terça-feira, setembro 21, 2021

Gripen para o Brasil

China testa radar de Terahertz capaz de detectar aeronaves ‘stealth’

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Caça stealth F-35A Joint Strike Fighter

Empresa chinesa de armas prova o sistema de T-rays projetado para penetrar revestimentos anti-detecção em aeronaves

O maior fabricante de armas da China testou um novo equipamento para detectar aviões furtivos (stealth), tecnologia que poderia ser um “game change” militar, se montado em um satélite ou avião, dizem cientistas.

A China North Industries Group Corporation testou um radar capaz de gerar radiação na banda de terahertz (conhecida também como banda submilimétrica) com potência sem precedentes em uma instalação de pesquisa militar em Chengdu, província de Sichuan, na semana passada, informou o Science and Technology Daily na segunda-feira.

A radiação Terahertz ou T-rays, pode penetrar materiais compósitos para alcançar as camadas metálicas subjacentes e é amplamente utilizado em instalações industriais para detectar defeitos de produtos.

Os radares Terahertz já são capazes de encontrar uma arma escondida em uma multidão a partir de centenas de metros de distância, e uma versão mais poderosa está em desenvolvimento para ser instalada em uma aeronave de alerta antecipado ou um satélite para identificar e rastrear aviões militares, incluindo os caças furtivos americanos F-22 e F-35.

As tentativas de realizar aplicações militares para a tecnologia T-ray foram limitadas pela produção em massa e baixa potência de geradores de terahertz. Os raios se enquadram no espectro entre microondas e luz e não podem ser produzidos por dispositivos convencionais de rádio ou ótica.

Espectro Eletromagnético

A reportagem disse que o novo dispositivo poderia gerar uma radiação estável e contínua em um nível médio de até 18 watts e pulsos de terahertz com potência de pico perto de um megawatt, no nível de alguns radares militares.

Um executivo técnico de um fornecedor na China para dispositivos de T-rays usados ​​na fabricação do F-35 disse que os níveis de energia relatados do dispositivo eram “mais de um milhão de vezes maiores do que a potência do dispositivo de T-rays usado para medir a espessura de revestimentos no F-35”.

“Os revestimentos absorventes de radar no F-35 parecerão tão finos e transparentes como meias se [o instrumento chinês] for tão potente como eles afirmam”, disse o executivo.

“Parece que em breve poderão ter uma imagem de eco do F-35 com alguns detalhes de alta definição … a partir de uma distância respeitável”.

A China afirmou que alguns dos seus radares militares de alta freqüência podem detectar vestígios de aeronaves furtivas, mas os céticos dizem que as microondas desses dispositivos seriam absorvidas ou desviadas por materiais secretos.

O radar chinês JY-26 Phased Array, que opera na banda UHF, apresentado em 2014 no Zhuhai Air Show também tem a capacidade de detectar aviões stealth, segundo o fabricante. Este radar teria rastreado caças furtivos F-22 dos EUA em 2016 quando participaram de exercício militar conjunto EUA-Coreia

Qi Jiaran, vice-diretor do departamento de engenharia de microondas do Harbin Institute of Technology, disse que o novo instrumento poderia ser um “game changer”.

Qi, um especialista em imagem de terahertz não diretamente envolvido no projeto da Chengdu, disse que a reportagem sugeriu que a China havia feito um avanço em algumas tecnologias e componentes chave.

Mas a tecnologia ainda era volumosa e não podia ser ajustada facilmente em um avião ou satélite.

“A implantação em campo pode exigir a saída de energia no nível de quilowatt. Ainda há um longo caminho a percorrer antes de podermos detectar caças ou bombardeiros furtivos do espaço “, disse Qi.

O novo instrumento foi desenvolvido pela China Academy of Engineering Physics em Mianyang, o maior instituto de pesquisa do país para o desenvolvimento e produção de armas nucleares.

