terça-feira, agosto 16, 2022

Gripen para o Brasil

USAF terá menos oficiais no futuro

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Cortes de pessoal atingiram a Academia da Força Aérea

A Academia da Força Aérea (AFA) da USAF reduzirá o tamanho do seu corpo de cadetes como parte dos esforços da Força para viver dentro de restrições orçamentárias.

Até o final de 2012, a academia baseada em Colorado Springs reduzirá sua população em 10%, disse o brigadeiro Michael Gould, comandante da Academia, durante a conferência da associação da Força Aérea que está ocorrendo esta semana nas proximidades de Washington, DC.

“Nós já estávamos caminhando para um corte de pessoal até chegarmos a 4200 homens, mas eles [o secretário da Força Aérea Michael Donley e Chefe do Estado-Maior general Norton Schwartz] disseram que devemos reduzir até atingirmos 4000”, disse Gould.

Os cortes já começaram. Gould disse que trouxe menos alunos para a classe de 2015, e no próximo ano vai trazer um número ainda menor.

“Um ano a partir de agora estaremos com cerca de 4000”, disse ele. A redução do número de futuros oficiais é apenas parte do objetivo da Força Aérea de reduzir sua força em 5.000 militares.

Donley disse a jornalistas na conferência que será difícil manter uma força maior “daqui para frente”, pois o Departamento de Defesa quer economizar US $ 350 bilhões em cortes.

Nos anos de crescimento o recrutamento e a retenção de militares na Força Aérea atingiu mais de 7.000 militares além do número autorizado.

A Força Aérea tem agora cerca de 330 mil militares, incluindo cerca de 66.000 oficiais e mais de 260 mil praças e sargentos, de acordo com o USAF Personnel Center da Base Aérea Randolph, Texas.

Liderança da Força Aérea anunciou programas de gestão involuntária força no início deste ano para derrubar a força pessoal, que se seguiu à instituição de programas de voluntariado para diminuir os números.

A redução no tamanho das classe fará com que o processo de admissão na AFA seja ainda mais competitivo. Gould disse que a escola já aceita menos de dez por cento dos que se inscrevem.

FONTE: Military.com

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO: Poder Aéreo

- Advertisement -

1 Comment

Subscribe
Notify of
guest

1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marine

Últimas Notícias

Caças Eurofighter Typhoon alemães partem rumo ao Indo-Pacífico para realizar exercícios conjuntos

O desdobramento inclui visitas ao Japão e a Coreia do Sul BERLIM (Reuters) - A Alemanha está enviando 13 aeronaves...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -