sexta-feira, dezembro 2, 2022

Gripen para o Brasil

Romênia aprova compra de 24 caças F-16

Destaques

Alexandre Galante
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

F-16C Fighting Falcon

O Conselho Supremo de Defesa de Romênia aprovou a aquisição de 24 caças F-16 Fighting Falcon de segunda mão, para modernizar sua força aérea.

O custo do negócio está estimado entre US$ 900 e US$ 1,2 bilhão, de acordo com fontes que participaram das discussões entre o Ministério da Defesa Nacional Romeno e os EUA.

O Conselho aprovou a proposta de compra de 24 caças F-16C/D block 25 para substituir os MiG-21 Lancer. O documento ainda será discutido com o Parlamento. O ministro da Defesa romeno Gabriel Oprea disse que a decisão pelos F-16 foi facilitada pelo fato de que a Romênia está sem dinheiro para comprar novos caças.

Os F-16 foram oferecidos “de graça”, mas a Romênia terá de pagar o custo do treinamento dos pilotos, das equipes de manutenção, infraestrutura local nos aeródromos e as atualizações necessárias nos aviões. O treinamento dos pilotos está estimado em US$ 400 milhões e será feito nos EUA em 12 meses.

A Romênia é membro da OTAN desde 2004 e selecionou o F-16 numa disputa em que participavam o Boeing F-18E/F, o Dassault Rafale, o Saab Gripen e o Eurofighter.

SAIBA MAIS:

- Advertisement -

28 Comments

Subscribe
Notify of
guest

28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
EAFAL

Não entendi. Era uma disputa mas…..saiu “de graça”? Esses F16 estavam no deserto (AMARG)?

Alexandre Galante

Não, esses aviões provavelmente virão da Guarda Aérea Nacional.

latino

Mais uma que o rafale leva ferro .

Giordani RS

“Mais uma que o rafale leva ferro .”

O Rafaele levando ferro? Quem levou ferro foi a Romenia que comprou essas legítimas bombas voadoras…os gringos usaram até o osso e deram de graça, mas, os romenos terão de pagar um pequeno preço…hehehe…esses gringos são muito espertos mesmos…esses F-16´s com certeza tem restrições de G´s e daqui a uns anos, terão de passar por uma “pequena reforma” para continuarem voando…e quem fará a reforma? hehehehe…Negócio tri bom pra romenia…aham…hehehehe…nem argentino faria isso…

Clésio Luiz

400 milhões por treinamento? E eles vieram de graça…

Carlos Ivan

Pois é, pois é… Por que será que os romenos não quiseram o Gripen ??? Afinal, a SAAB vende “dois caças pelo preço de um” …

“Mais uma que o rafale leva ferro .”
Os 3 levaram ferro:”selecionou o F-16 numa disputa em que participavam o Boeing F-18E/F, o Dassault Rafale, o Saab Gripen”, mas ficou mais feio pro cacinha “baratinho” da SAAB, que tem uma manutenção que é uma “pechincha”…
“A Romênia é membro da OTAN”… Nem os membros da OTAN querem o Gripen…

Ivan

Giordani RS em 25 mar, 2010 às 8:19 Amigo, Vc tem alguma informação acerca do estado de conservação dos F-16 que estão sendo cedidos à Romênia? Sabe quantas horas de vôo eles tem ou quantros ciclos já realizaram? Sabe qual é a reforma proposta para estas aeronaves doadas? Bem, eu não sei. Contudo há duas coisas que eu sei e todos sabemos. 1º) O F-16 FightFalcon é uma excelente aeronave, em todas as versões tem seu valor, mesmo as antigas block 15. Eu adoraria receber uma doação para a FAB de 2 (duas) ou 3 (três) dúzias destes block 25,… Read more »

emerson

Chamo a atenção para a versão block 25 dos F16, produzidos no fim da década de 80. Ou seja, estão com 20 anos de uso, praticamente no limite para uma modernização de meia-vida, o que elevará consideravelmente os custos de aquisição. Considerando que o Peru esta modernizando seus Mirage2000 por dez milhões de dolares cada (preço similar ao que a MB pagará para a Embraer para modernizar os A4) podemos usar esse valor como estimativa, ou seja, ainda vão ter que colocar mais 250 milhões de dolares daqui a pouco para a L.M. atualizar o equipamento. Torço para que o… Read more »

Latino

400 milhões por treinamento? E eles vieram de graça

Concordo com o amigo ,longe de mim disser que o rafale é um caça ruim ,pelo contrario otimo vetor que ja mostrou seu desempenho ate contra os f-22 .

