Home Sistemas de Armas Jobim reafirma preferência por Rafale

Jobim reafirma preferência por Rafale

160
158

rafale-por-do-sol-rafale_internacional

vinheta-clippingO ministro da Defesa, Nelson Jobim, reafirmou a preferência do Brasil pela compra dos 36 caças franceses Rafale. “A preferência é do presidente Lula, tendo em vista nossa parceria estratégica com a França e a afirmação do presidente Nicolas Sarkozy sobre a transferência irrestrita de tecnologia”, afirmou.

No entanto, ele manifestou preocupação se a Dassault, empresa fabricante do caça, vai aceitar a condição brasileira para a compra. “A fabricante é privada e as ações do governo francês são preferenciais sem direito a voto. É necessário saber se a proposta da Força Aérea Brasileira (FAB), que exige transferência irrestrita de tecnologia, será aprovada”, disse Jobim.

A preocupação do ministro causou surpresa. Em setembro, o almirante Edouard Guillaud, chefe do gabinete militar do presidente francês, esteve em Brasília, em companhia do vice-presidente da Dassault, para trazer a garantia de transferência de tecnologia “completa, sem restrição e sem limite”.

A última fase da licitação do projeto chamado de F-X2, com participação direta das empresas que disputam a venda de 36 caças de alta tecnologia para o Brasil, foi encerrada no início deste mês, com a apresentação das propostas finais, todas ampliadas, ao Comando da Aeronáutica. Além da francesa Dassault, participam a norte-americana Boeing, que oferece o F-18, e a sueca Saab, com o Gripen NG.

FONTE: estadao.com.br

LEIA TAMBÉM:

158
Deixe um comentário

avatar
158 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
55 Comment authors
antonioR_CordeiroWalfredoErich HartmannWalderson Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Christiano
Visitante
Christiano

Dois especialistas em aviação de combate:Lula e Jobim.Quem deve decidir qual melhor vetor é a FAB.Não esses amadores!!

Leandro
Visitante
Leandro

Infelizmente como tudo no Brasil, os aspectos técnicos são levados em consideração apenas em último caso… Não sei o por quê da FAB avaliar os concorrentes se a decisão já está tomada é apenas perda de tempo e dinheiro.

Colt
Visitante

A tecnologia que ela irá repassar é de ontem. As novas tecnologias, de amanhã, estão no Neuron e nos projetos da Thales e Snecma e todas as empresas que investem em P&D. É o que o BR precisa fazer, encomendar projetos e pesquisas para as empresas, não somente produtos prontos. A encomenda de P&D cria conhecimento e knowhow que depois, cumulativamente, permitem a obtenção de produtos. Isso permite uma continuidade nas empresas, seja de mão-de-obra, de investimento em projetos ou da sua própria manutenção. A parceria com a França e a incorporação do Rafale e de suas tecnologias dever ser… Read more »

FN
Visitante

O Brasil avalia os concorrentes por que além de uma parceria também procura um avião capaz de realizar suas tarefas, se o Rafale for incapaz nem essa parceria vai trazê-lo prá cá.

Tanus
Visitante
Tanus

A FAB não vai ter que mudar nem sequer o simbolo da sua Radio, que ta parecendo mais um Rafale do que um Mirage:
http://www.fab.mil.br/portal/radio_fab/ao_vivo/exemplo1/index.php

Jorge
Visitante
Jorge

No país das Olimpíadas onde o governo vai investir, até 2016, mais de 100 bilhões de reais (que farra hein !?) este “advogado” e o presidente “Mula”, quer dizer Lula, que “entendem” tudo de aviação de combate, estão beijando os pés do Sarkozy (um verdadeiro 171) com a popularidade baixíssima em seu país. Creio que estejam recebendo uma comissão prá isso, por essa teimosia, passando por cima dos verdadeiros especialistas do assunto a FAB e seus valorosos pilotos. É lamentável, chega a dar vergonha de ser brasileiro. Como já foi publicado aquí no Poder Aéreo, determinados componentes que fazem parte… Read more »

jochen
Visitante
jochen

decisão politica para comprar caças?, o lula e o jobim logo vão embora e a FAB que vai se ferrar com os aviões parados nos hangares , e com o rafale só será 36 , mais que isso a FAB quebra.

