segunda-feira, abril 19, 2021

Gripen para o Brasil

Mísseis dos EUA matam 25 no Paquistão, diz Taleban

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Insurgentes afirmam que aviões não-tripulados atacaram casa de comandante do grupo e 20 foram feridos

CABUL – Pelo menos 25 pessoas morreram vítimas do impacto de dois mísseis que teriam sido lançados por aviões americanos não tripulados contra o cinturão tribal paquistanês, na fronteira com o Afeganistão, asseguraram neste sábado fontes do movimento Taleban.
O ataque, supostamente dirigido contra a residência de um destacado comandante taleban, aconteceu na região de Ladha, situada na demarcação tribal do Waziristão do Sul, reduto do líder dos insurgentes paquistaneses, Baitullah Mehsud. Segundo as fontes citadas pela TV Dawn, os ataques também deixaram mais de 20 feridos, muito deles em situação crítica.
O canal de TV privado Geo, que não citou suas fontes, situou em 16 o número de mortos e informou que o ataque consistiu do lançamento de dois mísseis. Os ataques de aviões espiões americanos contra alvos fundamentalistas são frequentes nas áreas tribais paquistaneses. <b>Esse é o segundo ataque com essas características desde que Barack Obama assumiu a Presidência dos EUA</b>, embora desde setembro tenham ocorrido mais de 30.

FONTE: Estadão/EFE

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Bosco

Acho um exagero e um abuso o uso de mísseis para resolver um problema que agora é de “polícia”. Americanos e israelenses fazem isso de modo natural, matar um suposto líder terrorista ou fundamentalista, levando toda a família junto, o cachorro, o papagaio, etc.
Um absurdo inominável que beira ao racismo, demonstrando uma falta de respeito inaceitável para com alguns povos.

LeoPaiva

Muito bem colocado Bosco, há 1 ano que eu discuto com o Marine sobre isso.

Sds.

FORA DO TÓPICO : Há pouco tempo alguns discutiram sobre a possibilidade de ingressarem nas FAAs dos EUA, agora foi aberta essa possibilidade para imigrantes com visto temporário, após seis meses eles ganhariam cidadania, antes me parece que só quem tinha o Green card podia se alistar.

pedro paulo

O leo me explica isso melhor?? Quer dizer se eu for pro estados unidos hoje, amanha quando tiver em territorio americano eu ja posso me alistar???? e isso…

Edilson

Eu concordo contigo Bosco, muito bem colocado.
Desde Monique, Israel vem tentando a eliminação seletiva de alvos, o resultado ainda é questinável.
morre um “suposto” homem bomba surgem 2 ou 3.
o erro está em empregar exército para combater terroistas, e tem gente que justifica o uso das FA no combate ao crime organizado…

Marine

Isso e assunto pra muito tempo, melhor discutido em pessoa pois nao ha espaco aqui no blog pra isso. Bem, Bosco eu tenho o maior respeito pela sua pessoa mas tenho que discordar de voce quando diz que terrorismo e assunto de policia, foi tratado assim antes de 11 de Setembro e nos levou aonde levou, mas nao vou entrar nos detalhes agora pois realmente hoje nao tenho o tempo e nem estou afim de me stressar, vou aproveitar o domingo pra descansar….rsrsrs Leo, A pessoa ainda tem que ser detentora de no minimo o green card. Edilson, Concordo que… Read more »

LeoPaiva

Marine,

É o que foi noticiado hoje, não é necessário mais o green card, basta o visto provisório. A cidadania virá após 6 meses.

Sds.

Roberto

Isso mostra que cada vez mais os ataques estão sendo feitos com uma certa precisão cirúrgica.Escolhe a casa e pronto!

