Home Aviação Naval Van Halen e a história do vídeo dos Blue Angels

Van Halen e a história do vídeo dos Blue Angels

2773
38

Em 1986, a banda Van Halen estava em transição, depois de marcar um grande sucesso comercial com o álbum 1984, que incluiu seu primeiro single nº 1, “Jump”. As palhaçadas e a personalidade dominadora do vocalista David Lee Roth haviam se tornado demais para o resto da banda e eles decidiram se separar. Os críticos questionaram se Van Halen poderia continuar sem o carismático Roth servindo como líder. O anúncio de que o “Red Rocker” – Sammy Hagar – seria o substituto de Roth foi recebido com reações mistas dos fãs.

Por isso, foi uma surpresa para muitos quando o 5150, o primeiro álbum de Van Halen gravado com Hagar como vocalista, rapidamente liderou as paradas com a força do primeiro single “Why Can’t This Be Love”? O que tornou esse feito mais notável foi o fato de Van Halen se recusar a produzir qualquer videoclipe em apoio ao álbum. Na época, os vídeos eram considerados uma necessidade absoluta para promover novos lançamentos. Era prática do setor cobrar das bandas os custos de produção dos vídeos, mas Van Halen sustentava que as despesas de promoção e associadas eram de responsabilidade de sua gravadora, a Warner Bros.

Com um álbum de sucesso nas mãos, a Warner Bros estava ansiosa para manter o ritmo com um segundo single, para que eles começassem a pensar em como poderiam fazer um vídeo rápido e barato. Um de seus executivos havia visto recentemente o sucesso de bilheteria Top Gun e achou que o filme seria ainda melhor com uma trilha sonora de rock (ele deve ter considerado “Danger Zone”, de Kenny Loggins, um pouquinho adocicada). Usando o filme de Tom Cruise como inspiração, a Warner Bros decidiu produzir um vídeo com os Blue Angels da Marinha dos EUA e depois lançá-lo para coincidir com o feriado do Dia da Independência.

Álbum 5150 de Van Halen
Álbum 5150 de Van Halen

Da McDonnell Douglas, a Warner Bros obteve imagens de dez anos dos Blue Angels voando no A-4F Skyhawk II e decidiu que a faixa crescente de Van Halen “Dreams” era uma combinação perfeita. Como Van Halen não estava pagando a conta, a banda aprovou. A Marinha dos EUA também teve o prazer de ajudar o esforço, porque o vídeo ajudaria a comemorar o 40º aniversário do Blue Angels. Uma vez que todas as partes concordaram, o vídeo de corte rápido dos Blue Angles executando suas manobras foi editado em três dias.

Inicialmente, o vídeo pretendia ter uma exibição muito limitada exclusivamente na MTV durante o Liberty Weekend de julho, que foi uma celebração especial da restauração e do centenário da Estátua da Liberdade. Foi colocado em grande divulgação e foi ao ar quatro vezes por dia. A resposta maciça gerada pegou a Warner Bros, Van Halen e a Marinha de surpresa. A MTV foi inundada por telefonemas de telespectadores que queriam saber mais sobre o Blue Angels e onde poderiam obter cópias do vídeo.

A Marinha ficou empolgada. Logo após o comercial de recrutamento de duas horas que era Top Gun, eles agora tinham um videoclipe eletrizante de uma das bandas de rock mais populares do país sendo visto por milhões de adolescentes. O Comando de Recrutamento da Marinha estava alcançando seu público-alvo e não lhes custara nada. De fato, todos os envolvidos colheram recompensas. A MTV teve um vídeo chamativo, Van Halen alcançou outro single de sucesso em “Dreams” (chegando ao 22º lugar nas paradas) enquanto conseguiu se manter firme ao não pagar pelo vídeo, e a Warner Bros acumulou mais vendas de álbuns devido à sua promoção barata. Por esses motivos, todas as partes concordaram em estender o uso do vídeo indefinidamente.

A Warner Bros expandiu a distribuição do vídeo para fliperamas, shoppings e hotéis. A Marinha aproveitou ao máximo o presente inesperado compartilhando cópias do vídeo com suas 2.200 estações de recrutamento, além de escolas e hospitais. Não há dados que indiquem exatamente quantos recrutas a Marinha conquistou devido ao vídeo “Dreams”, mas, sem dúvida, aumentou a conscientização e atraiu a atenção positiva de uma população importante durante o verão de 1986.

