terça-feira, abril 20, 2021

Gripen para o Brasil

Curso de ITA para futuras tripulações de P-3AM

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

O 1º/7º GAv terminou no dia 29 de maio o curso de ITA (instrução técnica de aeronave) da aeronave P-3AM o qual teve duração de 4 meses e teve como objetivo proporcionar o conhecimento técnico necessário de todos os sistemas e limites da aeronave para proporcionar uma operação segura e eficiente da mesma.

O término do curso simbolizou para o Esquadrão Orungan o cumprimento de mais uma etapa no processo de capacitação técnica: o da irradiação dos conhecimentos adquiridos no exterior. O curso foi encerrado pelo Cel. Av. R/R Wagner Eustáquio de Araújo, Comandante do 1º/7º GAV no Período de 28 de Janeiro de 1986 à 28 de Janeiro de 1988. Concluíram o curso 14 alunos, sendo 12 oficiais e 2 graduados, que comporão as futuras tripulações operacionais.

O Esquadrão ORUNGAN, por meio do emprego da aeronave P-3AM, alcançará, em breve, uma posição de destaque operacional dentro da Força. As missões atribuídas revestir-se-ão de grande importância para a Força Aérea Brasileira, face à capacidade dos modernos sensores aeroembarcados e de equipamentos de alta tecnologia. Entretanto, associada à técnica e à tecnologia, o fator humano necessita ser incrementado e, principalmente, acompanhar as evoluções de sistemas até então não utilizados no âmbito da FAB.

Fonte: 1º/7º GAV

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
gaspar

onde os 08 P3BR ficarao baseados ????
alguma possibilidade de Fernando de Noronha vir a se tornar uma base apos tudo isso ??

Noel

Base Sérea de Salvador, BASV. Fernando de Noronha não se tornará Base, pois já tem sua infra-estrutura no limite, mas a FAB sempre manteve um destacamento lá, atualmente, um Destacamento de Controle do Espaço Aéreo, subordinado ao CINDACTA III.

Fábio Max

Os P3M ficarão baseados nas mesmas bases dos P95 Bandeirulha, nas mesmas proporções.

Aliás, os P95 serão modernizados à medida que os P3 entrarem em funcionamento.

Um completará o trabalho do outro.

Raimundo

E por falar nos futuros P-3MBR da FAB, que estão sendo modernizados na Espanha, ouvi dizer que os MADRILENHOS ESTÃO RINDO À TOA:

– Kaká-Kaká-Kaká-Kaká-Kaká-Kaká-Kaká!!!…

Sopa

Pq. tudo é da FAB ? Helis de ataque ao solo, pra FAB,deveria ser do exercito aeronave de patrulha marítima pra FAB deveria ser da Marinha.

Certo ou errado ??

sds.

Henrique Sousa

Talvez pelo orçamento Sopa.

Pedro Rocha

Olá senhores! Por que basear os P-3 no 1/7 (Salvador) e não no 4/7 (Rio) como era a intenção original na aquisição do P-3? Por que desativar o 4/7 deslocando seus membros para o 1/7? Eu tenho um palpite que cada dia que passa está se tornando fato verdadeiro sobre essas perguntas! Porém essas perguntas fazem parte da novela mexicana (ou espanhola) da aquisição dos P-3AM! Senhores nem tudo que o alto-comando faz é maravilhoso! É praxe o atual comando manter determinações do comando anterior, somente por respeito à continuidade (mesmo não concordando com essas determinações)! Mesmo respeitando a continuidade… Read more »

Fernando Gonzales

Uma pergunta para o bloguista e para os demais interessado. Quando vamos ficar sabendo a real capacidade dos P-3AM depois da modernização? Ja foi colocado no blog? Outra pergunta é: Será que os aviões fabricados pela Embraer, com sofisticados sistemas de detecção maritima de outras nacionalidades de confiança, não fariam o mesmo ou até melhores serviços do que estas carcaças velhas que o Brasil comprou? Estou apenas perguntando. Mesmo que a resposta seja o tal de custos, será que não valeria mais a pena, continuarmos a aplicar em aéronaves da Embraer, até mesmo pela geração de empregos, que desempenhariam funções… Read more »

Raimundo

Será que a Embraer (ERJ-145 —> P-99 e E-190 —> P-99 EL) tem capacidade e dinheiro para fazer o que
a Lockheed (Electra —> P-3 Orion) e
a Boeing (B-373 —> P-8 Poseidon) fizeram!!!
E será que a FAB pode esperar (todo esse tempo de pesquisa, projeto, desenvolvimento, construção e testes) por tais resultados ?????

P-99 EL -> EL=Extra Largo (mas pode ser também É LASTIMÁVEL!)

Fazer uma aeronave nova é complicado, mas adaptar uma já existente é muito mais difícil !!!!

Raimundo

Sr. Pedro Rocha, Em relação ao fato de a família de jatos da Embraer E-Jets terem um ótimo porão de bagagens, não acho que seja muito aconselhável atacar um navio de guerra lançando sobre ele malas com alça e rodinhas, pois o navio pode revidar com mísseis !!! (É uma piada, certo ?) Mas é fácil (!?!?!) adaptar uma aeronave para outra função que não a prevista anteriormente: comece experimentando abrir a porta do porão de bagagens dos E-Jets em pleno vôo para ver o que acontece ! Para não correr nenhum risco, aproveite que a porta do porão de… Read more »

Pedro Rocha

Senhor Raimundo como eu peso quase 140 kg faria um excelente estrago em qualquer alvo no qual eu fosse arremessado! Mesmo nessa improvisação os E-Jets da Embraer seriam muito mais eficientes que os P-3AM! Os aviões P-3 e P-8 são um desenvolvimento de aviões civis (Electra e 737) de onde seus compartimentos de armamentos derivaram dos compartimentos de carga (porão de carga) com uma abertura automática! Por sinal não existe nenhum problema para essas portas serem introduzidas nos E-Jets! Senhores o P-99 só não está ai pela simples falta crônica de recursos! Lembrando só temos os R-99 e E-99 graças… Read more »

Marco Antonio Lins

Sr. Qual o motivo que os espanhois estão rindo atoa dos P-3BM que estão sendo modernizados? Trata-se de boa plataforma, que muitos paises ainda usão.Somente acho que a Embraer poderia ter feito este trabalho junto com e Elbit.

gaspar

onde os 08 P3BR ficarao baseados ????
alguma possibilidade de Fernando de Noronha vir a se tornar uma base apos tudo isso ??