joao terba
Visitante
joao terba

Eu nunca ví duas criatura falar tanta besteira Lula e o Jobin,
abraço.

ronaldo
Visitante
ronaldo

Jorge em 11 out, 2009 às 22:06

não cai no papo da boeing meu amigo, aquela conversa dele se cerca lorenço não engana ninguem, dizer que a transferencia não pode ser irrestrita por causa que usa tecnologias de outros paises, ora, o papel, bussola, polvara, são invensões chinesas, nem por isso pedimos permissão pra eles para fazerem tal coisa, um chip da intel q por ventura tenha num rafale basta comprar em qualquer esquina, agora a avionica principal que realmente faz a diferença em podem passar pra quem quiserem, claro que tecnologias muito sensiveis vão ter restrições.

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Tanus, Que radio legal… valeu pela dica. O Delta fica bem como ícone da Radio FAB. Se tivessemos o mesmo entendimento com os Estados Unidos do que temos com a França, talvez estaríamos falando na aquisição dos Super Hornet, ou mesmo dos Lightning F35, mas o big brother sempre nos olha como um país de bananas, mas somos tão diferentes assim dos seus parceiros: Coréia do Sul, Egito, Israel, Austrália, Canadá, Polônia, Noruega, Paquistão, Iraque, Jordânia, Itália, Espanha, Japão? Claro que economicamente falando estamos bem atrás de alguns destes ai, mas somos a maior nação da América Latina. Em terras… Read more »

Harry
Visitante
Harry

Caros

O Sarkozy prometeuu o que não tinha, afinal a empresa é privada,
achou que o caxeiro viajante não tinha reparado neste detalhe, He He,

Agora com o favoritismo vai fazer o que? perder a venda?

Se a Dassault não aceitar a tal da transferencia irrestrita
tem o governo frances para mante-lá, mas para Sarkozy a derrota seria intragavel politica e economicamente.

A conversa entre governo em empresa francesa deve tar bem salgada,

Enquanto isso esse tal de favoritismo vai rendendo bom caldo, é uma paulada matando tres coelhos.

Abs

Marcelo
Visitante
Marcelo

Rádio legal mesmo.

Roberto
Visitante
Roberto

Caro Jorge, tenho em mente que estes mesmos valorosos pilotos e mais de 60 especialistas é que colocaram o Rafale no short list, portanto o habilitaram para a função de possível novo caça brasileiro, ao mesmo tempo que colocaram o Super Hornet e o Gripen.

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

FATO: não há garantias legais da TT francesa. E o governo francês não detém poder para dá-la. HIPÓTESE: Se o Jobim está “preocupado” é porque a proposta da Dassault não forneceu garantia legal alguma, leia-se: pode até prometer a tal “transferência irrestrita” (de resto uma bobice inventada pelo Jobim), mas não irá colocar isso no papel, no contrato final. Vai ficar “de boca”! CONCLUSÃO: creio que o próprio Jobim está chegando à conclusão de que não vale a pena arriscar no caça mais caro de todos, sem garantia REAL (ou seja: contratual) de TT. Ou seja: cada vez mais fica… Read more »

fullcrum
Visitante
fullcrum

…uma hora é uma coisa,depois outra,num to entendendo mais nada, desisto, quando sair vencedor vejo aki no blog…

F35 ja
Visitante
F35 ja

É rediculo esses dois,com certeza como de costume,como bons politicos brasileiros que são estão levando um por fora,e venhamos esse aviãozinho é ridiculo,gostaria de ver os dados sobre as batalhas que ele ja participou,assim como os franceses ele não passa muita confiança.

