domingo, dezembro 5, 2021

Gripen para o Brasil

Equador recebe oficialmente seus caças Atlas Cheetah

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O presidente do Equador, Rafael Correa, participou da cerimônia de entrega dos 12 caças Cheetah para a ‘Fuerza Aérea Ecuatoriana’ no último dia 14 de fevereiro na Base Aérea de Taura, local de onde os caças de origem sul africana serão operados agora.

Compareceram à cerimônia o Ministro da Defesa, Javier Ponce, o Comandante General da Força Aérea, Brigadeiro Leonardo Barreiro Muñoz, dentre outras autoridades civis e militares.

Durante a cerimônia, três Cheetah realizaram voos de demonstração e no final o presidente conheceu a cabina de uma das aeronaves, onde recebeu algumas explicações do piloto.

Esta é a primeira vez que uma força aérea do continente recebe caças novos (pelo menos por aqui) desde a chegada dos Su-30MK venezuelanos em dezembro de 2006.

FONTE/FOTOS: Força Aérea do Equaddor

VEJA TAMBÉM:

Previous articleRafale com desconto
Next articleMais P-3 chegando
- Advertisement -

20 Comments

Subscribe
Notify of
guest
20 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Giordani RS

Mas que cara-de-pau desse rafael correa! Não fica nem vermelho! Novos caças? Aonde? Populista de m…! Pobre povo do Ecuador…Se com problemas de fronteira o governo fornece essas sucatas para a sua FA, imagina se não tivessem…levariam “15 anos” ou mais para não decidir nada!
Doze novos alvos para os Vipers chilenos, isso sim…

Roberto F Santana

Creio que historicamente o encrenqueiro da Sul América seja o Peru, que já se meteu com a Colombia e o Equador.
O F-16 chileno só precupa os argentinos, mesmo porque não faz fronteira com o Equador.
O Brazil enfrenta o mesmo problema que o Equador…perdeu o bonde.
Esse país já foi o mais bem armado, com Jaguar, Kfir, Mirage F-1 e Strikemaster; tudo isso ao mesmo tempo.

Roberto F Santana

Caro Guilherme, O Jaguar sim, aeronave cara, eletrônica complicada, um pesadelo para se importar peças.Mas no conflito contra o Peru, ela foi poupada de propósito pois se esperava que a guerra se prolonga-se, vindo logo a necessidade de incursões de precisão dentro do território peruano. Por outro lado, os peruanos fizeram o mesmo com o Mirage 2000 e para piorar as coisas, se não me engano, os Mirage ainda estavam sem os seus Magic. Entretanto, penso que os anos de “glória” para essas ditaduras sul americanas foram os anos setenta, todas elas entraram em decadência na década seguinte, o Brasil… Read more »

Roberto F Santana

Olhando-se atentamente a foto, nota-se o párabrisas em peça única, maravilha já desejada por muitos pilotos de Mirage.

Clésio Luiz

Olhando para a tribuna de madeira, o Cheeta esta com mísseis na ponta das asas… Reza a lenda que esses Cheeta C são na verdade fuselagens de Kfir importadas de Israel, nas quais a África do Sul adaptou as ATAR 9K de 7.500 kgf de empuxo. As asas são as mesmas, tem os 5 suportes na fuselagem e esse nariz com para-brisas inteiriço está presente no Kfir C-10. Reza outra lenda, esta mais difícil de acreditar, que na verdade Israel nunca fabricou fuselagem nenhuma de Nesher nem de Kfir. Estas viriam direto da França, por meios clandestinos, para não despertar… Read more »

Giordani RS

A bancada tem um avião que não consegui identificar. Parece um Mirage, mas com AAM na ponta das asas? Então é um gripen? Mas com tomadas de ar com difusores cônicos? Só pode ser o tal do Piranha…vai entender…

Roberto F Santana

Essa eu não sei.
O cara que está ao lado do presidente deve estar pensando;

Quem será que fez uma porcaria dessas?

Marcelo

muito interessante essa lenda Clésio…se for verdade a estória de que os franceses deixaram os israelenses na mão não passaria de estória mesmo…mas acho que nunca saberemos a verdade.

Giordani RS

Unica explicação possível para a bancada…

http://www.alr-aerospace.ch/images/Piranha3.jpg

Marcos

Putz!!!

Como foi que o Brasil perdeu a oportunidade de comprar essas aeronaves???

Almeida

O Chile não chegou a receber mais um lote de F-16 A/B MLU depois que a Venezuela recebeu seus últimos Su-30MKK em 2006?

ricardo_recife

Ainda via voar alguns anos. Para mim é apenas uma versão sul-africana do Mirage III NG. Mas já li que existem outras duas paternidades: Atlas Cava e IAI Nammer.

Acho que construíram uns 70 em três diferentes versões. Eu gostaria de saber quantos anos eles ainda voam?

Abs,

Ricardo

Vader

Roberto F Santana disse:
16 de fevereiro de 2012 às 14:09

O Peru, junto com a Bolívia, também entrou em guerra com o Chile.

Sds.

Eleazar Moura Jr.

O termo “novos” para caças construídos nos anos 80 foi ótimo.

Giordani RS

Acredito que os Kfir´s colombianos levem vantagem sobre esta outra gambiarra do Mirage, pois o Kfir usa a J79, reconhecidamente com um bom, muito potente e confiável motor. Isso, óbviamente, considerando um dogfight clássico, até porque em termos de AAM os colombianos devem possuir dois Sidewinders e o ecuador um…se tiver um…

Eleazar Moura Jr.

Giordani RS disse:

17 de fevereiro de 2012 às 10:35

Acredito que os Kfir´s colombianos levem vantagem sobre esta outra gambiarra do Mirage, pois o Kfir usa a J79, reconhecidamente com um bom, muito potente e confiável motor. Isso, óbviamente, considerando um dogfight clássico, até porque em termos de AAM os colombianos devem possuir dois Sidewinders e o ecuador um…se tiver um…

*além de que os Kfir colombianos estão equipados com Phyton 4, HMD , radar ELTA ELT/M 2032 e, talvez, até mísseis BVR tipo o Derby.

Clésio Luiz

@Giordani RS

As J79 não tem essa confiabilidade toda não, pois boa parte das perdas de F-104 (o fazedor de viúvas) foi devido a falhas na turbina.

Últimas Notícias

Irã diz que explosão acima de Natanz faz parte de treinamento militar

A explosão relatada coincide com uma crise nas negociações sobre o programa nuclear do Irã A mídia iraniana no sábado...
- Advertisement -
- Advertisement -