segunda-feira, abril 12, 2021

Gripen para o Brasil

Airbus divulga novos procedimentos para as tripulações de seus aviões

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

a330_03A Airbus divulgou procedimentos a serem seguidos caso as tripulações suspeitem de falhas nos indicadores de velocidade das aeronaves.

A mensagem foi enviada a todos os proprietários de aeronaves Airbus na noite de quinta-feira. Uma fonte do setor disse que alertas desse tipo só são enviados quando investigadores de acidentes aéreos estabelecem fatos que consideram ser importantes o suficiente para serem imediatamente divulgados às empresas.

Um porta-voz da Airbus disse nesta sexta-feira que o alerta a seus clientes não implica que os pilotos da aeronave acidentada do voo AF 447 tenham feito algo de errado ou que uma falha de projeto tenha causado o desastre.

A Airbus disse que o procedimento correto quando há indicadores de velocidade duvidosos é manter a força dos motores e começar uma verificação. A mensagem da Airbus reabre um antigo debate entre pilotos sobre uma suposta complexidade excessiva dos aviões da empresa.

“Este é um avião que foi concebido por engenheiros, para engenheiros, e nem sempre para pilotos” – disse Jean-Pierre Albran, veterano piloto de Boeings 747, ao jornal “Le Parisien”.

“Por exemplo, num 747, o acelerador é empurrado manualmente. Você o sente se mexer na turbulência. Nos Airbus recentes, o acelerador é fixo. Você olha nos indicadores. Não sente nada.”

Especialistas em aviação especulam que o avião da Air France tenha sido derrubado por uma conjunção de fatores, entre eles a turbulência e o mau tempo. As autoridades minimizam a hipótese de terrorismo.

FONTE: Reuters

NOTA do BLOG: Em outras ocasiões, as ADIRU (Air Data Inertial Reference Unit) do Airbus A330 apresentaram problemas de leitura de velocidades diferentes. Veja aqui.

- Advertisement -

40 Comments

Subscribe
Notify of
guest
40 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sérgio

Qdo acidentou-se o avião da TAM em Congonhas, em uma análise comparativa com os modelos Boeing, estes ainda se utilizam de cabos para acionamentos de algumas derivas, ou junto aos sistemas que “fazem o serviço”, aliados a parte eletrônica. Já a Airbus, sómente se utiliza de fios, ou seja, controles totalmente eletrônicos e dependentes de um sistema ou sistemas. Mencionaram na ocasião que era cedo demais para emprego dessa tecnologia, e estamos começando a prestar atenção na quantidade de acidentes da Airbus que estão ocorrendo, à princípio se justificativas, mas observando os cuidados nos inumeros avisos da fabricante é realmente… Read more »

Fernando Gonzales

Pô Sergio, tomara que o cara que falta uma letra no seu nick, não apareça por aqui….ehehe

Sopa

Imagina esses aviões militaqrizado com esse A330, que todos os sistemas é elétrico-eletrônico, entrarem em guerra, e o inimigo usar um “Bomba Eletrônica” que irradia pulso de microondas e destrói todo todos os componentes, se fu! Rsrsr

Sds

kaleu

Se alguem já disse isto, me desculpem … porém estranho essa questão de informação de velocidade pois a uma semana atraz um Airbus 330 da TAM sofreu uma grande queda de altitude deixando 23 feridos lemos : – “O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Comando da Aeronáutica, começou a investigar o incidente ocorrido com o vôo JJ 8095 (Miami – São Paulo) da TAM em que uma forte turbulência deixou 21 pessoas feridas na noite de segunda-feira (25). O avião, um Airbus A-330, transportava 154 passageiros.” ““O piloto deu o aviso do cinto. Na hora,… Read more »

Baschera

Uma coisa é certa…. nunca voei em um Airbus, e nunca vou querer voar.

Sds.

kaleu

Baschera, eu viajo 2 vezes por mês … estive em Recife de 20 a 24 de maio e o retorno (pra S. Paulo) foi com o Airbus A330 (TAM) … vou começar voar de “Azul” com o E-190 …

abraço
kaleu

kaleu

Muito tem se comentado sobre a “exagerada” complexidade tecnológica empregada pelos Franceses, inclusive no Rafale … sei que toco aqui numa ferida, porém, a de se considerar tbm este fator nas seguidas eliminações do Caça Francês nas disputas internacionais … não vencendo sequer uma única disputa, inclusive em seu “quintal” (ex-colônia) … O QUE ACHAM OS AMIGOS ?