Aviãozinho
Visitante
Aviãozinho

É por essas e outras é que as empresas especializadas em equipamento bélico, em que o próprio país compra suas armas, deveria ter ações suficiente para mandar nela ou pelo menos dar sua opinião. Como a Embraer, que mesmo privada, PERTENCE indiscutivelmente o Brasil. E se é do Brasil, ninguém tasca hapá! Mas parece que a França quer ter empresas independentes. Fazer o que. Mas pior para eles. Aguardem meus amiguinhos, uma hora o Titio San vai comprar algumas empresas bélicas privadas de outros países para expandir as suas, se prepare Dassault e SAAB, é melhor o Brasil que os… Read more »

Seal
Visitante
Seal

Até parece que é o Jobim e o Lula que vão pilotar os caças?
Nenhum país vai fazer TT 100%!! Esses caras estão delirando!
Terminam logo esse FX-2!!!

sds.

kaleu
Visitante
kaleu

Sem novidades … a mesma ladainha … os franceses não transferem PO**A NENHUMA … é o mais caro … aliás MUITO mais caro … sem noção … a França resolveu fazer “parceria estratégica” com todo mundo que possa comprar algum produto frances … é concorrente da Embraer … gera empregos “somente” lá … Pra quem acredita em “acordo estrategico com a França” a e transferencia total de tecnologia, ai vai um artigo publicado no Le Monde onde a França coloca o Brasil na mesma posicao do Kazaquistao, India e Egito :

http://www.lemonde.fr/international/article/2009/10/06/la-france-veut-faire-du-kazakhstan-un-allie-strategique-en-asie-centrale_1249731_3210.html

Será esse o “parceiro estratégico” que queremos ?

abc
kaleu

Aviãozinho
Visitante
Aviãozinho

Só uma coisinha amigos, a quem pertence esse Blog???
É que queria dar umas dicas, tipo mudar esses caças antigos, que tal para os dos anos 80? Esses dos anos 80 eram os melhores!

kaleu
Visitante
kaleu

Essa matéria do LE MONDE poderia ser traduzida e postada aqui no poder aéreo …

abc
kaleu

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

kaleu em 12 out, 2009 às 0:03

Então! Vamos compra ações da Dassault, assim se ela vacilar, a gente ferra também, e ainda acabamos com ela, sacanagem x sacanagem. COmpramos ela de vez e fazemos os Rafales aqui e os chamaremos de Canário EMB-001.

Temos que aprender a ser gulosos como a Índia, CHina, EUA.

Se é para jogar, jogemos também!

Carlos Augusto
Visitante
Carlos Augusto

A verdade é que já deu Rafale neste FX-2, o resto é blá,blá.

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

PARTE 1 (1) Nicolas Sarkozy defendeu, durante uma visita relâmpago a Astana, a nova capital do Cazaquistão para a arquitetura exuberante fora do estepe em 1997, o seu apoio para a presidência da OSCE exercício deste país em 2010. Esta é a primeira vez que um membro da Comunidade dos Estados Independentes (CEI, ex-URSS) da cadeira. O Chefe de Estado do Cazaquistão, Nursultan Nazarbaev, tem seus membros reúnem-se em Astana, pela primeira vez desde 1999. A OSCE tinha ainda consideradas as eleições presidenciais e legislativas no país não cumprir as normas democráticas, porque as chances de baixa, dada a oposição.… Read more »

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

O interesse do Cazaquistão para a França é basicamente geoestratégica. Ele quer fazer seu aliado especial na Ásia Central, como o Brasil na América Latina, em África, Egito, Índia e Ásia. Durante a guerra do Afeganistão, a França também quer garantir o aprovisionamento e de trânsito dos três mil soldados franceses implantado naquele país. Ela assinou para o efeito um acordo. CONTORNAR A RÚSSIA Paris quer ser capaz de contornar a Rússia para o fornecimento de hidrocarbonetos. Total e Suez e GDF formalizou a sua participação na exploração do campo de gás Khvalinskoye a um bilhão de euros. Cazaquistão escolheu… Read more »

Harry
Visitante
Harry

Caros

Os Franceses colocaram sobre suas cabeças a espada de Dâmocles
quando o governo prometeu o TT Irrestrito quando dependia da
Dassault.

