segunda-feira, agosto 2, 2021

Gripen para o Brasil

T-50 Golden Eagle e M-346 Master no Singapure AirShow 2010

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

M-346 Singapore_AirShow - foto alenia aermacchi

Em Cingapura, os dois treinadores a jato concorrem para um contrato de 10 a 14 aeronaves

Acima, foto do treinador a jato italiano M-346 Master no Singapure AirShow 2010 (foto Alenia Aermacchi). Logo abaixo, vídeo do treinador a jato sul-coreano KAI T-50 em apresentação no mesmo evento – a descrição do vídeo informa que a gravação foi feita na fase em que a exposição estava aberta ao público geral (dias 6 e 7 de fevereiro). Segundo a Reuters, no dia 4, quando a exposição estava restrita ao público profissional, uma apresentação do T-50 Golden Eagle foi interrompida na metade, devido ao piloto da aeronave ter ultrapassado o limite mínimo de altitude de segurança sobre a plateia. Logo abaixo do vídeo do Golden Eagle, pode-se ver outro com apresentação do M-346 Master, também no Singapure AirShow.

Segundo o site Flightglobal, após perder a concorrência para 48 treinadores a jato dos Emirados Árabes Unidos para o M-346, a KAI e seu parceiro Lockheed Martin têm voltado seus esforços de venda do T-50 para outros países do Oriente Médio, como Catar, Oman, Arábia Saudita e Iraque.

Mas, segundo o site Defense News, a concorrência dos Emirados pode ter uma reviravolta: enquanto as conversações com a Aermacchi / Finmeccanica teriam atingido um impasse, devido a componentes incluídos ou não no contrato de 1,4 bilhão de dólares, discussões teriam sido reabertas com a KAI. Pode ser, contudo, um meio de pressionar o fabricante italiano. Devido a essa reabertura, os sul-coreanos teriam chegado ao Singapure AirShow com uma disposição renovada para continuar enfrentando seus rivais italianos, que vem se configurando como seus principais concorrentes nesse segmento.

Para contrabalançar a foto do M-346 do alto da matéria, abaixo colocamos um vídeo promocional do KAI T-50, com algumas belas cenas aéreas. Falando em promoção, vale lembrar que o jato sul-coreano vem frequentando páginas de anúncios na mídia impressa especializada brasileira, indicando uma aposta da empresa numa possível compra, no futuro, de jatos de treinamento pela FAB.

VEJA MAIS:

- Advertisement -

7 Comments

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Cristiano Gr

Se a FAB tiver que comprar aviões de treinamento, que sejam AMX. É brasileiro.

Robson Br

O FA/TA-50 é mais caça que treinador, inclusive a KAI poderia estar oferecendo na condição de caça lift, mas parece que a LM está barrando e não permitiu a utilização de radares mais modernos no mesmo. Com a linha do F-16 ainda aberta e os custos de desenvolvimento já diluidos, o F-16 ficará imbatível nesta categoria de caça. Este é o risco de fazer um caça para exportação com tantos componentes de um pais que é concorrente. Quanto aos treinadores, dificilmente o M346 perderá uma concorrência, pois já nasceu derivado de outro grande treinador e seus custos são menores. Taí… Read more »

Ivan

Robson,

Isto é HI/LOW Mix também!

Ivan.

Ivan

Minha posição, todos sabem, é que a FAB (e quem sabe a MB) vão precisar de um LIFT mais cedo ou mais tarde. Seria uma aeronave para complementar o treinamento no AT-29 Super Tucano, dando ao jovem caçador alguma experiência em jatos com desempenho moderno com segurança (instrutor acompanhando) e custo razoável. Este mesmo LIFT poderá ter (é minha expectativa) uma versão monoposto para desenpenhar o papel de caça leve, ataque e CAS (Close Air Suport – Apoio Aéreo Aproximado). Minha preferência sempre foi pelo italiano M-346 Master, que pode ter uma versão de caça, já trabalhada pela Yakovlev nos… Read more »

Wolfpack

Monoreator KAI T50 versus Bireator M-346 Master?????
LIFT. Se observarem estes aviões, seu perfil lembra de outro LIFT que concorre ao FX2 😛
Acredito que a FAB mereça melhor sorte.

vassili

Ambos são excelentes vetores de treinamento. O pessoal acima confundiu o KAI T-50 Golden Eagle com o A-50. Devemos lembrar que o A-50 é superior ao T-50. abraços. mas como o MAKO não saiu do papel, eu aposto que o M-346 Master é o melhor candidato para aposentar o Xavante. Mas ao que parece, a FAB não pensa assim, pois mesmo sabendo que o -326 ja está nas últimas, ainda não tomou providências quanto à um substituto. Pelo jeito, o Pacau vai é de F-5M mesmo na função de conversão operacional…….. ou continua o paradigma atual: o tenente sai dos… Read more »

Últimas Notícias

Pilotos russos usaram receptores GPS feitos nos EUA durante missões de combate na Síria

Pilotos militares russos usaram receptores comerciais GPS de navegação por satélite durante suas operações de combate na Síria, de...
- Advertisement -
- Advertisement -