De acordo com o site da academia, os esforços estavam em andamento para aumentar a potência do dispositivo e diminuir seu tamanho para aplicações militares.

Scanners em aeroportos empregam T-rays para detectar armas escondidas

FONTE: South China Morning Post

- Advertisement -

94 Comments

Subscribe
Notify of
guest
94 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ronilson

Logo esses aviões furtivos perderão a sua furtividade kkkkk

Bosco

Voltando a falar sério, o problema de bandas muito curtas, de alta frequência, submilimétricas, é a “propagação”. Até onde se sabe essa banda não tem propagação na atmosfera salvo de alguns metros.
Já no vácuo do espaço, pra detectar futuras naves romulanas stealths, esses radares submilimétricos serão fantásticos.

Gustavo

Isso é apenas uma questão de tempo, sempre foi. O stealth nasceu igual a toda tecnologia, com seus dias contados. O que pra muitos é uma estranha novidade… O grande problema é que se gastaram bilhões em projetos, muitos deles ainda nem finalizados, e em breve teremos meios para detectar aviões com essa tecnologia custando milhares de vezes menos que um caça stealth. A China lidera essa pesquisa, mas Russia, EUA e Inglaterra não estariam tão longe de possui-la. A China evolui a passos largos na industria em geral, basta ver o programa espacial chines, é assutador a velocidade e… Read more »

Ronilson

Bosco. Você deveria dar aulas para aqueles cientistas loucos chineses, porque eles não sabem de nada são uns sub-humanos analfabetos,aqueles amarelos comedores de cachorros kkkkkk.

Bosco

Gustavo,
Então podemos imaginar que logo logo alguém invente um jeito de neutralizar as reações de fissão capazes de detonar as armas nucleares e aí elas serão coisas do passado?
Ou um sensor que torne possível o mar ficar transparente e aí estaríamos gastando dinheiro à toa com submarino nuclear porque eles de uma hora para outra serão obsoletos.

Ronilson

Também deveria dar aulas para os russos, aqueles ursinhos la não são de nada não, são só ursinhos de pelúcia malditos orientais kkkkkmk

Bosco

Ronilson,
Combinado Ronilson! Eu dou aula pros chineses desde que você aceite dar aula para os cientistas malucos americanos que estão investindo 3 trilhões de dólares nos próximos 20 anos em tecnologia stealth.

Ronilson

Bosco.
Mas os cientistas americanos não precisam de aulas eles são os arianos do século 21, mas os cientista chineses russos e etc precisam,eles são sub- humanos.

Bosco

Gustavo, Quando inventaram o radar na década de 20 (salvo engano) o avião como arma de guerra havia sido neutralizado completamente. Foi??? Quanto inventaram o sonar o submarino como arma de guerra foi completamente desabilitado. Foi? Ou seja meu nobre amigo, do jeito que a tecnologia stealth é só um fator a mais no combate aéreo a sofisticada tecnologia anti-stealth que já existe (eu achava que os radares VHF,, biestáticos e os IRST já funcionavam a contendo, mas parece que ainda procuram algo mais) e que existirá no futuro será apenas algo a mais na suíte de sensores para a… Read more »

Ronilson

A tecnologia stealth é de fato impressionante porque já está aí à uns 30 anos, e ainda continua na vanguarda mas acredito que logo surgirá radares Copazes de detectar essas aeronaves,foi assim durante toda a história á cada arma inventada existia outra para combatela e agora não será diferente.

Bosco

Praefectus, Sofrência?? Minha??? Minha não! A sofrência aí parece ser dos chineses que junto com os russos sempre anunciam essas soluções mágicas para anular a tecnologia stealth. Como já disse, o radar já “anulou” o avião de combate há 80 anos e pelo que me consta ele tá aí e vai muito bem, obrigado. Não serão com essas tecnologias mágicas que de repente os desenvolvedores de caças vão começar a deixar a técnica de forma de lado e deixar de utilizar baias de armas internas ou redução da assinatura térmica ou redução da emissão de sinais ou deixar de utilizar… Read more »

Ronilson

Bosco.
O artigo diz que os chineses testaram um radar capaz de detectar aeronaves stealth, e não que os americanos deixaram de produzir esses avioes, e muito menos que se tornaram obsoletos eu em, qual é o seu problema em ?

