sexta-feira, maio 27, 2022

Gripen para o Brasil

Japão de olho no F-35

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

O ministério da Defesa do Japão pretende desistir de comprar mais caças F-2 e quer fazer o caça F-35 Joint Strike Fighter o próximo “cavalo de batalha” da Air Self-Defense Force, segundo algumas fontes.

O ministério planeja listar os custos para a compra do jato de última geração em sua solicitação de orçamento para o ano fiscal de 2012.

Planejava-se anteriormente modernizar os F-15J Eagle e comprar mais caças F-2 (versão japonesa do F-16) como uma medida provisória, dado o atraso no desenvolvimento do F-35. Mas o ministério determinou que a aquisição do F-2 não seria sábia, em termos de capacidade de dissuasão e de custos.

Levando-se em conta que a China tem produzido em massa seus próprios aviões de caça, que são comparáveis aos F-15, e também está desenvolvendo uma aeronave de última geração, o ministério quer comprar cerca de 40 jatos F-35s e outros caças de quinta geração, disseram as fontes.

O ministério da Defesa solicitou ¥ 680 milhões no orçamento de 2011 para obter informações sobre as capacidades do F-35, que está sendo desenvolvido em conjunto por nove países, incluindo os Estados Unidos, Inglaterra e Itália.

Mas desde que a prioridade tem sido dada à incorporação do jato “stealth” nos países que desenvolveram o avião, ainda vai demorar para o Japão poder adquiri-los. Além do mais, o preço do F-35, desde então, passou de um orçamento original de US$ 50 milhões por unidade, para US$ 95 milhões.

O Ministério da Defesa planeja começar a retirar de serviço seus caças F-15J a partir de 2020.

FONTE: Kyodo News

- Advertisement -

43 Comments

Subscribe
Notify of
guest
43 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel T.

E o Brasil de RAFALE…

Milan

Caminho natural de um país com um grande inimigo ao lado, e um grande aliado do outro lado.

Parabéns ao Japão. Comprando 40 caças gastará USD 4 bilhões. O Brasil comprará 36 caças por USD 6 bilhões (dizem).

Nem estou comparando as tecnologias…

darth.silva

Daqui a pouco entra um entendido dizendo que o Brasil quer comprar “tecnologia”…

Dokas道卡斯

xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
os JXX devem estar ficando prontos, ou se n o q motivaria os japoneses a querer um 5G? particularmente acho q so 40 pra combater a china e perda de tempo, por mais q os F35 sejam muito mais eficientes q os j11 e j10, nesse tipo de guerra n basta so qualidade requer quantidade tb.

PS: eu duvido q vai ficar so em 40 jsf

Colt

Peraí. Deixa ver se eu entendi. O preço orçado, estimado era USD 50 milhões, e foi para USD 95 milhões? Tá certo que há sempre o imprevisível. Mas vcs percebem um certo padrão nessa história? Por exemplo, o A400M que teve um aumento de custo importante no final das contas. Isso ocorre por toda parte, não só na lado aeronáutico dos equipamentos militares. Volta e meia, temos aí notícias de “dificuldades nos projetos por aumentos de custos” na área marítima, se formos pesquisar provavelmente encontraremos o mesmo na parte de equipamentos terrestres. Essa é uma questão que interessa a todos… Read more »

Mario Blaya

o …. e o Brasil com…, ou e …. e nos FX gastamos mais… eram os comentarios mais obvios de se esperar nesse post.

o Japão sempre teve o que os EUA tinham de mais avançado, queriam o F-22 mas lhes foi negado. o F-35 era o caminho natural. Também acho que seja apenas o primeiro lote, logo serão pedidos mais.

o preço nem vale a pena discutir, pois os detalhes do pacote não estão no post.

RatusNatus

Sabe como é Colt, o conto do Gripen barato é contado por loiros de olhos azuis.
Eles são tão bonitos…quem não acredita na Xuxa?

Groo

Será que esse avião será um bom caça? As análises do Carlo Kopp me dão arrepios. Tomara que o Republicano que suceder o Obama retome o F-22.

Ricardo_Recife

Parabéns ao Japão e a todos aqueles que compram caça de verdade. O Brasil vai de Rainha do Hangar.