Bosco

Marine, eu também tenho muito respeito por sua pessoa, mas não concordo com algumas ações “militares” perpetrada pelas FAs americanas. Não vejo nenhuma justificativa em atacar a residência de um líder talibã com mísseis Hellfire ou bombas guiadas de modo furtivo. Se tropas estivessem em perigo e a dita “residência” fosse um ponto de lançamento de foguetes, etc, dentro de uma operação de combate aí eu entenderia, mas não é o caso. Até mesmo se no momento houvesse uma reunião de líderes terroristas comprovadamente conspirando contra vidas inocentes eu ainda acharia aceitável. Mas não sei se é esse o caso.… Read more »

Marine

Bosco,

E isso mesmo, eu mesmo nao assino automaticamente so porque as coisas sao feitas por nos aqui mas o que eu acho que o pessoal deveria fazer e que as vezes ao inves de so criticarmos o que e feito, vamos entao procurar achar uma outra solucao realista aos problemas, tipo quando tivemos aquele papo sobre guantanamo…

Se nao gostamos da maneira “A” vamos discutir se podemos fazer uma “B” e ainda assim antigirmos os objetivos necessarios que levaram a acao “A”.

Prazer falar contigo!

Billy

…diz TALEBAN??? agora são os mais novos defensores da liberdade, tal como o HAMAS?? Engraçado, este blog de uns tempos para cá, lança matérias como estas, mas não enfoca acontecimentos como a tortura e o massacre de dezenas de colombianos, de origem indígena, perpetrada pela democrática e humanística FARC.Poderia ser mais imparcial, não ?

Roberto CR

Sobre a dica do LeoPaiva em 15 fev, 2009 as 09:18 Da BBC, citando o New York Times US army ‘wants more immigrants’ US soldiers and local people in Afghanistan The US army wants people who can communicate with locals The United States army is to accept immigrants with temporary US visas, for the first time since the Vietnam war, according to the New York Times. Until now immigrants have had to have permanent residency – a “green card” – in order to qualify for the services. But those with temporary visas will be offered accelerated citizenship if they enrol,… Read more »

Marine

Roberto CR, Eu estou “assingned” como recrutador no momento e ja vi essa diretriz mas ela diz que os servicos vao elaborar melhor como implementar isso, que podem optar por nao utilizar e depois vao informar o DoD como vao dar cabo nisso. Ate agora nada e conhecendo como sao as coisas ainda vai demorar meses pra sair algo assim, mesmo assim sao somente mil vagas voltadas para profissionais medicos e linguistas. Eu mesmo tive um rapaz da Coreia do Sul que mencionou isso pra mim e ele falava coreano, sendo uma das linguas que estamos procurando mas tive que… Read more »

Igor

Pior do que usar o míssil, é usar o avião não tripulado.

Erich Hartmann

Opinião de quem está de fora observando… A situação no Afeganistão não é facil não,pois históricamente as populações que lá viveram e vivem sempre foram “osso duro de roer” desde a época do antigo império medo-persa(bactriana)passando por macedônios/gregos,ingleses,russos,soviéticos e agora norte-americanos… Não devemos nos enganar que de lá infelizmente podem vir grandes problemas(chegaram ao cúmulo de destruir uma estátua milenar gigante de Buda),agora penso que deveria haver uma forma de derrotar e contituir alianças para não ser necessário ter que partir para a forma simplista que se resume no apertar de botões e destruir muitas vezes pessoas /vidas inocentes,pois infelizmente… Read more »

LUCIANO

So isso ??? tao precisando melhorar a pontaria

Flamenguista

O Afeganistão é mais uma “cusparada prá cima” dos EUA, assim como o Irã e o Iraque. Durante a ocupação, pela URSS, os SU-25 eram atingidos por mísseis Stinger. A ajuda americana durante a ocupação não é segredo prá ninguém. O vácuo de poder, após a retidada das tropas soviéticas, propiciou o fortalecimento dos fundamentalistas. Ou seja, a história se repete!!

LeoPaiva

Pedro Paulo,

Desculpe a demora em responder, estive ausente o dia todo, mas o Marine já explicou em 15 fev, 2009 às 15:56. Ele é a pessoa mais indicada para tirar dúvidas, trabalha lá. Eu apenas li os noticiários.

Grande abraço.

