domingo, junho 20, 2021

Gripen para o Brasil

Omã vai de Typhoon

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Typhoon - foto Eurofighter

O porta-voz do primeiro ministro Gordon Brown do Reino Unido informou ontem (2/4) que o sultanato de Omã está perto de fechar um acordo para a compra de caças Eurofighter Typhoon. Não foram dados maiores detalhes.

As conversas bilateriais tiveram início há três anos e a expectativa é da aquisição de 24 caças por um custo de aproximadamente 1,4 bilhão de libras esterlinas (perto de 2,3 bilhões de dólares).A empresa BAE Systems, uma das participantes do consórcio Eurofigter, recusou-se a comentar o anúncio.

Até o momento, além dos quatro países que compõem o consórcio (Reino Unido, Alemanha, Itália e Espanha), a Arábia Saudita e a Áustriatambém escolheram o caça. O total de encomendas chega perto de 700 unidades.

- Advertisement -

61 Comments

Subscribe
Notify of
guest
61 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Harry

Caro Rogerio

Faço das suas palavras as minhas “enquanto isso o Rafale, NADA ”

700 Unidades vendidas, uau

abs

Harry

Caros

É isso mesmo que estou lendo 24 caças Typhoon por um custo de aproximadamente de 2,3 bilhões de dólares.

Nossa!!!!!!!

vplemes

E tem gente querendo nos entubar 36 jacas voadoras encalhadas por quase 7 bilhões de dólares. A desculpa é da tal ToT, que no final das contas não vai dar em nada.

Cláudio

A final das contas, qual caça é melhor: Eurofighter ou o Rafale ???????

RenanZ

24 por 2,3 lá

36 por 10 aqui ??

Isso pq o Typhoon é nitidamente mais caro que qualquer um do F-X2,5

Ou tem um superfaturamento ai, ou
nós que não sabemos de nada. !!!

(IN) Fury

Em fevereiro de 2009, o presidente francês Nicolas Sarkozy ofereceu Rafales para Omã para substituir sua frota de Jaguars. Deu Typhoon! O Dassault Rafale perde mais uma.
De acordo com site oficial do Eurofighter (dezembro de 2009) mais de 200 já foram entregues. Os contratos totalizam 707. Com mais os de Omã total de 731. E pode aumentar muito ainda.

RAFAEL (RS)

vplemes disse: 3 de abril de 2010 às 22:58 E tem gente querendo nos entubar 36 jacas voadoras encalhadas por quase 7 bilhões de dólares. A desculpa é da tal ToT, que no final das contas não vai dar em nada. vplemes, concordo com vc, pelo visto seremos os únicos além dos franceses a operar essas ” jacas”, e o pior ainda estará por vir, quando o custo da manutenção, operação, etc ficar insuportável, (visto somente dois ou três países operando esse avião) simplesmente ele terá a produção descontinuada e teremos um vetor defasado e em vias de ser substituído… Read more »

Ilya Ehrenburg

Ficam vocês a chamar o Rafale de “jaca voadora” e outros adjetivos ardorosos, mas se esquecem, possivelmente de forma seletiva, que o caça gaulês enfrentou tanto o adorado Typhoon, quanto o Super Hornet, inúmeras vezes, e os obteve como perus voadores, nos seus visores. E não me venham com as barafundas de sempre sobre o combate hoje ser “BVR”, porque o jato dos franceses acabou por detectá-los antes, nos exercícios. Não chorem, é por demais, feio. Mas, como sei que as lágrimas vão rolar: Os Fóruns Defesa Brasil e Base Militar estão povoados destas imagens. Quanto aos valores, quem não… Read more »

Robson Br

Por esse valor até o autoCAD do Gripen é mais caro e olha que o autoCAD vem sem armamentos. Um dos motivos do Typhoon não vir para o Brasil foi o preço que é mais alto do que o Rafale. Tem meia notícia aí. Se dividir a produção esperada pelos 4 países do consórcio, percebe-se que nem os quatro tiveram tanto interesse pelo caça. Todos os quatro membros do consórcio tem outro caça. coincidentimente o F-35. Não acreditaram tanto nele. Ao contrário da França que está confiando somente no Rafale e olha que a produção esperada para as FFAA da… Read more »

Robson Br

Interessante como qualquer notícia aqui no Blog so serve para desqualificar o caça frances. Ninguem comenta que até a alemanha já está recusando esse caça e que cada país do consórcio individualmente vai adquirir menos caças que a frança no total….

