sexta-feira, janeiro 28, 2022

Gripen para o Brasil

‘Tomcat’, uma lenda sobrevive

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Recentemente foi publicado um vídeo no ‘YouTube’ mostrando a operacionalidade dos caças F-14A Tomcat da Força Aaérea da República Islâmica do Irã (IRIAF). Segundo a agência governamental FNA, o caça permanece em atividade graças à produção local de diversos componentes. Além disso os caças estariam equipados com um radar produzido localmente e incorporariam capacidade ar-solo com o lançamento de bombas inteligentes GBU-78/A Qassed.

- Advertisement -

55 Comments

Subscribe
Notify of
guest
55 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Junior / São José-SC

Modernizados no Iran! deve ter uns componentes Russos por ai também, li em algum lugar que o coração era um de MIG 29, alguém sabe se isso procede?

ZE

Trata-se de um alvo voador e nada mais.

Uma mistura de marketing com bobagem.

Mas é dever do blog postar essas bobagens.

[ ]s

ZE

Aliás, vamos deixar de bobagem.

A Força Aérea Iraniana é um grande alvo, com são as Forças Aéreas da Bolívia, Paraguai, Suriname, Uganda, Afeganistão, Botswana, Honduras, Costa do Marfim, Romênia, Bulgária, Equador, Laos, Coreia do Norte…

É um alvo 3.0 turbo, e nada mais.

Se Israel, ou o Tio Samuel Wilson resolverem jogar uma bombitas lá, não vai haver nenhum caça (leia-se alvo) iraniano decolando (se houver, será derrubado).

Esta é a verdade, o resto, balela.

[ ]s

roni

o ze ficou faltando a fab que tambem e um alvo aereo

Galileu

Roni eu ia falar isso

Pessoal mete o sarrafo na capacidade do Irã, mas se esquece que nossa força talvez seja pior do que a do Irã. Alvos nada mais ahahah

SABRE

Mais um para concordar inclua a FAB como alvo, talvez os F14 até derrubem o nosso F5 e olha que o “F deles é o 14″o nosso ainda é o “5”,hahahaha,triste!

SABRE

Lembresse que o Irã tem sistemas de defesa aerea mas modernos que os nossos (sistemas baseados em misseis) e se bobear Romênia,bulgaria, e Coreia do norte devem ter uns brinquedinhos de origem russa bem interresantes!

SABRE

Falam tanto da nossa força aerea mas basta um tio Samuel jogar uma bomba em Anápolis já que não temos defesa aerea mesmo, e destruir os nossos poucos R99 ai estamos na mer….d,porque F5 sem R99, é nada!Só para lembrar os R99 ficam em uma única base em Anapolis,o famoso esquadrão guardião, nossos meios precisão ser mais dispersos!

Joel

Podem chamar de alvo, é uma mistureba danada, mas a primeira vista, da um pau na nossa, no site areamilitar fla que a arabia saudita ta se armando por causa deles e cita os seguintes números:

44 x F-14 «Tomcat»
35 x MiG-29A
10 x Mirage F-1
20 x F-5B «Freedom Fighter»
24 x F-7M «Airguard» (cópia chinesa do MiG-21)
6 x caças Azarakhsh, que são aparentemente construidos a partir de caças F-5.
13 x Su-25K «Frogfoot»
30 x Su-24MK «Fencer»
65 x F-4D «Phantom-II»
60 x F-5E «Tiger-II»
3 x caças Sahege (F-5 modificado)
fonte:
http://www.areamilitar.net/noticias/noticias.aspx?NrNot=962

Gabriel T.

ZE : Trata-se de um alvo voador e nada mais.

Eu juro que não li isso…

Deve ser o horário, vou dormir.

