Home Noticiário Internacional F-X2: Ministro da Defesa diz que revisão das propostas não significa recomeçar...

F-X2: Ministro da Defesa diz que revisão das propostas não significa recomeçar da estaca zero

75
3

Tratado (sic) como urgente na era Lula, a compra de caças para a FAB (Força Aérea Brasileira) entrou em compasso de espera no governo Dilma Rousseff. A presidente não está tratando o assunto como prioritário e, nas conversas que manteve com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, ainda antes de assumir o Planalto, avisou que queria conhecer melhor as propostas e analisar as ofertas. Ainda não teve tempo de se debruçar sobre o assunto porque outros problemas, como a tragédia das chuvas no Rio de Janeiro, atropelaram a agenda da presidente.

Jobim declarou que a intenção é tomar uma decisão sobre esse tema em seis meses.

– Não vamos começar da estaca zero porque senão seria começar o processo todo de novo e não é isso.

Todo o processo elaborado durante o governo Lula considerava o modelo francês Rafale o preferido pelo Brasil. Primeiro porque foi estabelecida uma parceria estratégica com a França de Nicolas Sarkozy. Segundo, pelo fator transferência de tecnologia, considerado fundamental pela Estratégia Nacional de Defesa.

Os demais modelos que participam da disputa, o norte-americano F-18 e o sueco Gripen NG, têm problemas com transferência de tecnologia. Embora os governos dos dois países avalizem a transferência, o governo brasileiro sabe que o Congresso dos Estados Unidos tem poder de veto nesse tema.

Dilma já tem em mãos o relatório preparado pelo Ministério da Defesa que aponta o Rafale como o único modelo capaz de seguir efetivamente as regras estabelecidas pela Estratégia Nacional de Defesa. A prioridade é a transferência de tecnologia.

FONTE: Agência Estado, via R7

NOTA DO BLOG: o título original da matéria é: “Dilma deixa de tratar compra de caças como prioridade”, sendo a afirmação do ministro (que escolhemos para título, acrescentando o nome do programa F-X2) originariamente usada como subtítulo. Fizemos aqui essa inversão por entender que, dessa forma, o novo título complementa melhor os das demais matérias publicadas entre ontem e hoje sobre o assunto.

BATE-PAPO ONLINE: Converse com outros leitores sobre este e outros assuntos no ‘Xat’ do Poder Aéreo, clicando aqui.

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ZE
ZE
9 anos atrás

Eu não sei se o Jobim está falando a verdade ou não !

O que eu sei é que ele já perdeu a credibilidade há séculos !

Desde tomar vinho no castelo do Serge Dassault, até a comparar um dos concorrentes a engradados de refrigerante…

O Ministro Jobim poderia aproveitar a viagem beija-mão do Primeiro Ministro português José Sócrates a Abu Dhabi e fazer o mesmo.

O Ministro brasileiro já foi lá beijar a mão deles recentemente. Quem beija uma vez, beija duas vezes.

Eu não tenho mais nada a falar desse senhor !

[ ]s

Antonio M
Antonio M
9 anos atrás

” Eu não tenho mais nada a falar desse senhor ! ”

Eu tenho: fanfarrão !

rsrsrsr!!!

Observador
Observador
9 anos atrás

Mais uma notícia com (des) informação importante.

Dizer que o SH e o Gripen tem problemas de transferência de tecnologia por possuir tecnologia americana, omitindo que o Rafale padece do mesmo problema, é falta de conhecimento ou má-fé.

Fica uma sugestão aos editores deste Blog: convidem cada jornalista que assina estas “notícias” sobre o FX-2 a visitar e conhecer este espaço de discussão.

Quem sabe alguns não passam a pesquisar de verdade este tema antes de escrever, e deixem de simplesmente repassar o que ouviram dizer.