Van Halen e Sammy Hagar gravaram mais três álbuns # 1 sem pagar por nenhum videoclipe do próprio bolso. Hagar estima que economizou US$ 4 milhões para a banda. Hagar também disse que se ele fosse forçado a escolher sua música favorita de Van Halen, ele escolheria “Dreams”.

No mesmo ano em que o vídeo de “Dreams” foi lançado, os Blue Angels substituíram seus Skyhawks por F/A-18 Hornets. Eles ainda se apresentam regularmente e deslumbram o público em todo o país.

Dreams

Van Halen

World turns black and white
Pictures in an empty room
Your love starts fallin down
Better change your tun, yeah
Reach for the golden ring
Reach for the sky
Baby just spread your wings
We’ll get higher and higher
Straight up we’ll climb
We’ll get higher and higher
Leave it all behind
Run, run, run away
Like a train runnin off the track
Got the truth gets left behind
Falls between the cracks
Standing on broken dreams
Never losin’ sight, ah
Spread your wings
We’ll get higher and higher
Straight up we’ll climb
We’ll get higher and higher
Leave it all behind
So baby dry your eyes, save all
The tears you’ve cried
Oh that’s what dreams are made of
‘Cause we belong in a world that must be strong
Oh that’s what dreams are made of
We’ll get higher and higher
Straight up we’ll climb
Higher and higher leave it all behind
Oh we’ll higher and higher who knows
What we’ll find
So baby dry your eyes, save all
The tears you’ve cried
Oh that’s what dreams are made of
Oh baby we belong in a world that must be strong
Oh that’s what dreams are made of
And in the end on dreams we will depend
‘Cause that’s what love is made of

.

FONTE: Naval History Blog – US Naval Institute

Subscribe
Notify of
guest
38 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ivo
ivo
1 mês atrás

Música envolvente, combina com o vídeo, e dá lhe adrenalina.

Leandro Costa
Leandro Costa
1 mês atrás

RIP Eddie Van Halen.

Rodrigo Maçolla
1 mês atrás

Esse Vídeo clip marcou época e com certeza contribui muito pro sucesso do Van Halen , fiquei muito triste ontem quando ouvi a notícia É mesmo uma pena, uma grande perda a morte de Eddie Van Halen, Mais seus riffs marcantes vão ficar pra sempre como nessa musica “Dreams”

Wagner
Wagner
1 mês atrás

Uma triste despedida…

GFC_RJ
GFC_RJ
1 mês atrás

Seguramente a US Navy o homenagiou nas redes. Se não o fez, acho que deveria. Imagino quantos recrutas ela obteve com esse clipe e esse sonzasso.

RIP Eddie van Halen! Monstrooo!!!

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
1 mês atrás

Soube da notícia quando eu escutava a Kiss FM, e na hora passou essa música. Automaticamente me lembrei desse artigo sobre os Blue Angels.
Vá em paz, Eddie.

Ivan
Ivan
1 mês atrás

Incrível !!!
.
RIP Eddie van Halen.


Ivan
Ivan
1 mês atrás

Bob,
Por essa eu não esperava.
Let it be…

Forte abraço,
Ivan, o antigo.

Ivan
Ivan
1 mês atrás

Amigo Observador, . Não! O amigo Bob tem todo o direito de não gostar de Rock and Roll. Assim como não gostar da guitarra revolucionária do Eddie Van Halen. Fazer o que? Tudo bem. . Quem curte rock… e música em geral… deve saber (e sentir) que haverá gostos diferentes e entendimentos diferentes. . Eu, que não entendo nada (nadinha) de música, sou fã juramentado dos Beatles, Michael Jackson, Luiz Gonzaga e Gonzaguinha, Gershwin, Elton John, Paralamas do Sucesso, Chico Science e Fred 04… …vai entender. . Como escrevi acima: Let it be. . Forte abraço, 😉 Ivan, do manguebeat… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Concordo em gênero, número e grau.

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Caro, Ivan do Maracatu Atomico.

Entendo sua postura e concordo, mas há que se entender a postura do nosso amigo Observador também.
O relato contestado é o típico da coisa que a gente só via na televisão… mas existem essas coisas mesmo de verdade, né… rs.

Agora, com licença, vi a declaração do Tommy Iommi sobre o EVH e, em meio às notícias da guerra no Cáucaso, deu uma vontade paganística e cheia de violência de ouvir War Pigs… Afinal, não há nada mais clausewitziano que War Pigs.

