terça-feira, maio 18, 2021

Gripen para o Brasil

França tenta apressar venda dos caças Rafale ao Brasil

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Sarkozy e Lula na 6ª Cúpula América Latina, Caribe e União Europeia - foto Agência Brasil - R Stuckert

vinheta-clippingA França prepara uma última oferta para evitar que mais uma venda de aviões militares escape das suas mãos. Desta vez, porque a eleição presidencial brasileira pode atrapalhar a transação com os caças Rafale. Após problemas semelhantes em Marrocos e na Ásia, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, lidera a campanha para que o Brasil compre 36 aviões Rafale, num valor estimado de US$ 6,3 bilhões, como parte de uma corrida global em que os países tentam aumentar seu poderio aéreo.

Sarkozy deve discutir o assunto com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta terça-feira, nos intervalos de uma cúpula Europa-América do Sul, em Madri. Em setembro do ano passado, durante visita ao Brasil, o líder francês chegou a alardear a conclusão iminente do negócio.

– Cada semana que nos leva mais perto da eleição (presidencial brasileira) está nos preocupando um pouco mais – disse uma fonte familiarizada com a proposta francesa.

Alguns especialistas acreditam que o próximo presidente, que toma posse em janeiro, poderia determinar uma pausa nas negociações ou mesmo um reinício do longo processo. Os caças bimotores Rafale são produzidos pela Dassault Aviation, empresa familiar francesa. Eles competem com o F-18 Super Hornet, da Boeing, também bimotor, e com o monomotor Gripen, da Saab.

O Brasil promete anunciar a escolha até o fim de julho, mas fontes do setor lembram que os prazos já foram descumpridos anteriormente.

– Mesmo que o Rafale seja escolhido e uma negociação (para concluir a venda) comece em poucos dias, não vai acabar antes da transferência de poder – disse uma fonte francesa do setor de aviação.

Eleições à vista

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro da Defesa, Nelson Jobim, demonstram preferência pelos caças franceses, mas o governo ainda não descartou oficialmente as ofertas da norte-americana Boeing e da sueca Saab. Há relatos de que militares de alta patente teriam preferência pelo modelo sueco.

– Há uma tensão entre a Força Aérea e o governo civil. Lula manifestou uma escolha pela transferência de tecnologia e pelas relações industriais com a França e com a Dassault, mas a Força Aérea parece ter outras ideias sobre com o que deseja voar – disse Richard Aboulafia, analista de defesa e assuntos aeroespaciais do Teal Group, em Washington.

Para tornar sua oferta mais atraente, a França promete uma intensa transferência de tecnologia para a Embraer, mas estaria adotando uma postura mais dura com relação a preços.

– Os contatos entre os brasileiros e os franceses progrediram bem a respeito de transferência de tecnologia e manutenção, mas a Dassault não quer cortar preços e o Rafale é o avião mais caro – disse uma fonte francesa do setor aéreo.

A Boeing e a Saab dizem que seus aviões são mais competitivos do que o da Dassault, mas não dão detalhes.

– A Boeing forneceu ao governo brasileiro uma oferta detalhada do Super Hornet, que estamos confiantes que melhor atenda as exigências técnicas e de compensação da concorrência – disse um porta-voz da Boeing. A Dassault e a Saab não quiseram se manifestar.

A concorrência é parte de uma disputa por vantagens estratégicas em uma das regiões com maior crescimento econômico no mundo – e onde Estados Unidos, Rússia e Europa tentam exercer mais influência. Em janeiro, o porta-aviões norte-americano Carl Vinson foi ao Rio de Janeiro levando caças F-18, e há poucas semanas os governos do Brasil e dos EUA assinaram um acordo de defesa, algo que Brasil e França já haviam feito no ano passado.

Analistas de defesa dizem que os EUA enfrentam algumas barreiras políticas, mas estão determinados em continuarem na disputa.

– O Gripen e o Rafale seriam muito mais fáceis para a opinião pública e para os vizinhos do Brasil – disse François Heisbourg, presidente do Instituto Internacional de Estudos Estratégicos.

