sexta-feira, maio 14, 2021

Gripen para o Brasil

Sarkozy chega ao Brasil para tratar de meio ambiente

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

F-X2 não está na pauta oficial, mas deve ser tratado

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, chega hoje ao Brasil para sua terceira visita oficial em menos de 12 meses. O chefe de Estado, atendendo a convite feito por Luiz Inácio Lula da Silva em sua passagem por Paris, há 11 dias, vai participar da Cúpula dos Países Amazônicos. A França, que tem um de seus departamentos, a Guiana Francesa, na região amazônica, manifesta dois interesses centrais no evento: unir a região pela proposta franco-brasileira para a 15ª Conferência do Clima (COP15) das Nações Unidas e obter apoio para a criação da Organização Mundial do Meio Ambiente (OMMA), já defendida pelo Brasil.

A venda dos aviões de caça Rafale, da Dassault, que concorrem na licitação FX-2, do Ministério da Defesa, não é um tema previsto na agenda pelo Palácio do Eliseu – embora o assunto deva ser evocado em conversas laterais dos dois presidentes.

A assessoria política de Sarkozy trata a nova visita do presidente, dois meses e meio após o 7 de Setembro, em Brasília, como parte dos esforços diplomáticos por um acordo climático em dezembro. O principal encontro da cúpula, que envolverá os líderes políticos, está marcado para as 15h de hoje. “Nós encaramos como um evento de preparação para a COP 15, estritamente sobre a questão ambiental”, assegurou à reportagem uma fonte diplomática do Palácio do Eliseu.

A França e o Brasil tentam atrair o apoio dos demais chefes de Estado da região – são convidados os presidentes da Venezuela, da Colômbia, do Peru, da Bolívia, do Equador, da Guiana e do Suriname – ao acordo bilateral selado em 14 de novembro, em Paris, em torno de um documento de intenções que os dois países levarão a Copenhague. Além disso, Sarkozy e Lula tentarão envolver os demais latino-americanos na proposta de criação da OMMA. “Esta organização seria o meio mais fácil de nos certificarmos da aplicação dos futuros acordos de Copenhague, além de reorganizar a governança mundial de questões climáticas”, defendeu o representante da presidência francesa.

Após a reunião de Manaus, Lula e Sarkozy partem a Trinidad y Tobago, onde serão os convidados de honra do primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, para a Cúpula do Commonwealth. A reunião envolverá 53 países, entre os quais Inglaterra, Austrália e Índia, pesos pesados das negociações de Copenhague. Também nessa reunião, o tema dominante será a COP 15 Com França e Grã-Bretanha à frente, a União Europeia tenta mobilizar os grandes emergentes – como a Índia – e países em desenvolvimento para pressionar os Estados Unidos e a China.

FONTE: Tribuna do Norte/Agência Estado

- Advertisement -

9 Comments

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
RodrigoMF

Daqui a pouco o Sarkozy vem aqui até em inauguração de praça.

Thierry

the truth on COST PER AICRAFT PER YEAR
= http://www.pro-kampfflugzeuge.ch/f/kosten-f.php

Ivan

Thierry,

I don’t speak english very well,
my mother help me in french.
But speak deutsch??? No way… He he he.

Ivan.

flaviodepaula

ixi maria, aqui em Manaus?? É por isso que a cidade amanheceu hoje coberta de fumaça e eu não sabia…

flaviodepaula

Pois é né….o Sarkozy veio aqui 3 vezes só este ano…E o Obama???

Quem ta mais interessado na cooperação com o Brasil???

Ah não, foi mal, já sei….Ele veio acertar como vai ser a distribuição da grana para a eleição.

puts, e eu achava que ele vinha tratar de interesses em comum.

Thierry

Ivan

en français: http://www.pro-kampfflugzeuge.ch/f/kosten-f.php

you can also load free software like Google translate on your computer .And then everytime needed, use it to translate the page…
Sds

casag

O último parágrafo é bem interessante. Pelo jeito não se trata apenas de negócios militares.
De Manaus os dois partem para Trinidad onde serão recebidos como convidados de honra pelo primeiro ministro inglês durante reunião dos países da Commonwealth.

Presentes Índia e Australia entre os 53 países da reunião.
Um dos objetivos é afinar o discurso para poder se contrapor a uma pretensa nova ordem ditadas por EUA e China.

Coisa mais importante que os “aviãozinhuns”.

ZE

ZE em 26 nov, 2009 às 12:43 Uma matéria para “animar” os que pensam que os Emirados vão comprar os Rafale. “O fundo de investimento Dubai World, gerido pelo governo de Dubai(um dos 7 Emirados), requisitou a seus credores um prazo de seis meses para pagar dívidas na casa de US$ 59 bilhões adquiridas em função da forte expansão dos investimentos. A companhia pretende pagar o montante devido até maio de 2010, revela o comunicado emitido nesta quinta-feira (26). O pedido também se estende à sua subsidiária Nakheel, especializada no setor imobiliário. Os analistas acreditam que o vizinho Abu Dhabi… Read more »

RodrigoMF

Para quem acredita na fantasia da FAB querer o Rafale:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u658343.shtml

Reportagens especiais

Visita ao National Naval Aviation Museum – última parte

Na última parte da reportagem da nossa visita ao National Naval Aviation Museum, publicamos as fotos do pavilhão que abriga...
- Advertisement -
- Advertisement -