Home Aviação de Caça Mesmo com cortes orçamentários, Pentágono quer mais caças F-35

Mesmo com cortes orçamentários, Pentágono quer mais caças F-35

3329
41

F-35 e F-16

A Bloomberg informa que o Pentágono ainda está comprometido a comprar mais caças F-35, apesar das pressões orçamentárias. Os militares dos EUA mantêm seus planos para uma frota de 2.443 unidades, e podem comprar até 92 jatos por ano até 2020.

O custo previsto do programa para o desenvolvimento e aquisição agora está em US$ 379 bilhões, e pode enfrentar cortes na próximo administração, se o orçamento de defesa continuar a ser reduzido.

A variante F-35A da USAF deve ter sua IOC (Initial Operational Capability) declarada entre agosto e dezembro de 2016.

Na configuração IOC, a aeronave será capaz de penetrar em áreas com defesas aéreas desenvolvidas, fornecer apoio aéreo aproximado a forças terrestres e ser facilmente deslocada para teatros de conflito.

Há uma série de critérios que devem ser cumpridos em termos de capacidades e desempenho para o F-35A atingir a IOC. Os requisitos, estabelecidos em 2013, incluem 12 a 24 aeronaves e seus tripulantes treinados e equipados para apoio aéreo aproximado básico, interdição e SEAD/DEAD em um ambiente contestado e operando a partir de uma base avançada.

41
Deixe um comentário

avatar
41 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
25 Comment authors
RommelqeScudBBoscoLeandro Costaaugusto Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Papan
Visitante
Papan

Eu duvido muito chegar até 1/4 dessa quantidade, muito caro e cheio de problemas e incertezas.

Ocidental Sincero
Visitante
Ocidental Sincero

Segundo Pierre Sprey, famoso analista norte-americano, os caças da quinta geração Lockheed Martin F-35 Lightning II, que a mídia chama de “feira de ouro” devido a seu preço altíssimo, podem ser batidos pelos caças soviéticos de quarta geração Sukhoi SU-30, Sukhoi SU-35 e MIG-35. Além disso, mesmo o “antigo” MiG-21 pode superá-lo em um Dogfight. Imagine o poderoso caça T50, vindo de encontro a um F-35. Caro piloto, de meia volta acelere ao máximo e bata as assas se quiser salvar sua vida e seu avião. sic. Sem falar nos sistemas antiaéreos S-400 e S-500. E pior, isso tudo mundo… Read more »

Rui Chapeu
Visitante
Rui Chapeu

Ocidental Sincero
Quase isso…. Os russos são tão f***, mas tão F*** que se o Putin peidar explode a frota de F-35!

Roberto Bozzo
Visitante
Roberto Bozzo

Rui Chapeu 27 de junho de 2016 at 15:50

kkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkk

JPC3/Deagol
Visitante
JPC3/Deagol

Ocidental Sincero E você acredita nisso? O F-35 vai localizar e atirar primeiro em todos esses caças russos que você mencionou. O Sprey é o mesmo cara que chama o F-15 de peru… Aí já dá para ver as condições da opinião dele. Em comparação com o F-22 e o F-35 esses caças russos ( que ninguém nega serem bons) são alvos e de certo modo até ultrapassados. O que se sabe é que são certamente muito mais vulneráveis que os 5G como o F-35 Sobre o S-400, sempre coloca esse sistema associado com radares de banda larga. Por que… Read more »

JPC3/Deagol
Visitante
JPC3/Deagol

Rui Chapeu.

Concordo com você.

Infelizmente a internet está tomada de comentaristas assim.

Que os caças de 4,5G são vulneráveis aos Patriot, AMRAAMS, MEADS, AEGIS, Meteor, S-300, HQ-9, Aster e vários outros, nós nunca veremos eles comentarem pois essa parte da realidade não é interessante.