O vencedor também deve obter melhor acesso aos contratos de defesa na América do Sul, e teria uma vitória simbólica antes de uma disputa muito mais importante, pela venda de 126 aviões de combate para a Índia, um dos contratos mais cobiçados no comércio bélico mundial. Sarkozy determinou que a França, quarto maior exportador mundial, reveja sua postura em negociações armamentistas, depois que sua ex-colônia Marrocos chocou Paris ao comprar caças F-16 da norte-americana Lockheed Martin, em detrimento dos Rafales.

rafale-BAF2

FONTE: Correio do Brasil

FOTO DO ALTO (Sarkozy e Lula nesta terça-feira, 18 de maio, na 6ª Cúpula América Latina, Caribe e União Europeia, citada no texto): Agência Brasil – R. Stuckert

- Advertisement -

87 Comments

Subscribe
Notify of
guest
87 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alex Nogueira

Linda pintura do Rafale da foto.

Sei que vai ser um bombardeio sobre o FX-2 novamente, mas vejamos pelo lado positivo, ou o resultado sai esse ano, ou fica para o próximo presidente.

Bruno Fernando

O Brasil que tome logo sua decisão pois o tempo é cada vez mais curto. A compra de aeronaves do tipo Rafale pra mim, são mais cabíveis de acordo com o padrão da Base Aérea de Anápolis (BAAN) que foram adptadas para os M.III, no entanto seriam perfeitos os caças franceses operarem a partir dalí. Se levarem em consideração desempenho e poder de fogo real, a opção seria o norte americano Boeing F/A-18 Super Hornet, porém a base teria que passar por certas modificações o que é normal quando se compra outro tipo de equipamento. Agora só vejo beleza nos… Read more »

Rodrigo

Se até eles estão admitindo que a coisa está preta.

Onde estão os trolls do MD para afirmarem o contrário ?

Gunsalmo

Esse artigo parece confirmar várias informações vindas de outras fontes: – Que a FAB (pelo menos certos oficiais de alta patente) prefere o Gripen. – Que o Rafale é o mais caro e os franceses não querem baixar o preço. – Que mesmo que uma escolha seja feita, o contrato não será assinado nesse governo. – Que apesar do número relativamente pequeno de aviões, o contrato adquiriu uma importância maior devido a influência que pode ter na concorrência indiana (essa com um número bem maior de vetores). Os franceses parecem estar vendo o pesadelo do Marrocos de repetir novamente. Seria… Read more »

Sirkis

Saudações!

Agora ficou tarde! risos risos
Mesmo que anuncie o Rafale agora, não vai dar tempo para nesse final de governo. risos
Aqui ninguém nunca parou para pensar porque veio a politicada francesa ao Brasil? Contralobby?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Boa Tarde!

Wolfpack

O FX2 será cancelado por vencimento de prazo e a FAB terá que negociar com o Vampiro Brasileiro a compra de algumas aeronaves de prateleira. E neste jogo estarão Mirage 2000-5, F16 Blk50 e Gripen C/D, porque aeronave russa a FAB já deu sinais que não as quer, embora tenha optado pelos Mil Mi35 para CSAR. O FX2 com este novo prazo de sair a escolha somente no final de julho, ficará sem prazo para nenhuma negociação e o pior, se sair qualquer escolha, seja ela Rafale, Gripen NG ou F18 E/F será alvo de debates na campanha eleitoral. As… Read more »

Vader

Matéria FULCRAL! Só confirma o que sempre falamos, desta vez da boca dos próprios franceses: 1. Quanto mais próximo da eleição, mais pode melar o FX2; 2. Não dá mais tempo de assinar contrato algum antes de mudar o governo; 3. O próximo presidente pode modificar ou cancelar o FX2; 4. A FAB prefere o Gripen NG; 5. A Dassault não baixou seus preços; 6. O Rafale é o mais caro dos três; 7. Os EUA não vencem porque os bolivarianos do gf a mando dos quinta-colunas cucarachos não querem; 8. Depois do fiasco no Marrocos, os franceses ficaram desesperados… Read more »

Rodrigo

O Mi35 foi escolhido PARA a FAB e não PELA FAB 🙂

Rafael

Novidade…
Estou cada dia mais convencido de que vai dar Super Hornet( até mais que 120 , no futuro), e F-35 se tivermos dinheiro.
A França não acredita mais no governo hipocrita e demagogo de um certo país,e se encaminha para perder outra licitação e para ouvir uma desculpa esfarrapada do Jobim.