Esqueceu de perquntar o que ela acha de repassar sua tecnologia mais refinada para uma concorrente a Embraer que com tão pouco ultrapassou a Bombardier.
Fico imaginando o estrago que não faria a Embraer com tais conhecimentos às mãos.

Pensando em uma relação de compra e venda: se o preço for baixado é por que o Kit não vem tão completo como tão falando.

Abs

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

Errei.
A parte 1 é o decima, o de baixo é a parte 2

cleuber
Visitante
cleuber

Não entendo, os brasileiros realmente não sabem o que falam!O presidente Lula e o Nelson Jobim estão fazendo o que nunca na história do Brasil foi feito.O caça Rafale não tenho a menor dúvida que é a melhor opção para o Brasil.Não acho a escolha do Rafale se for confirmada uma escolha de “amadores” o Rafale é um caça testado em combate que vai incorporar grandes avanços na versão F3 como o radar AESA e principalmente ainda vai entrar na ativa na força aérea francesa ao contrario o F-18 sh que não é um caça puro de superioridade aérea e… Read more »

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

Harry em 12 out, 2009 às 0:23

Quem vai pirar a cabeça vai ser a Boeing e a Airbus com a Embraer, se ela por as mão nesse pote de mel.
E como você disse, com tão pouco, hoje, jé a 3ª maior empresa aeronaltica do mundo. Emagine se nós detivermos o conhecimento dos caças??????

Bruno Rocha
Visitante
Bruno Rocha

cleuber em 12 out, 2009 às 0:26

tá por fora amigo! você perdeu o filme!

Mauricio R.
Visitante
Mauricio R.

“cleuber em 12 out, 2009 às 0:26

tá por fora amigo! você perdeu o filme!”(2)

É…tá chegando a hora de realmente decidir, de encarar e bater o martelo, mas nada do pleiteado está garantido, aliás não por falta de se saber como os franceses operam.

cleuber
Visitante
cleuber

Não perdi filme algum não amigo! Tem muita gente viajando na maionese aqui.Essa questão levantada pelo ministro Nelson Jobim é um mero artifício para tirar de foco a vitória certa do Rafale e para abocanhar mais alguma vantagem.Esse blábláblá de conjecturas da estratégia francesa não interessa ao Brasil, ao Brasil interessa possuir um vetor de alto desempenho que atenda realmente as necessidades brasileiras e forneça sólidas bases tecnológicas para o Brasil e nesse caso o Rafale é o melhor.E volto a afirmar que a França é quem dita as regras no final das contas na Dassault.Não podemos só pensar na… Read more »

Harry
Visitante
Harry

Caro cleuber

Sobre a performance técnica do Rafale já tenho lido a tempo com o professor Hornet.

“Acho que essa questão da Dassault tranferir ou não a tecnologia é irrelevante”
O que voce diz vai contra a ideia que norteia o projeto FX-2.

Se o governo brasileiro exige esclarecimento sobre o que é irrestrito, voce acha que é só bla!bla!bla!.

Me diga como se pode exigir algum que se tem garantido?