Bardini
Visitante

Troll “Ctrl+c Ctrl+v” Detected!!!
.
Pra quem ainda não “Sacou”, o “Ocidental Sincero” em cada comentário, faz um abarrotado de “Ctrl+c e Ctrl+v” de Sputinik e demais antros de baboseiras…

bosco123
Visitante

Ocidental,
O S500 não existe e está longe de existir. Fica de olho nas sputinices e nos avise o dia que uma bateria estiver operacional e nos informe para que serve. Tem uns que dizem que é antibalístico, outros que é antiaérea também. Eu particularmente não faço a mínima ideia do que esse sistema é capaz e qual os subsistemas que o compõe. Se souber pode me indicar um link ou comentar a respeito.
Um abraço.

Ricardo
Visitante
Ricardo

Quem ve primeiro e lança o míssil ganha o combate. No caso do F-35 isto é quase certo.

Quando vier a versão D do F-35 a grande maioria dos problemas apresentados estarão resolvidos.

kfir
Visitante
kfir

Nunca vi algo novo não dar problema, se funciona da primeira vez, fico pensando, nossa que defeito vai vir… da ansiedade

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Bosco! Na realidade (esquecendo retórica do amigo Ocidental “Falso”) S-500 existe e componentes dele são bem reais (temos nomenclatura e ate alguns detalhes técnicos como banda X e chassi de 5 eixos da BAZ), testados em função de interligação com A-135 , S-400, 350, Buk, etc..Uma grande questão é QUANDO! O que realmente interessa é mês de 2017 em que vai ser entregue primeiro complexo para primeira brigada de DAA.Primeiro Vityaz (S-350) foi entregue no final de 2015.Acredito que “Prometeu” (S-500) vai ser entregue no final de 2017. Amigo JPC3! Sistemas S-xxx não usam (como nenhum outro sistema no… Read more »

Delmo Almeida
Visitante
Delmo Almeida

Eu acho (só acho mesmo) que o grande problema desse programa foi a ideia de que esse avião precisava ter uma versão STOVL. É missão demais pra um aparelho só!!! A missão dos Marines precisa de um caça Supersônico+STEALTH+capaz de todas as missões que a USAF e USN precisam dos seus caças???
.
Até a efetividade dele pode ser prejudicada pela necessidade de colocar tudo nesse avião!!! Mas é muito interessante!
.
PS: Achar que o combate com caças russos vai ser tiro ao pato é muita inocência.

bosco123
Visitante

Scud, Eu não duvido que exista o programa S-500, só que para um sistema que já devia estar pronto e que “logo” vai entrar em operação e não ter uma única foto dele e não ter sido divulgado nenhum resultado de testes dele é muito estranho. Por exemplo, o THAAD todo mundo já sabia como era, como funcionava, como era guiado, o tamanho e peso, qual o radar, como eram os lançadores, o resultado dos testes, etc. e isso 10 anos antes dele entrar em operação. Os russos fazem tudo em segredo e dá margens a gente duvidar do cronograma… Read more »

bosco123
Visitante

Delmo,
O raciocínio utilizado foi diferente. Bolaram primeiro o STOVL e depois ficou fácil fazer as versões convencionais.
E ninguém acha que combate com caças russos vai ser “tiro ao pato”. Vai morrer muita gente de todo lado.

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Bosco!
Basicamente S-500 é dividido em partes anti-míssil e anti-avião (kkk , fica ate engraçado esse nome 🙂 ).Não somente os mísseis são diferentes : módulos que controle são tb separados.Sistema “Prometeu” foi testado por módulos e esta em fase “integração” pois os componentes todos ja esta prontos (alguns são velhos conhecidos desde S-400 , outros – novos).
Dave Majumdar do nationalinterests.org tem alguns artigos sobre S-500 , outras informações estão disponíveis no site Almaz-Antei e alguns fóruns especializados em matérias de defesa (vou ver se os links sobre assunto estão abertos sem precisar registrar).
Um abraço!