JPaulo

O EUA se converteu já à pelo menos 40 anos, em uma nação que faz de setores de segurança,da “defesa nacional” e da guerra um grande negócio que movimenta toda sua economia,””War is Good for Business””…É um sistema cruel, porque para manter funcionando a vasta maquina militar, de inteligencia e derivados em que se converteram, necessitam de guerras e vidas, muitas vidas…Se não houver nenhuma guerra, através da mídia que dominam fabricam alguns vilões, tipo Bin Ladem, e produzem/provocam uma guerra, para movimentar sua economia… A partir do fim da 2ªguerra, com a acordo de “Breton woods” que reorganizou o… Read more »

brazilwolfpack

Marine,matar civis desta forma converte aos americanos em terroristas iguais ao Taliban,Al-Qaida,etc. Acontece que americanos como voce acham que matar a mulheres e criancas com um Tomahawk nao e terrorismo. Mas se um carro-bomba e usado,ou um IED,ai sim e terrorismo. O que voce acharia se a Russia,por exemplo,tivesse uma base no Mexico,e periodicamente matasse,a distancia com misseis de longo alcance, dezenas de civis em suas casas em San Diego,ou Nogales,para matar 2 ou 3 terroristas? Seria entao justificado? O que muitos como voce esquecem e que cada afegao,ou iraquiano inocente morto,gera diversos familiares dispostos a tudo a pagar com… Read more »

Bosco

Todos os esforços americanos de levar a lei, a justiça e a civilidade nessa região do planeta foram inúteis. Continua uma terra sem lei onde se pode tudo? Ou matar “terroristas” e líderes fundamentalistas explodindo suas casas é legal nessa região da terra? A questão é: até quando matar os opositores ao regime afegão atual e usando de meios militares, com armas de alto poder destrutivo, será aceito. Pra sempre? Ou seja, será que daqui uns 20 anos ainda vão continuar as patrulhas dos UAVs à cata de inimigos do regime? Outra questão é: o rótulo de “terrorista” permite tudo?… Read more »

Dalton

Mais um post anti-americano! ” os russos aprenderam a liçao ” Aprenderam tao bem que usaram os conhecimentos adquiridos na Chechenia há poucos anos atras, mas claro, quando os outros o fazem, nao merecem destaque. Uma das coisas que diferencia o terrorismo é: eles se escondem entre os inocentes e agem no anonimato. Parece que a soluçao é ” baixar a cabeça” e deixar eles fazerem o que quiserem. Para muitos o 11 de setembro nunca existiu. O presidente Iraniano nunca declarou que deseja ver Israel aniquilada. Quantos iraquianos foram mortos em atentados suicidas pelos proprios iraquianos, seja xiitas contra… Read more »

Cinquini

brazilwolfpack, Bom, quem sou eu para defender o Marine né? Mas o que eu posso te dizer é que o amigo Marine participante aqui do blog tem esse ofício, ele é USMC, ou seja, ele recebe ordens e tem que cumprir, a ele não cabe pensar em certo ou errado, mesmo porque se ele parar para pensar é ele que morre com um tiro de AK na cabeça. Eu acho que críticas ao governo dos EUA são bem vindas, eu mesmo vivo metendo o pau neles, principalmente no Bush(it), agora tenho esperanças com o Obama. Agora, eu não acho nada… Read more »

Bosco

Dalton,
eu acho que para interromper uma ação terrorista em andamento tudo é válido, inclusive atingir uma casa cheia de gente pra matar um líder.
Agora, numa ação de “inteligência”, onde um alvo de alto valor foi descoberto e o mesmo deve ser interceptado antes que fuja novamente eu não vejo com bons olhos.
Infelizmente, quem quer representar o lado do bem na história (embora ter uma visão maniqueista do mundo seja ingênua) tem um preço mais alto a pagar e é mais cobrado em suas atitudes.
Mas no mais, um abraço meu caro!