Joel

Prezado Sabre O esquadrão guardião fica la porque é um ponto estratégico e relativamente próximo as nossas fornteiras mais sensiveis norte e oeste, de nada adianta dispersa-los em bases no leste onde treria um custo maior ara utiliza-los. A fab possui sim bases pra desdobramento, mas só usa em caso de necessidade. Antes de sofrermos um ataque, certamente haveria uma escalada nas hostilidades e só então, nesse caso, as forças seriam desdobradas. Por último, na atual conjuntura, mal podemos suportar um ataque de um vizinho nosso, imaginar luta com os EUA só de resitencia. O problema é que em nosso… Read more »

kaleu

Os Tomcats iranianos além de operar em menor cadência não sofreram os efeitos de operar em NAes com pousos e decolagens curtas … assim terão uma vida útil maior que os F-14 da USNavy …

abc
kaleu

Almeida

Antes modernizar F-14A do que F-5 E/F rsrsrs

Manock

Resta saber como foi modernizado, com o quê, para quê, pois no conflito com o Iraq os F-14 salvaram a pátria iraniana e até mesmo em comparação com os F-15 (no idos dos 70) os TomCat eram superiores.

Lembro dos vários relatos de indignação dos pilotos norte americanos na ocasião da substituição dos TomCat pelos Hornet.

Manock

Mikhail Aleksandrovitch Bakunin

Gabriel T. feche as tags, malandro. Deixou todos os comentários em itálico.

Roy Focker

Não sei dizer se são alvos móveis, o Mossad e a CIA devem saber as reais condições destes aviões, mais estas imagens parecem ser rescentes e mostram pelo menos 4 Tomcats em boas condições; O amigo Kaleu foi feliz no seu comentário, o F-14 foi projetado para operar em duras condições de maresia e suportar impactos bruscos no pouso e decolagem em porta-aviões, só que os modelos Iranianos nunca operarm embarcados e também em sua considerada vida útil devem voar bem menos que os F-14 americanos quando eram operados; Assim acredito que solucionado o problema dos motores e possivelmente do… Read more »

Rodrigo

Amigos, o Tomcat iraniano pode ser o lixo que for..

Mas os iranianos investiram pesado nele e conseguiram manter no ar esta máquina de alta complexidade.

É um ponto a favor da capacidade e vontade deles.

Obviamente que os gringos e a turma de Jerusalém vão fazer barba, cabelo e bigode contra as defesas do Irã, mas não podemos de forma alguma chamá-los de incompetentes.

Fábio Mayer

O Irã tem 60 F5E???

Explica-se agora a aproximação do nosso governo com o deles…ahahahah…os brigadeiros estão esfregando as mãos para comprar isso tudo!

Fábio Mayer

Penso que mesmo antigos e com manutenção precária, ainda assim os Tomcat iranianos são capazes de fazer um estrago, são dissuasórios o suficiente…

Rodrigo

Fábio Mayer disse:
4 de novembro de 2010 às 8:29

E ainda tem aquele com derivas duplas!

aahahahahahaahahah

Berti

Tanto é, que Israel com toda a sua capacidade de ataque, ainda não teve coragem de enfrentá-los.

E acho que vontade não lhes falta.

Sds

luiz otavio

no Irão tem F5 com deriva dupla, já já comprarão os projetos stealths do Jacubão. rsrsrs

Francisco AMX

ZE, a cada dia que passa tu escreve ideologicamente… pq isso? rsrsrsr as eleições te afetaram demais? rsrsrsrs Meu, dizer que a IRIAF é um grande alvo, correlacionando apenas com um possível conflito com as maiores forças bélicas do planeta é fácil! chamar as pequenas e mal treinadas FAs da AL, nossos vizinhos, de alvo, é fácil… admitir que nossa FAB é a mais ridícula se relacionado com nosso PIB… e que não é capaz e eficiente o suficiente para fazer valer sua atribuição, que é defesa, embasando uma escolha política, talvez, de um vetor que lhe traria para o… Read more »