JPC3/Deagol
Visitante
JPC3/Deagol
Nonato
Visitante
Nonato

Scud. Poderia falar sobre essa tática de campo repetitivo em profundidade?
Pareceu-me interessante.
Apesar de que hoje é tudo complicado. Se tem um radar de defesa antiaérea, é identificado e lançam um míssil antiradar. Aí é para desligar os radares?

Nitrox
Visitante
Nitrox

Bom dia a todos.
O Sr. Pierre Sprey o que critica neste avião é ter sido projetado para substituir vários aviões diferentes (F-16, F18, A-10 e AV-8B Harrier II), para três entidades a pedirem especificações completamente diferentes, por isso, é que ele critica o projeto, coisa que já se tentou fazer no passado e houve problemas.
Em relação ao avião ter possibilidades de ser visível ao radar pode-lhe dar vantagens, mas eu pergunto:
Os Misses são 100% fiáveis?
No caso dos misseis de médio aim-120 ou outros falharem? (Invisível ao radar já não é grande ajuda)
Qual o custo de manutenção do avião?
Sem outro assunto

Jmgsboston
Visitante
Jmgsboston

Voces acrediram mesmo que um Mig-21 pode abater um F-35? Melhor avisar os americanos. Nesse caso não sai mais barato voltar a produzir Migs-21 so para fazer frente aos F-35 e cancelar o Poderoso T-50? Ideologia tambem tem limite.

Nitrox
Visitante
Nitrox

Mig-21 pode abater um F-35?
Não acredito, nas um F-16 ou f-15 talvez.

Ocidental Sincero
Visitante
Ocidental Sincero

Caros amigos .. em resposta a alguns posts, venho passar para vocês meu posicionamento. O personagem “Ocidental Sincero” foi criado ano passado principalmente por dois únicos motivos. O primeiro é poder compartilhar na trilogia uma opinião diferente dos 99% dos foristas. Gerando assim um território para explanações e principalmente discussões sadias, enriquecendo o nível de informações e interação no fórum. E em segundo plano, é de uma forma sistêmica, conseguir mostrar aos vários leitores, de que no mundo atual, não existe mais uma única doutrina adequada para a defesa. Infelizmente quem achávamos tão perfeitos, donos da lei e principalmente verdade… Read more »

Dranuits
Visitante

Gostaria de saber se o T-50 já está totalmente operacional em todas as funções de um caça de quinta geração??

bosco123
Visitante

Ocidental,
Você tem todo o direito de defender o país e a ideologia que quiser, só não pode “inventar” dados, que isso desqualifica sua salutar colaboração em mostrar o outro lado dos fatos.
A maioria que comenta na Trilogia tem um nível de conhecimento técnico acima da média e dados sem base real são imediatamente colocados em dúvida e o interlocutor é visto como estando com má fé.
Alguns dados que você apresenta são absolutamente irreais o que denota que é você que parece ter sofrido algum tipo de lavagem cerebral. rsrsss

Christian
Visitante
Christian

Na boa Ocidental Sincero – se fosse apresentar dados para equilibrar as coisas seria louvável. O problema é que você já sai com juízo de valor ideológico e longe da parte técnico-científica. O espaço aqui abriga especialistas e leigos ( sou um deles) para debater e aprender. E uma das coisas que eu aprendi aqui, foi que não existe artefato SUPERTRUNFO! Todos tem vantagens e desvantagens. Agora para fazer uma análise, há que se tomar informações sérias e com no mínimo o filtro do bom senso. Há material bélico russo bom, mas a propaganda do que ele “pode” fazer é… Read more »

WFonseca
Visitante
WFonseca

Ocidental Sincero 27/06 15:44 – Um caça sempre poderá enfrentar outro não importa sua geração, daí ele ter sucesso dependerá de variáveis no momento do combate. Mig21 e até o F5 podem abater um F35/SU35, mas fazer isso quando estes caças estiverem em sua doutrina de combate seria muito mais difícil. Respeito suas críticas à pretensa hegemonia ocidental mas infelizmente, não dá para fazer comparações com a Rússia, que se limitou a fazer armas e vodka: eles fabricam carros além do Lada Samara? Alguma marca de TV, geladeira, celular ou notebook? Algum banco russo? Algum fabricante de medicamentos conhecido? Algum… Read more »

