Home Aviação de Caça ‘MiG killer’ da USAF dá palestra a pilotos de caça espanhóis

‘MiG killer’ da USAF dá palestra a pilotos de caça espanhóis

521
1

Coronel César Rico Rodríguez da USAF junto a F-18 espanhol - foto Força Aérea Espanhola

Coronel César ‘Rico’ Rodríguez, que com seus três MiGs abatidos na década de 1990 é o maior ‘MiG killer’ americano desde o Vietnã, realizou palestra para pilotos de caça espanhóis na Ala 12, equipada com caças F-18 Hornet

 –

A Ala 12 da Força Aérea Espanhola, que voa caças F-18 Hornet, recebeu a visita do coronel reformado da Força Aérea dos EUA (USAF) César ‘Rico’ Rodríguez, que compartilhou com os pilotos sua grande experiência operacional, que inclui jatos como A-10, AT-38 e F-15. A visita é decorrente de uma reunião de trabalho realizada entre representantes da Força Aérea Espanhola com a empresa norte-americana Raytheon no último salão de Le Bourget, quando Rodríguez, que chefiava a representação da companhia dos EUA, se ofereceu para realizar uma palestra na Espanha.

César ‘Rico’ Rodríguez pilotou caças F-15 nas campanhas do Iraque (Desert Storm, em 1991) e da então Iugoslávia (Allied Force, em 1999). Na primeira, abateu um MiG-29 e um MiG-23, enquanto na segunda derrubou um MiG-29, tornando-se o maior “MiG killer” americano desde a Guerra do Vietnã.

Coronel César Rico Rodríguez da USAF em palestra na Ala 12 - foto Força Aérea EspanholaA palestra realizada em 17 de outubro nas instalações da Ala 12, na Base Aérea de Torrejón, envolveu assuntos que ultrapassaram a narrativa desses abates. O coronel deixou seu ponto de vista pessoal das qualidades necessárias para um piloto de caça cumprir suas missões, envolvendo temas como liderança, treinamento, dedicação e trabalho em equipe, sem falar no fator sorte, ou estar no lugar certo na hora certa. Antes dos espanhóis, alunos das academias da USAF e USN (Marinha dos EUA) e pilotos de “Top Gun” já haviam se beneficiado das lições do coronel Rodríguez.

Na palestra realizada na Espanha, estavam não apenas caçadores da Ala 12 como também pessoal do “Mando Aéreo de Combate” (MACOM) e pilotos de todas as unidades de caça da Força Aérea Espanhola e controladores de interceptação.  Apresentações de pessoal espanhol trataram das lições obtidas pela Força Aérea Espanhola na operação “Unified Protector”, além do conceito do “Futuro Sistema de Combate Aéreo” (FCAS).

FONTE / FOTOS: Força Aérea Espanhola (tradução e edição do Poder Aéreo a partir de original em espanhol)

VEJA TAMBÉM:

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Clésio Luiz Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Clésio Luiz
Visitante
Member
Clésio Luiz

Pô coronel, vamos maneirar no chili né? O homem engordou um bocado desde a última foto que vi dele 🙂

Não sei se ele abordou na palestra a maior diferença entre o F-15 e o F-18, aceleração, que neste último é a pior entre os caças de 4ª geração.

“You see, muchachos, a real fighter have excellent acceleration AND don’t fold the wings.” 🙂