Home Força Aérea Brasileira Avio Aero recebe contrato para apoiar motores dos jatos A-1 da FAB

Avio Aero recebe contrato para apoiar motores dos jatos A-1 da FAB

372
3

BASP Portões Abertos 2012 - A-1 - foto Nunão - Poder Aéreo

Na sexta-feira, 18 de julho, a empresa italiana Avio Aero informou sobre a assinatura de um acordo de apoio logístico de longa duração, relacionado aos motores Spey Mk807 que equipam a frota de jatos A-1 (AMX) da Força Aérea Brasileira. O contrato tem duração de cinco anos e compreende serviços de reparo e manutenção para os motores.

Segundo Riccardo Procacci, diretor executivo da empresa, “este contrato reforça o papel da Avio Aero como parceira estratégica da Força Aérea Brasileira, assim como sua presença no Brasil. Os serviços de MRO (manutenção, reparo e revisão – overhaul), juntos com os de CRO (componentes, reparos e revisão), são um dos pilares da estratégia da Avio Aero que, com mais de 40 anos de experiência nessas atividades, confirmam seu compromisso como parceiro de tecnologia de propulsão para a indústria de aviação”.

A Avio Aero faz parte da área de negócios da GE Aviation para projeto, produção e manutenção de componentes e sistemas para a indústria aeronáutica civil e militar, sendo o centro de excelência de todo o grupo GE na área de transmissão mecânica e turbinas de baixa pressão. Suas principais instalações estão em Turin, Pomigliano d’Arco e Brindisi, empregando 4.700 pessoas em todo o mundo, com linhas de produção na Polônia, Brasil e China.

BASP Portões Abertos 2012 - A-1 - foto 2 Nunão - Poder Aéreo

FONTE: Avio Aero (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em inglês)

VEJA TAMBÉM:

3
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
Guilherme PoggioRinaldo NeryAlmeida Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Almeida
Visitante
Almeida

Belas fotos do nosso querido F-32! 🙂

Rinaldo Nery
Visitante
Member
Rinaldo Nery

A frota ia parar por falta de motor, não fosse esse contrato…

Guilherme Poggio
Editor
Famed Member

A frota ia parar por falta de motor, não fosse esse contrato…

Uma situação ruim bem na hora em que o A-1M começa a entrar em cena. Mas essa situação já foi resolvida com o novo contrato.

Problema mesmo é com os RR GEM dos Lynx da MB. A empresa falou que vai descontinuar o suporte aos motores. Ainda bem que foi assinado o contrato de modernização da aeronave e troca dos motores.