terça-feira, junho 15, 2021

Gripen para o Brasil

Indonésia recebeu dois Su-30 e espera por mais quatro

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

A Força Aérea daquele país também espera modernizar seus F-16, além de receber os T-50 encomendados. Parte dos Super Tucanos já chegou ao país e novas aeronaves de transporte também

 

Su-30_MK2 chaga a Indonesia

Dois dos seis caças Sukhoi Su-30 MK2 encomendados pela Força Aérea Indonésia (TNI AU) chegaram à Base Aérea de Sultan Hasanuddin em Makassar, na noite de sexta-feira.

Um porta-voz da base, o major Muliadi, disse no sábado que os dois caças faziam parte de uma encomenda de seis Su-30 MK2 que chegam em lotes.

“Os outros quatro caças vão chegar em junho e julho”, disse ele.

Os caças a jato de fabricação russa vieram a bordo de cargueiro An-12-100 Ruslan desmontados e sem motores. Os motores estão programados para chegar em 27 de fevereiro para os seis caças, totalizando 12 motores.

Além dos dois caças a jato produzidos pela Komsomolsk-na Amure Aircraft Production Association (KNAPO), também vieram 17 técnicos do fabricante para a montagem das aeronaves.

Muliadi disse que o processo de montagem levaria duas semanas para ser concluído, incluindo voos de teste.

Tal como aconteceu com os embarques anteriores, os caças não vem com armas, além dos canhões internos.

“As armas serão compradas separadamente após os caças serem montados, assim como outros lotes”, Muliadi disse.

Analistas de defesa criticaram a aquisição separada dos caças a jato, que não incluem armas como bombas e mísseis.

O governo, no entanto, disse que as restrições orçamentárias tinham limitado a capacidade de comprar um pacote completo.

Com os dois caças, agora a Indonésia tem seis Su-27 monopostos e seis Su-30 MK2.

Até o final deste ano, haverá 16 caças deste tipo sob o comando do Esquadrão 11.

Os caças estão vindo em lotes desde 2003, começando com o Su-27 SKM, que chegou a à Base de Iswahjudi em Madiun, Java Ocidental. A base dos caças mudou-se para Makassar em 2005.

Além de aumentar o número de Flankers, a UA TNI também está esperando a entrega de caças 24 F-16 C/D Block 25, fornecidos pelos EUA. Caberá à Indonésia bancar os custos de modernização deles.

A Indonésia possui atualmente 10 F-16 A/B Block 15 OCU, no Esquadrão 3, que foram adquiridos em 1989. Esses caças também passarão por modernização.

Em setembro, a UA TNI recebeu quatro dos 16 EMB-324 Super Tucano aviões de ataque ao solo encomendados da Embraer. Baseados no Esquadrão 21, as aeronaves substituirão os lendários Rockwell OV-10 Bronco.

Outra nova aquisição é o jato de treinamento T-50 Golden Eagle, fabricado pela Indústria Aeroespacial da Coréia, para substituir os jatos britânicos BAE Hawk Mk 53, no Esquadrão 15.

A Indonésia receberá quatro C-130H Hércules da Austrália e vai comprar mais seis. Atualmente existem dois esquadrões de Hércules, o 31 e o 32.

A Indonésia também recebeu dois aviões de transporte C-295 da Airbus Military de um total de nove encomendados. Estes avião são fabricados em cooperação com a empresa estatal PT Dirgantara da Indonésia, que produzirá a aeronave em Bandung. O C-295 vai se juntar ao CN-235 e ao Fokker F-27 no segundo esquadrão.

FONTE: The Jakarta Post (tradução e edição do Poder Aéreo, baseado no original em inglês)

FOTO: Sultan Hasanuddin Air Force Base

- Advertisement -

12 Comments

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alfredo Araujo

Belo hi-low mix entre Su-30 e F-16

asbueno

Independente do Hi-Lo eles tem aeronaves.

Nós também, mas “daquele jeito”. e o pior de tudo é o futuro…

Alfredo Araujo

Poggio…

Lembro de uma vez ter lido, q a versão A/T-50 é q teria real capacidade de combate. Essa versão estaria em fase final de desenvolvimento.
A versão adquirida pela própria Coréia do Sul, seria a T-50, direcionada para treinamento, não sendo muito capaz de realizar missões de caça / ataque…

Procede ?

eduardo pereira

O importante aqui é ;ELES ESTAO ADQUIRINDO E SE RENOVANDO ENQUANTO NÓS NOS ESTAGUINAMOS CADA VEZ MAIS.

Lyw

A versão de combate do T-50 Golden Eagle chama-se FA-50.

A força aérea Sul-coreana já encomendou 20 aeronaves, a força aérea das Filipinas encomendou 12 e a Indonésia comprou a versão de treinamento T-50 com intensão de compra dos FA-50, compra esta que pelo andar da carruagem deve se confirmar em breve.

Lyw

Ah, esta encomenda que citei da ROKAF refere-se apenas à versão FA-50, o LIFT T-50 foi adquirido em maiores quantidades.

Almeida

Levando em conta que a performance do Golden Eagle é superior à do Tiger II, aqui na FAB FA-50 seria “high”.

Optimus

Ué… Mas segundo vários “entendidos” da blogosfera afirmam que uzamericanu nunca vendem nada pra quem compra dos russos…
Tinha até gente comemorando que com a compra dos Pantsir automaticamente, forçaria a Boeing se retirar do F-X2…

Hi-Low mix entre Su-30 e F-16?! Deve ser Hoax isso aí, hein… 😉

nunes neto

Optimus,assino embaixo,heheheheeheheh mais uma lenda que já caiu por terra ,porém, tem muita cabeça dura issistindo nessa teória fálida,os EUA, só não vendem armas ou produtos de alta tecnologia para países que não se alinham a eles, ou que são inimigos (declarados ou não),ou países que gostam de copiar na cara dura seus produtos sem licenças, ou para países que podem usar aquelas peças para produzir um produto que vai concorrer com um produto americano lider de mercado,do mais tá liberado 😉

Vader

Optimus disse: 28 de fevereiro de 2013 às 2:46 “Tinha até gente comemorando que com a compra dos Pantsir automaticamente, forçaria a Boeing se retirar do F-X2…” Cuma? Como é qui é? 🙂 Tinha gente dizendo que a compra do Pantsir iria fazer a Boeing retirar sua proposta do FX2??? Ahahahaha, e porque diabos a Boeing faria isso? Meu Deus, quem foi o idiota que disse algo tão estúpido assim? Será que tamanha é a vontade que os americanos deixem o caminho livre para o caça Le Jaque do Lula que os caras chegam a confundir fato com vontade? Quanta… Read more »

Alfredo Araujo

Hj em dia a política está se rendendo ao dinheiro, ou a falta dele…

Com o fim da guerra fria, juntamente com o fim das promessas de generosos orçamentos de defesa, países q antes geravam desconfiança aos parlamentares americanos, hj são potenciais financiadores da industria de defesa…

Reportagens especiais

Poder Aéreo no Airshow China 2018

Por Tomislav Mesarić* Especial para o Poder Aéreo Zhuhai, República Popular da China 6 a 11 de novembro de 2018 Zhuhai, uma cidade...
- Advertisement -
- Advertisement -