Por que o blog não coloca a mesma quantidade de notícias dos tres e não de um. Foram poucas as vezes que resaltaram as qualidades de um.

Rafael

Typhoon e Rafale tem uma richa pior que Raptor e Pak-FA (futuro proximo), mas o que falta para o Rafale é um empurrãozinho, pois para a negociar TT, deve ser mais facil com a França, do que com o consorcio do Typhoon( Alemanha, Espanha, Inglaterra, Italia.

Mauricio R.

“…países exportadores de petróleo, que nadam em divisas, mas que não possuem base industrial alguma, fazem isto….”

Somente na Arábia Saudita há pelo menos 5.000 engenheiros e técnicos locais fazendo a manutenção de F-15, Tornado IDS e ADV, alem de Hawk e PC-9.
Será dessa base que sairá o pessoal que montará o Typhoon, vendido á RSAF.

Mauricio R.

Um dos motivos do Typhoon não vir para o Brasil foi o preço que é mais alto do que o Rafale. Tem meia notícia aí. Eu diria um quarto de noticia, pois p/ o que tem de encomendas o Typhoon teria de custar menos que o Rafale, que está bem desprovido de encomendas p/ diluir os custos. “Todos os quatro membros do consórcio tem outro caça. coincidentimente o F-35.” Alemanha e Espanha não fazem parte do programa F-35. “Ao contrário da França que está confiando somente no Rafale…” Não há mérito algum na decisão francesa, somente mostra a necessidade deles… Read more »

ramillies

Já que o Robson Br aparece estar chateado que ninguem comenta o facto que “até a alemanha já está recusando esse caça”, comento eu para dizer que meia verdade é o mesma que uma mentira. É certo e sabido que desde o fim da Guerra Fria, por razões financeiras e ideologicas, a Alemanha tem torcido o nariz a adqurir o Typhoon, atitude essa que causou um atraso de quase uma decada no programa. As razões que levam os Alemães a tentar diminuir o numero de Typhoons a comprar são politico-financeiras e nada têm a ver com as capacidades do avião… Read more »

ramillies

“Até o momento, além dos quatro países que compõem o consórcio (Reino Unido, Alemanha, Itália e Espanha), a Arábia Saudita.”

Poggio, o blog comeu o resto da frase. Os adminstradores não lhe devem estar a dar de comer o suficiente. 😉

Top Gun

O motivo do baixo preço é pq não envolve TOT.

Se comprassemos o Rafale sem TOT o preço seria similar a este…

vlw

Rodrigo

Como eu não me canso de repetir…

O Typhoon segundo eu vejo dos eXpecialistas de internet é inútil e muito inferior ao Rafale e muito mais caro.

Só que ele vende e o Rafale não….

Estranho né ? 😉

Então temos dois possíveis problemas:
1. O avião não é isso tudo que os franceses e eXpecialistas de internet falam;
2. Os franceses são péssimos fornecedores.

Como eu não sou radical, para mim é um misto dos dois.