ZE

Vou deixar algo bem claro aqui. O Brasil e a França assinaram um documento chamado “PARCERIA ESTRATÉGICA”. Nesse documento, há deveres para ambos os atores. Esse documento é explícito ao dizer: PARCERIA ESTRATÉGICA ENTRE A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E A REPÚBLICA FRANCESA II – Cooperação econômica e comercial O Brasil e a França reiteram seu compromisso no sentido de ampliar e diversificar o comércio bilateral, de dinamizar os fluxos de investimentos e de intensificar o diálogo sobre os temas econômicos e comerciais bilaterais e internacionais. Algumas pessoas dizem que não adianta a França apoiar ou não o Brasil, já… Read more »

ZE

Deixa eu mesmo responder :

Para comprar, comprar e comprar Material Bélico Francês.

Para criar um mercado cativo, uma Reserva de Mercado para o Material Bélico Francês.

Para deixar os outros concorrentes, desde o princípio, em desvantagem.

É o melhor dos mundos para a França, e o pior dos mundos para o Brasil.

[ ]s

Vader

Wolfpack disse: 18 de maio de 2010 às 15:31 “O FX2 com este novo prazo de sair a escolha somente no final de julho, ficará sem prazo para nenhuma negociação” Mode music on: ALELUIA! ALEUIA! ALELUIA, ALELUIA, ALEEELUIAAA! Mode music off: Graaaaaaande Wolfpack. Finalmente rendeu-se à evidência de que esse governo foi incapaz de negociar no prazo ou jamais quis a compra do novo vetor da FAB. Parabéns por enxergar a luz, ainda que tardia. Seja bem vindo ao clubinho da lógica e da realidade, rsrs. 🙂 “Quem perde? somente a FAB”. Engana-se meu amigo. Os salários dos militares da… Read more »

Cláudio

Senhores, observem a expressão corporal dos dois Presidentes. Interessante !!! a fotografia entre o Nicolas Sarkozy cumprimentando o Lula expressa a imagem de quem está cobrando o Presidente Brasileiro por algo a realizar (exemplo: e aí meu amigo !!! tudo certo !!! vamos então !!!), e a expressão corporal de Lula expressa tensão e refugo (exemplo: tudo bem !!!! vou bem, obrigado !!! isso mesmo, vamos conversar sobre o Irã, sobre problemas agrícolas, crise na Europa….). A cerca de 1 ano, depois de ter servido uma “moleca” a Sarkozy, e ter recebido um “doce de abacaxi” do Presidente da França,… Read more »

Marcos

Ao contrario de alguns membros, eu já estou feliz com o que está acontencendo. Chego a conclusão de que, o Rafale perdeu mais uma, e se tratando do Brasil não será tão mal assim. É evidente que precisaremos de caças tampões, e com isso, a Fab terá ao menos em possibilidade, mais tempo e quem sabe, uma melhor forma de conduzir o proximo Fx. É certo que indepedente do proximo presidente, ele(a) não terá como adiar essa compra. O que realmente espero é que dessa vez coloquem um ministro no MD que faça a diferença (de preferencia um militar) ,… Read more »

GSV

Cláudio disse: 18 de maio de 2010 às 16:20 “Senhores, observem a expressão corporal dos dois Presidentes.” “Lula parece estar mais esperto com esse pessoal do Primeiro Mundo !!!” Caro Claudio, os dos são “cumpanheiros” de longa data! 1ºLembram de qual país o Batisti veio antes de se refugiar no Brasil. 2º Criação do ano da França do Brasil e compra de diversos itens militares. 3ºParalizaram a cidade baiana de Itacaré para ele e sua linda esposa andassem de mãos dadas. 4º Vão jogar fora uma série de equipamentos para construção de Angra3, porque a proposta francesa é melhor. …… Read more »

shungria

Alguém poderia me dizer se o JETON é pago antes ou depois do negócio feito? Se for antes, já deu RAFAKE, se for depois, não vai sair resultado algum, pelo menos antes da entrada do novo Presidente. E mesmo assim, se já tiverem disparado o JETON, e o Nosferatu Zé Alagão ganhar as eleições, este CANCELARÁ a compra. Se der Dillmá, aí continua valendo o JETON, mesmo que a compra não tenha sido ainda concluída. Fui claro?

Nick

Como comentou o Rodrigo em outro post,

“Os franceses estão perdendo a venda mais ganha desse mundo….” 😀

Mas o Sarkô ainda não jogou a toalha, vamos ver se com essa nova oferta ele consegue desencalhar a Jaca.

E pode ser um vitória apenas virtual, visto que a assinatura do contrato dificilmente será feito pelo Sr Presidente LulÁ.

[]’s

Paulo Pedro

o proximo fx da fab vai ser o f-5 ,e o que merece esta forca aerea bolivariana (FAB)

RLeal71

Enquanto isso no Congresso Brasileiro…

Vader

Paulo Pedro disse:
18 de maio de 2010 às 17:15

É o que merecemos todos nós, povo brasileiro meu caro. Mas bolivariana a FAB viraria se tivesse se rendido à maracutaia e aceitado a JACA, rsrsrs…

DITMAR

Quem são os OFICIAIS DE ALTA PATENTE que se pronunciaram a favor do Gripen???

Acredito que também existam oficiais que são favoráveis ao F18 SH como ao Rafale…..

Existem comentarios mas geralmente não se sabe quem é o autor verdadeiro do mesmo já que as fontes oficiais não se manifestam….isso acaba por comprometer o fundamento do comentário.

Pedro

Se não sair neste governo, se passarão mais 8 anos para escolha do novo caça? … Ou será que com a nova proposta e caso seja concluído e avance, de um acordo militar-ecônomico com a Rússia( que viu q sua parceira China, lhe passou a perna de vez…), Os caças russos venham para cá? Há possibilidades? Segundo lí no site/blog defesaBr sim. E acho ótimo.

Abraços.

ZE

Pessoal, a União Europeia acabou de anunciar que fez um acordo com a América Central (eu disse central, e não do sul).

Salvo engano os Francese…perdão, os nossos Parceiros Estratégicos, fazem parte da União Europeia.

Bem, eles fizeram um acordo com a América Central.

Com a América do Sul, nada, nada, nada.

Para que serve mesmo a nossa PARCERIA ESTRATÉGICA ?????

[ ]S

Francoorp

E por falar em FX2, vejam que se o Brasil ficar com os F-18 ou Gripen, vai fazer o fim que a China e o próprio Brasil já estão fazendo agora, tendo embargos de componentes para o satélite, por que os Yankees cumprem os contratos somente quando querem… e na maioria das vezes, fazem isso, rompem o que já contrataram e depois ainda dizem que tem razão… e mentem dizendo que cumprem os contratos ! Vejam com os seus próprios olhos o que o Brasil e a China estão passando agora mesmo com estes contratos para os componentes yankees: http://pbrasil.wordpress.com/2010/05/18/embargo-a-componentes-atrasa-lancamento-de-satelite/#comment-17646… Read more »

Francoorp

Mais um link para o embargo de componentes por parte dos Estados Unidos, contra o programa espacial do Brasil e da China… e ainda tem gente que quer F-18 ou motor em Gripen para a FAB… veja o LInk:

http://brazilianspace.blogspot.com/2010/05/embargo-componentes-atrasa-lancamento.html