Sabre

Joel, realmente “muito próximo a fronteira norte”, eu entendo a localização, só estou dizendo que alguns aqui do blog toda vez que se diz que tal país tem caças mais modernos que os nossos, ai surgi oargumento que temos os R99! Só estou dizendo que temos sim graças a Deus, mas temos poucos (compativel com a nossa aviação de caça) e localizados numa mesma base, então se acham que é facil acabar com os F14 do Irã ainda em solo, imagina os R99! Afinal se tivermos 18 F5M em estado de Vôo e cada um armado com um Derby, acho… Read more »

roberto bozzo

Fábio Mayer disse:
4 de novembro de 2010 às 8:29

eu ia falar isso… kkkk daqui a pouco a FAB vai lá e compra todos pro nosso FX-xxxxx
olha que maravilha, teríamos uns 140 F5 de última geração operando, aí quero ver alguém se meter a besta conosco… hahahahahahaha

roberto bozzo

aliás estes hangaretes se parecem com os que a França fez para os Rafales… será que teve Tot francesa neste caso ??????? kkkkkkkkkk

Fábio Mayer

Tentando tratar disso de modo sério, apesar dos F-5 serem tentadores, na exata medida em que os F5 jordanianos vão sofrer upgrade e entrar na linha de frente da FAB mesmo comprados em estado… ruim… como as fotos aqui do blog demonstraram. Manter voando os F-14 e os F-5 e conseguir projetar derivações deste ultimo não é pouca coisa, o Irã tá tirando leite de pedra e provando ser capaz de grandes realizações tecnológicas, isso com 1/10 dos recursos que teria, por exemplo, o Brasil, se este quisesse mesmo empreender um grande esforço tecnológico-militar, sem depender de terceiros. É óbvio… Read more »

@wagner

ze Eita puxa-saco de americano, não tem mais o que fazer não ?? Ninguém mais no mundo presta exceto Washington, Londres e Telaviv ??? Bando de escravos. SERVOS DE WASHINGTON, Não passam disso. Cara, a Iriaf tem mais história e persinalidade que a FAB, tem uma boa esperiencia de guerra, soube sangrar, morrer e vencer em uma devastadora guerra, e em que pese o bloqueio quase mundial, o Irâ é capaz de produzir seus primeiros caças a jato, nenhum deles perfeito, mas, muito melhor que muitas nações do mundo que NÃO SABEM fazer NADA !!. A Arábia Saudita pode estar… Read more »

Marco Passamani

Como sempre, tudo ao que convém. Detestam os americanos, vivem botando fogo na bandeira americana, poderiam estender este rancor aos aviões e meter fogo tb. Hehehehehehe…

RL

Pode até ser alvos aéreos como muitos dizem, o que leva a crêr que mais uma vez na história do mundo caso os EUA ataquem o Irã, estarão batendo em um bêbado. Ou poderia dizer um Bêbado e meio, pq o Irã também tem sua tecnologia aplicada em diversos setores militares, que inclui a força aérea. Más não tem capacidade de fazer frente aos EUA. Queria ver se o teatro fosse diferente como deveria ter sido em inumeras outras passagens na história onde se viu os EUA batendo em material russo “OBSOLETO” ou de versões não modernizadas. Se hoje o… Read more »

Ismailly

Pergunto a todos: Quantos aviões possuímos? Falando somente de caças…

MatheusTS

olha eles tem 80 F-5 vamos comprar…..

roni

rl tem razao exemplo o iraque nem forca aerea tinha e seu sistema antaereo era insiguinificante sem falar que foi varios paises contra um assim fica facil queria ver se eles entrassen em guerra com um pais bem armado com misseis s300 uns 120 su34 armados com o missil moskit 350 su35 e mais uns 500 mig 35 no estado da arte etc po 24 paises contra um ai e sacangem

poorman

Creio que a maioria aqui não é a favor do Sr. Marmud Armadinejad, mas temos que dar o braço a torcer, com infinitamente menos recursos, mas muita inventividade (contando com uma ajudinha russa, norte coreana e chinesa) os iranianos foram longe. Vamos lembrar só o programa espacial iraniano, seus mísseis balísticos. Estamos comendo chuchu e arrotando estrogonofe. Cadê nosso VLC ? Sistema Astros III ? Misseis BVR ? Bombas guiadas ? Onde esta nossa fábrica de turbinas ? radares ? aviônicos ? Não vamos lembrar de FX, já que ninguém aguenta mais. 16 anos para escolher um vetor, brincadeira, neste… Read more »