HMS_TIRELESS

“Ficam vocês a chamar o Rafale de “jaca voadora” e outros adjetivos ardorosos, mas se esquecem, possivelmente de forma seletiva, que o caça gaulês enfrentou tanto o adorado Typhoon, quanto o Super Hornet, inúmeras vezes, e os obteve como perus voadores, nos seus visores. E não me venham com as barafundas de sempre sobre o combate hoje ser “BVR”, porque o jato dos franceses acabou por detectá-los antes, nos exercícios. Não chorem, é por demais, feio. Mas, como sei que as lágrimas vão rolar: Os Fóruns Defesa Brasil e Base Militar estão povoados destas imagens.” Como eu já disse em… Read more »

cledson

porque a FAB tem esse complexo de inferioridade e não podemos ter caça que todo mundo evoluido esta comprando. realmete meu amigo tem razão 700 contra 0 rafale

Cabral

Não é muuuuuuuuuuuuuito mais fácil participar do PAK FA T-50, que 5ª geração e stealth, do que gastar até 7 bilhões com uma porcaria obsoleta se comparado aos de 5ª?? Garanto que um T-50 destrói com facilidade um Rafale (o que que vai adiantar o “super-radar” se é stealth? Hã?) um Grippen, um Eurofighter e um SuperHornet com a mesma facilidade que um F-22 ou F-35.

Clésio Luiz

Como sempre, o nível de informação dos usuários desse blog é lamentável. A infantilidade impera e ao invés de procurar se instruir, ficam tentando “ownar” uns aos outros, comportamento típico de adolescentes. Eu digo isso porque a compra de outro vetor que não o Typhoon por um país que praticamente só opera equipamento de combate de origem britãnica, a décadas, é muito difícil de ocorrer. Fora que o valor, de aproximadamente 2,3 bilhões de dólares por 24 unidades, claramente não engloba uma grande quantidade de peças ou armamentos, levando em consideração o valor de outros contratos em outros países. Mas… Read more »

Ricardo

O Thypoon têm hoje 731 unidades contratadas por sete países. Áustria, Alemanha, Arábia Saudita, Espanha, Itália, Inglaterra e agora Omã. Apesar de ser um avião caro tem sido indiscutivelmente o avião europeu de maior sucesso comercial.

cledson

Clésio Luiz, antes de criticar alguem avalia voce mesmo qual grau de intrução qual é seu curriculo sobre aviação , qual o poder de saber a verdade acima dos outros, qual é sua de mudar aulguma decisão de alguama coisa, guando faço meus comentarios não tenho a intenção de ser a voz da verdade e sim concordar com a opinião ou discordar ,gosto da aviação voei por varios anos varios tipos de anv tenho varios amigos tanto na aviação comecial como na militar tanto da FAB quanto exercito, sinto muito em ver que respeitar a opinião dos outros é um… Read more »

ezeca

Clésio Luiz concordo até agora não saiu um dado sobre armamentos ou sequer treinamento dos pilotos. aparetemente tem gente com aquele velho pensamento de que so os outros e que são´´bons“ espertos e sabem fazer acordos militares O Brasil tem varios problemas e necessidades, mas apesar de tudo chegamos ao 8º mundo. nosso Fx-2 podem ser problematicos mas ao serem fechado teremos um vetor um aumento na capacitação tecnológica e armementos , mas devagar que outros, mas em uma evolução constante. o preço e alto porem e um pacote fechado sem TOT total mas necessaria para o desemvolvimento do país,… Read more »

Robson Br

cledson disse: “”700 x 000″” ??????? Vamos fazer as contas: 700/4+1*= 140 por compradores. (* Vendas fora do consórcio – o resto é so promessa e não tem nada assinado) Temos que levar em conta que não sabemos se todos os membros do consórcio vão ficar com todas as cotas. O único caça que ainda vende bem é o F16 e duvido que os EEUU vão permitir concorrência com ele) – O NG é 000 (nada fechado até agora e esta ofenciva desesperada em cima do brasil, pois nem seu governo quer. – O F-18 USN + 24 (austrália) –… Read more »