O que chamo de ferro realmente é seu preço proibitivo para quase todas as forças aereas do mundo nenos (BRASIL) .

Ivan

Carlos Ivan em 25 mar, 2010 às 8:42 Calos ‘Xará’, Por favor amigo, procure verificar quais os países próximos da Romênia que usam Gripen C/D. Além do mais, até onde eu sei, a Suécia (fabricante do Gripen) não faz parte da OTAN. De qualquer forma a opção romena e polonesa pelos F-16 faz muito sentido, considerando que o possível aliado em uma situação de risco regional seria os EUA, este sim membro da OTAN. Quanto a distratar o Rafale eu concordo com vc, é um abuso. Todos os finalistas do F-X2 perderam esta, inclusive outra aeronave que teria um grande… Read more »

Ricardo_Recife

A escolha da Romênia foi uma mistura de internacional mais restrições orçamentárias. O governo romeno é um aliado incondicional dos EUA na Europa oriental, nem de longe passou pela cabeça deles escolher qualquer outro vetor que não fosse “made in USA”. O F-18 é muito caro para o bolso de Bucareste. O Gripen poderia ser uma opção pelo custo de aquisição e manutenção, mas, não vem com o carimbo de Washington. O Rafale somente a França e Brasil querem é muito caro de comprar e deixar voando. No final das contas o pacote saiu por um preço muito bom para… Read more »

Nick

Tem alguma coisa errada nessa fonte, é US$1.2 Bilhão ou US400 milhões o custo de aquisição dos caças???

US$1.2 Bilhão por 24 caças de F-16C B25??? Isso seria US$50 milhões cada um… mesmo modernizados ainda seria caro para um caça de segunda mão.

US$400 milhões para treinamento????? mesmo treinando Mecanicos/Pilotos/Infraestrutura da Bases / atualização dos F-16 é caro.

[]’s

Raphael Barros

Pessimo negócio já que a grana é curta poderia adquirir os Gripens C que são melhores que F-16 de segunda mão.

Eu coloco minha mão no fogo se a Romênia não fosse da Otan eles estariam voando com 50 Su-30MKR neste momento quem mandou entrar no grupinho dos pitboys.

Alexandre Galante

Prezado Raphael, procure usar um e-mail válido e crie um avatar, pois não vamos aceitar mais e-mails fake. Comentários sem avatar e com e-mails fake irão para a lixeira.

Ivan

Ricardo_Recife em 25 mar, 2010 às 9:09

Ricardo,

Gostaria de lhe enviar um e-mail.
Vc tem como receber meu e-mail de forma privada?
Talvez com ajuda dos editores? Quem sabe?

Abç,
Ivan, do Recife.

Christiano

Se não estou enganado a Romênia sempre usou aviões da ‘mãe Russia’,esses vetores vão substituir,aeronaves Mig 21,segundo as notícias internacionais.E o viper usado ou não sempre vai ser um caça perigoso.

Gutex

“O ministro da Defesa romeno Gabriel Oprea disse que a decisão pelos F-16 foi facilitada pelo fato de que a Romênia está sem dinheiro para comprar novos caças.”

Ou seja, ninguem saiu como perdedor dessa disputa. Que mania de tudo desvirtuar para FX-2… Eles simplesmente estao “comprando” o que da para comprar. Ao contrario de certos paises que dao o passo maior doque a perna…

robertobozzo

Carlos Ivan em 25 mar, 2010 às 8:42 Por mais barato que seja o Gripen, os F16 foram “de graça”, mais barato que isso… ainda assim, como o Nick colocou acima, vai sair US$ 50 milhões cada para treinamento de pilotos e técnicos, infraestrutura e atualização dos caças…”Os F-16 foram oferecidos de graça, mas a Romênia terá de pagar o custo do treinamento dos pilotos, das equipes de manutenção, infraestrutura local nos aeródromos e as atualizações necessárias nos aviões. O treinamento dos pilotos está estimado em US$ 400 milhões e será feito nos EUA em 12 meses.” Fora o financiamento… Read more »

emerson

Uma coisa que não ficou clara é sobre os armamentos que o F16 usará. Pode ser que boa parte do bilhão de dólares seja empregada na compra dos armamentos homologados parar o block25. Considerando que hoje a Romênia tem Mig´s em sua força, será que conseguirão usar o armamento estocado nos F16? OU vão ter que montar um arsenal totalmente novo?

realmente, manter uma força aérea é coisa para gente grande … e rica.