Nick

Caro RatusNatus, Existe um pequena diferença entre projetar desenvolver um caça como o F-35 e o Gripen NG. 😀 O Colt deu um exemplo melhor, que foi o A-400M. Ambos partiram do zero, o que sempre aumenta mais os riscos, ambos construídos por duas corporações gigantescas, o que encarece sempre mais um projeto. O Gripen NG é isento de riscos? Não, é claro, mas os riscos do projeto não estão tanto no aspecto de estouro de orçamentos do desenvolvimento, e sim, a quantidade a ser produzida do modelo. Apesar de ter certa comunilidade com as versões anteriores (40%). Mesmo nesse… Read more »

Nick

Caro Groo,

Até o momento não sabemos até onde o PAKFA será furtivo. E seus sensores serão suficientes para alertar a aproximação de um F-35. Mas o F-35, sem dúvidas será um caça formidável, e talvez realmente só encontre um adversário à altura no PAKFA, se este corresponder às expectativas. Para o Japão, que tem pelo menos um programa em desenvolvimento de um caça de 5ª geração, o F-35 pode ser uma alternativa em um prazo mais curto.

[]’s

[]’s

Dokas道卡斯

pelo jeito os j xx vao decolar antes dos primeiros f xx(2), e se for a rainha de angar, mais conhecida como jaca, pode ate chegar antes, mas a fab n vai ter recursos para decolar um desses.
o japao é um pais q sabe bem o q precisa, duvido q eles comprariam um equipamento desses so para se exibir, os progetos 5g xingling devem estar mais rapidos q o previsto para isso estar acontecendo!!!

Dokas道卡斯

ops… projetos

RL

Alem de F-35JSF, querem mais aeronaves “Stealth”?

Bom, o Raptor todo mundo sabe que os Yankes não vendem.

Já imaginaram, um mescla de F-35JSF e SU-50, PAK FA?

Sei lá, do jeito que anda o mundo não dúvido de nada.

Galileu

Os japas dão valor ao dinheiro…….

Enquanto aqui tem de sobra ahaha

Dokas道卡斯

gente, olha essa pagina aki http://www.defence.pk/forums/weapons-club/5119-j-xx-5th-generation-fighter-china.html mais pro final da pagina tem algo q parece um F22 porem esta sobrevoando uma cidade chinesa(pela aparencia da cidade e dificil acreditar q fique em algum pais aliado dos eua) soltando uma fumaça branca, coisa q eu duvido q um piloto dos eua ia fazer sobre uma cidade chinesa(ia aparecer de mais)… eu n sei se tem as capacidades de um F22, nem msm de um 5g, e nem se é o j xx… mas esta voando la, acho q isso justifica um 5g no japao no curto praso( se é q pode… Read more »

Eduardo dos Anjos

Com certeza não tera comparação o F-35 americano com os demais, os yankes com certeza vão incorporar tecnologias “secretas” do F-22 nos seus F-35, aew haverá um abismo entre as aeronaves dos participantes do projetos com a aeronave americana…

Quanto ao japão, com certeza não será o primeiro lote, porém enfrentar a china, nem em 200 anos eles superam pela quantidade, se a china fosse invadir o japão, não demoraria uma semana… certamente não é atoa que o japão é aliado dos EUA…

Dokas道卡斯

Galileu disse:
8 de novembro de 2010 às 18:32

nesse ponto é verdade, dinheiro aki, da ate pra gastar com jaca(q custa seu peso em ouro) e q mal conseguir decolar devido seu custo de operaçao

Eduardo dos Anjos

Dokas道卡斯 disse:
8 de novembro de 2010 às 18:46
gente, olha essa pagina aki
http://www.defence.pk/forums/weapons-club/5119-j-xx-5th-generation-fighter-china.html

Esse post e o link pelo Dokas, merece um post no aereo hein, quem se habilitar a traduzir…

Colt

RatusNatus disse: 8 de novembro de 2010 às 17:43 Olha, não vejo esse problema de orçamento no Gripen, lá a história é um pouco diferente Se me lembro bem, eles tem uma agência que centraliza os projetos, pesquisa e compras de material militar; e por uma questão histórica relacionada à neutralidade política, sempre foram independentes na questão de material bélico. Os suecos tinham a necessidade de bons equipamentos de defesa (a vizinhança é osso duro), mas conseguiram manter um equilíbrio entre os gastos militares, investimento na indústria de defesa e um orçamento público equilibrado (pra vc ver que é um… Read more »

Junior / São José-SC

Meu Caro Dokas道卡斯, se este for o caça de 5ªG chinês que falam por ai, teremos brigas interessantes nas próximas décadas, daqui a 30 anos só existirá caças de 5ªG nas mãos das maiores nações e vamos voltar ao estilo de combate da 1ª Guerra, a localição do inimigo será no visual.

