terça-feira, agosto 3, 2021

Gripen para o Brasil

Voa primeiro Mi-35M da FAB

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

mi-35fab_primeiro_voo-foto-voo-tatico

O site “Voo Tático” informou que o primeiro voo de um Mi-35M da FAB ocorreu no último dia 22 de agosto

“O FAB 8951 realizou o voo na fábrica de Rostov com uma tripulação russa, como parte do processo de recebimento da aeronave. Nesta ocasião estavam presentes o Brig Saito, comandante da FAB e Boris Slyusar, Diretor-Geral da Rostvertol PLC.”

Obviamente, a aeronave ainda não está com sua pintura final.

Fotos: Rostvertol PLC

Veja outras fotos no site “Voo Tático”

LEIA TAMBÉM:

- Advertisement -

47 Comments

Subscribe
Notify of
guest
47 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Rafael

fala galera.. legal a FAB ter adquirido helicópteros de ataque, com certeza vão ser muito bem vindo.. além de imporem respeito aos vizinhos.. qts a FAB comprou, são doze mesmo? Valeu.
Abraço

Andre de POA

sou um fã dos velhos e bons huey mas não da para negar que é um belo eqpto. Os pilotos devem estar ansiosos.

Marcelo Tadeu

CARACA!!!! Com esta confusão do F-X2 eu tinha em esquecido dos MI-35, legal!!!

Os P-3AM tb começam a ser entregues em Dezembro. Os urubus de plantão vão ficar tiriricas!!!

SxMarcos

Pessoal.
Um usuário no site do Voo Tático comentou se estes aviões não seriam mais importantes para o exército do que para a FAB.
O que vocês acham?
Achou eu que, em outros países, quem utiliza este tipo de equipamento é o próprio exército.

Excel

É estranho ver esses helicópteros no Brasil quando a única referência que eu tinha deles eram os filmes do Rambo, onde apareciam sempre do lado dos “bandidos” lutando contra os “heróis” norte-americanos.
Vai demorar um pouco para mim dissociar a imagem de “máquina do mal” destes aparelhos na minha cabeça.

Andre de POA

Colegas, olhando melhor as fotos no “voo tático” me pareceu que o “artilheiro” tem um ventilador para “arejar” é isso? Se for imagina no sol ardente da amazônia uma missão mais demorada e a tripulação vai ficar “bem passada”!! Agora falando sério parece um ventilador mesmo..

eduardo

Eu só acho estranho a FAB operar esse tipo de aparelho. Em todos os países respeitáveis militarmente a operação de helicópteros de ataque é de responsabilidade do exército, uma vez que essas aeronaves servem exatamente para prover apoio às forças em terra. A criação de armas aéreas nos exércitos deriva exatamente da necessidade de integração umbilical entre as operações terrestres e as aeronaves de transporte tático e apoio aproximado.
Não conheço nenhum caso em que essas aeronaves sejam operadas pela força aérea.

Clésio Luiz

Nos filmes do Rambo era um Puma disfarçado. Ficou bem feita a maquiagem.

Tem outro país que opera helis de ataque com pela força aérea. Eu lembro de ter lido em algum lugar.

sonic wings

SxMarcos e Eduardo, estes helis estão nos planos do EB, conforme já comentado aqui no blog. A ideia é que a FAB use estes equipamentos na fronteira brasileira fazendo papel de interceptaçao de aeronaves clandestinas de narcotraficantes, onde é necessário fazer a interceptação e ainda pousar logo atrás dos bandidos para efetuar prisão. O exercito provavelmente está aguardando pelo resultado dos primeiros vôos da FAB, Afinal é a primeira vez que adiquirimos equipamentos deste nível da Russia tudo é novo. Aliás, havia muitas dúvidas em relação aos prazos de entrega destes equipamentos, se os russos manteriam o cronograma ou não.… Read more »

Caipira

Vão ficar baseados aqui “perto” de Vilhena (uns 700km, em Porto Velho, hehehe)…
Ei Marcelo Tadeu, é verdade a urubuzada deve se morder, hahahaha
Dizem que se a FAB se adaptar bem aos helis e os russos não pisarem na bola com o pós venda existe a intenção do EB em adquirir mais unidades desse bicho….Me parece perfeito para operar no TO amazônico.

