israel conseguiu se segurar por tempo suficiente para receber ajuda material americana e virou a guerra. A enorme diferença são os mais de 100km de mar e as dezenas de baterias terra-mar taiwanesas. Se ninguém intervir, no longo prazo a China conquista, mas no mundo real não ficarão olhando a China invadir Taiwan. Além disso, os EUA são o maior comprador de produtos chineses e o maior destino… Read more »

Bosco

Rafael, Esse potencial toda pode destruir Taiwan, mas não é isso que os chineses querem. O “ataque” seria para a reunificação. Eles não podem causar grande mortandade sob pena dessa reunificação forçada dar mais errado do que o razoável. Apenas e tão somente as forças militares de Taiwan é que seriam alvos e assim mesmo numa dose mínima possível, e isso já é um ponto contra os chineses. Sem falar que nem toda essa força pode ser direcionada à Taiwan de uma vez, principalmente tendo em vista o quanto de inimigos a China está conseguindo acumular, o que os obrigam… Read more »

Alexandre

Perfeito o seu comentário, e não seria só um ataque aéreo e naval, outro dia vi um vídeo dos chineses deslocando mísseis de cruzeiro por via férrea, pense na quantidade vagões, cada um com cerca de 6 mísseis! Eu perdi a conta, e era para ser instalado em terra na região em frente a Taiwan. E não tem como se usar a tática de Israel, pois Taiwan é extremamente vigiada por satélites e radares chineses. Nenhum avião decola ou uma grande manobra militar é realizada na ilha sem que os chinas saibam, fora a grande quantidade de sistemas de defesa… Read more »

carvalho2008

Mais do que vagões…misseis de cruzeiro por subs…não tem como monitorar….não tem saber de onde virá….

Bosco

O único submarino chinês que pode ser capaz de lançar mísseis de cruzeiro como o Tomahawk, contra alvos em terra, no caso o CJ-10, é o Type 93G, que só existem 6 em operação.
Fora esses, os mísseis de cruzeiro chineses lançados por submarinos, têm função antinavio.

Bosco

Nos indique o link desses vagões com mísseis. Gostaria de ver.

Bosco

https://www.thedrive.com/the-war-zone/36149/how-chinas-ballistic-missile-and-nuclear-arsenal-is-ballooning-according-to-the-pentagon
Essas são as estimativas mais realistas da capacidade de mísseis da China. O resto é exercício de imaginação provocada pela propaganda maciça.
Podemos ver que por essas estimativas a China ao tod tem 300 mísseis de cruzeiro. Pouco provável que use tudo contra os irmão do outro lado do estreito.

Flanker

Queria sqber quem colocaria esse “enxame” de mais de 1600 aeronaves em voo, todos disponíveis ao mesmo tempo….ta bendo muito filme da 2a GM.

Rafael Gustavo de Oliveira

ok amigo, dei uma exagerada, 1600 aeronaves no ar é impossível… mas pense bem….suponhamos que a china separe 1/3 de suas aeronaves sempre operacional
conta aí:

1/3 na reserva, 1/3 em manutenção e o outro 1/3 operacional…(mais uma conta grotesca, sabemos que tem muito mais fatores envolvidos)

Ainda sim são 533 aeronaves operacionais, o que Taiwan pode fazer contra tudo isso?

Da mesma forma que a china não consegue colocar todas as suas aeronaves em voo, Taiwan também não consegue….essa conta não fecha….vocês entendem?

Flanker

Saber* vendo*

LEONARDO BASTOS

Não se iluda, meu caro! Primeiro que a China não teria como mandar todas essas aeronaves de uma vez, segundo que a costa chinesa poderia ser alvejada incessantemente por vários dias, causando milhares de baixas!! Sem falar que depois teriam que ocupar a ilha e dominar o território… Isso, contando que Japão e EUA iriam assistir de braços cruzados. É melhor acordar pra essa realidade…

Defensor da liberdade

Japão? Melhor Taiwan contar com a liga da justiça. Japão só mete com a China se for atacado primeiro, eles sabem o que fizeram no verão passado.

Antoniokings

Vc tem noção da besteira que vc está falando.
Pelo amor…….

Defensor da liberdade

Filme? kkkkkkkkkkkkkkkkk

Taiwan deve abandonar seus conselheiros miliares e contratar um estúdio de Hollywood, com Bosco no staff.