Rodrigo

Eu acho legal zoar a mania de grandeza dos iranianos e as suas super-hiper-mega-blaster armas lançadas todas as semanas matadoras de yankee-capitalistas-ocidentais-cristãos-judeus-decadentes-corruptos…

A megalomania e a criação de um oponente externo são os recursos preferidos dos ditadores para impressionar a audência interna e mantê-los unidos, contra um inimigo comum ao invés de perceberem os problemas internos do país.

PONTO.

O que não podemos criticar é o nível do investimento e desenvolvimento que os iranianos vão alcançando apesar de todos os embargos e estes ai são embargados de verdade por todos os membros do CS.

Clésio Luiz

É impressão minha ou esses comentários em itálico indicam que foi aplicado um corretor gramatical?

Dell72

meio off: cade o relógio aquele do tic-tac ?

Hanoi

Sem querer ser repetitivo pois já escrevi isso algumas vezes mas não tenho nada mais a falar:

Enquanto isso, no Brasil…

Wi

De 1925 até a Revolução Iraniana em 1979, o Irã foi suprido com o mais recente equipamento bélico ocidental. Existem casos onde o Irã foi abastecido com o equipamento antes mesmo de torna-se padrão nos países desenvolvidos (por exemplo os EUA com F-14 Tomcat, ou os ingleses como o Chieftain Tanque). A Guerra Irã-Iraque, sanções e pós revolucionário, na época tiveram um efeito dramático sobre o inventário do Irã de equipamentos ocidentais. Sob as pressões da guerra, todos os fornecimentos foram rapidamente esgotados e substituições se tornaram cada vez mais difíceis de encontrar. A guerra fez com que o Irão… Read more »

Sabre

Comparar a Força aerea do Irã com a dos EUA é sacanagem, agora se forem comparar a Força aerea do irã com a do Brasil, eu acho que a FAB, leva pau em relação aos meios de combate!

Renato

Aos ‘iranianos’ de plantão, o Irã não produz motores aeronáuticos de jatos – e a Rússia, sabiamente, não lhes forneceu motores. Portanto, quaisquer modernizações que façam, com ajuda de quem quer que seja exceto os 5 membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, não substituem os motores. Nem mesmo Israel produz motores aeronáuticos de jatos. Os iranianos podem refazer partes das células, trocar componentes obsoletos por micros com Pentium/Athlon/etc., nada muito além disso. Armas por armas, diversos países do mundo fazem, eles não são os únicos. Mas é muito questionável a capacidade de o Irã por pra voar, digamos,… Read more »

Wi

Renato: “O que tem afastado iranianos e russos é o apoio dos iranianos a terroristas muçulmanos, como os chechenos e outros, ” __________________________ Não concordo que o Iran apoie ou tenha apoiado terroristas chechenos…e nem tem lógica, uma vez que os russos são (ou eram…) aliados dos iranianos, seria muita burrice! E isto é uma coisa que os persas não são: burros… Aliás, mais provável é que no passado, o apoio aos rebeldes chechenos, tenha vindo de serviços secretos como MOSSAD e CIA … ————————————– “além do que o Irã é rival russo em termos de petróleo e gás natural.”… Read more »

celso

Renato,

Otima aula aos incautos de plantao do blog hehheheheheheh com certeza ainda existem centenas de maiores e melhores informaçoes a corroborar teus comentarios. Este tigre de papel nao mete medo em ninguem por esta otica de sua Força Aerea.
Com certeza nao vira alvo em nenhum conflito com Israel ou USA, visto que nao terao nem tempo de fazer decolar suas aernovaes (se decolarem of course ).

