sábado, julho 31, 2021

Gripen para o Brasil

Notícias do Typhoon em três tempos: 1 – Pousando para a Aero India 2011

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

 

Nesta sexta-feira, 4 de fevereiro, o consórcio Eurofighter divulgou fotos de dois caças Tyhpoon da Aeronautica Militare (Força Aérea Italiana) pousando em Bangalore, na Índia. Trata-se da primeira vez que Typhoons da Força Aérea Italiana visitam o país.

Entre os dias 9 e 13 de fevereiro, a base de Yelahanka em Bangalore sediará o Aero India 2011, evento que está em sua oitava edição, e a expectativa é que os dois caças entusiasmem os visitantes com manobras de “tirar o fôlego”, segundo o informe do consórcio. O Typhoon é um dos competidores do programa MMRCA da Índia e, ainda segundo o fabricante, combina alta efetividade de combate com baixo custo de posse, o que faz dele o caça “de maior valor pelo dinheiro do mundo”.

2 – Em alerta de reação rápida contra os cortes de defesa britânicos

O futuro das bases da RAF (Força Aérea Real) na Escócia está em jogo, aguardando futuros cortes do Ministério da Defesa do Reino Unido. Assim, a Base da RAF de Leuchars tem buscado enfatizar sua importância estratégica com missões de Alerta de Reação Rápida (Quick Reaction Alert) por parte de sua frota de Typhoons. 

Os Tyhpoons do Esquadrão 6 têm assumido gradualmente essa missão executada pela frota de Tornado F3 do Esquadrão 111, e deverá assumir responsabilidade total em março de 2011. A base de Leuchars localiza-se em Fife, na costa leste da Escócia, na melhor posição possível para missões de defesa e policiamento aéreo, segundo o informe da Eurofighter.

A principal base dos Typhoons da RAF é a de Coningsby, em Lincolnshire, e cobre as missões de QRA no sul, assim como abriga o esquadrão de conversão operacional (Operational Conversion Unit – OCU). Tanto os pilotos quanto o pessoal de terra do Esquadrão 6, em Leuchars, vem se preparando intensamente para assumir a missão QRA e, futuramente, para realizar todo o espectro de capacidades da aernoave esperado para as próximas décadas, incluindo proteção de tropas no solo e superioridade aérea no campo de batalha. 

3 – Comemorando 500 horas do IPA4, primeiro monoposto instrumentado de produção

A foto divulgada em 3 de fevereiro mostra a comemoração do marco de 500 horas atingido pela aeronave, nas instalações da Cassidian Spain (do Grupo EADS) em Getafe, próximo a Madri, na Espanha. Trata-se da aeronave pioneira do programa Eurofither para a mais avançada tecnologia, originariamente do padrão Tranche 1, tendo recebido uma modernização para o Tranche 2. A aeronave poderá  servir como um modelo para os diversos operadores do caça realizarem  modernizações do padrão Tranche 1 para o Tranche 2.

Os testes da aeronave  incluem a verificação em voo das funções de comunidação e o sistema de data link MIDS, que troca informações com outros elementos da rede no cenário de combate, assim como provas de integração e lançamento de armamento ar-superfície.

FONTE / FOTOS: Eurofighter e EADS

- Advertisement -

2 Comments

Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Mauricio R.

Bem que o título poderia ser:

“Noticias do Typhoon em 4 tempos:

1-…
2-…
3-…
4- A FAB do Brasil rasgou a short-list, e decidiu adquirir o Typhoon Tranche 3B p/ o FX-2.”

Tô sonhando acordado novo, deve ser efeito das brejas do almoço…

Luis

Por mim, viriam os 28 Tranche 1 da Itália e os 53 T1 da Inglaterra, substituindo os M-2000 e equipando novos GDA’s. E depois substituiríamos os F5 com os Gripen E/F.

Últimas Notícias

Teste do míssil hipersônico AGM-183A da USAF falha pela segunda vez

Em 28 de julho, o míssil foi acoplado com sucesso ao bombardeiro B-52H, mas quando foi feita uma tentativa...
- Advertisement -
- Advertisement -