ABS

Hornet
Visitante
Hornet

A maneira como foi montada a matéria do Estadão não foi boa. Ela deixou de fora partes importantes da fala do Jobim, que ajudaria a entender melhor o que ele falou de fato. Que, aliás, é o que ele vem falando desde o início do FX2: sem TT, nada feito. Aqui tem uma matéria um pouco mais bem elaborada: “Quem restringir tecnologia está fora, diz Jobim sobre caça da Sucursal do Rio DEFESA O Brasil vai excluir do processo de compra de caças para a FAB (Força Aérea Brasileira) quem não assegurar a transferência irrestrita de tecnologia, afirmou ontem no… Read more »

Hornet
Visitante
Hornet

O pessoal da grande imprensa é um saco…eles “picotam” a informação, não dão a informação de maneira correta, reelaboram a seu bel prazer a entrevista e depois a gente tem que ficar “caçando” na internet o que o entrevistado falou de verdade. Aqui tem mais um complemento do que o Jobim disse (só vou citar o fim da matéria, com o dado novo): “As ações que o governo francês tem na Dassault são preferenciais, sem direito a voto. Portanto, tem que saber se a Dassault, nas propostas que fizeram à FAB, e que estão sendo examinadas, estão trazendo ou não… Read more »

Almeida
Visitante
Almeida

Embraer-Saab Gripen NG Brasil: “O primeiro caça supersônico produzido no hemisfério sul”!

Almeida
Visitante
Almeida

“cleuber em 12 out, 2009 às 0:26

tá por fora amigo! você perdeu o filme!” (3)

Se atualiza aqui: http://www.aereo.jor.br/?p=14441&cpage=1#comment-60193

mane
Visitante
mane

Parece que pousou em Brasília um recado do Tio Sam. Tio Sam sabe de tudo. Ele sabe que a coisa está difícil para ele, principalmente agora que está claro que ele vai terminar em segundo lugar no campeonato da COPAC. Tio Sam mandou avisar que ele aceita perder para quem chegou em primeiro, porque é do jogo. Tio Sam mandou avisar que não aceita é perder para quem chegou atrás dele. Em um campeonato lá atrás no passado, Tio Sam ganhou em campo mas tentaram levar no tapetão. Tio Sam ameaçou dizer quem estava recebendo o quanto e de quem,… Read more »

catraca
Visitante

Mais uma vez……..salvando o tópico/materia Mister Hornet……hAahaHahaa…….e deixe os vira latas, o que seria do mundo sem eles.
Fora isso, como ultra leigo me preocupa essa conversa do custo pra colocar essa aeronave no ar…….avião no chão ( pra uma força aérea )não vale nada, o negócio é lá encima, o resto é tecnologia sem aplicação.

cleuber
Visitante
cleuber

Caro Harry, não é a transferência de tecnologia que é irrelevante e sim o fato da Dassault querer ou não transferir a tecnologia.O estado francês tem o total domínio dessa questão.A Dassault passa por um momento crítico onde o seu produto top line o Rafale não vence nenhuma concorrência internacional.A Dassault precisa de novos clientes e parceiros com urgência sob pena de num médio prazo ter sua linha de montagem parada.Quantos caças serão produzidos para a França na versão F3???Garanto que não serão suficientes para manter a linha de produção desse caça ativa!!O Brasil se encaixa exatamente nesse sentido para… Read more »

Felipe Cps
Visitante
Felipe Cps

mane em 12 out, 2009 às 7:37:

Hahahahaha… Já sabemos quem é que chegou “em primeiro” e quem chegou “em segundo”… E quem é que chegou “em terceiro” mas tende a levar porque vai encher a carteira de muito de nossos políticos…

Tomara que Titio Samuel ainda tenha vontade de ter alguma voz no mundo… Confesso que Titio Samuel tem me deixado desapontado esses últimos tempos, com sua leniência em alguns assuntos… Mas é assim mesmo, até o tal Hussein dizer a que veio, se é qu eveio, e se é que vai ficar, rsrs… 🙂

Abs.

FN
Visitante

cleuber

Eu vou se o único a elogia seus textos, acho que essa criticas do sobre o Rafale são exagero de viúvas choronas, apaixonadas por uma ilusão.

Leiam os comentários sábios de: Hornet que fala com a razão e não com o coração, fatos e não suposições.