Bosco

“Logo esses aviões furtivos perderão a sua furtividade kkkkk”
Esse é o meu problema!!

Papan

Ou seja, EUA com gastos astronômicos no F35 que ainda não está 100% de sua capacidade, olha a China aí pessoal que para mim já é uma realidade em tecnologia, não apenas militarmente falando.

Ronilson

Bosco.
Se tiver um radar que detecta um avião furtivo ele deixa de ser furtivo não é. Ainda não sei qual é o seu problema kkkkk

PRAEFECTUS

Meus caros,

é impressao minha ou apagaram vários comentários??? Inclusive pelo que vejo um simples comentário que fiz? Ao meu ver, vejo alguém vestiu a carapuça…

Lamentável essa falta de finesse…

Bosco meu caro, como apagaram meu simples coment…acho que não seria respeitoso com a audiência lhe responder, porque afinal, ficariam sem entender o que ocorre.

Saudaçoes, grato!

Jefferson Ferreira

Acredito que seja só questão de tempo para alguns países desenvolveram tecnologia de detecção dos caças stealth, e como qualquer tecnologia de ponta somente alguns países terão o conhecimento da tecnologia e nas grande maiorias das missões o caça ainda continuará de grande valia.

Jodreski

Mesmo que os Russos ou Chineses consigam de fato desenvolver um radar que consiga detectar os aviões furtivos. OK! Detectar é o primeiro passo, conseguir travar um SAM antes que ele destrua a estação que o esta detectando já é outra história. Mas.. vamos ser otimistas! Conseguiu detectar e a travar um SAM antes mesmo que o avião furtivo e o mesmo não consiga contra-atacar com guerra eletrônica. Isso, só isso, não é um Game Changer, é um elemento que dificulta a penetração, tecnologia que poderia estar na mão de somente dois países no mundo, Rússia e China são exportadores… Read more »

Bosco

Ronilson, Eu que quero saber qual o seu “problema”. Você é sócio de fabricantes de radares por acaso? Não entendi a satisfação tão grande só de pensar com a possibilidade dos aviões furtivos deixarem de sê-lo. Algum avião furtivo já mandou alguma bomba na sua casa ou na de algum parente? Tem parente no Iraque ?? Iugoslávia?? Quanto a um radar detectar aviões furtivos, eles já o fazem há muito tempo. O que acontece é que é numa distância curta em relação à detecção de um avião convencional e isso dá certa liberdade para a ação do furtivo. Outros radares… Read more »

Benjamim

Radar de terahertz faz muito mais sentido que radares quânticos, me faço algumas perguntas um radar de THz não captaria muita “sugeira”? Valéria a pena desenvolver um míssil anti radiação super sônico? A tecnologia stealth stagnou ou ainda evolução?

Rodrigo Martins Ferreira

Mas se é tão fácil detectar um Stealth porque os russos e chineses gastam os olhos do c* no desenvolvimento de aviões stealth ?

Só eles que sabem fazer estes radares milagrosos ?

Ronilson

Bosco
Sou entusiasta militar é lógico que fico satisfeito com as novas tecnologias criadas, independente do pais que as criam

Nonato

Isso é um avanço. E não tem que custar 20 bilhões. Não pode ser instalado em aviões ou satélites Em terra talvez tenha o problema do horizonte. Detectar o stealth só anulando a tinta? Mas 70% da furtividade vem da forma não? E tem que ver a partir de que distância detecta. Até radares convencionais detectam. Mas em tese é um game changer. Talvez aumente a distância de detecção de 30 para 60 km. Já dificulta o lançamento de SDBs. Se bem que, tipo na Coreia do Norte. Os alvos não estão na fronteira mas bem dentro. Para se aproximar… Read more »

Nonato

Bosco, quando eu era adolescente, tinha essa ideia.
Uma “arma”/substância que pudesse absorver a energia liberada por uma bomba atômica…
Até hoje não levaram a cabo.
Mas poderíamos levar adiante…
Um prêmio Nobel e uma medalha da trilogia. Rs.