Alexandre Galante

Bingo, vão ter que comprar tudo novo.

Gutex

Creio que nao irao precisar de comprar tudo novo nao. Os Mig-21 LanceR operados pela Romenia foram atualizados em Israel, e estao homologados para diversos armamentos ocidentais como AIM-9 e Python-3. Possuem avionica Israelense.
Juntamente com os Bison Indianos, provavelmente são os Migs 21 mais “modernos” em operaçao…hehe

Madvad

senão me engano, os Mig21 Lancer, são modernizações dos 21, e até onde sei, muito mais modernos em aviônica e sistemas que um Falcon Block 25.

Ivan

Alexandre Galante em 25 mar, 2010 às 11:57 Galante, Sim vão ter que comprar tudo novo, mas de qualquer forma eles teriam de fazer isto, por várias razões, tais como: 1º – Armas tem prazo de validade, mísseis e bombas tem prazo de validade do próprio produto, além da questão da obsolescência. Um míssel SideWinder AIM-9B, ‘ainda na caixa’, estará obsoleto e com prazo vencido. 2º – Se estivessem ainda alinhados com a Rússia iriam voar no futuro MiG-35 ou Su-30, com aviônicos, turbinas e armas diferentes, ou seja, compra tudo novo. 3º – Com o novo alinhamento da Romênica… Read more »

Top Gun

Se fossem F-16 Block 60 eu apoiaria…mas Block 25 já era, nem o MLU resolve.

Sobre os falcons serem boas aeronaves, isso é indiscutível! Eu gostaria mto que no Fx-2, os F-16E fossem os vencedores(sonho)..

🙁

emerson

Será que a compra dos F16 foi motivada por desgaste nos MIG´s ou pelo custo da hora de vôo? Sabemos que, ao menos, o F16 tem um custo de manutenção baixo, e talvez o problema da Romênia seja manter os MIG´s voando. Assim, não creio que manterão os MIG operacionais, no máximo na reserva. Eles estão mudando de 49 Mig-21 para 24 F16, praticamente cortando dois esquadrões, provavelmente porque não conseguem manter os 4 esquadrões de MIG´s operacionais, o que deixa evidente a baixa disponibilidade desse equipamento nos dias de hoje. Posso estar errado, mas me parece que a disponibilidade… Read more »

Wolfpack

Quando o negócio é custo, ninguém bate os F16… e falo mais, quando foi que os Americanos ofereceram alguma coisa de graça para o Brasil??????????? principalmente caças, não M113 do Vietnan.
Ao invvés disso viram os F5E apodrecendo na FAB e nada fizeram…
Tio Sam agora quer vender F18E/F para a FAB, brincadeira…

Vader

Essa notícia está muito, mas muuuuuito estranha: US$ 400 milhões por treinamento????? Quantos pilotos a Romênia tem, 10 mil? Senhores, admitindo que eles tenham três pilotos para cada aeronave adquirida (72), isso dá US$ 5,5 milhões para cada piloto ser treinado! Um absurdo para quem aceita aeronave de graça! Como eu disse em outro comentário, romenos não são conhecidos como o povo necessariamente mais “honesto” da Europa. O preço pode estar enormemente superfaturado. Agora, se nos lembrarmos que a Romênia é cogitada como peça essencial do “escudo antimíssil” americano a ser montado na Europa Oriental, (na verdade uma proteção disfarçada… Read more »

bulldog

Agora me pergunto… o Rafale do Brasil não está num bom preço?

Pq US$50 mi + treinamento e mais armas novas por cada F-16 Blk 25 usado…

Últimas Notícias

VÍDEO: Documentário ‘Highway’ sobre operações aéreas em rodopista na Tchecoslováquia, em 1980

O documentário "Highway" foi filmado pelo Checoslovak Army Film no outono de 1980 durante um exercício militar entre os...
Parceiro

LAAD 2023

- Advertisement -
- Advertisement -