Harry

Caros

O único caça que ainda vende bem é o F-16 que por sinal é
MONOmotor

Abs

Rodrigo

Robson, eu não entendi esta… Como os americanos não vão permitir concorrência com o F16 ? Cadê os “independentes” franceses ? Os hiper-competentes e barateiros russos e franceses ? Se os franceses não conseguiram fazer do M2000 um sucesso de vendas no nível do F16, deve-se a incompetência política deles… Se os franceses não conseguiram fazer do M2000 com custos semelhantes ao do F16 em compra, operação e atualização é por incompetência técnica deles… Mesma coisa para os russos e chineses que conseguem abaixar o valor, mas não conseguem subir em qualidade. Os Hind´s estão aqui agora e teremos um… Read more »

Robson Br

Rodrigo disse: 4 de abril de 2010 às 12:40 Com o preço F-35 nas alturas e com muito tempo para ficar operacional + cumprir as entregas aos participantes e o F-22 não estar disponível para vanda, o que sobra: É simples: o F16 e F18. O F18 não é tão vendável por ser mais caro de adquirir e de manter e ser um caça a princípio mais pesado pelos componentes mecânicos navais. Também são poucos os países de dimensão continental como o proprio EEUU, Brasil… e não necessitam de tanta autonomia. O F-16 é mais barato, bastante testado, tem seus… Read more »

Mauricio R.

“…por um país que praticamente só opera equipamento de combate de origem britânica, a décadas, é muito difícil de ocorrer.” Se atualiza, a RAFO tb opera F-16C/D, entre outras aeronaves de procedência não britânica. “Temos que levar em conta que não sabemos se todos os membros do consórcio vão ficar com todas as cotas.” A França tb não está comprando tdos os Rafales que “prometeu” adquirir. O tranche 3A do Typhoon, é maior que a ultima encomenda de Rafales feita pelo governo francês. São 112 células contra, 60 células do ac francês. “O único caça que ainda vende bem é… Read more »

rober

Mauricio.R mais uma vez vc apresenta um comentário sem dados consistentes,vc diz segundo as suas palavras: “Então procura em outro lugar, pq a França está somente interessada em um otário p/ pagar por aquilo que eles mesmos já não podem. Lá tem somente montagem de kit, não tem nada de transferência de tecnologia e menos ainda parceria, é somente vassalagem. Aonde a França tem somente 180 aeronaves encomendadas , o Typhoon tem mais 200 em operação e contando em 6 paises, c/ mais 1 prestes a se juntar ao mais importante projeto militar europeu do inicio do século 21!!!” Segundo… Read more »

rober

HMS_TIRELESS isso que vc falou da mentira repetida mais de uma vez se aplica perfeitamente ao gripen autocad ng.
Afinal eles dizem que existe,mas na verdade existe um caça mandrake,um gripen com uns remendos,que eles dizem ser demonstrador,eu não considero aquilo demonstrador,demonstrador é u Sukkoi T-50,é um caça novo e que mostra o que vira pela frente,cara se a frança chegasse e falasse assim vamos desenvolver o Mirage 2000 ng,SERIA A MESCA COISA QUE O GRIPEN,o que tem de novo nada,apenas eletrocnica,um aumento do raio de alçance,vou o NG será um caça totalmente novo?

Mauricio R.

“Com o preço F-35 nas alturas e com muito tempo para ficar operacional +…” Mas a LRIP do F-35 já está em curso, as aeronaves já estão sendo fabricadas e de mais a mais, o Lighting II é uma aeronave de 5ª geração, portanto acima do Rafale. “O gripenNG é da mesma categoria so que não esta operacional, o radar não esta pronto, o armamento……etc.” E o radar AESA do Rafale??? Está operacional em serviço de esquadrão ??? Não!!! Armamento??? Mas o Rafale voa armamento de outro país??? TB não!!! Voa somente armamento francês!!! Pague a módica conta, se vc… Read more »

blue shark

perfeito o comentário do amigo Clésio Luís.

O nível dos comentários aqui do blog anda muito baixo…

Mauricio R.