Tem gente que merece elogios e tem gente não que merece…

Lol
Visitante
Lol

Presidente MULA fazendo discurso após a compra de caças franceses:

Meusf queridosf companheirosf e companheirasf, numca na história deste pais, nós gastamosf dinheiro á toa com caças que nem podem voar mas vozf digo, nós também iremosf desviar uma verbinha do PAC, END, olimpíadasf e copa para meus companheiros senadoresf poderem tomar uma pinga. Povo idiota.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

O Rafale é o mais avançado avião de combate da atualidade! Você compra um e vem de brinde dependendo do pacote:
1. Um Mirage 2000D no Pacote Super Luxo;
2. Um Super Etendard na versão simples.

Para iluminar os alvos para você!

O “testado” em combate Rafale, só voa assim no Afeganistão porque o POD que tentam nos vender até hoje não conseguiram fazer funcionar com ele.

Gunter
Visitante
Gunter

Pela leitura de comentários, percebo que muitos aqui formam convicções sobre a qualidade de um determinado vetor, lendo artigos e reportatagens PAGAS que nas ultimas semanas tem pipocado com mais frequencia na grande mídia. O rafale na minha opinião, baseado na leitura de várias fontes, é a melhor opção técnica, dos 3 finalistas o caça mais moderno, com maior capacidade de combate, cito aqui como opção de leitura a análise do Sr. Carlos Emlio, um grande conhecedor do assunto: (http://aircombatcb.blogspot.com/2006/06/dassault-aviation-rafale-o-sucessor.html). Mesmo com toda a problemática da TT, ainda assim, acho como melhor 2ª opção, o F-18 SH. O Gripen NG… Read more »

Marino
Visitante
Marino

Calma rapaziada, tem mais gente integrando a Gerência de projetos do programa FX 2, do que participantes ativos neste blog, temos muitas postagens, mas o número de blogueiros assiduos é pequeno.
Por isso, creio que os 60 fabianos, sabem conduzir melhor seus trabalhos do que nós aqui de fora.
Avião que não servisse, teria sido descartado.

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Gripen NG, isso é uma piada. Conseguimos a mesma performance com o F5EM. Deixa pra lá este FX2 e cancele de uma vez esta concorrência. Quando este avião de papel foi testado em combate? mesmo sua versão anterior? O aviãozinho lego vai sair caro para o Brasil, ainda mais que apresenta grande tecnologia americana no seu desenho. Os Suecos da SAAB são integradores, pegam componentes e montam. Alguém sabe me dizer qual o raio de ação deste avião de papel com full load? Por sinal qual a capacidade máxima de armas deste monoreator? Olha é melhor um avião capaz no… Read more »

Marino
Visitante
Marino

Caros administradores do blog, minha manifestação acima, não tem o menor intuito de diminuir a abrangência ou seriedade do blog, mas apenas salientar que o pessoal da FAB sabe o que faz.

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Cleuber, A SAAB vive um momento espetácular de vendas e vencendo concorrências em todos os cantos do Mundo??????????? A Volvo Cars, assim como a SAAB divisão de automóveis já foram vendidas, a Volvo Trucks é praticamente da Renault Trucks, assim como a SAAB Scania está nas mão da VW-MAN. Você acha que a saúde da SAAB Aero é tão boa assim? Estão vendendo a janta pra comprar o almoço. Por favor, se informe, a SAAB está emprestando aparelhos na forma de leasing para os paisinhos do tamanho do Uruguai. E ainda querem este vetor vigiando nosso espaço aéreo. Isso é… Read more »

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

O papo da SAAB, viu FAB compre este projeto e nós montamos juntos, montamos até no seu quintal, com todas as garantias, desenvolvemos em 4 anos todo um complexo militar de fornecimento no próprio país. Parace os mercadores dos tempos das Arábias, papo de Ali Babá.
Em 4 anos desejam entregar um avião que não existe, e construído com componentes Brasileiro. Quanto tempo levou parqa sair do papel o AMX com a Aermacchi?
Pode escrever ai, se sair o Gripen NG, a FAB estará operando em 2014 somente Mirage 2000 e F5EM.