LucianoSR71

Rodrigo Martins Ferreira 27 de setembro de 2017 at 20:19
Bingo! Era isso que eu ia postar. Já, já alguém vai responder: ‘é só p/ poder testar os seus inigualáveis sistemas de detecção’.

Nonato

Teríamos que partir de alguns pressupostos
Por falar nisso, poderíamos discutir isso entre os cursos que você vai dar para os cientistas russos e chineses… Rs.
Duas possibilidades. Impedir a explosão nuclear ou agir após a explosão.
Sendo após, que efeitos poderiam ser anulados ou mitigados?
Como seria possível absorver essa energia?
Existe algum material ou substância com capacidade de absorver energia atômica?
Ou nuclear?
Núcleos se desintegram e emitem prótons.
É isso mesmo?

Ronilson

Rodrigo Martins.
Pelo contrário é muito difícil detectar e travar um míssil em uma aeronave stealth, só agora passados uns 30 anos do aparecimento do f117,que começam a aparecer artigos sobre esses tipos de radares. Mesmo assim somente as grandes potências teráo acesso à esse tipo de tecnologia, o resto do mundo ficará a mercê dos stealth por muito tempo

Theo Gatos

Nada muda o fato que os russos e chineses estão tentando diminuir o abismo em tempo que há entre eles e os EUA. A China cresceu e crescerá muito ainda até seu modelo econômico cobrar a conta, mas quando alcançar o que os EUA representam em tecnologia hoje, este já estará em um outro patamar! Vai demorar muito pra chegarem no mesmo nível. Isso não significa que eles não devem tentar ou que a distância pode diminuir… . Isso pra nem levantar o quanto nós estamos atrasados em tecnologia, mas falar mal do Brasil nesse aspecto pode parecer para alguns… Read more »

Nonato

Theo gatos. Sem discordar. Só uma observação.
Independente de alguém estar adiante é bom observar que os EUA sofreram muito na Coreia e no Vietnam.
Isto é, essa aparente superioridade nunca foi suficiente para “um passeio no parque”…

Bosco

Nonato, Existe uma ideia equivocada que se der tempo ao ser humano ele com sua inventividade irá inventar qualquer coisa que possa conceber. Por exemplo, dê tempo e teremos antigravidade, motores de dobra, máquinas do tempo, telepatia, etc. Ora! Não há nada mais equivocado que essa ideia. Há limitações impostas pela “natureza” e por mais que avancemos no tempo jamais serão atingidas pelo engenho humano. Em relação a um dispositivo que iniba as reações nucleares, acho que faz parte desses objetivos mágicos inatingíveis. Só já vi na FC. Por exemplo, na série de livros alemães Perry Rhodan onde a tecnologia… Read more »

Eduardo Jardim

O Radar Cross Section (RCS) é o que no Brasil chama-se Área Plana Equivalente. Quanto maior o RCS maior, maior a reflexão de energia e a distância na qual a aeronave aparece no radar. Um Boeing 747 tem RCS maior que um Learjet 35, logo o 747 aparece primeiro.

A questão é se os radares conseguem ou conseguirão detectar uma aeronave antes que esta se aproxime o suficiente do alvo para lançar seu armamento. Ser Stealth não altera essa regra.

Doug385

Bosco 27 de setembro de 2017 at 21:12

Só queria os motores de dobra e a antigravidade, nada mais.