SxMarcos

Obrigado Sonic.
Esclareceu minha dúvida.
Está mais do que justificada a intenção da FAB a aquisição.

Caipira

Amigo sonic wings

Enquanto eu escrevia meu coment vc fez o seu mais rápido, hehehe

Colt

Muito bom. Que venham mais helicópteros de combate. Gostaria de ver uma maior padronização dos meios. Puma, SH-60, MI, acho que a logística seria mais eficaz e mais barata se houvesse uma padronização que poderia ser buscada no futuro, claro, sempre que possível. Por outro lado, é bom ver o Brasil investindo em Defesa. Sempre digo que investimento em Defesa é como Seguro de carro ou de casa, ninguém quer ter que usar, mas quer ter e fica satisfeito quando precisa e tem contratado. È bom sempre ter em mente que investimento em Defesa traz uma tranqüilidade quanto à manutenção… Read more »

Mauricio R.

Eta corzinha sugestiva…
Mas o mesmo, complementar as funções dos Terceiros, poderia ser executado c/ a versão “gunship” do Blackhawk, um helo que já é do inventário.
Infelizmente faltou um quem usa o que e aonde, antes desse frenesí de compras militares, afinal a padronização irrestrita é impossível devido as necessidades operacionais das diversas missões.

Primo

É Sonic, você está certo quanto a como estes helis vão ser utilizados, aliás de forma bem parecida como os EUA fazem na fronteira do México. Já até passou um documentário na National Geographic (ou foi Discoverer Channel?) onde são apresentados Blackhawks fazendo interceptação de aviões na fronteira do México. Quem viu o filme do Tucano interceptando o avião boliviano e dando tiros de advertência, pode perceber a deficiência na conclusão da missão, pois o Tucano teve que ficar circulando até que a PF chegasse (em um BH do esquadrão Harpia), por dois motivos: 1)Não tinha como pousar e concluir… Read more »

Marcelo Tadeu

Primo,

As FFAA não têm poder de polícia. Este helicóptero não será utilizado pra isso. Quem tem que prender é a Federal ou a PM, eles são avisados do local do pouso.

Sds,

COMANDANTE MELK

Senhores, só para refrescar a memoria dos colegas a principio o cronograma de recebimento das aeronaves russas era a seguinte: • 1º Lote (3 aeronaves) > agosto de 2009 • Simulador de vôo > novembro de 2009 • 2º Lote (3 aeronaves) > abril de 2010 • 3º Lote (3 aeronaves) > dezembro de 2010 • 4º Lote (3 aeronaves) > agosto de 2011 Agosto já foi e nada de chegar o primeiro lote, mas eu creio que até o fim do ano deverá começar a chegar os aparelhos. Creio que seria necessário a FAB ou o EB adquirir ao… Read more »

Paulo

Pra começo está excelênte!
Os prazos estão sendo cumpridos e as máquinas aparentemente cumprem o que prometem.
Espero que com o sucesso na parceria com os russos em helis de ataque o Exército também adquira umas 2 dezenas, mas do modelo Kamov Ka 50 ou do 52.
Esse sim é o bicho:
http://www.youtube.com/watch?v=ZoKkaOZVnD4

marujo

Quantos helicópteros MI – 35 o EB está adquirindo? Já li que são quatro, 12 e 16.Por que o negócio está cusntando ser anunciado? Falava-se no mês de agosto ou de setembro para o anúncio.

DV

Marcelo Tadeu,

Um dos projetos de lei preparados no âmbito da END tem justamente como objetivo dar poder de polícia à FAB e à MB (o MB já tem).

http://www.agenciabrasil.gov.br/noticias/2009/08/18/materia.2009-08-18.4895817949/view

Abs.