abraços
Kaleu

kaleu

Vai ter RECALL do A330 … rsrsrs

Getulio - São Paulo

Acredito no esforço da FAB e da Marinha. Trata-se de um acidente que ganhou dimensões mundiais. Varias questões estão no ar. Qual o local exato do acidente. O avião não tinha GPS, estes sinais eram enviados à sua base remota em Paris? Se não tinha, é muito estranho com toda esta tecnologia embarcada, pela sua trajetória, o tempo de voo, o acompanhamento dos radares brasileiros, não se chegar, matematicamente à posição do avião e sua localização. Presume-se que o avião seguia um rumo certo, não aleatório, confirmado inclusive pelo avião que seguia logo atrás, cerca de 7 a 10 minutos… Read more »

Pilot

Minha nossa, quanta baboseira nesses comentários…

Baschera

Kaleu,

É, antes tarde do que nunca…. hehehe…. mas faça como eu, um seguro de vida porreta… pelo menos deixas as minhas dívidas pagas!!

Falando sério, o FBW dos Embraer é diferente dos usados nos Airbus ??
Responda quem souber.

Sds.

Hornet

Kaleu, eu já voei de A-320 e A-330…não senti nada de anormal em relação a outros aviões que já voei do mesmo porte. O que eu acho sobre isso tudo? Conforme vc perguntou… Acho que ninguém sabe absolutamente nada do que aconteceu ainda. Falha elétrica?!!! Mas o que causou essa falha? Ninguém sabe. Falha nos adirus? Mas por quê? Ninguém sabe. Falha humana? Ninguém sabe? O avião se chocou com um OVNI? Ninguém sabe? O avião foi teletransportado para uma outra dimensão? Ninguém sabe… Se nos acidentes em que se tem acesso rápido e fácil ao local do acidente, às… Read more »

Hornet

Pronto!…a última notícia que eu li (agora) no G1 fala em falha do Tubo Pitot: “Um tubo de Pitot bloqueado ou defetuoso poderia fazer o sensor de velocidade operar incorretamente, levando o computador que controla o avião a acelerar ou desacelerar de maneira potencialmente perigosa. Um das teorias que poderiam explicar o acidente é a de que os sensores de velocidade congelaram-se, passando informações incorretas para os computadores do avião. O piloto automático teria então determinado que a aeronave voasse rápido ou devagar demais durante uma turbulência provocada pelas tempestades da região do acidente.” ai, ai, ai…sem comentários. Ainda fico… Read more »

kaleu

Hornet, Como vc todas as viagens que fiz no Airbus foram “perfeitas” não se trata de aproveitar a ocasião e meter o pau no Rafale … estou me reportando a um post anterior sobre a complexidade da tecnologia empregada nestes aviões … porém que é no minimo “estranho” que dois aviões da Quantas Air Lines, um Europeu, salvo engano de uma empresa Espanhola e o recente incidente da TAM (25/05) sobre uma brusca queda de altitude acontessem quase que simultâneamente, “todos” envolvendo o Airbus A-330, não acha ? Some-se a isso o comunicado “urgente” emitido pela Airbus sobre procedimentos a… Read more »

Hornet

Kaleu, aaahhhhh bom!…hehehe então está explicado! pensei que vc tivesse relacionando uma coisa com a outra… Mas esse lance de acidentes sequenciais com um mesmo modelo de aeronave é um mistério mesmo…vc lembra quando os Fokker 100 começaram a dar zica? Foram mais de 20 relatadas…era uma atrás da outra também…parecia “mau olhado” pra cima do avião, coitado!…hehehe Mas essas histórias todas só passaram a ser relatadas, de fato, depois do acidente com o Fokker da TAM, em 1996. Antes disso, eram todas “historinhas sem importância”, notas de rodapé nos jornais…acho que está acontecendo a mesma coisa agora…enfim… Mas neste… Read more »

Hornet

Air France, no caso..a Airbus…embora a Air France também esteja na defensiva…enfim…

abração de novo

Sérgio

Fernando Gonzales …Já estou apelando. Q Deus lhe ouça! Getúlio >> assisti o programa e outro ainda sobre o onibus espacial q desentegrou-se na reentrada falando sobre raios a grandes altitudes, aí ajuda a divagar ainda mais os pensamentos sobre as ultimas ocorrências q aliadas às mudanças climaticas -aquecimento global e consequências- nos tornam formigas, frente as violentas adversidades. Se todos os acontecimentos fossem relatados,teriamos massa crítica, mas o que está sendo divulgado, sómente vai contra a empresa européia, ou realmente estão pecando, ou também há previlégios de marketing?? Era realmente importante ter acesso aos destroços, mas o tempo acaba… Read more »

kaleu

Hornet, Off Topic …

Compare a intrevista de Bengt Janér (SAAB) com o propósito declarado da FAB de desenv. de caça de 5ªG e as diretrizes do END :