“…apresente dados,pois fica parecedo coisa de mulher que fica falando da vida dos outros,tipo,fulano falou isso e beltrano falou aqui,ai a coisa se espalha,pra vc defender uma opinão dessas vc tem que ter embasamento.”

“…o Typhoon foi eliminado do FX-2 pelo preço,se não houver transferencia de tecnologia ele está caro daria quase 100 milhoes de dolares,contra 55 mi de um F-15,65 MI de um rafale e 50 do gripen.”

Então, kd o embasamento de suas afirmações???

No mais, os fatos são de que o Rafale perdeu mais uma concorrência.

rober

Mauricio.R eu errei era o F-18,apertei a tecla 5 em vez da 8,mas vamos ao seu argumento,dos armamentos! A França vai dar acesso aos software do sistema de armas do rafale,caso vc não saiba isso consta nas exigencias do FX-2,em posso disso vc pode armar o Rafale até com o sabre de luz do Darth Vader,a única coisa que os franceses não vão dar acesso e tb não foi questionada e não interessa ao governo são os códigos do sistema de ataque com armas nucleares que o rafale f-3 pode fazer,sim o rafale f-3 tem a capaciade de ataque nuclear,o… Read more »

Fabiano

O EUROFIGHTER também equipa a Força-Aérea da Áustria!

Mauricio R.

“O nível dos comentários aqui do blog anda muito baixo…”

Ajude a melhora-lo então, mas não faça como o seu parafraseado, que incorreu em um erro ao afirmar que Oman somente opera aeronaves britânicas.

rober

TÁ aqui um resumo pra vc do que eu disse,não gastei 3 minutos,só que é bem resumida,mas vc pode procurar outra melhor melhor,essa diz de forma rápida,mas dá uma procurada melhor que vc vai achar ela completa.

http://portalfs9.blogspot.com/2009/12/alphasim-eurofighter-typhoon.html

vassili

Galera,

Pelo valor do contrato, (2,3 bilhões de dólares), devemos presumir que o armamento para ser usado nos caças será negociado depois. Afinal, a nota não fala nada à respeito, nem do armamento, nem do “pós venda”, e isso costuma ser quase tão caro quanto a compra em si dos vetores.

Lembremsse: no FX-2, o valor é muito superior pq a FAB quer incluído o “pós venda” para toda a vida operacional do vetor na FAB.

Além é claro, a ToT, pois nenhuma nação no mundo vai transferir tecnologia para outra de graça.

abraços.

Mauricio R.

“A França vai dar acesso aos software do sistema de armas do rafale,caso vc não saiba isso consta nas exigencias do FX-2,…” Em matéria aqui do blog, o próprio Merialdo criou inúmeros empecilhos “técnicos” p/ que isso aconteça. Vai pesquisar que vc acha. “…a única coisa que os franceses não vão dar acesso e tb não foi questionada e não interessa ao governo são os códigos do sistema de ataque com armas nucleares que o rafale f-3 pode fazer,sim o rafale f-3 tem a capaciade de ataque nuclear,o F-18 precisa ser adaptado para tal,o rafale essa função é nativa do… Read more »

Rodrigo

Que eu saiba o Hornet e SH tem integradas todas as armas nucleares táticas americanas, coisas que para os franceses é o top da sua capacidade de ataque nuclear pelo ar…

Quem tem capacidade tem, quem finge ter é outro departamento..

Só este Governo para levar a sério a França.

Robson, continuo aguardando para entender o porque dos poderosos e independentes franceses não terem uma aeronave a ponto de concorrer com o F16…

Vou dar uma pista..

Será porque a França é uma potência de araque que não tem capacidade de manter mais de um vetor em produção ?