DITMAR

Por que não esquecemos esses FXs que não dão em nada e partimos com uma renovação da frota com os Super Tucanos…. São fabricados no Brasil Tem baixo custo de operação(Só falta dizerem que o custo de operação do Gripen é mais baixo) Como são baratos pode-se comprar uns 1000 (então podemos usar 10 aviões em lugar de um…) Todos nós podemos falar as maiores besteiras e isso é natural quando tem muita gente dando papite…..só que isso só atrapalha o processo como um todo. Gente acordem o Brasil vai perder outra grande chance de modernizar sua frota……independente de quem… Read more »

Nick

Caro Francoorp,

Quer dizer que até a China trabalha com componentes americanos? hahahadhashhasdhasdhasdhasd

Não adianta, camarada, estamos cercados 😀

E vamos aguardar o anúncio do Gripen NG

[]’s

Curvo

Na mesma reportagem acima temos : Comentário Panorama Espacial: O título da matéria deveria ser: A Incompetência Governamental Atrasa Lançamentos de Satélites. Sete anos de governo LULA e não obtivemos nenhum avanço significativo nessa área. O problema com o ITAR não é de agora leitor, diversos exemplos ocorreram antes mesmo do governo LULA (inclusive no Programa CBERS) e a verdade é que nada foi feito nem antes e nem nos sete anos desse governo para pelo menos amenizar este problema. É muito fácil ficar jogando a culpa nos outros para esconder a nossa incompetência. Os componentes são americanos e eles… Read more »

M1

Gripen NG

Francoorp

Curvo disse:
18 de maio de 2010 às 18:02

Mas resta sempre o FATO de que os Yankees estão EMBARGANDO COMPONENTES PARA O BRASIL !

E isto prova que eles não são confiáveis nos contratos !!

Valeu !!

Curvo

DITMAR disse: 18 de maio de 2010 às 17:55 Super Tucano com peças e partes Americanos ??? E os embagos dusamericanu ??? Tanto faz se é satélite ou avião, trem peças dusamericanu SIM !!! E você leu direito a reportagem ??? http://brazilianspace.blogspot.com/2010/05/embargo-componentes-atrasa-lancamento.html Lá está : ” A restrição à venda desses componentes ocorre porque o governo dos Estados Unidos acredita que a China não segue as normas do International Traffic in Armas Regulations (Itar), afirma o coordenador do projeto no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Ricardo Cartaxo. Segundo o coordenador, os EUA temem que a China faça uma aplicação… Read more »

Francoorp

E farão isso com o F-18 SH e com o Gripen também… alias quem é que garante que não o farão, a Folha ou a Veja ???

grifo

Quem são os OFICIAIS DE ALTA PATENTE que se pronunciaram a favor do Gripen???

Caro Ditmar, são aqueles que tem quatro estrelas no ombro.

Curvo

Francoorp disse: 18 de maio de 2010 às 18:09

Sem ser nem americanófobo, ou adorador de hot-dogs (hehehe).

Os Norte-Americanos não estão nos embargando, você leu direito a reportagem ???

Eles estão embargando a China !!!

Ou seja, ou ficamos lambendo sabão (essa é boa rsrsrs), ou mudamos de parceiro (será que só existe a China para ser nossa parceira ???), ou mudamos o paradigma e passamos a desenvolver nós mesmos a tecnologia necessária e damos banana para eles !!! É simples .

É caro ? É.
É mais rápido ? Não.
É mais independente ??? SIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIM !!!!

ZE

“grifo disse:
18 de maio de 2010 às 18:11
Quem são os OFICIAIS DE ALTA PATENTE que se pronunciaram a favor do Gripen???

Caro Ditmar, são aqueles que tem quatro estrelas no ombro”.

Hahahahahahahahahahahah.

Eu quase caí da cadeira.

grifo, se eu tivesse caído e me machucado, eu iria te mandar a conta do hospital.

