terça-feira, agosto 3, 2021

Gripen para o Brasil

Caças Gripen da República Tcheca cumprem alerta no Báltico

Destaques

Fernando "Nunão" De Martini
Pesquisador de História da Ciência, Técnica e Tecnologia, membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

czech-republic-air-force-gripen-foto-magdalena-dvorakova

Copywright Gripen International (foto Magdalena Dvorakova)

A notícia pode parecer estranha à primeira vista, dada a distância entre a República Tcheca e o Báltico, mas trata-se de um revezamento da OTAN para a patrulha do espaço aéreo da Letônia, Estônia e Lituânia, integrantes da organização que estão desfalcados em capacidade supersônica. Desde 2004 os três países bálticos têm seu espaço aéreo protegido pela OTAN, o que deverá continuar até 2011 (podendo o prazo ser prorrogado para 2018).

O 211º Esquadrão Tático da Força Aérea da República Tcheca, equipado com caças Gripen, rendeu no início de maio uma unidade dinamarquesa que cumpria a missão, tornando-se a 20ª unidade da OTAN a prover o alerta de reação rápida no Báltico a partir da Base Aérea de Siauliai, na Lituânia, responsabilidade que manterá até o final de agosto.

Segundo a notícia da Gripen International, trata-se do primeiro deslocamento da Força Aérea da República Tcheca, para outro país, desde a Segunda Guerra Mundial. Para o cumprimento da missão, dois caças são mantidos em alerta 24/7 (24 horas do dia, 7 dias por semana), prontos para decolar rapidamente para interceptar intrusos ou prover assistência a aeronaves em situação de emergência.

Fonte e foto (Magdalena Dvorakova): Gripen International

- Advertisement -

16 Comments

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Giovani

Logo logo estes países devem receber alguns F-16 dos States como aconteceu com a polônia.
O leste europeu e os Balcãs de repente se tornaram interesssante para os States.

kaleu

Caros Editores, uma sugestão … na revista “Tecnologia & Defesa” nº 117 (deste mês) traz uma matéria interessante sobre o FX-2 que intitula-se “Perto da decisão” onde entrevista Bob Gower (Boeing), Jean-Marc Merialdo (Dassault), Bengt Janer (SAAB), são feitas 3 pergustas para cada um com respostas livres, sem limite de tempo, são as perguntas : – Porque o (nome do vetor) é a melhor escolha para a FAB ? – O que (nome da empresa) oferece ao Brasil em termos de OffSets e tecnologia ? – O que o pacote de transferência tecnologia da (nome da empresa) inclui ? As… Read more »

RoninSnkShit

Kaleu,

tem que ver se o pessoal da Tecnologia e Defesa vai permitir o post da matéria na integra. Acho dificil, ainda mais pq a revista é desse mes!
De qualquer forma, gostaria muito de ler a resposta dos 3 fabricantes.

Off Topic: Esse Gripen sabe ser bonito!

Marcelo Tadeu

Isso mesmo Kakeu, tenho a revista (aliás várias matérias espetaculares) e esta reportagem foi bem objetiva. Achei a resposta da Dassault mais convicente, até porque a França tem ‘varios negócios já encaminhados na área de Defesa.

sds

Sepol Olecram

quantos gripens a Republic checa possue, e quantos equadrões ?

Abs
SO

Nunão

Caro Sepol,

São14, em um só esquadrão.

O link no meio do texto leva a outra matéria com os números encomendados pelos diversos operadores.

Abs!
Odnanref

[…] neste dia 15 de junho que o programa de cooperação industrial com a República Tcheca, ligado ao leasing de 14 caças Gripen pelo país, gerou aproximadamente  5 bilhões de coroas tchecas em valores de exportação  em 2008 (pouco […]

Giovani

Logo logo estes países devem receber alguns F-16 dos States como aconteceu com a polônia.
O leste europeu e os Balcãs de repente se tornaram interesssante para os States.

kaleu

Caros Editores, uma sugestão … na revista “Tecnologia & Defesa” nº 117 (deste mês) traz uma matéria interessante sobre o FX-2 que intitula-se “Perto da decisão” onde entrevista Bob Gower (Boeing), Jean-Marc Merialdo (Dassault), Bengt Janer (SAAB), são feitas 3 pergustas para cada um com respostas livres, sem limite de tempo, são as perguntas : – Porque o (nome do vetor) é a melhor escolha para a FAB ? – O que (nome da empresa) oferece ao Brasil em termos de OffSets e tecnologia ? – O que o pacote de transferência tecnologia da (nome da empresa) inclui ? As… Read more »

RoninSnkShit

Kaleu,

tem que ver se o pessoal da Tecnologia e Defesa vai permitir o post da matéria na integra. Acho dificil, ainda mais pq a revista é desse mes!
De qualquer forma, gostaria muito de ler a resposta dos 3 fabricantes.

Off Topic: Esse Gripen sabe ser bonito!

Marcelo Tadeu

Isso mesmo Kakeu, tenho a revista (aliás várias matérias espetaculares) e esta reportagem foi bem objetiva. Achei a resposta da Dassault mais convicente, até porque a França tem ‘varios negócios já encaminhados na área de Defesa.

sds

Sepol Olecram

quantos gripens a Republic checa possue, e quantos equadrões ?

Abs
SO

Nunão

Caro Sepol,

São14, em um só esquadrão.

O link no meio do texto leva a outra matéria com os números encomendados pelos diversos operadores.

Abs!
Odnanref

[…] neste dia 15 de junho que o programa de cooperação industrial com a República Tcheca, ligado ao leasing de 14 caças Gripen pelo país, gerou aproximadamente  5 bilhões de coroas tchecas em valores de exportação  em 2008 (pouco […]

[…] Caças Gripen da República Tcheca cumprem alerta no Báltico […]

Wagner

Enquanto isso, em Moscou… Gabinete do Primeiro Ministro Putin. Uma salao gigante. Ele está lustrando suas medalhas com a foice e o martelo. Na mesa, chá e um livro ” Economia de Mercado: Principios Básicos,de Paul Krugman”. De repente, entra na sala Medvedev, ainda de pijama, com um relatório falando sobre os f16 tchecos. Putin: mas porque vc me trouxe isso ?? Medvedev: Veja só, eles agora mandaram os tchecos defender os balticos, de nós ! Putin: Tá, mas e o que tem de tão anormal nisso ? Medvedev: Primeiro detonamos Praga e agora eles vem com F16 nos incomodar… Read more »

Últimas Notícias

Pilotos russos usaram receptores GPS feitos nos EUA durante missões de combate na Síria

Pilotos militares russos usaram receptores comerciais GPS de navegação por satélite durante suas operações de combate na Síria, de...
- Advertisement -
- Advertisement -