Abraços.

Ivan
Ivan
Reply to  GFC_RJ
1 mês atrás

Idem, idem, na mesma data…
…ou não.
🙂
Mas no ritmo do maracatu será ótimo.

Ivan
Ivan
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Concordo que podemos discordar… ou concordar…
…ou vice e versa… sei lá!
.
Forte abraço,
Ivan, meio confuso. 😉

Rodrigo Maçolla
1 mês atrás

Sr. Roberto, opinião cada um tem a sua, respeito, Mais só para registrar não concordo com nada que você expôs.

Rinaldo Nery
Rinaldo Nery
Reply to  Rodrigo Maçolla
1 mês atrás

Pensei que era um post da ministra Damares! Hahahaha

Ivan
Ivan
1 mês atrás

Bem… …há controvérsias. . Imagino que a baixa altura algumas outras aeronaves de desenho mais recente deveriam pegar um Skyhawk de jeito. Gripen; Rafale; Fulcrun (MiG-29 e descendentes). . Observe que entre os delta-canards europeus não inclui o Typhoon, pois entende que este excelente caça de superioridade aérea tem melhor desempenho nos níveis médios e altos, onde deve se ombrear com Flankers. . O Skyhawk era incrível. Como caça leve teria um custo baixíssimo e com um novo motor (GE F-404 ou 414 sem pós-combustão) seria uma opção interessante para países pobres… …mas seu tempo passou. . Forte abraço, Ivan,… Read more »

Ivan
Ivan
Reply to  Ivan
1 mês atrás

Inclusive… 😉
…o tempo do Skyhawk foi o mesmo do Van Halen.

Leandro Costa
Leandro Costa
1 mês atrás

Roberto, obviamente que discordo bastante.

Veja esse caso interessante:

https://www.youtube.com/watch?v=1OceijOEVqU

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Liberdade religiosa e política é isso aí. A gente tem que saber lidar com essas coisas. Não faço ideia de qual seria a diferença entre Baphomet e Deus, Alah, Buddha ou o que quer que seja, mas sei de fato de que os nazistas americanos são (além de poquíssimos em número) normalmente ridicularizados (até em filme!) hehehehe.

Daniel Alves
Daniel Alves
1 mês atrás

Eu escuto rock a minha vida toda e gosto muito de bandas como do Van Halen, hoje estou com 39 anos nunca experimentei drogas ilícitas e nuca fiquei bêbado e sou de bem com a vida, alias quando estou estressado e escuto um bom rock roll isso me deixa mais tranquilo, mas concordo com o amigo a maioria dessa turma fez de suas vidas um inferno.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Daniel Alves
1 mês atrás

De certa forma, seu post me lembrou da música “The Spirit of Radio” do Rush. Acho que tenho que discordar no tocante em que se condene um gênero musical inteiro por causa desse motivo. O Rush, por exemplo, pelo que eu lembro de cabeça, só tem letras boas, que passam boas mensagens, que geralmente variam de aventuras (a era mais psicodélica deles) à coisas simples do dia a dia. Não são os únicos, de modo algum. Temos músicas com letras incrivelmente maravilhosas por todo espectro do Rock, inclusive do Kiss (“Forever” por exemplo) à bandas mais pesadas (O Sabaton sendo… Read more »

GFC_RJ
GFC_RJ
Reply to  Leandro Costa
1 mês atrás

Disse tudo e mais um pouco, caro LC. “Heroes” – David Bowie. Um casal, cada um de um lado do muro de Berlim, se encontram em meio aos “tiros sobre suas cabeças” para se beijarem. Pois… “eles podem ser heróis, por um só dia”. Cara, isso é lindo! Bowie escreveu essa música dentro da temporada de 3 anos que ele passou em Berlim Ocidental nos anos 70. Indo em linha com o mestre Ivan acima… “Let it Be” – Paul McCarteney. Em um momento pessoal difícil, estressado, Paul sonha com a sua já falecida mãe lhe dizendo “Let it be”…… Read more »

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 mês atrás

Como curiosidade, os slats to A-4 eram fixados na posição fechada nas unidades do Blue Angels. O motivo é que, por ser uma aeronave que privilegia simplicidade para diminuir peso e custos, os slats eram de movimento livre e sem sincronia entre si. Eles eram movimentados pela pressão do ar sobre os mesmos. A partir de determinada velocidade eles retraiam e se a velocidade caísse abaixo do ponto de retração, eles estendiam. Como não havia sincronia ente os dois lados, a mínima variação no eixo de guinada fazia um dos slats abrir primeiro que o outro, causando um rápido movimento… Read more »

Clésio Luiz
Clésio Luiz
1 mês atrás

Conheço alguém com credencial para discordar:

comment image

Pedro
Pedro
1 mês atrás

Quando vc critica e nao diz qual seria o cenario, ao seu ver correto, vc esta apenas dando demonstraçao de quao … é. Facil criticar e nao dar a mesma oportunidade dos demais lhe criticarem.

EdcarlosPrudente
EdcarlosPrudente
1 mês atrás

Por falar em coisas de velho, o cidadão que segura o globo na capa do álbum 5150 seria o Lou Ferrigno o mesmo que interpretava o HULK do seriado antigo?

Saudações!

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  EdcarlosPrudente
1 mês atrás

Acho que é ele mesmo.

Michel C
Michel C
1 mês atrás

Impressionante o sincronismo desses pilotos e a precisão das manobras que só deve ser possível pq esse avião é uma obra prima. O que me faz lembrar que nossa Navy tem os mesmos e poderiam dar show tambem.

Wilson jsjr
Wilson jsjr
1 mês atrás

Não sei se alguém se lembra, mas acho que na década de 80, a FAB fez uma propaganda de tv com uma música do Van Halen….Aparecia um Mirrage III com PC ligada….Ou foi um sonho, mas tenho quase certeza..rsrsrs

pangloss
pangloss
Reply to  Wilson jsjr
1 mês atrás

Wilson, eu lembro de um clip com “The final countdown”, do Europe, e, até onde a memória alcança, apresentava a Esquadrilha da Fumaça, e não o Mirage III.
Creio que o clip foi divulgado em 1989.

Sergio
Sergio
1 mês atrás

Depois que passei dos quarenta e especialmente, li a biografia do Ozzy ,concordo inteiramente contigo. Músicos virtuosos, magníficos, Como o Eddie, sem dúvida. Mas ídolos, exemplos? Xo!

Oscar Goldman
Oscar Goldman
1 mês atrás

Vc deve ser pagodeiro ou funkeiro,né? Ou é doente do pé ou da cabeça…vai saber…long live to rock’n’roll…

Zorann
Zorann
1 mês atrás

Arrepiante

Teropode
1 mês atrás

O vocalista realmente ocupava todo espaço , chegando mesmo a atrapalhar as entrevistas de outros membros da banda , bem , o final todos já sabem , prego que se destaca , martelo nele .

Marcus Vinicius
Marcus Vinicius
1 mês atrás

Todos que apreciam a música do VH e o músico Eddie Van Halen, ainda mais no momento de sua morte e vem a público prestar homenagem a ele, como ídolo e certamente em respeito ao que foi e sempre será no universo artístico, esperam pelo menos um pouco de respeito. Agora o sujeito simplesmente agredir verbalmente, com seus conceitos e opiniões, ambas não solicitadas, é de uma deselegância tão grande que se os editores simplesmente as apagassem não poderia ser falado de censura mas de colocar estes “donos da verdade” e ” críticos” no seu devido lugar. Existem pessoas que… Read more »

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Marcus Vinicius
1 mês atrás

Quem me garante que ele já não escuta? Escuto marchas militares de diversas épocas e países, escuto música clássica, escuto jazz, blues, soul, country, etc., além de ser fã das mais diversas formas de Rock. A minha playlist geral chega à ser engraçada… num momento toca Jimi Hendrix, depois muda para Benny Goodman, passa por Fleetwood Mac, Lizst, etc. É uma loucura só hehehehehe. Se consegue achar virtude em tudo quanto é tipo de arte. Tem gente que ama Picasso. Eu particularmente não gosto, mas sei apreciar sua contribuição para o Mundo das artes plásticas, e por aí vai. Tem… Read more »

Marcus Vinicius
Marcus Vinicius
Reply to  Marcus Vinicius
1 mês atrás

Falou o sabe tudo e educador mais mal educado que já presenciei, julga e quer que seus “gostos” sejam referenciados…long live to rock’n’roll…false wiser…guarde seis pensamentos mesquinhos para vc!

Marcus Vinicius
Marcus Vinicius
Reply to  Marcus Vinicius
1 mês atrás

Todo respeito ao xaxado…