LucianoSR71

Bosco 27 de setembro de 2017 at 21:12
Isso aí até dá p/ acreditar que vão conseguir, agora encontrar um político honesto no Brasil … vai “Além da Imaginação’!

Augusto

Bom, eu fico com pé atrás, ate porque se o stealth fosse assim fácil de anular as principais forças aéreas do mundo não estariam correndo atrás, sem contar os inúmeros radares que tanto a de baixa frequência tanto da Rússia como da China que a anos falam que conseguiram detectar um f-22, o que nunca foi comprovado e que mais parece só detectam até uns 60 km e ainda sem precisão para travar um míssil. Bom uns meses atrás aqui mesmo, saiu uma reportagem que os Chineses possuíam radares quanticos que iria mudar tudo agr ja radar t-ray. Na minha… Read more »

Nonato

Bosco. Sim e não… Nem tudo que alguém mencionou é bom, necessário, possível ou vai ser descoberto. Poderia haver humanos morando na lua. Mas qual a utilidade disso? Tecnicamente isso seria possível. Muita coisa é possível mas não se “investiu” nessa direção. É bom lembrar que há uns 3 mil anos há navegações. Mas somente a partir do final do século XV as grandes navegações se expandiram. Descobriu-se que a terra não era plana nem tinha uma borda… Achava-se que a terra era o centro do sistema solar. Em resumo, pode haver muita reviravolta com uma mera descoberta. Imagine você… Read more »

Bosco

Olha o que tá esperando esse radar aí:comment image

theogatos

Nonato, você tem razão, não foi um passeio e não seria hoje, guerra não é brincadeira… Concordo com o que você disse! . Queria lembrar um dado apenas, no Vietnã pra cada um soldado da coalizão do Sul, morreram cinco do norte. Apesar da “derrota” dos EUA, a proporção da necessidade de soldados do norte para compensar cada um do sul era enorme (eu não quis fazer a proporção somente dos EUA pois seria desonrar as mortes dos Vietnamitas que defendiam o Sul) e isso foi TAMBÉM pela superioridade técnica ocidental. . Na Coreia, anteriormente, essa proporção ja tinha sido… Read more »

Nunao

“Descobriu-se que a terra não era plana nem tinha uma borda…” . Nonato, Na verdade, essa história de que até o fim da Idade Média se achava que a Terra era plana foi um mito criado por um par de sujeitos no século XIX, e usaram para isso, como “prova”, um livro de autor medieval de importância secundária. . Desde a Antiguidade Clássica se sabia que a Terra era redonda (e o grego Erastótenes não só provou cientificamente como calculou sua circunferência com notável precisão) e os estudiosos medievais seguiam em geral a linha Aristotélica que perpetuava as descobertas de… Read more »

RicardoNB

Pelo amor. Chega a ser cômico esse tipo de sensacionalismo barato. Pior que é levado a sério por alguns … Ainda estou aguarando o radar quântico dos china e o escudo de plasma dos russos. Esse vai ser mais um da série. Enquanto isso, fora do mundo de imagine, a China investe cada vez mais em furtividade.

Bosco

Nunão e Nonato,
Essa monografia é uma verdadeira viagem: http://fisica.ufpr.br/grad/Monografia_Fernando_Carvalho_Birznek.pdf

Augusto

Outra coisa é acreditar que esses sistemas são mais baratos que um caça de 5 geração, só de comparação um s-400 completo é mais de 400 milhões. Ou seja um mito que há defesa barata contra aeronaves stealth, elas são tão caras ou mais !

