Home Noticiário Internacional Rússia vai entregar jatos de combate para a Síria

Rússia vai entregar jatos de combate para a Síria

599
12

MOSCOU – A Rússia assinou um contrato para vender jatos de combate para a Síria, numa demonstração de apoio ao regime do Presidente Bashar Assad, noticiou o jornal Kommersant nesta segunda-feira. Citando uma fonte identificada próxima da exportadora de armas estatal russa Rosoboronexport, o acordo de US$550 milhões prevê a entrega de 36 aviões Yak-130. Um porta-voz da Rosoboronexport se recusou a comentar a notícia.

Se confirmado, o acordo marcaria um desafio aberto dos esforços internacionais para colocar pressão sobre o regime de Assad, que tem enfrentado ampla condenação à repressão brutal de manifestantes. A ONU diz que mais de 5.400 pessoas já morreram em 10 meses.

O Ministro do Exterior da Rússia Sergey Lavrov disse na semana passada que Moscou considera que não é necessário oferecer uma explicação ou desculpas sobre as suspeitas de que um navio russo havia entregado munições para a Síria, apesar do embargo de armas imposto pela UE.

Lavrov disse em entrevista coletiva que a Rússia estava atuando no pleno respeito ao direito internacional e não guiada por sanções unilaterais impostas por outras nações. Ele acusou o Ocidente de fechar os olhos aos ataques feitos por militantes da oposição e o fornecimento de armas à oposição da Síria a partir do estrangeiro, e advertiu que a Rússia irá bloquear qualquer tentativa do Ocidente para garantir apoio das Nações Unidas ao uso da força contra a Síria.

A Rússia tem sido um forte aliado da Síria desde os tempos soviéticos, quando o país foi liderado pelo pai do presidente, Hafez Assad. Ela tem fornecido à Síria aviões, mísseis, tanques e outras armas modernas. O Yak-130 é um bimotor de treinamento de combate a jato que também pode ser usado para atacar alvos terrestres. A força aérea russa recentemente fez uma encomenda de 55 jatos desse tipo.

FONTE: AP

LEIA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DrCockroach
DrCockroach
8 anos atrás

Infelizmente o vespeiro na Siria eh muito grande; se o governo atual continua continuarah havendo assassinatos da populacao, se o governo cai, provavelmente haverah assassinatos e perseguicao aos alauitas e cristaos.

A situacao eh muito diferente da Libia, o melhor eh evitar a confusao ou isto acaba se transformando num Iraque.

[]s!

P.S.: e o HRW acabou de criticar o Brasil pelo, digamos assim, apoio aos governos repressivos da Siria, o ex-Libia, etc.

Giordani RS
8 anos atrás

Tudo o que o Ocidente precisa é de uma nova URSS…e a sombra de tal paira sobre os dinossauros russos…

Diegolatm
Diegolatm
8 anos atrás

Os russos botando mais lenha na fogueira por causa da Siria, igual a guerra da KOREA/VIETNAN, enfiam as malditas armas chucrutes no bolso dos ditadores e ficam passando a mão nas costas deles até que estes não sejam mais úteis para eles ou não comprem mais armas russas… Sabe-se que na Siria, os massacres viraram rotina, mais de 5000 mortos “oficiais”, isso é o que a pobre impressa internacional tem informação diante do controle e da censura… Se fossemos olhar por outro lado esse numero deve ser duas ou até três vezes mais que o oficialmente divulgado. Sds

Corsario137
Corsario137
8 anos atrás

Esses Perestroikas…

Eles arrumaram foi um jeito de ganhar um troco no Síria vendendo esses jatos (que não vão servir pra N-A-D-A) antes que o ditador caia e entre uma democracia mais “ocidentalizada” e compradora de armamentos da LM.

Os russos aprenderam a ganhar dinheiro fingindo que são a anti-américa.

Enquanto isso o Putin conta dinheiro bebendo Veuve Cliuoquot.

uitinaxavier
uitinaxavier
8 anos atrás

Tbm não vejo motivo de tanto alarde, o que os russos estão fazendo nada mais nada menos do que exercer o capitalismo. Durante décadas os Yankees patrocinaram vários regimes militarista que governavam seus país ou ainda governam com mãos de ferro, vide exemplo egípcio, iemenita, tunisiano sem contar que na década de 80 apoiou pesadamente o regime iraquiano. Russos, Yankees, Chineses, Anglo Saxões simplesmente defendem seus interesses até que estes já não os interessam mais os largam a própria sorte. DrCockroach disse: 23 de janeiro de 2012 às 11:29 Isso eu tenho que concordar com vc a Síria e um… Read more »

edcreek
edcreek
8 anos atrás

Olá,

Agora a coisa *ferrou mesmo, os Russos entrando na jogada ninguem no ocidente vai ter peito de fazer nada o Tio Samuel e a Otariam vão “enviar a viola no saco” e ficar em Paris,Washington e Londres
enquanto os civis são massacrados…..

O tempo de paz sempre dura pouco, muito pouco……

Abraços,

Invincible
Invincible
8 anos atrás

Ali é mantida a ordem assim. No cacetete.

Assim era no Iraque e na Líbia.

jacubao
jacubao
8 anos atrás

Acho que já seria hora de fazer sanções contra a rússia tmb, por apoiar o regime assassino da rússia. Iriam ficar nas mãos dos chineses e de um punhado de países pobres, e isso iria enfraquecer a sua economia e com o passar do tempo (e põe tempo nisso) eles iriam acabar cedendo.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
8 anos atrás

Bonito jatinho…parece um trainer.

Mas esses Yaks seriam como patinhos do tiro ao alvo se resolverem encarar a IAF.

Vader
8 anos atrás

Espertos esses russos, faturando algum antes do Assad cair.

Nada pra esquentar a cabeça. Esse jatinho aí vai virar alvo. E em terra, porque não irá nem levantar vôo.

Mauricio R.
Mauricio R.
8 anos atrás

Interessante, Mubarak caiu, esse do Iemen tb já está encaminhado, assim como o da Tunísia que foi o 1º a sair.
Até o Kadafi e o Kim da Coréia do Norte, já sumiram na História.
Mas ninguém viu o Ocidente defender tão escrachadamente o cliente, qnto os russos estão fazendo.
Fica a advertência, tanto qnto nos tempos soviéticos, não conte c/ a cooperação deles em absolutamente nada.

Requena
Requena
8 anos atrás

Concordo com o Vader.

Os russos estão “vendendo terno novo pra defunto fresco”.

Isso ai não ameaça em nada Israel/USA e outros países da região