terça-feira, março 2, 2021

Gripen para o Brasil

Celso Amorim se reunirá nesta quarta com Sarkozy em Paris

Destaques

Defesa aérea da Sérvia atingiu outro F-117 durante a Operation Allied Force

A história de como um jato de ataque stealth F-117 Nighthawk da Força Aérea dos Estados Unidos foi abatido...

HENSOLDT: Sistemas antidrone e de proteção de áreas críticas e estratégicas

Nos últimos anos, a venda de drones cresceu muito no mundo. Esses objetos voadores, cada vez mais comuns em...

FAB coordena Operação Escudo Antiaéreo

Operação aconteceu de forma conjunta entre a Marinha do Brasil, o Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira No período...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

PARIS — O ministro brasileiro da Defesa, Celso Amorim, se reunirá nesta quarta-feira com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, com quem poderá abordar o tema da compra dos caças Rafale, um dia depois de uma reunião com os ministros da Defesa e das Relações Exteriores da França.

Na terça-feira de manhã, Amorim se reunirá com o colega francês Gérard Longuet e depois se encontrará com o chanceler Alain Juppé.

Este encontro permitirá “reforçar o diálogo de Defesa com o Brasil e marcar a determinação da França de continuar compartilhando seu ‘savoir-faire’, sua experiência, sua alta tecnologia, conforme a ambição da nossa associação estratégica” bilateral, afirmou o porta-voz da chancelaria francesa, Bernard Valero.

“Entre os temas que (Amorim) revisará, provavelmente estará o assunto dos caças” Rafale, disse no Brasil uma fonte oficial que pediu para ter sua identidade preservada.

A França continua aspirando a vencer uma licitação milionária no Brasil para a venda de 36 aviões de combate Rafale, joia da coroa da construtora aeronáutica francesa Dassault Aviation, caça que está a serviço das Forças Armadas francesas, mas nunca foi vendido ao exterior.

Em 2009, durante visita oficial ao Brasil, Sarkozy anunciou publicamente que venderia as aeronaves supersônicas ao Brasil, mas as negociações foram suspensas ao fim do mandato de Lula e na chegada ao poder de sua sucessora, Dilma Rousseff.

Em julho, o antecessor de Amorim, Nelson Jobim, disse na França que uma decisão sobre a eventual compra dos Rafale havia sido adiada “até o começo de 2012”.

Ao meio-dia de quarta-feira, Amorim se reunirá no Palácio do Eliseu com o presidente Sarkozy, antes de seguir para Cherburgo, na Normandia (noroeste da França), onde tem agendada uma visita a um estaleiro naval onde é construído um dos quatro submarinos convencionais da classe “Scorpene” que o Brasil comprou da França em 2009, no contexto do programa de cooperação bilateral.

FONTE: AFP

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vader

Evidente que o barbichinha Celso Amorim tentaria desenterrar a JACA para o FX2. Mais que previsível, considerando seu antiamericanismo latente e gutural. Na verdade até demorou. Terá ele sucesso onde o lobbysta semi-oficial da Dassault, Nelson Jobim, não conseguiu? Quem viver verá. Mas se isso acontecer ver-se-á todo o “prestígio” de que o NJ gozava… 😉 Mas sinceramente, pelas últimas notícias que saíram sobre o tema, está mais é cheirando Mirage-2000-9. Ou um Rafale “Menos”: pelado, sem ToT, sem os pods, sem um contrato sólido e a longo prazo de armas e manutenção, sem a liberação dos códigos-fonte do sistema… Read more »

Justin Case

Amigos, bom dia. Da Reuters: http://www.reuters.com/article/2011/10/18/brazil-jets-idUSP6E7L600E20111018 “Brazil urgently needs fighter jets Oct 18 (Reuters) – Brazil urgently needs to buy new fighter jets and could set a 2012 deadline for completing the purchase, Defence Minister Celso Amorim said on Tuesday. “There is an urgent need (to renew the fleet),” Amorim told reporters after meeting his French counterpart Gerard Longuet. Asked if the deadline to buy planes in 2012 was still on the cards, he said: “It is possible. I don’t dismiss it.” France’s Dassault Aviation-built Rafale, the US Boeing’s F/A-18 Super Hornet and the Swedish Saab’s Gripen NG have long… Read more »

DrCockroach

“Há muitos temas a tratar para além desse, que é importante e imagino que venha a ser mencionado. Eu não vou levantar o assunto, mas se eles levantarem, conversaremos”, referiu Celso Amorim, que parte de Lisboa ainda hoje para França. “Não sei o que os meus interlocutores franceses vão levantar (o assunto dos caças). Eu imagino que até é possível que eles levantem. Voltamos a falar de problemas orçamentais e fiscais, é um tema também que aguarda um momento adequado para uma decisão final”, sublinhou o ministro. http://noticias.sapo.cv/lusa/artigo/13214269.html Ou seja, nao queria falar, mas sabia que seria perguntado/pressionado, tb jah… Read more »

edcreek

Olá,

Certamente o assunto será tratado, espero que saia algo(duvido) esperança é a ultima que morre, alguns aqui ainda sonha com o caça que no ecsiste.

Fecha o acordo e passa a reguÁ….

Abraços,

Antonio M

O que ainda “no ecsiste” e algum país com $$$ sobrando ou devidamente “estimulado” a comprar a jaca.

E o Amorin deve estar querendo acumular um carguinho de caixeiro-viajante da Dassault ….

Observador

Senhores,

Fiquem tranquilos.

Deste mato não sai coelho. Muito menos avião.

Antes de 2012 não acontece nada, mas nada mesmo.

E o Amorim dizendo que só falará sobre o assunto (Rafale) se for perguntado, já denota a completa falta de interesse na compra do aparelho.

Ele quer ver o Sarkozi pelas costas. Para comprar o Rafale, só depois do marido da Carla Bruni deixar o Poder.

Coincidência ou não, as eleições presidenciais francesas ocorrem ano que vem.

Grifo

“Eu não vou levantar o assunto, mas se eles levantarem, conversaremos”

Senhores, traduzindo da linguagem diplomática usada pelo Celso Amorim para a linguagem cotidiana, “não tenho nada para falar com eles sobre isso”.

Corsario137

PALHAÇADA.

Mauricio R.

Essa calculada procastinação, em um momento em que os franceses perecem ir p/ o tudo ou nada nos EAU, não me cheira nada de bom.
Queijo enqunto cura, fede.

- Advertisement -

Combates Aéreos

Rafale é o melhor em ‘dogfight’, dizem pilotos franceses na Aero India

Se há algo que os Rafales franceses podem fazer melhor, é o combate aproximado (dogfight). Pequeno e ameaçador, o...
- Advertisement -
- Advertisement -