sexta-feira, maio 7, 2021

Gripen para o Brasil

Airbus: problema no motor Pratt & Whitney GTF do A320neo

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Na sequência de um problema identificado em um número limitado de motores Pratt & Whitney GTF recentemente entregues que afetam o hub traseiro do compressor de alta pressão, a Airbus e a Pratt & Whitney estão avaliando a situação.

A Pratt & Whitney, fabricante do motor, está investigando a causa raiz dessa nova descoberta com o suporte total da Airbus. Os esforços de ambas as empresas são direcionados para apoiar clientes e operadores para minimizar qualquer interrupção.

De acordo com os procedimentos de aeronavegabilidade padrão, a EASA, a Agência Europeia de Segurança da Aviação publicou uma Diretriz de Aeronavegabilidade de Emergência. A Airbus informou os seus clientes e operadores de A320neo afetados.

Até à data, 113 aviões da família A320neo propulsados por motores Pratt & Whitney  voam com 18 clientes.

FONTE: Airbus

- Advertisement -

24 Comments

Subscribe
Notify of
guest
24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
João Igor

Alguém sabe alguma coisa sobre esse projeto cabure 300 da TURBOMACHINE, E como anda o projeto MATADOR da avibras?

MATHEUS

Esse problema tbem atinge o GTF 1900G do E2.

PC de Bordo

Será que isso irá afetar futuras entregas ou potenciais compradores? O 737 MAX agradece.

Nonato

Que eu saiba ou lembre, só há três fornecedores ocidentais de turbinas:
Pratt & Whitney, GE e Rolls Royce.
Que eu saiba, os três desenvolveram uma nova categoria de turbinas que são mais econômicas.
Se não me engano, turbinas dos três fabricantes aor apresentaram algum tipo de problema.
Os fabricantes de aeronaves costumam trabalhar com esses três fornecedores.
No KC 390 nossa empresa traidora preferiu usar a versão anterior porque já era tecnologia consolidada menos sujeita a esse tipo de problema.

Mauricio R.

O NEO também foi certificado para voar com a CFM Leap-1 do 737MAX.
A turbina da CFM também andou incorrendo em problemas, mas ao que parece esses são mais simples de resolver do que os da turbina da P&W.

Engenheira Gata

O GTF do E2 já está com tudo resolvido e temos GTF em estoque para as primeiras unidades da Wideroe e as demais próximas unidade.

Aguardando somente a certificação Anac/Faa para ultima semana desse mês, e a EASA para primeira quinzena de março para iniciar a operação antes do previsto.

Carlos Alberto Soares

João Igor 12 de Fevereiro de 2018 at 20:30

Vou te dar uma dica:

Tente acessar o site da Avibras, mas não espalha heim ….

Engenheira Gata

Lembro que alguém comentou aqui no Blog que o GTF do E2 estava com problemas etc…mas baseado em ? A campanha de ensaios do GMP do E2 foi linda. Zero Pane, performance além do esperado . O maior desafio em dificuldades na campanha foi a calibracao do software/aviônica em alguns aspectos , que mesmo assim foi superada e ficou excelente. Os demais problemas da campanha foi a utilização de ligas de materiais estruturais diferente das especificações de projeto , que ocasionou alguns resultados fora do esperado , e que mesmo assim não ofuscou o brilho da certificação que está por… Read more »

Engenheira Gata

Temos que saber diferenciar pane de projeto e pane de manufatura (isso correu em apenas 1 GTF do E2) . Os maiores problemas que a PW está enfrentando é de estar com uma cadência de produção acima do que ela pode fornecer. “Então sai produzindo motor as pressas” e falhas de manufatura estão acontecendo. Você pode ter o melhor projeto do mundo, porém se sua engenharia de manufatura falhar, você está vendido. Mês passado a PW deixou de entregar quase 100 motores, por alta demanda de produção e contratempos de manufatura. GTF do E2 no Brasil = 12 em operação… Read more »

Nonato

Certo.
GTF, FTI, wideroe…
🤔

Nonato

O interesse todo da Boeing é para levar a engenheira gata.
Desde que ela começou a participar aqui os caras da Boeing que monitoram todos os sites relacionados a aviação ficaram encantados…

Nonato

A engenheira gata está nos traindo.
Apoia a venda da Embraer. Doida para trabalhar na Boeing…
😡

Caerthal

Pelo que tenho lido os problemas do turbofan foram em componentes não relacionados a caixa de reducao de velocidade GTF. Mas são problemas diversos, camara de combustao (liners), selos, cadência de produção de peças do fan…O motor parece que tem uma folga grande em temperatura ie pode ganhar em eficiência ou ciclo de manutencao. Teria espaço para ganhar potência chegando até 25 mil libras.

Marcos10

EG
Quem falou em problemaa no motor do E2 foi um dos diretores da Embraer. Maa que esse priblema afetaria apenaa seis aeronaves. O problema seria a baixa durabilidade da câmara de combustão. Os motores serão substituidos.

Engenheira Gata

Então é lote dos Wideroe. No protótipo a apenas 1 teve Aog.

Marcos

Nonato:
Seriam traidores: toda a diretoria da Embraer e também o Ozires Silva;
Seriam os heróis nacionais desenvolvimentistas: os sindicatos, todos o pessoal da esquerda, jornalistas pixulécos, inclusive aquele pessoal que sabotou aeronaves da Embraer quando da privatização.
Acho que você precisa rever seus conceitos.

MATHEUS

Engenheira Gata, Foi eu mesmo que falei sobre os problemas nos motores do E2. O Marcos já esclareceu.

MATHEUS

Engenheira Gata, após o término da campanha de ensaios do E2 os protótipos ficam com a Embraer? Ainda tem alguns testes em LCY.

Marcos

Off-topic
Bota off-topic nisso…
Fui olhar o flight-radar e, surpresa. Um balão saiu de Santa Catarina, logo abaixo de Florianópolis, nesse momento está no FL600 e segue em direção ao Atlântico Sul.
Consta nas observações que se trata do Project Lonn”.

Gustavo

Nonato 13 de Fevereiro de 2018 at 0:20
Grande Nonato! Confesso que eu também fiquei na mesma com a sopa de Letras!!!

Delfim Sobreira

Engenheira Gata quer ganhar mais na Boeing, porque ?
Homens gostam de mulheres;
Mulheres_________
____________________________

COMENTÁRIO EDITADO. SOLICITAMOS PELA MILÉSIMA VEZ QUE EVITEM DIRECIONAR A DISCUSSÃO PARA PROVOCAÇÕES PESSOAIS QUE ESTRAGAM O DEBATE.

Rinaldo Nery

Os motores dos A320Neo da Azul são os CFM Leap 1A26, com 26.700 libras de empuxo.

Rinaldo Nery

O problema que ocorreu nesses motores foi vazamento de óleo pelos selos do IDG, mas já foi sanado.

Delfim Sobreira

Tudo bem. mas era só uma piada.

Reportagens especiais

22 de abril – Dia da Aviação de Caça

'Sentar a Púa: lançar-se contra o inimigo com decisão, golpe de vista e vontade de aniquilá-lo. Quem vai sentar...
- Advertisement -
- Advertisement -