segunda-feira, outubro 18, 2021

Gripen para o Brasil

Força Aérea Italiana equipa seu quarto esquadrão com o Eurofighter

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O consórcio Eurofighter informou nesta quarta-feira, 14 de julho, que mais um esquadrão da Força Aérea Italiana (Aeronautica Militare) foi equipado com o Eurofighter Typhoon. Trata-se do X Gruppo (10º Grupo, ou esquadrão), que anteriormente estava baseado em Trapani, na Sicília, e equipado com caças F-16. O Gruppo mudou-se para a Base de Gioia del Colle, de onde já opera o XII Gruppo do 36º Stormo (equivalente a Ala Aérea). Assim, o 36º Stormo passa a contar com dois esquadrões de Eurofighter, com a missão de patrulha e defesa aérea, 24 horas por dia e sete dias por semana, o que inclui a proteção do espaço aéreo da Albânia.

Segundo o informe, o esquadrão herda as tradições do ás italiano da Primeira Grande Guerra, Francesco Baracca, com seu emblema do cavalo empinado. Foi realizada uma cerimônia simbolizando a passagem do emblema dos F-16 para os Eurofighters, sobre a base de Gioia del Colle, com uma formação mista dos dois tipos.

A base situa-se próxima a Bari, no Sul da Itália (cidade situada no “calcanhar” da “Bota” italiana, voltada para o Mar Adriático). Ainda segundo o informe, nos anos 70 e 80 os esquadrões do 36º Stormo eram equipados com caças F-104, sendo reequipados com o Tornado, na versão de ataque (IDS) e de defesa aérea (ADV – para mais detalhes sobre a operação do Tornado ADV na Aeronautica Militare, veja o primeiro link ao final desta matéria, que trata da operação do F-16 na defesa aérea da Itália até 2012 e sobre a versão do Tornado ADV que o antecedeu)

Com mais esse esquadrão equipado com o Typhoon, agora são 15 unidades no total que operam esta aeronave, em seis forças aéreas da Europa e do Oriente Médio, somando mais de 225 Typhoons em serviço, que já superaram 85.000 horas de voo.

FONTE / FOTOS: Eurofighter

VEJA TAMBÉM:

- Advertisement -

3 Comments

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
fredy

Na segunda foto da pra ver como é grande a área das asas do typhoon quando comparada com a dos f16.

Isso pode indicar uma grande manobrabilidade, mas também uma maior perda de velocidade e curvas fechadas em virtude de um maior arrasto aerodinâmico.

Ou será que eu é que estou defasado e os super computadores desses caças incríveis podem administrar esse problema?

LBacelar

fredy disse:
15 de julho de 2010 às 12:40

Exatamente Fredy,

Hoje em dia os comandos FbW estão super atualizados, garantindo assim uma excelente manobralidade sem perda de performance nos caças de 4,5 G

william

Bela DUCATI Vermelha….

Últimas Notícias

China testa nova capacidade espacial com míssil hipersônico

O lançamento em agosto de um foguete com capacidade nuclear que circulou o globo pegou a inteligência dos EUA...
- Advertisement -
- Advertisement -