quinta-feira, abril 15, 2021

Gripen para o Brasil

Array

Airbus da AF: tripulação reportou avaria no sistema elétrico

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

Um Airbus A330, da Air France, desapareceu dos radares ao largo do Brasil às 07:00 (hora portuguesa), depois de deixar o Rio de Janeiro com destino a Paris.

A secretaria de Estado das comunidades portuguesas está já a apurar a presença ou não de portugueses neste vôo. Entre os passageiros estavam 60 franceses e cinco italianos. Por esta altura, o avião já estaria sem combustível.

Seis horas depois de deixar o Rio de Janeiro, o avião enviou uma mensagem reportando uma avaria no sistema eléctrico. O governo francês avança com a hipótese de o aparelho ter sido atingido por um raio.

As autoridades brasileiras já deram início a operações de busca e salvamento perto da ilha de Fernando de Noronha, no nordeste do país. A France Press afirma que a companhia aérea “não tem esperanças”.

O avião foi detectado pela última vez pelo radar de Recife, no Brasil, e deveria ter sido captado depois nas ilhas de Cabo Verde, o que não aconteceu.

Estão a ser consideradas também hipóteses de sequestro ou uma varia no sistema de localização e identificação.

De acordo com a France Press, o aparelho deveria ter chegado ao aeroporto Charles De Gaulle às 10:10 (hora portuguesa). No avião (o voo 447) embarcaram 216 passageiros e 12 tripulantes, de acordo com a Reuters e a CNN.

Neste momento, na capital francesa foi já accionado um dispositivo de emergência, onde se encontram dezenas de familiares dos passageiros e tripulantes.

Entretanto, as autoridades francesas abriram uma linha de emergência, disponível internacionalmente, para consulta por parte dos familiares dos passageiros e tripulantes: 00 33 1 57 02 10 55.

FONTE: Diário de Notícias

Complemento sobre o sinal de alerta do circuito elétrico / possibilidade de pane elétrica: segundo a Folha Online, o representante da Air France no Brasil informou nesta segunda-feira, no aeroporto do Galeão (Tom Jobim, no Rio), que inicialmente está descartada uma pane elétrica no Airbus A330 da empresa que desapareceu após decolar na noite de domingo rumo à França.

Jorge Assunção, gerente da Air France, afirmou que, caso uma pane elétrica fosse confirmada, a aeronave ofereceria condições técnicas para o comandante retornar ao Rio. O voo AF 447 decolou por volta das 19h de domingo do aeroporto do Galeão (Tom Jobim), no Rio, e deveria pousar no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, por volta das 11h local (6h de Brasília). Em nota, a empresa afirma que a aeronave “cruzou uma zona com forte turbulência” por volta das 23h (horário de Brasília) e enviou alerta automático sobre problemas no circuito elétrico às 23h14.

“Nós não temos essa informação [pane elétrica]. Se ele tivesse sofrido pane elétrica depois da decolagem teria voltado ao Rio. Nós acreditamos que isso não tenha acontecido”, disse Assunção. Segundo ele, o último contato da tripulação foi feito às 22h33.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Combates Aéreos

‘Travado no F-16’: mensagem de rádio do piloto da IAF antes de ejetar do MiG-21

NOVA DELI: "R-73 selecionado", foi a última transmissão de rádio do Wing Commander Abhinandan Varthaman de seu caça MiG-21...
- Advertisement -
- Advertisement -