Nonato

Augusto. Mas por que têm de ser caras?
O Brasil já desenvolveu tinta RAM. Quanto custou? Uma pequena equipe trabalhou, talvez usando alguns equipamentos modernos…
O acesso a muitos equipamentos pode ser útil, mas não é garantia de sucesso.
Nunao e Bosco.
Muita coisa que hoje existe foi inventada ou descoberta a partir de outras invenções.
Tipo poderíamos não ter foguetes. Nem satélites ou naves espaciais…
Mas poderíamos ter outras coisas muito mais modernas.
Poderíamos não ter bombas nucleares, mas ter invisibilidade “visual”, por exemplo.
Tudo depende de certas descobertas. Algumas coisas vêm do nada…

Moisés

O que ainda não foi considerado é que até esses radares estarem 100% operacionais esses stealths já estarão por natureza obsoletos. O F-22 por exemplo deve começar a sair de serviço em 2027. Com certeza os americanos terão um substituto a altura pra ele, já que é política de guerra americana ter domínio na tecnologia aeroespacial. Quando esses novos caças surgirem esses radares, imagino, serão totalmente inúteis as novas tecnologias dos materiais usados nesses futuros caças.

Tiger 777

Aguardando, os próximos capítulos do debate Bosco x Nonato, e comendo uma pipoca. Rssssssss
PS: faltou falar sobre o teletransporte. Kkkk

Farroupilha

Bosco 27 de setembro de 2017 at 21:12 (…)
Que literatura maravilhosa de FC que eram os livrinhos de bolso Perry Rodhan.
O pessoal que não conhecia não sabia o que estava perdendo… acreditavam que Star Trek era o máximo.
A juventude de hoje, principalmente os garotos adolescentes e pré adolescentes, nem fazem ideia da incrível aventura mental que os jovens leitores de Perry Rhodan faziam com essas histórias fantásticas, todas sequenciadas.
A Cúpula Energética, a Base em Vênus, eram tudo de bom etc.
Grande abraço, privilegiado leitor de Perry Rhodan!

Paulo

Essa história que uma arma inventada para sobrepujar outra arma ter que ser mais cara não é verdade. A história mostra que é exatamente o contrário e exemplos não faltam: gastava-se uma barbada para construir muralhas aí apareceu o canhão muito mais barato e ruiu tudo, gastava-se horrores para construir encouraçados e aí apareceu o bem mais barato avião (e o porta-avião) e acabou o encouraçado, gastava-se (e gastam ainda!) uma barbaridade para construir navios de guerra e aí apareceu o míssil anti-navio muito mais barato e pôs em xeque os navios e haja escoltas, sistemas anti-misseis, patrulha, etc. Até… Read more »

Augusto

Paulo aí que vc se engana ! Um avião é mais barato que um encouraçado mais um porta avisos é tão caro ou mais e se somar o preço do avião com certeza fica mais caro, o caso do míssil é a mesma coisa ele sozinho não faz nada tem q ter uma plataforma pra lançar uma plataforma para achar o navio inimigo uma plataforma para se defender de ataques inimigos ou seja não é assim não. Uma prova disso é o S-400 que a maioria sempre diz que é uma alternativa barata aos stealths, o míssil que o sistema… Read more »

Augusto

Nonato eu não disse que tem q ser caras eu afirmo que são caras. Um sistema s-400 é 450 milhões todo completo isso sem contar com outros sistemas que são necessários para sua melhor operação como defesa aérea de ponto,interferidores de radares, radares de baixa frequência.

Bosco

Farroupilha,
Já viu Perry Rhodan no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=R88S7KPXd1w

E você lia também “Espaçonave Orion” ??

Karl Bonfim

Os EUA gastam bilhões e bilhões de dólares em pesquisas, por isso estão sempre na frente dos seus principais adversários o russos e chineses. Logo logo, estarão divulgando uma tecnologia inédita. Só restam aos russos e chineses fazer o que estão fazendo: correr atrás dos americanos, quem sabe um dia b eles chegam perto.

Últimas Notícias

Pintura comemorativa nas aeronaves da RSAF no 91º Dia Nacional da Arábia Saudita

O 91º Dia Nacional da Arábia Saudita contou com a apresentou das aeromaves Eurofighter Typhoon, Tornado, F-15C Eagle e...
- Advertisement -
- Advertisement -