(http://defesabrasil.com/site/index.php/Noticias/FAB/SAAB-planeja-aumentar-participacao-com-cacas.html)

o que achas … ?

abraço
Kaleu

alex jaime nunes

antes de mais nada, e importante realmente descubrir o que foi que derrubou o aviao ,falha humana, falha de estrutura do aviao, mau tempo, porque a despressuracao,muito obrigado

alex jaime nunes

tambem e muito conveniente para a fabricante dos avioes airbus quando ela pede que todos as empresas proprietarias dos airbus a330 troquem seus pilot que indicam a velocidades do aviao, logicamente eles sabem mais doque dizem,

Sérgio

Qdo acidentou-se o avião da TAM em Congonhas, em uma análise comparativa com os modelos Boeing, estes ainda se utilizam de cabos para acionamentos de algumas derivas, ou junto aos sistemas que “fazem o serviço”, aliados a parte eletrônica. Já a Airbus, sómente se utiliza de fios, ou seja, controles totalmente eletrônicos e dependentes de um sistema ou sistemas. Mencionaram na ocasião que era cedo demais para emprego dessa tecnologia, e estamos começando a prestar atenção na quantidade de acidentes da Airbus que estão ocorrendo, à princípio se justificativas, mas observando os cuidados nos inumeros avisos da fabricante é realmente… Read more »

Fernando Gonzales

Pô Sergio, tomara que o cara que falta uma letra no seu nick, não apareça por aqui….ehehe

Sopa

Imagina esses aviões militaqrizado com esse A330, que todos os sistemas é elétrico-eletrônico, entrarem em guerra, e o inimigo usar um “Bomba Eletrônica” que irradia pulso de microondas e destrói todo todos os componentes, se fu! Rsrsr

Sds

kaleu

Se alguem já disse isto, me desculpem … porém estranho essa questão de informação de velocidade pois a uma semana atraz um Airbus 330 da TAM sofreu uma grande queda de altitude deixando 23 feridos lemos : – “O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), do Comando da Aeronáutica, começou a investigar o incidente ocorrido com o vôo JJ 8095 (Miami – São Paulo) da TAM em que uma forte turbulência deixou 21 pessoas feridas na noite de segunda-feira (25). O avião, um Airbus A-330, transportava 154 passageiros.” ““O piloto deu o aviso do cinto. Na hora,… Read more »

Baschera

Uma coisa é certa…. nunca voei em um Airbus, e nunca vou querer voar.

Sds.

kaleu

Baschera, eu viajo 2 vezes por mês … estive em Recife de 20 a 24 de maio e o retorno (pra S. Paulo) foi com o Airbus A330 (TAM) … vou começar voar de “Azul” com o E-190 …

abraço
kaleu

kaleu

Muito tem se comentado sobre a “exagerada” complexidade tecnológica empregada pelos Franceses, inclusive no Rafale … sei que toco aqui numa ferida, porém, a de se considerar tbm este fator nas seguidas eliminações do Caça Francês nas disputas internacionais … não vencendo sequer uma única disputa, inclusive em seu “quintal” (ex-colônia) … O QUE ACHAM OS AMIGOS ?

abraços
Kaleu

kaleu

Vai ter RECALL do A330 … rsrsrs

Getulio - São Paulo

Acredito no esforço da FAB e da Marinha. Trata-se de um acidente que ganhou dimensões mundiais. Varias questões estão no ar. Qual o local exato do acidente. O avião não tinha GPS, estes sinais eram enviados à sua base remota em Paris? Se não tinha, é muito estranho com toda esta tecnologia embarcada, pela sua trajetória, o tempo de voo, o acompanhamento dos radares brasileiros, não se chegar, matematicamente à posição do avião e sua localização. Presume-se que o avião seguia um rumo certo, não aleatório, confirmado inclusive pelo avião que seguia logo atrás, cerca de 7 a 10 minutos… Read more »

Pilot

Minha nossa, quanta baboseira nesses comentários…

Baschera

Kaleu,

É, antes tarde do que nunca…. hehehe…. mas faça como eu, um seguro de vida porreta… pelo menos deixas as minhas dívidas pagas!!

Falando sério, o FBW dos Embraer é diferente dos usados nos Airbus ??
Responda quem souber.

Sds.