Marine

Cinquini, Muito obrigado pelos elogios, cheguei no trabalho hoje e vi esse comentario, nao vale a pena nem dar resposta pois legitimaria a opiniao da pessoa… Eu so acho estranho que uma pessoa que more nos EUA, usufrui de tudo que tem aqui, ganha em dolar, tem os filhos que vao pra escola aqui e tal desca o pau nos americanos dessa maneira como se fossem todos “comedores de criancinha”, a pessoa nem me conhece, mas tudo bem afinal estou acostumado a ser o “para-raio” do blog….rsrsrsrsrs Olha se os EUA sao tao ruim assim porque a pessoa nao volta… Read more »

Erich Hartmann

Off Topic..

Independentemente de posições contrárias que eventualmente tenhamos do nosso amigo Marine penso que seus posts sempre são muito inteligentes e instrutivos e contruibuem em muito para um debate salutar deste blog.

(Bosco concordo integralmente com seu post das 12:55)

Hornet

Marine, Vc virou pára-raio de novo…hehehe Pessoal, Faço minhas as palavras do Cinquini. o Marine não é o presidente dos EUA, não formula a política externa dos EUA, não é o embaixador dos EUA, enfim…ele apenas trabalha nos EUA, trabalha no US Marine Corps. Se toda vez que comentarmos alguma notícia sobre os EUA e o alvo se tornar o Marine vou ter que chamar a atenção, pois isso é um erro total, ele não tem como responder sobre a política externa dos EUA. Qual de nós, brasileiros, pode responder sobre a política externa do Brasil de forma direta? Civilizadamente,… Read more »

tailhooker

Sem querer sair do assunto do post.Mas voltando ao assunto tecnologia, vale a pena dar uma olhada nesse artigo:

http://www.defesanet.com.br/tecno1/carb.htm

LeoPaiva

Senhores, Perdi o ápice da discussão de um assunto no qual tenho uma opinião bem consolidada, por isso não quero entrar mais no mérito da questão. Quero dizer apenas que não é atacando a pessoa do Bloguista que iremos fortalecer nosso ponto de vista, devemos sim atacar suas idéias, e de forma educada, mesmo com aqueles que têm opiniões completamente diferentes das nossas, essa é minha opinião. E uma coisa sou eu condenar a Invasão do Iraque, por exemplo, foi um ato criminoso que matou milhões, um genocídio de um trilhão de dólares, crime de guerra, crime contra a humanidade,… Read more »

LUCIANO

So isso ??? tao precisando melhorar a pontaria

LeoPaiva

Pedro Paulo,

Desculpe a demora em responder, estive ausente o dia todo, mas o Marine já explicou em 15 fev, 2009 às 15:56. Ele é a pessoa mais indicada para tirar dúvidas, trabalha lá. Eu apenas li os noticiários.

Grande abraço.

JPaulo

O EUA se converteu já à pelo menos 40 anos, em uma nação que faz de setores de segurança,da “defesa nacional” e da guerra um grande negócio que movimenta toda sua economia,””War is Good for Business””…É um sistema cruel, porque para manter funcionando a vasta maquina militar, de inteligencia e derivados em que se converteram, necessitam de guerras e vidas, muitas vidas…Se não houver nenhuma guerra, através da mídia que dominam fabricam alguns vilões, tipo Bin Ladem, e produzem/provocam uma guerra, para movimentar sua economia… A partir do fim da 2ªguerra, com a acordo de “Breton woods” que reorganizou o… Read more »

Flamenguista

O Afeganistão é mais uma “cusparada prá cima” dos EUA, assim como o Irã e o Iraque. Durante a ocupação, pela URSS, os SU-25 eram atingidos por mísseis Stinger. A ajuda americana durante a ocupação não é segredo prá ninguém. O vácuo de poder, após a retidada das tropas soviéticas, propiciou o fortalecimento dos fundamentalistas. Ou seja, a história se repete!!

Bosco

Acho um exagero e um abuso o uso de mísseis para resolver um problema que agora é de “polícia”. Americanos e israelenses fazem isso de modo natural, matar um suposto líder terrorista ou fundamentalista, levando toda a família junto, o cachorro, o papagaio, etc.
Um absurdo inominável que beira ao racismo, demonstrando uma falta de respeito inaceitável para com alguns povos.