Clésio Luiz

@cledson Eu percebi que você levou isso para o lado pessoal. Como disse no meu post anterior, não tinha intenção em ofender ninguém. O meu desejo é ver nos comentários algo construtivo e não rixas por causa de preferências pessoais por determinado vetor ou país. Infelizmente essa tem sido a maneira com que a maior parte do pessoal posta aqui, maneira essa que em nada aumenta o nosso saber e é por isso que desejo que o pessoal procure pensar um pouco mais antes de sair postando infantilidades do tipo: “O Rafale é lixo” ou “nós só compramos sucata voadora”.… Read more »

rober

Mauricio.R aqui está na integra o que eu te falei,e cabe lembrar que é a palavra de um Ministro de Estado,que ratifica a palavra de um Chefe de Estado,agora vou esperar as suas,,mas acredito que não serão apresentadas,não por sua culpa mas pela proposta da Saab,leia com atenção e com a mente aberta e vc verá qual delas é a mais consistente,a da Saab ou da Dassult! Assessor militar de Sarkozy traz garantias do Rafale a Jobim O que inclui o pacote? Tudo. Armamentos, software, radares, inclusive algumas armas que a FAB já tem e que serão adaptadas. Além dos… Read more »

cledson

Clésio Luiz; Tudo bem,a minha opinião pessoal pelo que ja li e ouvi, que o f-18 e um ótmo caça com o melhor suporte tecnico desde manuais a peças de reposição e uma tradição que o americano e melhor em relação a atendimento e é o maior parceiro comercial em relação a aviação. O rafale é um otimo caça , mas é complicado a questão de manuntenção e suaporte tecnico comforme o que eu li neste blog escrito por um brigadeiro. O gripen ng tambem é um otimo caça esta em faze de dezemvolvimento, pelo que sei niguem ainda comprou,… Read more »

Mauricio R.

Não te devo nada Rober, vc não tem nada p/ me mostrar, mas tão somente matéria de jornal ,documento oficial, nada!!!
É somente teu papo-furado!!!

Alexandre

Lamentavel o nível dos membros desse blog.
Desisto de postar.

Harry

Caro Mauricio R. Revisemos (de novo) Almirante Edouard Guillaud, chefe do gabinete militar do presidente da França, Nicolas Sarkosy, esteve na segunda-feira, 21, em Brasília respondendo a questão: “Quantos aviões serão construídos aqui no Brasil? O que a França propôs foi que dos 36 aviões, os seis primeiros seriam fabricados e montados na França. Os 30 seguintes, peças fabricadas na França e montados no Brasil. E se a FAB decidir ir além disso, aos poucos tudo seria transferido para o Brasil. Isso é a manifestação prática de transferência de tecnologia.” Os trintas seguintes serão montados, montados eu li? Peças fabricadas… Read more »

vassili

Alexandre,

Desistir pq??????? apenas pq alguns dos comentaristas resolvem partir pra “quebra de braço”???????

é só ignorar……….

abraços.

Mauricio R.

Harry,

Imensamente grato pela sua didática explanação, mas fazer aos amantes do francês entenderem isso, é quase impossível.
No fim é o mesmo esquemão Helibrás, somente montagem de um kit CKD e nós brasileiros felizes, ajudamos a garantir centenas de empregos mto bem remunerados, lá na França.

HMS_TIRELESS

“Assessor militar de Sarkozy traz garantias do Rafale a Jobim

O que inclui o pacote?

Tudo. Armamentos, software, radares, inclusive algumas armas que a FAB já tem e que serão adaptadas. Além dos códigos-fonte, que permitem ao Brasil fazer um Rafale diferente.”

É para rir né? todomundo sabe que o Rafale vai utilizar armas, sensores e avionicos totalmente franceses. Assim vão cair por terra os trabalhos da aeroeletronica para desenvolver uma suíte de 5ª geração sem falar que fatalmente a FAB terá de abrir mão do LITENING, o melhor pod designador do mercado, e se contentar com o inferior Dâmocles.

Reportagens especiais

Fort Worth Alliance Air Show 2015 – F-22 Raptor

Um amigo uma vez me disse brincando que depois de assistir a uma demonstração do F-22 passou a acreditar...
- Advertisement -
- Advertisement -