Heyarth
Visitante
Heyarth

Uma das principais razões para o aumento do custo no programa, é a impossibilidade de previsão de preço para determinados serviços. Muita coisa teve que ser desenvolvida, o custo dessas soluções não podem ser previstos com precisão adequada, o risco do projeto é bastante alto por conta disso. É sem dúvidas, o projeto mais complexo já levado a cabo pelos americanos. Na minha visão o maior problema está em cumprir muitos requisitos, que no final acaba sacrificando um melhor desempenho em uma missão em detrimento de “poder” cumprir outras. É como uma pessoa fazer varias faculdades e não se especializar,… Read more »

Reinaldo Deprera
Visitante
Member
Reinaldo Deprera

Ocidental sincero, então o que você quer no final das contas, através de números falsos, convencer as pessoas que os EUA são o “Grande Satã” e que o outro lado (seja o ISIS, a Rússia, a URSS, o Iraque de Sadan, a Síria, o Fatah, o Hezbollah etc..) são as grandes vítimas desse “anticristo” que quer impor sobre eles seja lá o que for. Bom, se o mundo fosse assim tão preto no branco do jeito que você pensa que é então devo te confessar que, nesse caso, não tenho dúvidas nenhuma que estou do lado completamente contrário ao seu.… Read more »

Reinaldo Deprera
Visitante
Member
Reinaldo Deprera

No final das contas o brasileiro em geral é muito suscetível a pessoas como o Ocidental Sincero. O esquerdista do século XXI é o supra sumo da arrogância. A não admissão do erro. Para ele não pode ser possível que X não possa ter mais do Y sem que X não esteja roubando de Y. Ele precisa do X para usar de muleta para o problemas que ele diz querer resolver. Pura publicidade! Um esquerdista adora soltar por aí ideias de como salvar o mundo enquanto ele alimenta com migalhas roubadas os que estão ao seu lado. O esquerdista, tem… Read more »

Klesson
Visitante

Puxa!!!
Será que ele leu? ou conseguiu ler?
O que já estava ruim, encontraram espaço para piorar.
Que disse, quem falou que nós brasileiros queremos ser comunistas? Queremos algo de comunistas?
Uma pergunta básica: Qual comunista foi filantropo?
Esses pulhas, falam pelos cotovelos, roubam, mentem, enganam, agridem a inteligência das pessoas e ainda querem ser os mocinhos. Como o patético ditador da Coréia do Norte que inventou o CD, o hamburger e outras novidades mais.
Sucatearam ainda mais as FA, a Saúde e a Educação, as instituições cadas vez mais fragilizadas e amargam com o descrédito.
Só blá,blá,blá,blá,blá…..esse idiotas não se tocam, não acordam.

Patético.

augusto
Visitante
augusto

não sei pra que tanto uns 700 pra força aérea já taria de bom tamanho daria 800 caça Stealth contando com o f-22

augusto
Visitante
augusto

700 pra força aérea. nao estou contando com as 3 forças a opera-lo

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Reinaldo Deprera, não sei se deu para escutar seja lá onde você esteja, mas eu aplaudi aqui hehehehehe

Ocidental Sincero
Visitante
Ocidental Sincero

Reinaldo Deprera, nem assim; com toda esta superioridade os EUA conseguiram ganhar guerras . Levaram uma sova no Vietnã, no Afeganistão após 15 anos, o Talibã não acabou, está mais forte do que nunca, no Iraque o caos se instalou, e na Síria após 2 anos nada conseguiu contra o ISIS. Rússia em 2 meses fez muito mais por muito menos tempo e $$$. Algo está errado não acha? ! Sabe aquele sujeito que se empanturra de tanto comer e passa mal? Menos, às vezes é mais! Um pouco de cultura, visão do mundo e mais realismo não lhe faria… Read more »