[ ]s

Curvo

Francoorp disse: 18 de maio de 2010 às 18:10 E farão isso com o F-18 SH e com o Gripen também… alias quem é que garante que não o farão, a Folha ou a Veja ??? Se formos partir para esta posição, poderíamos pôr neste balaio de gato (rsrsrsrs) o Rafale, o Typhoon, o KAI T-50, e creio quase que todos os outros aviões ou tecnologias avançadas neste planeta, usam tecnologia Norte-Americana em algum lugar, acho que apenas os Russos não e muuuito talvez os chineses, de resto ninguém mais !!! Ah e os chineses são muuuito amigos, querendo esconder… Read more »

ZE

Eu não estou nem aí para o Embargo.

A FAB não usa Aviões, Helicópteros de origem norte-americana.

O F-5 e seu motor (usamos esse vetor a décadas) não tem origem
norte-americana.

O motor, aviônicos do Super Tucano não têm origem norte-americana.

Os Black Hawk não têm origem norte-americana.

Etc etc etc.

Aliás, quem foi mesmo que embargou (os caças já haviam sido comprados e PAGOS) os Israelenses na Guerra dos 6 Dias ?

Quem foi que não entregou 10 barcos torpedeiros aos israelenses.

Resposta:

Começa com FRAN

Acaba com ÇA

[ ]s

Barca

Ze disse: “Pessoal, a União Europeia acabou de anunciar que fez um acordo com a América Central (eu disse central, e não do sul). Salvo engano os Francese…perdão, os nossos Parceiros Estratégicos, fazem parte da União Europeia. Bem, eles fizeram um acordo com a América Central. Zé disse; PARA QUE DIABOS SERVE ESSA TAL DE PARCERIA ESTRATÉGICA ENTRE O BRASIL E A FRANÇA ?????? 1ª Senhor Ze tudo o que foi acertado com a Marinha está sendo cumprido,um dos exemplos das suas inverdades que o senhor fala é o caso da marinha,provavelmente o senhor conhece alguma nação que vai nos… Read more »

ZE

Qual é mesmo o país que gosta de Embargar.

Qual é mesmo o país que tem um péssimo histórico de fornecimento de assistência técnica pós venda.

Qual é mesmo o país que tem um péssimo histórico de fornecimento de peças de reposição.

Os franceses cansam de criar problemas para a FAB.

Talvez seja por isso que a FAB não goste muito dos franceses.

Se não fosse pelo Governo Lula, e essa PARCERIA ESTRATÉGICA DE ARAQUE, eu duvido que os franceses iriam ganhar tudo como ganharam.

[ ]s

Francoorp

Certo que eu li bem a reportagem, veja na linha 10-12 o que esta escrito… e mesmo que não fosse ao Brasil, como esta na reportagem, quem garante que amanhã não seja conoso?? ” “Existe uma restrição dos americanos ao projeto do satélite (do Brasil) com a China, e por isso eles dificultam a venda de componentes ao Brasil”, diz César Ghizoni,” Depende do que é embargado, se um equipamento usa componente americano que nós podemos substituir com um nacional, pouco importa, mas no FX2 na proposta do F-18 e Gripen não é assim !! Os componentes que o Rafale… Read more »

Barca

Senhor Ze então vamos agora para um lado mais objetivo me mostre em dados esses seus argumentos,chega de disse e me disse,me mostra as fontes no qual o senhor se baseia?

Mate a cobra e mostre o pau!

Curvo

Barca disse: 18 de maio de 2010 às 18:28 Caro Barca e por acaso (não conheço a emprêsa) ela veio por conta do Plano Estratégico, ou por que viu chances de aplicar e recolher importantes recursos para si ? Tudo bem vivemos em uma economia globalizada, mas e quanto à liberalização do mercado de agribusiness Francês aos produtos brasileiros ? Nós liberamos a vinda deles para cá, abrimos o nosso setor deserviços (não somos muito bons nesse setor mesmo, não é? (não sabemos nem para impôr sanções para podermos nos desenvolver …), agora com o Agribusiness é diferente, temos tecnologia… Read more »