Noel

Base Sérea de Salvador, BASV. Fernando de Noronha não se tornará Base, pois já tem sua infra-estrutura no limite, mas a FAB sempre manteve um destacamento lá, atualmente, um Destacamento de Controle do Espaço Aéreo, subordinado ao CINDACTA III.

Fábio Max

Os P3M ficarão baseados nas mesmas bases dos P95 Bandeirulha, nas mesmas proporções.

Aliás, os P95 serão modernizados à medida que os P3 entrarem em funcionamento.

Um completará o trabalho do outro.

Raimundo

E por falar nos futuros P-3MBR da FAB, que estão sendo modernizados na Espanha, ouvi dizer que os MADRILENHOS ESTÃO RINDO À TOA:

– Kaká-Kaká-Kaká-Kaká-Kaká-Kaká-Kaká!!!…

Sopa

Pq. tudo é da FAB ? Helis de ataque ao solo, pra FAB,deveria ser do exercito aeronave de patrulha marítima pra FAB deveria ser da Marinha.

Certo ou errado ??

sds.

Henrique Sousa

Talvez pelo orçamento Sopa.

Pedro Rocha

Olá senhores! Por que basear os P-3 no 1/7 (Salvador) e não no 4/7 (Rio) como era a intenção original na aquisição do P-3? Por que desativar o 4/7 deslocando seus membros para o 1/7? Eu tenho um palpite que cada dia que passa está se tornando fato verdadeiro sobre essas perguntas! Porém essas perguntas fazem parte da novela mexicana (ou espanhola) da aquisição dos P-3AM! Senhores nem tudo que o alto-comando faz é maravilhoso! É praxe o atual comando manter determinações do comando anterior, somente por respeito à continuidade (mesmo não concordando com essas determinações)! Mesmo respeitando a continuidade… Read more »

Fernando Gonzales

Uma pergunta para o bloguista e para os demais interessado. Quando vamos ficar sabendo a real capacidade dos P-3AM depois da modernização? Ja foi colocado no blog? Outra pergunta é: Será que os aviões fabricados pela Embraer, com sofisticados sistemas de detecção maritima de outras nacionalidades de confiança, não fariam o mesmo ou até melhores serviços do que estas carcaças velhas que o Brasil comprou? Estou apenas perguntando. Mesmo que a resposta seja o tal de custos, será que não valeria mais a pena, continuarmos a aplicar em aéronaves da Embraer, até mesmo pela geração de empregos, que desempenhariam funções… Read more »

Raimundo

Será que a Embraer (ERJ-145 —> P-99 e E-190 —> P-99 EL) tem capacidade e dinheiro para fazer o que
a Lockheed (Electra —> P-3 Orion) e
a Boeing (B-373 —> P-8 Poseidon) fizeram!!!
E será que a FAB pode esperar (todo esse tempo de pesquisa, projeto, desenvolvimento, construção e testes) por tais resultados ?????

P-99 EL -> EL=Extra Largo (mas pode ser também É LASTIMÁVEL!)

Fazer uma aeronave nova é complicado, mas adaptar uma já existente é muito mais difícil !!!!

Raimundo

Sr. Pedro Rocha, Em relação ao fato de a família de jatos da Embraer E-Jets terem um ótimo porão de bagagens, não acho que seja muito aconselhável atacar um navio de guerra lançando sobre ele malas com alça e rodinhas, pois o navio pode revidar com mísseis !!! (É uma piada, certo ?) Mas é fácil (!?!?!) adaptar uma aeronave para outra função que não a prevista anteriormente: comece experimentando abrir a porta do porão de bagagens dos E-Jets em pleno vôo para ver o que acontece ! Para não correr nenhum risco, aproveite que a porta do porão de… Read more »

Pedro Rocha

Senhor Raimundo como eu peso quase 140 kg faria um excelente estrago em qualquer alvo no qual eu fosse arremessado! Mesmo nessa improvisação os E-Jets da Embraer seriam muito mais eficientes que os P-3AM! Os aviões P-3 e P-8 são um desenvolvimento de aviões civis (Electra e 737) de onde seus compartimentos de armamentos derivaram dos compartimentos de carga (porão de carga) com uma abertura automática! Por sinal não existe nenhum problema para essas portas serem introduzidas nos E-Jets! Senhores o P-99 só não está ai pela simples falta crônica de recursos! Lembrando só temos os R-99 e E-99 graças… Read more »

Marco Antonio Lins

Sr. Qual o motivo que os espanhois estão rindo atoa dos P-3BM que estão sendo modernizados? Trata-se de boa plataforma, que muitos paises ainda usão.Somente acho que a Embraer poderia ter feito este trabalho junto com e Elbit.

Reportagens especiais

Mock-up do AMX, fabricado pela empresa Aermacchi em 1984, apodrece em ferro velho em São Paulo

O fotógrafo Anderson Kindermann registrou ontem imagens do "mock-up" do jato de ataque AMX, fabricado pela empresa AerMacchi em...
- Advertisement -
- Advertisement -