Home Aviação Comercial Greve de fornecedor pode atrasar entregas da Embraer

Greve de fornecedor pode atrasar entregas da Embraer

92
6

Três empresas do ramo aeronáutico – Sobraer, Sopeçaero e Pesola – fornecedoras da Empresa Brasileira de Aeronáutica (Embraer), em São José dos Campos, estão paralisadas, após decisão dos trabalhadores em assembleia unificada, realizada na manhã de sexta-feira. Os grevistas querem que as negociações salariais do setor sejam em setembro e exigem o pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). As empresas, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos, se negam a pagar o benefício e não demonstram disposição em negociar. No ano passado, a média paga foi de R$ 2,3 mil.

FONTE: estadao.com.br

NOTA DO BLOG: Todas as três empresas listadas acima fazem parte do grupo SONACA, com sede na Bélgica que fornece componentes aeronáuticos para as principais companhias que produzem avião no mundo incluindo Airbus, Bombardier, Dassault, Gulfstream, Lockheed Martim e Raytheon.

O título original da matéria do “Estadão” era: ‘Três fornecedoras da Embraer param’. Discordamos do título, pois trata-se de empresas controladas por um único grupo e localizadas no mesmo endereço/espaço físico.

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bruno Rocha
Bruno Rocha
10 anos atrás

Dependência do mercado estrangeiro é assim.

ViniciusModolo
ViniciusModolo
10 anos atrás

Direito dos trabalhadores é garantido em lei.

Quero ver alguem aqui discordar disso. Vai falar o que? que tem que mandar embora, demitir, que é tudo vagabundo???

Palmas para esses caras, tem que lutar pelos seus direitos sim, não pode deixar essas MultiNacionacionais fazerem o que bem entendem.

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

Aí as vagas se mudam p/ a China PRC e o pessoal fica a ver navios…

RJ
RJ
10 anos atrás

Por que será que as negociações com o SindiAeroespacial caminhavam sem precisar de greve?

O Sindicato dos Metalúrgicos deveria estar aberto a negociações, e não só a embates.

Enquanto ficar trocando de sindicato, os trabalhadores sempre ficarão às moscas, tendo as negociações interrompidas ou os embates cancelados, até a próxima mudança de sindicato.

Vinicius Modolo
Vinicius Modolo
10 anos atrás

Então Mauricio vc é a favor de deixar como esta para manter o emprego?
Tenho certeza de que se estão fazendo greve é pq chegou a esse ponto.
Não pensem que somos os únicos a tirar a conclusão de que a greve prejudica os trabalhadores, eles também sabem disso, não são burros…

Mauricio R.
Mauricio R.
10 anos atrás

Vinicius,

É mto pouco motivo p/ se arriscar em uma greve e por um sindicato que aprecia adotar o confronto, somente p/ se passar por atuante.
Lembre-se que é o mesmo pessoal que exigia a re-estatização da Embraer, qndo das 4200 demissões, e foi derrotado na Justiça do Trabalho qnto a legalidade das mesmas.