Barca

Agora esse tempo que o senhor perder em querer dar informações incompletas,faltando dados,e de pessímo nivel como aquela em que o senhor deu a descrição do que é um ATO ADMINISTRATIVO DISCRICIONARIO,no qual o senhor dizia que criada as regras o governo deveria seguir,um erro grotesco,tendo em vista que ato discricionario não se cria regras se decide pela conveniencia e oportunidade,e tem que se observar a forma do ato que é escrita e a finalidade tb. O senhor deveria se empenhar em procurar dados sobre o gripen ou F-18,CASO O SENHOR ESTEJA INTERESSADO EM OUTROS TEMAS QUE NÃO SEJA O… Read more »

ZE

Barca disse:

Eu NÃO estou falando da marinha, do exército, da aeronáutica.

Eu NÃO estou falando se os franceses são bonzinhos ou malvadinhos.

Eu ESTOU falando do Brasil e da França.

Eu ESTOU falando da PARCERIA ESTRATÉGICA firmada pelo Brasil e pela França.

A PARCERIA ESTRATÉGICA NÃO foi firmada com a marinha, exército, aeronáutica, comigo, com você, com os sem teto, com os sem terra, com os Marcianos, com os habitantes de Vênus.

Se você NÃO entendeu, leia de novo os meus posts.

[ ]s

ZE

De nada.

Volte sempre

[ ]s

Barca

Curvo me diz uma coisa quando vc leu ou ouviu o que o senhor zE DISSE SOBRE COOPERAÇÃO COMERCIAL,SABE QUEM É O MAIOR PARCEIRO COMERCIAL DO BRASIL,MUITOS PENSAM QUE É A CHINA AGORA,MAS É OS E.U.A,vc sabia que a Imbel vende a anos pistolas para o mercado americano,o que o senhor zé disse não tem nada haver,ele mistura manga com alho e diz que tudo isso faz parte do molho de tomate,esse exemplo que dei foi de um outro entendimento que o governo da frança teve com o brasil,como a alemanha tá tentando tb,não tem nada haver com o fx,se… Read more »

Brandalise

Hahaha! Ateh o Sarkozy jah aderia a campanha do “LuLiNhA LuLaO… anuncia o aviao!” 😀

Nao cantem vitoria ainda… nada acabou… logo logo vem o Governo Dillma, que se sapatear como o governo Lulla, promete mais 8 anos de discussoes e procrastinacao. ou seja, muito debate no blog, por um bom tempo.

Por isso que eu continuo na campanha nacional: “Dillma para os Dragoes da Independencia!”

Abs!

Barca

Eu li sim e acho que vc fugiu do tema e juntou alho com manga,e fica dizendo que tudo faz parte do molho,eu não vou descontruir cada um desses argumentos pois seria perda de tempo só o corrigi naquela do ato administrativo pois era de tamanho erro e inverdade,e seria prejudicial a quem lesse,não me leve a mal é apenas uma critica construtiva!

No mais um abraço!

ZE

PARCERIA ESTRATÉGICA ENTRE A REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL E A REPÚBLICA FRANCESA II – Cooperação econômica e comercial O Brasil e a França reiteram seu compromisso no sentido de ampliar e diversificar o comércio bilateral, de dinamizar os fluxos de investimentos e de intensificar o diálogo sobre os temas econômicos e comerciais bilaterais e internacionais. Pela última vez. Ninguém é obrigado a assinar PARCERIA ESTRATÉGICA coisa nenhuma. Eles não foram obrigados, mas ainda assim assinaram. O Brasil gastou Bilhões comprando submarinos e Helicópteros. Fizemos a nossa parte. Agora queremos que as barreiras agrícolas odiosas europeias capitaneadas pelos franceses caiam. Eles… Read more »

ZE

Vamos combrar o combinado !!!

http://www2.mre.gov.br/dai/b_fran_193.htm

[ ]s

Reportagens especiais

Fotos do sábado da XXVII Convenção Nacional de Plastimodelismo 2013, no PAMA-SP

Você está em São Paulo? Gosta de plastimodelismo e assuntos relacionados? Então não perca! Neste domingo, último dia, a...
- Advertisement -
- Advertisement -