sábado, novembro 26, 2022

Gripen para o Brasil

F-35 com um pé no Japão

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O Japão provavelmente vai selecionar o F-35 da Lockheed Martin como o seu próximo avião de combate, noticiou a imprensa internacional nesta terça-feira.

O governo vai escolher entre dois modelos dos EUA – o F-35 e o F/A-18 Super Hornet da Boeing – e o Eurofighter Typhoon, em uma reunião do Conselho de Segurança Nacional na sexta-feira, informou o jornal Nikkei.

A data da reunião prevista não pôde ser confirmada com funcionários do governo e o porta-voz do governo, Osamu Fujimura, disse que nenhuma decisão tinha sido feita. O escritório do programa F-35 no Pentágono também não tinha recebido qualquer palavra do Japão.

Analistas dizem que a compra pode chegar a US$ 8 bilhões.

A esperança da Lockheed é que a montagem do F-35 no Japão, irá estimular aquela nação a levantar a proibição das exportações de equipamento militar, permitindo que os contratantes locais, como a Mitsubishi Heavy Industries, forneçam peças para o caça.

“Se o governo optar por seguir em frente e relaxar (a proibição de exportação) acreditamos que há um caso muito forte para a participação no programa F-35”, disse Dave Scott, o diretor de desenvolvimento de negócios internacionais para o F-35.

Mesmo sendo o mais caro dos três, o F-35 ganha dos outros devido à sua “performance esmagadoramente superior” e à capacidade furtiva, segundo o Nikkei.

FONTE: Reuters

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Poder Aéreo

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest

9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ivan

PA 100% Confirmada a opção pelo F-35 Lightning II pelo Conselho de Segurança Nacional na próxima sexta-feira o Poder AEREO terá acertado as 2 (duas) primeiras decisões FX deste ano: Suiça e Japão. Entretanto não há surpresa nesta provável decisão. A necessidade de um avião de 5ª geração para substituir o F-4J Phantom é conhecida, em face do surgimento do PAK-FA e J-20 do outro lado do Mar do Japão. A questão que ser discutida agora é outra: Como ficará o desenvolvimento do Mitsubishi ATD-X Shinshin. Se por um lado o F-35A Lighntining II concorre internamente pelas verbas da JASDF,… Read more »

Vader

Barbada. Vader 100% também, rsrs… 🙂

Marcos

Suiça: definido pelo Gripen;

Japão: em andamento; provavelmente F-35;

India: vou apostar no Eurofighter;

EAU: provavelmente optará pelo mesmo equipamrnto indiano;

EUA: na semana que vem sai o contrato;

Brasil Potência: ????

Corsario137

Agora só falta acertarmos na Índia, afinal nos EAU nós já acertamos, ou seja, “estão cozinhando”.

Daglian

Acredito que o mais cotado, atualmente, para vencer o FX-2 é o Gripen. Acredito que os americanos podem virar a mesa se escolherem o Super Tucano lá, nesse caso, devem dar preferência à eles aqui, o que também não seria ruim. O único ruim seria se o escolhido fosse o Rafale.

Isso supondo que compraremos algo né!

Nick

E as concorrências vão se definindo… Japão era a aposta mais fácil mesmo 🙂

Faltam 3:

Índia : Typhoon (chute)
EAU : Rafale, mas somente em 2018.
Brasil : F-18 E SH

[]’s

Rogério

Fico com o prognostico do Nick, acrescentando Rafale p/ EAU a preço de F-16 com M-2k de troco

Vader

Eu já acho que na Índia dá Rafale.

Fazer o que? Só uma gente capaz de lançar ao mar um submarino nuclear sem reator pode escolher (?) Le Jaquê…

Mas nesse caso abro mão de meus 100% tranquilamente.

ricardo_recife

Venceu a lógica!

Últimas Notícias

Russos dispararam mísseis de cruzeiro nucleares sem ogiva contra a Ucrânia

https://twitter.com/DefenceHQ/status/1596389927733927937 Aparentemente a Rússia está removendo as ogivas nucleares de antigos mísseis nucleares de cruzeiro e disparando as munições...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -