Home Homenagem Tenente Miranda, a primeira piloto supersônica da FACh

Tenente Miranda, a primeira piloto supersônica da FACh

850
21

Tenente Miranda - primeira piloto supersônica da FACH - foto 2 FACH

Na semana passada, em 18 de maio, a FACh (Força Aérea do Chile) informou um importante marco ocorrido em 29 de abril:  pela primeira vez na história da FACh, uma mulher oficial solou em um avião de combate de primeira linha.

Trata-se da Tenente Karina Miranda, que ingressou na Escola de Aviação “Capitán Manuel Ávalos Prado” em 2000, saindo três anos depois como Piloto Militar, sendo então destinada ao Grupo de Aviação Nº5, de Puerto Montt. Lá, habilitou-se em voo por instrumentos voando C-J1, para depois voltar a servir na Escola de Aviação.

No início deste ano, apresentou-se para a  IVª Brigada Aérea, iniciando o curso de voo teórico no F-5 Tigre III. E foi numa aeronave desse tipo que a Tenente Miranda, com seu voo solo, tornou-se também a primeira mulher piloto da FACh a romper a barreira do som. “Voar esta magnífica aeronave de combate constitui uma experiência inesquecível e única na vida. Sem dúvida, é uma das sensações mais maravilhosas que já vivi na Força Aérea”, disse a tenente.

Após o voo, a Tenente Miranda recebeu as congratulações do Comandante de Grupo Leonardo Romanini, da  IVª Brigada Aérea.

Tenente Miranda - primeira piloto supersônica da FACH - foto 1 FACH

FONTE / FOTOS: FACh

NOTA DO BLOG: o Poder Aéreo dá os parabéns à Tenente Miranda e à Força Aérea do Chile. Vale lembrar que a Força Aérea Brasileira, há pouco tempo, começou a receber nos esquadrões das aviações de caça, transporte / patrulha e asas rotativas suas primeiras oficiais-aviadoras. Uma delas, na aviação de caça, já foi tema de matéria publicada no Poder Aéreo (veja o primeiro link abaixo), voando A-29 no 1º/3º GAV, que opera sobre a Amazônia. Esperamos que, em breve, a FAB possa comunicar também o primeiro voo solo de uma oficial-aviadora, qualificada em um caça supersônico.

VEJA TAMBÉM:

Subscribe
Notify of
guest
21 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RobertoFSantana
RobertoFSantana
10 anos atrás

O marido dela deve estar fazendo ground school lá na Brastemp e na Eletrolux.

RL
RL
10 anos atrás

(……………………)

COMENTÁRIO EDITADO POR NÃO ACRESCENTAR NADA AO DEBATE.

SUGERIMOS DEBATER ASSUNTOS MAIS IMPORTANTES QUE O ASPECTO FÍSICO DA PILOTO, PARA NÃO REPETIR DISCUSSÕES INÓCUOAS DE OCASIÕES ANTERIORES.

Fernando Sinzato
Fernando Sinzato
10 anos atrás

Parabéns a aviadora Karina Miranda.

Também no aguado de novas notícias das dicípulas de Ártemis.

Para não perder o hábito, fica o mesmo convite feito a Karen.

Abs.

nivaldo
nivaldo
10 anos atrás

Chile como sempre na frente…

MatheusTS
MatheusTS
10 anos atrás

Imagino os outros pilotos quando forem derrotados no dodfight ja fica na maior raiva ai ve quem ta descendo do caça logo ela nossa ai o cara ….
Parabens a ela que tenham outra e outras e tambem outros…

Ricardo_Recife
Ricardo_Recife
10 anos atrás

Faço minhas palavras a do Nivaldo. O Chile como sempre na frente…

M1
M1
10 anos atrás

Eu só tenho a dizer isso aqui: http://www.youtube.com/watch?v=uvjEA-WNdyw

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

Noticia maravilhosa!

Parabéns para a piloto e para o Chile, que sem dúvida nenhuma é a nação mais a frente da América do Sul.

Fico muito feliz de ver que as mulheres estão consiguinda galgar seu espaço até mesmo em lugares que até alguns anos atrás eram impensaveis (principalmente se tratando de América do Sul).

Vamos torçer para que o Brasil siga os passos do Chile e não decepcione as milhares de mulheres que aqui vivem.

Chile nota 10 😀

Alex Nogueira
Alex Nogueira
10 anos atrás

*torcer*

Alexandre
Alexandre
10 anos atrás

Parabéns a piloto. Um marco sem dúvida que em breve veremos na FAB. Fiquei estupefato de saber que na Força Aérea do Irã já houve mulheres pilotos antes da Revolução Islâmica. Como estavam adiantados. Não sei que fim levaram e se ainda voam. Não acredito.

