domingo, maio 16, 2021

Gripen para o Brasil

Centro de Pesquisas da Saab no ABCD deve ficar pronto até Maio

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Indústria que disputa licitação para compra de caças avalia adiamento da decisão

Felipe Rodrigues

O centro de pesquisas aeroespaciais que a indústria sueca Saab instalará em São Bernardo deverá ficar pronto até o mês de maio deste ano. O local para a instalação do complexo segue indefinido, mas a tendência é de que as instalações sejam localizadas em um lugar que tenha fácil acesso para as empresas.

De acordo com o diretor-geral da Saab no Brasil, Bengt Janér, o processo para a criação da Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) que administrará o complexo está próximo de ser finalizado. O objetivo agora é atrair mais empreendedores interessados em atuar no centro. Janér destacou que duas empresas já formalizaram sua participação e que empresários da Capital, do interior de São Paulo e de fora do Estado deverão integrar a iniciativa.

Serão investidos, aproximadamente, US$ 50 milhões no centro nos próximos cinco anos. A expectativa da Saab é que até o fim de 2011 o centro tenha pelo menos cinco projetos em atividade, que deverão movimentar cerca de U$S 10 milhões.

A Saab disputa a licitação do governo federal FX-2, para a renovação da frota da FAB (Força Aérea Brasileira). A indústria já prometeu que instalará um polo aeronáutico em São Bernardo caso vença a disputa. O polo produziria as fuselagens traseira, central, das asas e das portas principais do trem de aterrissagem do caça Gripen NG.

Além disso, a Saab propôs a transferência total de tecnologia para o Brasil, um dos principais requisitos para a definição do vencedor da licitação. A operação do centro de pesquisas em São Bernardo independe do resultado da licitação.

Concorrência – A presidente da República Dilma Rousseff definiu que a compra dos 36 caças supersônicos para a FAB deve ficar somente para 2012. O motivo para o adiamento se deve à preocupação com a situação fiscal do País e de dúvidas quanto a melhor opção entre os concorrentes. A escolha da aeronave, no entanto, deve acontecer ainda neste ano. Antes, Dilma planeja ouvir setores de fora do governo, especialmente a Embraer, e criar um grupo interministerial para que sejam realizados estudos sobre a melhor opção entre os caças.

Apesar do pedido do senador dos Estados Unidos John McCain, durante visita na semana passada à presidente, para que o governo reconsiderasse a proposta da norte-americana Boeing, a disputa deve ficar entre a sueca Saab, que é a preferida da FAB, e a francesa Dassault, preferida pelo Ministério da Defesa. A decisão de adiar o fechamento do negócio estaria atrelada a um possível corte de R$ 40 bilhões no Orçamento da União.

Na avaliação do executivo da Saab no Brasil, Bengt Janér, o adiamento é uma boa notícia e significa que a presidente quer estudar melhor as propostas antes de ‘bater o martelo’. “Acredito que nosso projeto também poderá ser melhor analisado. Um dos objetivos da Saab é trabalhar em conjunto com as empresas brasileiras e produzir um caça sueco-brasileiro”, finalizou.

Durante a semana circularam especulações de que o governo reabriria a licitação do FX-2 para outros concorrentes. A possibilidade foi rechaçada por fontes ligadas ao setor.

FONTE: ABCD Maior / COLABOROU: DrCockroach

- Advertisement -

6 Comments

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ZE

Por que será que os nossos “Parceiros Estratégicos de Araque”, os franceses, não investem no Brasil.

A Dassault até agora, nada !

Já gastamos bilhões e bilhões de euros com os nossos “amigos” franceses.

Chegamos, inclusive, a comprar uns helicópteros defasadíssimos, a preço de ouro: 42 milhões de euros a unidade (e olha que eu não estou mentindo !).

É rir para não chorar !

[ ]s

Junior (SC)

Zé esse é o nosso Brasil, os assuntos não são tratados no bem do interesse nacional, somente o interesse próprio prevalece… lembra o SIVAM! Por essas e outras meu preferido é o NG. Como disse o Tim Maia “Este país não pode dar certo. Aqui prostituta se apaixona, cafetão tem ciúme e traficante se vicia”. Dale Brasil

LATINO

Oh bela foto do gripen ….vestido para matar !!!!!

Agora aquela parte + escura é o tão falado falso canopy ????

sds

Nick

Caro Latino, é isso mesmo, é um falso canopy.

Não sei se essa revisão poderá levar à escolha do Gripen NG, o F-18 E SuperBug me parece muito mais forte agora, ainda mais se receber garantias do Congresso Americano. Em março a presidente visita os EUA…. poderá ser lá que o Rafale cairá do telhado.

Para o Gripen NG ter mais chances, um anúncio de uma encomenda por parte da Suécia ajudaria bastante…

[]’s

DrCockroach

Tb acho que o SH e o Gripen estao mais fortes. Convem lembrar que se os EUA reafirmarem que transferem tecnologia esta serah igualmente positivo p/ a SAAB. O relatorio da SELOM (do mesmo general que jah se estranhou com a Dilma, mas o assunto eh “cabeludo”, melhor deixar p/ lah) do MinDef foi usado pelo NJ p/ desqualificar as propostas da Boeing e SAAB e colocar o Rafale como unica alternativa (conforme ele mesmo sugeriu em audiencia no CN). Assim, quando a Dilma solicita maiores garantias dos americanos (e se conseguir) ela desqualifica o relatorio que desqualificava ( 🙂… Read more »

Antonio M

Pois é, bastava o GF conversar com a FAB para acertar os detalhes e acatar a escolha.

Reportagens especiais

Força Aérea Brasileira em 1979, poster da revista Flap Internacional

Reprodução do poster "Força Aérea Brasileira em 1979", da revista Flap Internacional, enviado gentilmente pelo leitor e colaborador Roberto...
- Advertisement -
- Advertisement -