Last edited 5 meses atrás by Defensor da liberdade
Bosco

Defensor,
Eles deviam contratar você. Conselheiro igual eu eles já devem ter. É você que tem que ir lá e contar pra eles que estão gastando dinheiro à toa e que já perderam contra a China e só lhes resta a rendição incondicional e a anexação irremediável.

Defensor da liberdade

Vixe, coitados deles então, ter conselheiros feito tu kkkkkkk

Adeus Taiwan.

Alexandre

Bosco, dessa vez não concordo com vc, pois seus argumentos não se sustentam. Veja bem, é muito certo que a faixa de terra da China continental que fica em frente a Taiwan, é uma faixa que tem uma grande concentração de meios de defesa como sistemas S400, misseis de cruzeiro lançados de terra, etc, etc… Então meu amigo, pode crer, a China tem muita “convergência” nessa região, nada de dispersão! Certamente a China sabe o adversário que tem do outro lado e não vai dar bobeira. Quando eu falo da profundidade estratégica, eu estou falando do óbvio, isso é um… Read more »

carvalho2008

A força aerea de Taiwan teria serias dificuldades para decolar…

O primeiro ataque viria por misseis de cruzeiro lançado por submarinos. Não há como monitorar, não há como antever local nem direção. Os misseis chegariam de todos os lados nos alvos estratégicos e bases aereas…acho praticamente impossivel voce conseguir detectar o lançamento do missil pelo sub e conseguir reagir a tempo naquelas distancias…e mesmo que decole…quando voltar não pousa…é complexo…espaço pequeno, endereço fixo….distancia irrisória…e ainda por cima…totalmente inviabilizado de ataque preventivo ou iniciativa….o caso deles obriga a reagir somente depois do ataque…

Antoniokings

Exatamente.
A China vai concentrar praticamente todo seu poder de fogo em uma área muito pequena.

Leonardo Bastos

Isso daí os generais taiwaneses tb sabem e se preparam/treinam há mais de 50 anos para saber como reagir…

Bosco

Carvalho,
Isso é uma suposição baseada na máquina de propaganda comunista chinesa. Diferente dos EUA em que cada submarino de ataque é capaz de lançar pelo menos 12 Tomahawks, a China não conta com tantos a ponto de fazer diferença.
Mísseis ajudam quando fazem parte de um todo bem orquestrado e a China não têm tantos assim, nem de cruzeiro e nem balísticos. Dê uma conferida!

Antoniokings

Mísseis de cruzeiro do tipo Tomahawks estão sendo abatidos aos montes pelos sírios (não sei se russos e iranianos estão ajudando).
Agora, imagine pela defesa chinesa.

Bosco

Seu nível de leitura tá mal.
Eu citei os Tomahawks en passant. Ave Maria!
*Cê tá cobrando quanto pra assustar uma casa de uns 120 m².
Quanto à sua afirmação, o seu psiquiatra mandou eu não te contrariar. Estão sim sendo abatidos os Tomahawks aos montes. Se brincar já acabou o estoque americano.

Antoniokings

Eu falei ‘mísseis de cruzeiro do tipo Tomahawks’.
Quanto ao meu analista, costumo seguir as recomendações do ‘Leonardo, o analista de perto de Bagé’.
Ele posta no Youtube e às vezes aqui, sempre me contrariando, apesar dele recomendar que não o faça.
Sugiro que assista no canal acima mencionado, de chapéu e bombacha.
É muito interessante.

carvalho2008

Mestre Bosco, mas como virou rotina….creio que toda a estrutura tatica e estratégica seria atacada de forma stealth pelos subs chineses….ficamos monitorando as bases chinesas, mas com aquela proximidade, uma infinidade de misseis de cruzeiro iriam surgir de repente em qualquer lugar em volta das ilhas, atacando bases, estações e aeroportos…uma boa parte da infraestrutura seria destruida ja nesta primeira etapa….sem decolar…para alvos estratégicos, os subs hoje em dia dão uma dor de cabeça danada, pois não se sabe de onde vem, e os Taiwaneses não tem para onde recuar ou afastar sua infra tal como um pais continental poderia… Read more »

Helio Eduardo

Bosco, permita-me discordar. Por mais que eu queira, não vejo Taiwan reagindo significativamente por mais de 24 horas. No ar, basta a China enviar três esquadrões de ataque a cada 30 minutos, algo que podem fazer sem nenhuma estratégia mirabolante por várias horas seguidas, e a defesa aérea de Taiwan cairá por terra. Seus F-16, F-CK-1A/B e M2000 só terão uma ou duas surtidas antes de sucumbirem à esmagadora superioridade numérica. Isso se não colocarmos na equação uma chuva de mísseis de cruzeiro que vão arrasar as bases aéreas e, ainda, a PLA Navy atacando de duas ou três coordenadas… Read more »

Bosco

Senhores,
Em momento algum quis passar a ideia que eu acho que Taiwan pode derrotar ou impedir a China de invadir, só acho que o preço cobrado será alto e pode dar tempo da cavalaria chegar.
O que quero dizer é que países pequenos mas muito bem armados não são fáceis de serem dominados como pode o senso comum nos fazer crer, que o diga Israel, Singapura, etc.

Defensor da liberdade

Vietnã tinha apoio da URSS e China nas suas fronteiras, todas ligadas por terra, diferente de Taiwan, que tem somente o maior oceano do mundo separando-a de seu aliado.

Antoniokings

O camarada está achando que os EUA enviarão milhares de soldados para serem moídos pela máquina militar chinesa.

Flanker

Uiiii…nossa….que poderosa , invencível e indestrutível máquina militar chinesa que não entra em uma batalha de verdade há quanto tempo??? Como tu gosta de superlativos e nomes pomposos……hehehehe…só rindo, mesmo.

Bosco

Não gosto do velho decrépito Biden mas deve perguntar isso a ele e não a mim. Pelo retrospecto os EUA sempre enviou seus soldados para serem moídos mundo afora de modo a defenderem suas posições, quem tradicionalmente usa “proxies” (rssss) , ou seja, cães de guerra terceirizados” para fazer o serviço sujo de espalhar o comunismo algures sempre foi a China (e antes, a URSS).

carvalho2008

A realidade de Taiwan é muito diferente do contexto da Indochina (Vietnã). A Indochina estava massacrada desde 1850….colonizada e explorada até o osso pela França….quando a WWII estourou, a coisa piorou mais ainda pois o Japão invadiu expulsando franceses e o povo faminto e esfarrapado, foi a inanição…quando a guerra acabou, eles não deixaram os Franceses voltarem, já não tinham nada a perder. Era um povo devastado e acostumado aso horrores da inanição que a exploração e guerra causam. Ho Chi Min tentou em vão assistencia e apoio americano contra Franceses…foi muito constrangedor para os EUA que até então eram… Read more »

Antoniokings

Dois documentários excelentes sobre o tema que estão no Youtube.
1) Apocalipse, a Guerra dos Mundos.- Eps 1
2) O preço da guerra. Eps 3

O primeiro documentário acima mostra o acordo entre a França e Ho Chi Minh para a volta dos franceses em parte do Vietnã do Norte, durante cinco anos, em substituição aos chineses de Chiang Kai Shek que estavam saqueando a região.
Ho Chi Minh chegou a declarar: ‘Prefiro cheirar fezes francesas por cinco anos do que comer fezes chinesas pelo resto da minha vida’.

Esta era a realidade da época.

Leonardo Bastos

A principal questão é que, ao contrário do Vietnã, Taiwan tem uma frota aérea, naval e terrestre sofisticadas, além de estruturas desenvolvidas durante décadas para lidar com esse provável ataque!! Somente isso…

Bosco

Não diria que a comparação com o Vietnã seja pertinente porque naquele caso era uma guerra assimétrica e os EUA não queriam anexar o país. No caso da China querer invadir Taiwan vai ser uma guerra convencional de curtíssima duração e Taiwan tem que resistir . Não tem outra alternativa.
Pode parecer que não mas Taiwan acumulou uma quantidade de armas modernas enorme e todas direcionadas a um único cenário: a invasão chinesa.
Eu acho que a comparação mais pertinente é com a Guerra de Troia.

Antoniokings

Cavalaria?
Conecte-se com o Mundo atual e saia de Hollywood.
Os EUA não farão nada.
Apenas notas de repúdio e sanções que ninguém obedece.

Bosco

Parece que você é que está conectado ao cinema chinês, que também já ultrapassou Hollywood com aqueles filmes épicos rssss

Flanker

Sanções que ninguém obedece? Pq Rússia e china não venderam armas para o Irã durante todo o período de sanções dos EUA àquele país?

Antoniokings

Porque foi através da ONU.
Agora, acabou.
Chega dessa baboseira.
A China está comprando muito dos países embargados.

https://valor.globo.com/mundo/noticia/2021/03/19/em-desafio-a-biden-china-compra-mais-petrleo-de-venezuela-e-ir.ghtml

Flanker

Mas, quem propôs? Enfim, querer discutir contigo é o mesmo que querer que um cachorro escreva uma tese sobre fisica quântica…….