DV

Tomcat

“Excel em 25 set, 2009 às 10:32 ”

É estranho ver esses helicópteros no Brasil quando a única referência que eu tinha deles eram os filmes do Rambo, onde apareciam sempre do lado dos “bandidos” lutando contra os “heróis” norte-americanos.
Vai demorar um pouco para mim dissociar a imagem de “máquina do mal” destes aparelhos na minha cabeça.”

Hahaha! Excel, eu acho a mesma coisa!

[ ]’ s

Mauricio R.

Na falta de poder de Policia p/ as FFAA, embarca-se um grupo da PF e tá resolvído.

eduardo

Sonic,
Obrigado pelas informações. Se o helicóptero for utilizado para isso, suponho que a infantaria da aeronáutica vai ter mais trabalho agora.
Ainda bem que é uma solução para um problema específico, e não uma inovação doutrinária da FAB.

Harry

Caros

Meu sonho é que o Brasil compre mais unidades e possibilite a nacionalização não só da avionica mais uma gradual produção de peças que seria a cada lote fabricado no Brasil.

Esse projeto de helis com os franceses virou uma M…..garantimos o mercado brasileiro e Latino A. para eles, demos de graça.
Heliobras é deles agora.
Triste.

Mais ainda há esperança com essa bela nave.

Abs

Azul&branco

ARRRRRRRRRRRRRGHHHHHHHHH….chega dar urticária em olhar para esta imagem. Quem diria…a que ponto podemos chegar, ainda.

Francisco AMX

Tomcat e Excel, o heli que perseguia o Rambo era um puma carenado e com “asa” e cabide de foguetes… feito para parecer um Hind…

Viram como uma propaganda anti russa funciona?

No meu caso, nunca funcionou, sempre condenei os russos pela “maneira” de “serem” e “viverem”, mas nunca duvidei dos equipamentos deles, na verdade sempre achei que nossas FAs deveriam seguir o exemplo deles, equipamentos rústicos, baratos e eficientes, inspirados nos T-34…
eu preferia, para a FAB e o EB, Blackhawks armados de GAUs de 7,62… são eficientes, menores e rápidos…

Francisco AMX

continuando…
Estes “modelos” brutamontes tinham que ficar com o EB, certamente serão úteis, mas nas mãos certas!

Se era para usar como intercepatadores, a FAB tinha que comprar os SuperLinx, armados com stingers, e podendo levar 5 comandos! seria o Heli ideal para interceptar bimotores e monomotores de traficantes… o SuperLinx voa a 400Km/h…

Jonas Rafael

Se fosse pra padronizar um helo de ataque para as três forças o ideal seria o Super Cobra, que é preparado pra operar de PAs. Alguns deles cairiam bem pro CFN não acham? Mas dentro dessa necessidade específica o Hind foi uma boa solução. A versão Gunship do BH é bem mais cara, e se não me engano não é operada por ninguém…

walfredo

Já foi proposta a mudança na legislação para que as forças atuem com poder de polícia nas respectivas missões. A FAB poderá prender os ocupantes das aeronaves suspeitas e encaminhar para a Polícia Federal.

SxMarcos

Franciso.
Tamanho acho que é querer matar formiga com canhão.
O Sato foi bem esperto.
Antes da aposentadoria vai comprar tudo o que pode.
Mas tomara que o EB compra pelo menos 2 dúzias deste brinquedo.

Mauricio R.

O UAE deve ser o 1º cliente do gunship modelo de fábrica, a Colombia opera diversos AH-60L “Árpia”III.

sonic wings

O ponto mais importante para a aquisição destes helis, muito mais do que o equipamento em si, foi a abertura do mercado russo para a carne brasileira, parece piada mas foi bem essa a negociação: comprem nossas carnes e parem de frescura de medo da vaca louca que eu compro uns brinquedinhos que voam de vcs. By Mangabeira Unger.

Abs

Paulo Renato

Agora precisamos comprar uns Helis de transporte Mi171 / MI26T / MI17.
E alguns de Ataque MI28.
Seria tudo de bom para nossas Forças.

