Zona de defesa aérea chinesa preocupa os EUA

J-10 - 3

O governo dos EUA está “profundamente preocupado”, com o anúncio da China de criar uma zona de defesa aérea no Mar da China Oriental, que inclui as ilhas controladas pelo Japão mas reivindicadas por Pequim – afirmou o secretário de Estado americano, John Kerry, neste sábado.

A zona cobre parte do Mar da China Oriental, entre Coreia do Sul e Taiwan, onde estão as ilhas Senkaku controladas pelo Japão e que a China reivindica, com o nome de Diaoyu.
O Japão não tardou a reagir ao anúncio, apontando que marca “uma escalada” das tensões bilaterais em torno do arquipélago, o que pode ser “muito perigoso”.

“Essa decisão unilateral (da China) é uma tentativa de mudar o ‘status quo’ no mar da China Oriental. Uma escalada apenas aumentaria as tensões na região e criaria o risco de um incidente”, advertiu Kerry, em um comunicado.

“A liberdade de sobrevoar e outras regras internacionais sobre o uso do espaço aéreo e marítimo são indispensáveis para a prosperidade, estabilidade e segurança no Pacífico”, acrescentou o chefe da diplomacia americana, atualmente em Genebra.

“Pedimos encarecidamente à China que não execute sua ameaça de tomar medidas contra os aviões que não se identifiquem, ou que não obedeçam às ordens de Pequim”, declarou Kerry.
A nova zona de defesa aérea obrigará os aviões que passarem por ela a cumprir certas obrigações e, caso não sejam respeitadas, haverá uma intervenção armada.
Entre outras informações, os aviões terão de apresentar um plano de voo detalhado, indicar sua nacionalidade e manter suas comunicações por rádio, de modo que seja possível “responder de maneira rápida e apropriada às solicitações de identificação” das autoridades chinesas.

As novas regras entram em vigor, a partir das 2h GMT de sábado (00h no horário de Brasília), segundo o comunicado chinês.

FONTE: AFP

Publicidade

Subscribe
Notify of
guest

5 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Iväny Junior

A china está disposta a testar seus J-10, aparentemente.

Almeida

Dada a extensão da zona e dela ser sobre o mar, tá mais pro J-11, que carrega mais combustível e é bimotor.

Baschera

Preocupa… mas os USA não estão nem aí…

EUA desafiam China e enviam B-52 a zona de defesa aérea

http://www.dgabc.com.br/Noticia/496602/eua-desafiam-china-e-enviam-b-52-a-zona-de-defesa-aerea?referencia=minuto-a-minuto-topo

Sds.

rafael bastos

Estão se testando meus caros amigos, é como em uma luta de boxe, normalmente não se entra em pleno combate logo de inicio, pois neste momento os adversários se testam, estudam um ao outro analisam seus pontos fortes e fracos testam a guarda. A China deu um passo para entrar no centro do ringue e recebeu um jab falso…

rafael bastos

Amigos a guerra já começou a tempos! E até agora, sob uma perspectiva de vista da arte da guerra Sun Tzu, a China esta colocando aos poucos de joelhos seus principais inimigos…