Helio Eduardo

Bosco, eu entendi seu ponto de vista. Apenas considero que nada, absolutamente nada que Taiwan possa oferecer hoje é capaz de dissuadir a China. Minha opinião é que os chineses encaram Taiwan como uma questão de honra e se, de fato, chegarem à solução militar, estarão prontos a aceitar as perdas.

Leonardo Bastos

Os chineses, leia-se a cúpula do PCC. Mas numa guerra, a política toma rumos imprevistos a depender dos efeitos sentidos pela população, mesmo numa ditadura…

Teropode

Já modernizaram 42 caças em um tempo curto , um fungar de dragão no cangote faz milagres , aqui levamos 20 anos para modernizar 58 caças e mais uns 20 para obter 36 novos , com direito a tot .

Maurício.

A principal dúvida que eu tenho nessa ladainha de China vs Taiwan, é se os EUA se meteriam para ajudar Taiwan ou se deixariam Taiwan a própria sorte.

Defensor da liberdade

Acho que aconteceria o mesmo com a Coréia, um impasse.

Alexandre

Amigo, se vc fosse o Presidente americano, vc meteria o bedelho numa guerra que não é sua, a mais de 10000km de distância, contra uma potência nuclear?

Maurício.

Alexandre, se eu fosse o presidente americano eu não me meteria, mas sabemos que as coisas não são bem assim, eu tenho essa dúvida porque eu acho que se os americanos não se meterem, ninguém mais vai, nem França nem Inglaterra, ninguém, já se os EUA se meterem, aí terão ajuda de seus aliados tradicionais.
Digo isso porque eu acho que em uma suposta guerra, Taiwan seria um oponente duríssimo, mas não aguentaria a pressão Chinesa, não seriam alguns caças abatidos e alguns navios afundados que fariam a China desistir, resta saber se Taiwan teria ajuda ou não.

Alexandre

Mauricio, os EUA não se meteriam , do mesmo modo que não se meteram na Crimeia. Simplesmente não dá para se meter numa guerra com uma potência nuclear, sabendo que poderia ser riscado do mapa.
O mesmo vale pra Russia e China, nunca vão entrar em guerra com os EUA, pelo mesmo motivo, seriam tostados e eliminados pelas nukes americanas.

Celso

Contraditoria essa sua teoria. Leia com atencao o que escreveu e lembre-se…..Taiwan e aliada privilegiada dos americanos e tem acordos de defesa .
A China tem quê tomar cuidado , mexer com um , mexeuom o outro e ai nao adianta terem nucs , etc, etc, etc.

.

carvalho2008

A pergunta e resposta americana seria? O que muda no mundo depois da tomada de Taiwan?

Bosco

O que muda no mundo depois de Israel ser riscado do mapa? O que muda no mundo se a Amazônia for internacionalizada?

LEONARDO BASTOS

Seria uma guerra tipo proxy. Basta lembrar dos casos do Vietnã e do Afeganistão, durante a Guerra Fria!

Bosco

Mas e as vezes que os EUA meteu o bedelho na Coreia, Cuba, Vietnã, etc.? Quem estava por traz do pano eram potências nucleares.
Por que você acredita que os EUA tiveram peito naquela época e não têm agora?

carvalho2008

Porque o dinheiro Frances estava na França, O britanico na Inglaterra e o Americano nos EUA, as transações internacionais aquela época eram pífias comparando com a globalização do capital hoje em dia. Como um país pode guerrear com outro se importante fatia de seu capital e serviços e industrias estão dentro de seu antagonista e vice versa?? Ninguem sabe responder como fazer as duas coisas, negocios e guerra ao mesmo tempo com o antagonista…se um tivesse capacidade de invadir e dominar o outro vá lá…poderia até imaginar algo como foi o Iraque….mas neste nível é impossivel… Se o primeiro do… Read more »

Nilton L Junior

Taiwan sabe se esticar a corda, o império Chinês é frio, calculista e pragmático, ali tem pólvora e paciência historica, e capacidade inconteste para recuperar seu território rebelde.

Bosco

Essa história de China histórica, que inventou a macarronada e o papel, é balela. A história da China atual começa em 1949. Os próprios chineses colocaram a baixo a china histórica. Quando o comunismo é instaurado, o passado é revisto, reescrito, reinterpretado, anulado, criado, contorcido… e o tempo só volta a correr daí pra frente.
Vê o que o segmento comunista faz aqui no Brasil? Nem precisamos ir longe. Estamos vivenciando esse processo ao vivo e a cores e não podemos fazer absolutamente nada a não ser observar.
A China Histórica só tem 71 anos.

