sexta-feira, maio 14, 2021

Gripen para o Brasil

Array

EUA derrubaram UAV iraniano

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.aereo.jor.br
Membro do corpo editorial da revista Forças de Defesa e sites Poder Aéreo, Poder Naval e Forças Terrestres

uav-iraniano1O Pentágono informou que um caça dos EUA abateu um UAV iraniano voando sobre território iraquiano no mês passado. O informe oficial aponta que o UAV era do tipo Ababil 3 e que a presença do mesmo “não foi um acidente.” Ele teria sobrevoado o espaço aéreo iraquiano por 70 minutos antes de ser abatido. O UAV foi derrubado próximo à cidade fronteiriça de Mandali.

Acredita-se que o Abadil tenha um alcance máximo de cerca de 90 km, podendo voar até 14.000 pés. Este tipo de UAV foi concebido essencialmente para a vigilância aérea e reconhecimento.

Em Agosto de 2006, um UAV desta mesma classe foi derrubado durante a noite por um F-16 próximo à costa norte de Israel. Naquela ocasião foi utilizado um míssil Rafael Python 5.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Marine

Poggio,

Havia mandado um email hoje mais cedo com essa noticia ao Galante, MO e Ze mas como nao tenho seu email nao pude…

Bom trabalho e rapidez com a noticia!!

SF!

Ricardo

Falando em UAV, o mistério do drone georgiano abatido o ano passado foi finalmente esclarecido!
http://www.youtube.com/watch?v=jcJWhNplseY

Patriota

põ os iranianos estão evoluindo bastante pelo visto em breve poderão se tornar a maior força militar do golfo persico
os varios anos de embargo pelo visto ao inves de enfraquece-los
estão fazendo é eles se tornarem mais independentes.

saudações

Virtualxi.phalanx

Para abater algo, é necessário que ele exista. Portanto da notícia o melhor que se aproveita é que os iranianos estão dominando esta tecnologia e com sabedoria.
Você nunca vai ouvir que alguém abateu um UAV brasileiro, até porque em terra de molusco UAV não voa, antes nada no seco.

J Roberto

Até o Equador já tem o seu UAV!

A Marinha do Equador comprou dois UAV Heron e dois Searcher da IAI por US$ 23 milhões para usar em patrulha naval. O contrato inclui um radar da Elta, quatro FLIR e duas estações de controle.
Já o Brasil do molusco…?

Cinquini

O CTEX tem o projeto em andamento do UAV brasileiro, eles estao na fase de desenvolvimento de programa aonde o UAV mesmo perdendo o sinal pode completar a ultima missão dada e retornar a base. No momento a plataforma instalada é um aeromodelo, mas nao se enganem, os sistemas nele embarcados estao em alto grau de desenvolvimento.

Abração

Marine

Poggio,

Havia mandado um email hoje mais cedo com essa noticia ao Galante, MO e Ze mas como nao tenho seu email nao pude…

Bom trabalho e rapidez com a noticia!!

SF!

Ricardo

Falando em UAV, o mistério do drone georgiano abatido o ano passado foi finalmente esclarecido!
http://www.youtube.com/watch?v=jcJWhNplseY

Patriota

põ os iranianos estão evoluindo bastante pelo visto em breve poderão se tornar a maior força militar do golfo persico
os varios anos de embargo pelo visto ao inves de enfraquece-los
estão fazendo é eles se tornarem mais independentes.

saudações

Virtualxi.phalanx

Para abater algo, é necessário que ele exista. Portanto da notícia o melhor que se aproveita é que os iranianos estão dominando esta tecnologia e com sabedoria.
Você nunca vai ouvir que alguém abateu um UAV brasileiro, até porque em terra de molusco UAV não voa, antes nada no seco.

J Roberto

Até o Equador já tem o seu UAV!

A Marinha do Equador comprou dois UAV Heron e dois Searcher da IAI por US$ 23 milhões para usar em patrulha naval. O contrato inclui um radar da Elta, quatro FLIR e duas estações de controle.
Já o Brasil do molusco…?

Cinquini

O CTEX tem o projeto em andamento do UAV brasileiro, eles estao na fase de desenvolvimento de programa aonde o UAV mesmo perdendo o sinal pode completar a ultima missão dada e retornar a base. No momento a plataforma instalada é um aeromodelo, mas nao se enganem, os sistemas nele embarcados estao em alto grau de desenvolvimento.

Abração

Reportagens especiais

Brasil: parceria estratégica para a Saab

Por Guilherme Poggio Em matéria recente mencionamos palestra realizada por Fredrik Gustafson, atual presidente da Saab na América Latina, no...
- Advertisement -
- Advertisement -