Reinaldo Deprera
Visitante
Member
Reinaldo Deprera

Ocidental Sincero 29 de junho de 2016 at 10:25 O povo americano nunca quis ser superior a ninguém cara, acho que você não conhece os EUA e a cultura norte-americana. Também acho que você não conhece absolutamente nada sobre a guerra do Vietnã. Suas causas, o contexto geopolítico, as regras de engajamento impostas pelo congresso norte-americano e ONU et cetera. – A guerra do Vietnã foi muito parecida com a guerra da Coreia. Cerca de meio por cento da população (membros do partido comunista) fazendo uma revolução contra a vontade do restante da população. – A revolução comunista lá, como… Read more »

Bosco
Visitante

Os EUA não ganhou no Vietnã porque abdicou do direito de utilizar força superior, senão tinha utilizado armas nucleares. Então não se pode dizer que “perderam” ou foram derrotados. Eles se retiraram. Quem perde é quem utiliza tudo que tem e mesmo assim sai derrotado. E pra falar francamente do ponto de vista político os EUA ganhou no Vietnã tendo em vista que conseguiu debilitar a progressão comunista a ponto dele ser derrotado na década de 90. A longo prazo a vitória foi do Ocidente, embora essa guerra esteja longe de acabar. Por outro lado um país não pode ser… Read more »

ScudB
Visitante
ScudB

Amigo Nonato! Desculpe pela demora , me enrolei todinho no trabalho 🙁 .. Bom , em relação de “campo repetitivo de defesa em profundidade” a Rússia não inventou nada de novo ou especial (por exemplo , Israel esta fazendo algo muito parecido). So que sofrendo nos bombardeios pesados na SGM e constantemente aprimorando alguns componentes em virtude dos inumeros planos ocidentais de atacar e/ou destruir USSR na época , e ainda com “experiências”(negativas e positivas) dos conflitos na Ásia e Oriente Médio eles começaram a implantar sistema que hoje praticamente esta finalizada e compõe sistemas de aviso de lançamento ou… Read more »

bosco123
Visitante

Não sei na Rússia como funciona mas no âmbito da OTAN não há sistemas antiaéreos em estado de prontidão, salvo o sistema antibalístico que protege os EUA e as baterias de mísseis SLAMRAAM que protegem Washington contra ataques terroristas e no futuro o Escudo antibalístico instalado na Europa. A defesa dos países da OTAN é eminentemente feita por aviões em alerta e não por sistemas de defesa antiaérea de prontidão, salvo um ou outro sistema que seria utilizado com função antiterrorista protegendo algum centro populacional que não faço a mínima ideia se existe de fato. Uma defesa antiaérea mais consistente… Read more »

Bosco
Visitante

Mesmo os AWACS não operam em tempo integral. Integral mesmo são os caças em alerta e os radares de controle de terra que controlam o tráfego aéreo.

ScudB
Visitante
ScudB

Sim , é mais pelo controle OTH , radares dos navios e radares de aviação civil..

Rommelqe
Visitante
Rommelqe

Para o bem ou para o mal, sem paixões e emoções, o fato é que o F-35 é realmente um programa paradoxal e muito complexo. Primeiro não da para ser definido como meramente uma aeronave. Se olharmos de um ponto de vista “aerodinâmico” , este programa é constituido por mais do que tres diferentes aviões. Existe uma comunabilidade intensa, diversos sistemas são compartilhados, obtendo-se de alguma forma uma sinergia em conceitos complementares, alta escala industrial em certos componentes e assim sucessivamente. Porém, pelo menos para mim, enquanto concepção aeronutica basica ha mais semelhanças entre um F-15 e um SU-27 do… Read more »