LeoPaiva

Muito bem colocado Bosco, há 1 ano que eu discuto com o Marine sobre isso.

Sds.

FORA DO TÓPICO : Há pouco tempo alguns discutiram sobre a possibilidade de ingressarem nas FAAs dos EUA, agora foi aberta essa possibilidade para imigrantes com visto temporário, após seis meses eles ganhariam cidadania, antes me parece que só quem tinha o Green card podia se alistar.

pedro paulo

O leo me explica isso melhor?? Quer dizer se eu for pro estados unidos hoje, amanha quando tiver em territorio americano eu ja posso me alistar???? e isso…

Edilson

Eu concordo contigo Bosco, muito bem colocado.
Desde Monique, Israel vem tentando a eliminação seletiva de alvos, o resultado ainda é questinável.
morre um “suposto” homem bomba surgem 2 ou 3.
o erro está em empregar exército para combater terroistas, e tem gente que justifica o uso das FA no combate ao crime organizado…

Marine

Isso e assunto pra muito tempo, melhor discutido em pessoa pois nao ha espaco aqui no blog pra isso. Bem, Bosco eu tenho o maior respeito pela sua pessoa mas tenho que discordar de voce quando diz que terrorismo e assunto de policia, foi tratado assim antes de 11 de Setembro e nos levou aonde levou, mas nao vou entrar nos detalhes agora pois realmente hoje nao tenho o tempo e nem estou afim de me stressar, vou aproveitar o domingo pra descansar….rsrsrs Leo, A pessoa ainda tem que ser detentora de no minimo o green card. Edilson, Concordo que… Read more »

LeoPaiva

Marine,

É o que foi noticiado hoje, não é necessário mais o green card, basta o visto provisório. A cidadania virá após 6 meses.

Sds.

Roberto

Isso mostra que cada vez mais os ataques estão sendo feitos com uma certa precisão cirúrgica.Escolhe a casa e pronto!

Bosco

Marine, eu também tenho muito respeito por sua pessoa, mas não concordo com algumas ações “militares” perpetrada pelas FAs americanas. Não vejo nenhuma justificativa em atacar a residência de um líder talibã com mísseis Hellfire ou bombas guiadas de modo furtivo. Se tropas estivessem em perigo e a dita “residência” fosse um ponto de lançamento de foguetes, etc, dentro de uma operação de combate aí eu entenderia, mas não é o caso. Até mesmo se no momento houvesse uma reunião de líderes terroristas comprovadamente conspirando contra vidas inocentes eu ainda acharia aceitável. Mas não sei se é esse o caso.… Read more »

Marine

Bosco,

E isso mesmo, eu mesmo nao assino automaticamente so porque as coisas sao feitas por nos aqui mas o que eu acho que o pessoal deveria fazer e que as vezes ao inves de so criticarmos o que e feito, vamos entao procurar achar uma outra solucao realista aos problemas, tipo quando tivemos aquele papo sobre guantanamo…

Se nao gostamos da maneira “A” vamos discutir se podemos fazer uma “B” e ainda assim antigirmos os objetivos necessarios que levaram a acao “A”.

Prazer falar contigo!

Billy

…diz TALEBAN??? agora são os mais novos defensores da liberdade, tal como o HAMAS?? Engraçado, este blog de uns tempos para cá, lança matérias como estas, mas não enfoca acontecimentos como a tortura e o massacre de dezenas de colombianos, de origem indígena, perpetrada pela democrática e humanística FARC.Poderia ser mais imparcial, não ?

Roberto CR

Sobre a dica do LeoPaiva em 15 fev, 2009 as 09:18 Da BBC, citando o New York Times US army ‘wants more immigrants’ US soldiers and local people in Afghanistan The US army wants people who can communicate with locals The United States army is to accept immigrants with temporary US visas, for the first time since the Vietnam war, according to the New York Times. Until now immigrants have had to have permanent residency – a “green card” – in order to qualify for the services. But those with temporary visas will be offered accelerated citizenship if they enrol,… Read more »

Marine

Roberto CR, Eu estou “assingned” como recrutador no momento e ja vi essa diretriz mas ela diz que os servicos vao elaborar melhor como implementar isso, que podem optar por nao utilizar e depois vao informar o DoD como vao dar cabo nisso. Ate agora nada e conhecendo como sao as coisas ainda vai demorar meses pra sair algo assim, mesmo assim sao somente mil vagas voltadas para profissionais medicos e linguistas. Eu mesmo tive um rapaz da Coreia do Sul que mencionou isso pra mim e ele falava coreano, sendo uma das linguas que estamos procurando mas tive que… Read more »

Igor

Pior do que usar o míssil, é usar o avião não tripulado.

