Home Indústria Aeroespacial T-50 Golden Eagle e M-346 Master no Singapure AirShow 2010

T-50 Golden Eagle e M-346 Master no Singapure AirShow 2010

544
7

M-346 Singapore_AirShow - foto alenia aermacchi

Em Cingapura, os dois treinadores a jato concorrem para um contrato de 10 a 14 aeronaves

Acima, foto do treinador a jato italiano M-346 Master no Singapure AirShow 2010 (foto Alenia Aermacchi). Logo abaixo, vídeo do treinador a jato sul-coreano KAI T-50 em apresentação no mesmo evento – a descrição do vídeo informa que a gravação foi feita na fase em que a exposição estava aberta ao público geral (dias 6 e 7 de fevereiro). Segundo a Reuters, no dia 4, quando a exposição estava restrita ao público profissional, uma apresentação do T-50 Golden Eagle foi interrompida na metade, devido ao piloto da aeronave ter ultrapassado o limite mínimo de altitude de segurança sobre a plateia. Logo abaixo do vídeo do Golden Eagle, pode-se ver outro com apresentação do M-346 Master, também no Singapure AirShow.

Segundo o site Flightglobal, após perder a concorrência para 48 treinadores a jato dos Emirados Árabes Unidos para o M-346, a KAI e seu parceiro Lockheed Martin têm voltado seus esforços de venda do T-50 para outros países do Oriente Médio, como Catar, Oman, Arábia Saudita e Iraque.

Mas, segundo o site Defense News, a concorrência dos Emirados pode ter uma reviravolta: enquanto as conversações com a Aermacchi / Finmeccanica teriam atingido um impasse, devido a componentes incluídos ou não no contrato de 1,4 bilhão de dólares, discussões teriam sido reabertas com a KAI. Pode ser, contudo, um meio de pressionar o fabricante italiano. Devido a essa reabertura, os sul-coreanos teriam chegado ao Singapure AirShow com uma disposição renovada para continuar enfrentando seus rivais italianos, que vem se configurando como seus principais concorrentes nesse segmento.

Para contrabalançar a foto do M-346 do alto da matéria, abaixo colocamos um vídeo promocional do KAI T-50, com algumas belas cenas aéreas. Falando em promoção, vale lembrar que o jato sul-coreano vem frequentando páginas de anúncios na mídia impressa especializada brasileira, indicando uma aposta da empresa numa possível compra, no futuro, de jatos de treinamento pela FAB.

VEJA MAIS:

7
Deixe um comentário

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
NunãovassiliWolfpackIvanRobson Br Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Cristiano Gr
Visitante
Cristiano Gr

Se a FAB tiver que comprar aviões de treinamento, que sejam AMX. É brasileiro.

Robson Br
Visitante
Robson Br

O FA/TA-50 é mais caça que treinador, inclusive a KAI poderia estar oferecendo na condição de caça lift, mas parece que a LM está barrando e não permitiu a utilização de radares mais modernos no mesmo. Com a linha do F-16 ainda aberta e os custos de desenvolvimento já diluidos, o F-16 ficará imbatível nesta categoria de caça. Este é o risco de fazer um caça para exportação com tantos componentes de um pais que é concorrente. Quanto aos treinadores, dificilmente o M346 perderá uma concorrência, pois já nasceu derivado de outro grande treinador e seus custos são menores. Taí… Read more »

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Robson,

Isto é HI/LOW Mix também!

Ivan.

Ivan
Visitante
Member
Ivan

Minha posição, todos sabem, é que a FAB (e quem sabe a MB) vão precisar de um LIFT mais cedo ou mais tarde. Seria uma aeronave para complementar o treinamento no AT-29 Super Tucano, dando ao jovem caçador alguma experiência em jatos com desempenho moderno com segurança (instrutor acompanhando) e custo razoável. Este mesmo LIFT poderá ter (é minha expectativa) uma versão monoposto para desenpenhar o papel de caça leve, ataque e CAS (Close Air Suport – Apoio Aéreo Aproximado). Minha preferência sempre foi pelo italiano M-346 Master, que pode ter uma versão de caça, já trabalhada pela Yakovlev nos… Read more »

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Monoreator KAI T50 versus Bireator M-346 Master?????
LIFT. Se observarem estes aviões, seu perfil lembra de outro LIFT que concorre ao FX2 😛
Acredito que a FAB mereça melhor sorte.

vassili
Visitante
vassili

Ambos são excelentes vetores de treinamento. O pessoal acima confundiu o KAI T-50 Golden Eagle com o A-50. Devemos lembrar que o A-50 é superior ao T-50. abraços. mas como o MAKO não saiu do papel, eu aposto que o M-346 Master é o melhor candidato para aposentar o Xavante. Mas ao que parece, a FAB não pensa assim, pois mesmo sabendo que o -326 ja está nas últimas, ainda não tomou providências quanto à um substituto. Pelo jeito, o Pacau vai é de F-5M mesmo na função de conversão operacional…….. ou continua o paradigma atual: o tenente sai dos… Read more »