Abs.

Jotapecosta

Vou falar mais o que né? É bom demais ver nossas forças armadas com equipagem de ponta, ainda mais um helicóptero poderoso como esse. As pessoas falam tão mal dos armamentos russos e se esquecem que eles faziam (e ainda fazem) paralelo imediato com os americanos. Tomara que ainda possamos ter outras aeronaves russas em nosso inventário, pois sempre serão muito bem vindas.

Abraço.

Bruno Rocha

Para alguns que ainda duvidam, olhem um pouquinho e reflitam sobre as condições da Rússia

http://www.youtube.com/watch?v=ZKQGSLRHMrs&feature=related

Bruno Rocha

Vejam alguns de seus brinquedos

Bruno Rocha

Jotapecosta em 25 set, 2009 às 20:52 “paralelo imediato com os americanos” Pois é amigo, há quem diga que a guerra fria foi “conspiração política americana/soviética” e que tudo não passou de dominação da mídia para contribuir com isso. Por exemplo, o fato de “o primeiro homem ter ido ao espaço ser russo e o segundo ser americano”, dizem que ambos os países eram sócios na questão espacial e que a URSS só acabou por que os outros países participantes queriam mais liberdade política e independência comercial, algo que não tinham com os russos os controlando. Não acredito nisso, acho… Read more »

Jotapecosta

Sabe Bruno: Eu acho que a questão da guerra fria em certas ocasiões até se amenizava, e antes assim né? Naqueles tempos do Kennedy e do Khrushchov a coisa ficava feia e a guerra do Vietnã não aconteceu por acaso. O fato de citar que existe um paralelo entre os armamentos russos e americanos se refere especificamente à qualidade de cada um, no intuito do posterior sempre anular o anterior: O MIG-25 foi superado pelo F-15, que foi superado pelo Flanker, que veio ser superado pelo F-22 e possivelmente será pelo projeto do PAK 50. Não se trata apenas de… Read more »

rectat

Não querendo ser chato, mais esse helicoptero nunca apareceu em um fime do rambo, mais sim uma versão modificada do Super Puma, que tinha asas e armamentos similares ao do Hind.

Deêm uma olhada:
https://img178.imageshack.us/i/rambo2chopper6bl5.jpg/

Marco Antonio Lins

Srs

Ainda bem que estão chegando! Espero que o Rafale chegue logo
tambem.

Super Hornet

Olha, sobre a aeronave em sim todos sabem que ela tem fama de nao ter uma boa manobrabilidade, mas que ela tem cara de mal ela tem sim, parece que cumpre a missão.

A minha dúvida estãos nos sistemas embarcados e armas que ela irá usar! Será que usaremos somente o canhão? Teremos capacidade de mísseis anti-tanque? podermos lançar mísseis ar-ar pra autodefesa? Qual será a origem desses equipamentos?

Essas minhas dúvidas que ainda não vi nínguem discutindo….

André Castro

Aluguem sabe mais ou menos qual é o custo da hora de vôo deste helicóptero ?

Challenger

Pena que o trem de pouso seja fixo.

[…] Voa primeiro Mi-35M da FAB […]

Van Helsing

O trem de pouso do Mil Mi 35M, não é fixo, prestem a atenção nas primeiras fotos, tiradas dele já no hangar da fábrica, são retráteis. Sds…

Van Helsing

Belíssimo Helicóptero, sou fã do Mil mi, ele é muito agressivo, sem contar que já foi testado em combate váris vezes. Sds…

lukas cortez

e realmente incrivel! achava que o Brasil nao possui helicopteros de ataque e muito bacana receber uma surpressa dessas!

Últimas Notícias

Pilotos russos usaram receptores GPS feitos nos EUA durante missões de combate na Síria

Pilotos militares russos usaram receptores comerciais GPS de navegação por satélite durante suas operações de combate na Síria, de...
- Advertisement -
- Advertisement -