Hornet

Kaleu, eu já voei de A-320 e A-330…não senti nada de anormal em relação a outros aviões que já voei do mesmo porte. O que eu acho sobre isso tudo? Conforme vc perguntou… Acho que ninguém sabe absolutamente nada do que aconteceu ainda. Falha elétrica?!!! Mas o que causou essa falha? Ninguém sabe. Falha nos adirus? Mas por quê? Ninguém sabe. Falha humana? Ninguém sabe? O avião se chocou com um OVNI? Ninguém sabe? O avião foi teletransportado para uma outra dimensão? Ninguém sabe… Se nos acidentes em que se tem acesso rápido e fácil ao local do acidente, às… Read more »

Hornet

Pronto!…a última notícia que eu li (agora) no G1 fala em falha do Tubo Pitot: “Um tubo de Pitot bloqueado ou defetuoso poderia fazer o sensor de velocidade operar incorretamente, levando o computador que controla o avião a acelerar ou desacelerar de maneira potencialmente perigosa. Um das teorias que poderiam explicar o acidente é a de que os sensores de velocidade congelaram-se, passando informações incorretas para os computadores do avião. O piloto automático teria então determinado que a aeronave voasse rápido ou devagar demais durante uma turbulência provocada pelas tempestades da região do acidente.” ai, ai, ai…sem comentários. Ainda fico… Read more »

kaleu

Hornet, Como vc todas as viagens que fiz no Airbus foram “perfeitas” não se trata de aproveitar a ocasião e meter o pau no Rafale … estou me reportando a um post anterior sobre a complexidade da tecnologia empregada nestes aviões … porém que é no minimo “estranho” que dois aviões da Quantas Air Lines, um Europeu, salvo engano de uma empresa Espanhola e o recente incidente da TAM (25/05) sobre uma brusca queda de altitude acontessem quase que simultâneamente, “todos” envolvendo o Airbus A-330, não acha ? Some-se a isso o comunicado “urgente” emitido pela Airbus sobre procedimentos a… Read more »

Hornet

Kaleu, aaahhhhh bom!…hehehe então está explicado! pensei que vc tivesse relacionando uma coisa com a outra… Mas esse lance de acidentes sequenciais com um mesmo modelo de aeronave é um mistério mesmo…vc lembra quando os Fokker 100 começaram a dar zica? Foram mais de 20 relatadas…era uma atrás da outra também…parecia “mau olhado” pra cima do avião, coitado!…hehehe Mas essas histórias todas só passaram a ser relatadas, de fato, depois do acidente com o Fokker da TAM, em 1996. Antes disso, eram todas “historinhas sem importância”, notas de rodapé nos jornais…acho que está acontecendo a mesma coisa agora…enfim… Mas neste… Read more »

Hornet

Air France, no caso..a Airbus…embora a Air France também esteja na defensiva…enfim…

abração de novo

Sérgio

Fernando Gonzales …Já estou apelando. Q Deus lhe ouça! Getúlio >> assisti o programa e outro ainda sobre o onibus espacial q desentegrou-se na reentrada falando sobre raios a grandes altitudes, aí ajuda a divagar ainda mais os pensamentos sobre as ultimas ocorrências q aliadas às mudanças climaticas -aquecimento global e consequências- nos tornam formigas, frente as violentas adversidades. Se todos os acontecimentos fossem relatados,teriamos massa crítica, mas o que está sendo divulgado, sómente vai contra a empresa européia, ou realmente estão pecando, ou também há previlégios de marketing?? Era realmente importante ter acesso aos destroços, mas o tempo acaba… Read more »

kaleu

Hornet, Off Topic …

Compare a intrevista de Bengt Janér (SAAB) com o propósito declarado da FAB de desenv. de caça de 5ªG e as diretrizes do END :

(http://defesabrasil.com/site/index.php/Noticias/FAB/SAAB-planeja-aumentar-participacao-com-cacas.html)

o que achas … ?

abraço
Kaleu

alex jaime nunes

antes de mais nada, e importante realmente descubrir o que foi que derrubou o aviao ,falha humana, falha de estrutura do aviao, mau tempo, porque a despressuracao,muito obrigado

alex jaime nunes

tambem e muito conveniente para a fabricante dos avioes airbus quando ela pede que todos as empresas proprietarias dos airbus a330 troquem seus pilot que indicam a velocidades do aviao, logicamente eles sabem mais doque dizem,

Combates Aéreos

Ex-piloto de caça indiano dá mais informações sobre o combate de F-16 versus MiG-21 na Caxemira

Segundo o historiador militar e ex-piloto de caça indiano Arjun Subramaniam (@rhinohistorian no Twitter), o ataque de hoje da...
- Advertisement -
- Advertisement -