Dokas道卡斯

Eduardo dos Anjos disse:
8 de novembro de 2010 às 18:52
Dokas道卡斯 disse:
8 de novembro de 2010 às 18:46
gente, olha essa pagina aki
http://www.defence.pk/forums/weapons-club/5119-j-xx-5th-generation-fighter-china.html

Esse post e o link pelo Dokas, merece um post no aereo hein, quem se habilitar a traduzir…

eu posso ate traduzir, mas n sei postar

Patriota

Uia…………..por essa ng esperava. Os chineses já estão com o protótipo voando. Essa me surpreendeu.As fotos são nítidas de um 5a. geração.

Milan

Colt,

É difícil orçar um projeto de P&D, com fabricação em série. Além disso, pode ser que colocando um orçamento inflado, o projeto não seja aprovado, entende?

Além disso, vemos esse vetor mais barato que o Rafale. Ou seja, pode ter certeza que o Gerente de Projeto sabia que a estimativa inicial não era realista. Na minha opinião, claro.

roni

a maioria dos paises estao indo de 5 geraçao eo brasil de 4 geraçao o paisinho que nao vale nada ame o brasil ou deixeo seu pudesse nem olhava para tras. o f35 e fantastico bom para o japao

Mad_Max

Não se preoucope antes de ir para o inferno, o piloto de um Rafale saberá de onde partiu o missíel que o atingiu, pois estará com o Spectra, antes de virar espectro.

Bem da forma que estão desenhando os futuros combates aqui, melhor ficar com o Mike difícil de saber onde ele está.

Vader

“Hahahaha, Chang copiou cassa amelicano F-22 ne? 那个东西吧?Ficô bom ne? 很好!

Agola, nóis tá vuano em cidade sineuza ne? Quando concetá tubina vai ta voano cidade zaponeusa ne? Aqueles 私生子!

E muito mais balato que F-35 de amelicano 资本主义的猪 ne? Doiz i novent-nove sem galantina. Via Palaguai. E num solta pecinha. Nem tinta. 好东西”

Colt

Milan disse:
8 de novembro de 2010 às 19:45

Certo.
É um assunto interessante esse. Milan vc tem alguma bibliografia à respeito que posso me passar? Desde ja agradeço.

Milan

Olá Colt,

Você encontrará farto material em “projeto por ondas sucessivas”. É usado para projetos que envolvem P&D, ou seja projetos com desenvolvimento de tecnologia. É diferente por exemplo de você gerenciar o projeto de construção de uma rodovia, ou implantação de software, onde a tecnologia já é dominada.
Nos projetos de P&D as baselines de custo e cronograma são revisadas e reajustadas periodicamente. Existem custos ocultos, que ninguem poderia prever, o que por sua vez geram atrasos.
meu e-mail particular é marcelo-milan@uol.com.br, pode me mandar seu e-mail que te encaminho algum material.
Abraço

Mario Blaya

Groo disse: 8 de novembro de 2010 às 17:49

puxa sua preocupação com a segurança dos EUA e tocante!

Groo

A última informação que tive do caça japonês de 5ª geração era que ele foi cancelado.

Colt

Milan disse: 8 de novembro de 2010 às 20:36 Milan, Grato pela informação. Já add você no meu mail. Essa é uma questão interessante. Muitas vezes esbarramos em temas que são mais específicos, técnicos e o fórum acaba ajudando mesmo, pra entendermos melhor a questão. Essa questão da diferença entre orçamento e preço final realmente me chama a atenção. Seguindo sua indicação achei um texto interessante: “Planejamento em ondas sucessivas / Rolling Wave Planning [Técnica]. Uma forma de planejamento de elaboração progressiva em que o trabalho que será realizado a curto prazo é planejado em detalhes em um nível baixo… Read more »

Billy

Antes de virar espectro…. hahahahahahahahahahahahah
Os nips são uns caras que nada entendem de caça! F35? Nota zero pra eles, Para os israelenses também! Precisam aprender com nosso brigadeiro galáctico lobim!