PS; este barbudo da foto devera ter serios problemas qdo totalmente equipado com mascara, imagina se der uma baita coceira como fica …….kkkkkkkkkkk

Sds

Edu Nicácio

“Mas os iranianos investiram pesado nele e conseguiram manter no ar esta máquina de alta complexidade.”

Pois é, a necessidade faz o ladrão.

No mais, acho esse caça simplesmente FANTÁSTICO!

ZE

“Renato disse: 4 de novembro de 2010 às 13:58” Renato, você tirou as palavras da minha boca ! É difícil fazer o cego ver quando ele não quer. Mais difícil ainda é quando as pessoas DETURPAM o que você falou, ou dão uma resposta que NADA tem a ver com o que foi dito, dando a impressão que querem JUSTIFICAR ALGO !!!!! A propósito, eu falei que o esforço deles de manterem esses alvos voadores voando não é meritocrático ?????????????? Claro que é !!!!!!!!!!!!!! Só que NÃO MUDA O FATO DELES SEREM A – L – V – O –… Read more »

Renato

@ Celso e Ze, É um prazer oferecer meus humildes préstimos a este blog, que tanto nos ilumina. Nada do que eu falei foi inventado: basta dar uma “googlada” e navegar em sites mais sérios que os da classe do Estadão, IstoÉ, PT, CUT e similares. Ideologia não vence guerras, mas pode levá-lo à derrota, caso você acredite mais na ideologia que nos fatos. Concordo que quando o cara não quer ver, não adianta nem espancar com a verdade que não acredita. @ Edu, Quantos F-14 estão voando? Quantos foram ‘canibalizados’? Quantas horas esses aviões voam por ano? Em caso… Read more »

Dell72

Renato
ta certo
agora é “digital”

Wi

Renato: “O que tem afastado iranianos e russos é o apoio dos iranianos a terroristas muçulmanos, como os chechenos e outros,” ————————– Não concordo. É muito improvável que os iranianos tenham apoiado o terrorismo na Chechenia, visto que a Rússia é (ou era..) bastante próxima do Iran e com o mesmo precisando desesperadamente de aliados , não iria cometer a burrice de apoiar o terrorismo dentro da Russia, se tem uma coisa que os persas não são; é burros… Na verdade, se no passado houve apoio externo, a ideia de apoio de serviços secretos como a CIA e o MOSSAD… Read more »

Francisco AMX

“Mirage F-1 (que nunca valeu nada);” Meu Deus do Céu… e querem que levemos a sério este tipo de comentário?! amigo vá ler sobre o F-1 antes de falar besteira! na boa! Vejam um pouco da história de guerra do Mirage F-1: Utilização em Combate Guerra das Fronteiras: Caças Mirage F1 foram utilizados pela África do Sul durante a guerra de fronteira contra a Angola, entre o período de 1978 a 1982. Dois MiG-21 angolanos foram abatidos por um F1 CZ. Pelo menos um Mirage F1 CZ foi abatido por um míssil terra-ar disparado pela Angola. Guerra Irã-Iraque: Ocorrida entre… Read more »

Francisco AMX

Caro ZE, não se faça de desentendido não! tu sabe e todos sabemos o que tu colocou nas “entrelinhas”…

Tu restringiu uma FA a “alvo” apenas colocando-a frente a Maior FA do mundo… junto com a, talvez, terceira mais eficiente… a de Israel… como se a Força Aerea Iraniana tivesse “nascido” ontem para enfrentar os “imperialistas ocidentais”…

Sugiro o amigo analisar a FA iraniana perante forças como a do Brasil… , do qual vc, propositadamente, “esqueceu” de colocar na tua lista de “alvos”…

Sds!

Últimas Notícias

Disputa franco-alemã paralisa novo avião de caça europeu

Segundo a Bloomberg, o desenvolvimento de um futuro caça europeu proposto pela ex-chanceler alemã Angela Merkel e pelo presidente...
- Advertisement -
- Advertisement -