Alexandre
Alexandre
10 anos atrás

Na Esquadrilha da Fumaça já temos uma mulher e acredito que em breve já estarão guarnecendo as naceles de F5.

kojak
kojak
10 anos atrás

É…e dá-lhe Chile… aquele país em formato de tripa sondando e paquerando o caríssimo Typhoon mesmo tendo uma frota de F-16s novos e usados… E aqui a turminha iludida da banana sueca e seu chororô metendo pau no Rafale com argumentinhos de gastos hora/vôo… Só olhar o painel interior do Rafale já dá orgulho aos olhos do piloto…fenomenal !!! Até hoje não entendem que o NG proposto pro Brasil precisa ter modificações estruturais pra aumento de alcance e combustível precisando de um protótipo novo com asas e fuselagem maiores…..e ficam se deslumbrando com uma carcaça de Gripen comum chamada Demo… Read more »

Vader
Vader
10 anos atrás

Senhores Editores, a Trilogia não tinha poibido coments off-topic?

Deem uma olhada:

kojak disse:
27 de maio de 2010 às 12:40

Sds.

NOTA DOS EDITORES:
O COMENTÁRIO FOI VISTO AGORA (16h00) E O COMENTARISTA FOI AVISADO.
COMO JÁ FOI ESCRITO DIVERSAS VEZES, NEM SEMPRE É POSSÍVEL “MODERAR” OS COMENTÁRIOS EM TEMPO REAL. MESMO PORQUE ESSA NÃO É A ATIVIDADE-FIM DOS EDITORES DA TRILOGIA BLOG DE DEFESA.

kojak
kojak
10 anos atrás

off-topic nada…..
Chile com mulheres que irão operar typhoons futuramente…

NOTA DOS EDITORES:
KOJAK, VEJA NOTA DOS EDITORES EM SEU ÚLTIMO COMENTÁRIO.
E VEJA TAMBÉM AS REGRAS PARA COMENTAR NO BLOG ANTES DE ESCREVER.

lavand
lavand
10 anos atrás

Parabéns ao chile por ser mais aberto as mudanças de atitude e que chato para ao brasil, mas está aí para todo mundo ver, além de bela deve ser fera, se não, não dariam uma máquina dessas a ela.
É correr atrás.

Alecsander
Alecsander
10 anos atrás

Parabéns a tenente, pelos mulheres já são mais comuns em outras forças dos países ricos, torço para que isso também se torne mais comum aqui na America do Sul.

Um grande abraço

Osasco
Osasco
10 anos atrás

Beleza!

Pedro Rocha
Pedro Rocha
10 anos atrás

Olá senhores! Talvez eu esteja errado, mas o problema para mulheres pilotarem aeronaves altamente manobráveis como os caças supersônicos reside no traje anti-g inapropriado para a fisiologia feminina! Eu acho que as antigas Forças Aéreas Soviéticas, que possuíam um histórico de grandes “caçadoras”, teve que abrir mão das pilotas e cosmonautas em virtude dos trajes anti-g estarem lesionando o ovário e útero das mesmas! Talvez haja um traje anti-g apropriado para a fisiologia feminina ou talvez eu esteja desinformado! Eu lembro que o comando das Forças Aéreas Soviéticas lastimou muito a perda de suas “caçadoras”, alegando que as mulheres consomem… Read more »

Yurgen Haltz Von Vienna
Yurgen Haltz Von Vienna
10 anos atrás

É com extrema alegria que vejo uma nova era se abrir nas forças aéreas sul americanas com o advento das caçadoras, sempre tive o sonho de ver minha Joaninha no cockpit de uma caça da FAB, agora está mais fácil realizá-lo.

Bruno Rocha
Bruno Rocha
10 anos atrás

Que bom, mas isso é um “meio termo”. Mulher é boa mesmo na cozinha!!!!!
rsrrrsrsr brincadeira pessoal.
É bom ver mesmo as mulheres dividindo o trabalho com os homens, mas veja lá, nada de “machismo” nem de “feminismo”. Temos que equilibrar sempre e que cada um exerça o trabalho que lhe cabe por sua capacidade. As mulheres costumam ser melhores na logística que no “braço”, já os homens na “porrada” do trabalho duro.
Homem e Mulher, ambos se completam. Em todos os sentidos.

Nadir
Nadir
10 anos atrás

Show de bola!
Parabéns à Karina!