Akivrx

Groo disse: 8 de novembro de 2010 às 21:15 A última informação que tive do caça japonês de 5ª geração era que ele foi cancelado. Da uma olhada no BM o projeto Atdx não foi cancelado, e sim redirecionado para substituir o F-2 a partir de 2025/2027 com objetivo de alcançar a 6 geração. http://www.alide.com.br/wforum/viewtopic.php?f=24&t=1234 Todos os projetos militares japoneses são desenvolvidos gradualmente em partes nunca se parte do 0, tanto é que o nome Atd-x significa (Advanced Technology Demonstrator – X) se tudo ocorrer como previsto e em 2014 fizer o primeiro voo, se aprovado o projeto ira passar… Read more »

Luiz Eduardo

O “magrão” daquele Blog mesmo no ultimo coment da página escreveu que aquela foto é de um F-22 mesmo, nada de caça Xing-ling… quem entende inglês é só ler lá…

Sds.

Rodrigo

É verdade que os chins estão fabricando caças em massa, mas serão mesmo essas aeroonaves páreo para o bom e velho F15??

Para mim parece mais a velha máxima soviética, de pensar na quantidade como uma qualidade militar em si mesma…

Akivrx

O Japão não quer apenas comprar o F-35 e sim produzir sob-licença, mas para isto ser possível uma das condições expostas será de o Japão participar do desenvolvimento do projeto em $$$. Para o Japão participar do projeto, tem que modificar a constituição, o projeto em desenvolvimento em conjunto com o EUA (BMD) somente foi possível com uma medida provisória. O Japão já pagou ao EUA US$10 milhões somente para obter informações classificadas como (restritas) sobre o F-35. No orçamento de 2012 o Japão pretende em paralelo modernizar os F-15 que na verdade era para ter sido assinado o contrato… Read more »

Edu Nicácio

Groo disse: 8 de novembro de 2010 às 21:15 A última informação que tive do caça japonês de 5ª geração era que ele foi cancelado. Pois é… E até parece que o Tio Sam permitiria ao Japão desenvolver algo que poderá lhe roubar mercado, ou vocês têm dúvidas da capacidade dos japoneses??? No mais, enquanto vemos a cada dia que passa mais e mais nações interessadas em modelos de 5ª geração, o Brasil parece ir na contra-mão de tudo e de todos e baseará sua força aérea, pelos próximos 30 anos, em uma aeronave de 4ª geração “plus”… Isso é… Read more »

massa

Akivrx, O projeto japonês não seria pra substituirem os F15J e F2? Acho que na primeira fase o ATD-X será pra substituir os F2, depois na segunda fase, um novo modelo pra substituirem os F15Js… O objetivo dos japoneses a longo prazo é fazer um caça de 6a geração, muito superior ao F22 de hoje. É lógico que os americanso não festão parados, pois a marinha americana desenvolve um novo caça de 6a geração pra substituirem no futuro os super-honet’s, além disso, os F22 sofrerão upgrates ao longo do tempo. Pergunto pra você, será que os americanos irão permitir que… Read more »

massa

“É lógico que os americanso não festão parados…”
Desculpe, quis dizer “ficarão” e não “festão”.

Rodrigo

Akivrx disse:
9 de novembro de 2010 às 1:49

Túlio e aquele projeto stealth japonesiano foi pro saco ?

———————————

Pessoalmente eu acredito que uma versão “light” do F22 estará sendo disponibilizada para exportação em futuro não muito distante.

Certamente não será tão stealth, mas ainda assim será superior a concorrência.

Os gringos já estão com o substituto do F22 na prancheta para entrar em OPERAÇÃO EM 2030.

Akivrx78

Massa e Rodrigo, pelo que estão comentando a intensão é de desenvolver em conjunto com o Eua, não o ATD-X mas o projeto de 6 Geração e se o Eua não toparem os japoneses iriam tentar fazer a mesma coisa que os coreanos estão fazendo com o KFX, encontrar sócios para viabilizar o projeto. Pelo novo estudo do MD japonês o projeto de 6 Geraçã iria substituir os F-2 e depois os F-15J. Por isto parece ter prioridade de mudar a constituição tanto para oferecer produtos ao mercado e participar de projetos conjuntos com outros países. Os japoneses tem muitas… Read more »

massa

Akivrx78 , Valeu!
Talvez não sai tão caro, veja o projeto C-X e P-X e compare com o projeto americano e europeu.

Últimas Notícias

KC-390 e Rafale, exportações x redução na cadência – histórias parecidas?

Nos últimos dias, uma polêmica se instaurou em relação às encomendas da Força Aérea Brasileira (FAB) para o jato...
- Advertisement -
- Advertisement -