Nilton L Junior

Essa abordagem é comum para a aqueles que se recusam a olharem a história da China como sendo construida a milênios num reducionismo contextual liberal, a vida segue.

Antoniokings

‘A China histórica só tem 71 anos.’
Seu caso é para estudo.
Não sei se vc sempre foi ou piorou com o isolamento por causa da pandemia.

Em tempo.
Se a China histórica só tem 71 anos e está assumindo o posto de maior potência Do Mundo, o que esperar dos próximos 71, 100, 200 anos?

Bosco

“Se a China histórica só tem 71 anos e está assumindo o posto de maior potência Do Mundo, o que esperar dos próximos 71, 100, 200 anos?”
Isso de adivinhação eu deixo por sua conta. Você é que é o arauto do Apocalipse aqui.
O máximo que eu posso dizer é que ela pode estar melhor segundo algum ponto de vista ou pior segundo outro ponto de vista, ou seja, parece fácil mas não é difícil não. Ou seria , parece difícil mas não é fácil não. Ah! Deixa pra lá!

Michel

“Vê o que o segmento comunista faz aqui no Brasil?”
Também vemos precisamente o que o capitalismo – versão brasileira, diga-se de passagem -, faz com o Brasil nesse exato momento histórico. E o que é visto não é bom nem bonito.

Bosco

Michel,
O contrário de comunismo é liberdade e não “capitalismo”.
O que o capitalismo está fazendo no Brasil nesse exato momento que eu desconheço? Será que é fornecer condições via impostos extorquidos para que o governo federal injete bilhões e bilhões nos estados para que seus governadores comunistas façam negociatas? Se for isso realmente é algo lastimável.

Carlos Crispim

Um país minúsculo menor que o estado do Espírito Santo com uma força aérea 10X mais poderosa que a nossa, que nem com os Gripen chegamos perto…tem que ter uma coisa errada.

Nilton L Junior

Um pais minusculo que se preparou pra dar um salto tecnologico e com apoio dos EUA o que mais poderia dar errado

carvalho2008

Um país minusculo ( que não é país), que surgiu justamente como foragidos em face da perda da guerra contra a revolução comunista….ou seja, só não morreram porque conseguiram fugir para a Ilha Chinesa e o mar funcionou como uma muralha….os comunistas não tinham marinha para continuar a perseguição e os americanos posicionaram seus navios inviabilizando isto…era o inicio da guerra fria….

Bosco

Carvalho,
Agora a China tem navios e Taiwan tem mísseis antinavios.

JuggerBR

Algo que faz a China querer muito Taiwan, fora a história, é a tecnologia da TSMC de produção de chip de 5 nanometros…

Antoniokings

A China já projeta seus chips.
A Huawei foi a primeira a apresentar chips de 5nm com o Kirin 9000.
Ela precisa é da máquina de litografia que é de um empresa holandesa chamada ASML
Se não me engano (tenho quase certeza absoluta), a TSMC usa essas mesmas máquinas holandesas..

Luiz Trindade

Mais do que na hora dar resposta a China continental… Quando os caças J-10 e cia começarem a invadir o espaço Taiwan os caças taiwaneses tem de plotar os misseis na posição de 06 horas deles e ficar acompanhando até sair da Zona de Identificação de Defesa Aérea do Sudoeste

#DIOGO#MATOS#

Interessante, os taiwaneses estão investindo pesado na mordenização das suas força e investindo muito no desenvolvimento de mísseis não é de hoje, ainda mais com o rápido expancionismo chines. Taiwan é uma bomba e pode escalonar para uma guerra em dois tempo.

Luiz Trindade

Que os chineses comunistas estão se preparando para essa guerra…

dod

Por que eles colocam os misseis BVR nas pontas das asas ?

Bosco

Porque pela lógica o combate BVR se dá antes do combate WVR e em já havendo sido lançados os mísseis BVR há uma melhor condição de balanço e aerodinâmica que facilita a manobrabilidade em alto g requerida para o combate aproximado.

Last edited 5 meses atrás by Bosco
Carlos Alberto Soares

Últimas Notícias

Governo argentino reserva US$ 664 milhões para compra de caças JF-17 Thunder em 2022

Segundo o site Aviacionline, foi apresentado ao Congresso Nacional da Argentina o projeto de orçamento para o ano fiscal...
- Advertisement -
- Advertisement -