Erich Hartmann

Opinião de quem está de fora observando… A situação no Afeganistão não é facil não,pois históricamente as populações que lá viveram e vivem sempre foram “osso duro de roer” desde a época do antigo império medo-persa(bactriana)passando por macedônios/gregos,ingleses,russos,soviéticos e agora norte-americanos… Não devemos nos enganar que de lá infelizmente podem vir grandes problemas(chegaram ao cúmulo de destruir uma estátua milenar gigante de Buda),agora penso que deveria haver uma forma de derrotar e contituir alianças para não ser necessário ter que partir para a forma simplista que se resume no apertar de botões e destruir muitas vezes pessoas /vidas inocentes,pois infelizmente… Read more »

brazilwolfpack

Marine,matar civis desta forma converte aos americanos em terroristas iguais ao Taliban,Al-Qaida,etc. Acontece que americanos como voce acham que matar a mulheres e criancas com um Tomahawk nao e terrorismo. Mas se um carro-bomba e usado,ou um IED,ai sim e terrorismo. O que voce acharia se a Russia,por exemplo,tivesse uma base no Mexico,e periodicamente matasse,a distancia com misseis de longo alcance, dezenas de civis em suas casas em San Diego,ou Nogales,para matar 2 ou 3 terroristas? Seria entao justificado? O que muitos como voce esquecem e que cada afegao,ou iraquiano inocente morto,gera diversos familiares dispostos a tudo a pagar com… Read more »

Bosco

Todos os esforços americanos de levar a lei, a justiça e a civilidade nessa região do planeta foram inúteis. Continua uma terra sem lei onde se pode tudo? Ou matar “terroristas” e líderes fundamentalistas explodindo suas casas é legal nessa região da terra? A questão é: até quando matar os opositores ao regime afegão atual e usando de meios militares, com armas de alto poder destrutivo, será aceito. Pra sempre? Ou seja, será que daqui uns 20 anos ainda vão continuar as patrulhas dos UAVs à cata de inimigos do regime? Outra questão é: o rótulo de “terrorista” permite tudo?… Read more »

Dalton

Mais um post anti-americano! ” os russos aprenderam a liçao ” Aprenderam tao bem que usaram os conhecimentos adquiridos na Chechenia há poucos anos atras, mas claro, quando os outros o fazem, nao merecem destaque. Uma das coisas que diferencia o terrorismo é: eles se escondem entre os inocentes e agem no anonimato. Parece que a soluçao é ” baixar a cabeça” e deixar eles fazerem o que quiserem. Para muitos o 11 de setembro nunca existiu. O presidente Iraniano nunca declarou que deseja ver Israel aniquilada. Quantos iraquianos foram mortos em atentados suicidas pelos proprios iraquianos, seja xiitas contra… Read more »

Cinquini

brazilwolfpack, Bom, quem sou eu para defender o Marine né? Mas o que eu posso te dizer é que o amigo Marine participante aqui do blog tem esse ofício, ele é USMC, ou seja, ele recebe ordens e tem que cumprir, a ele não cabe pensar em certo ou errado, mesmo porque se ele parar para pensar é ele que morre com um tiro de AK na cabeça. Eu acho que críticas ao governo dos EUA são bem vindas, eu mesmo vivo metendo o pau neles, principalmente no Bush(it), agora tenho esperanças com o Obama. Agora, eu não acho nada… Read more »

Reportagens especiais

John Boyd, o piloto de caça que mudou a arte do combate aéreo

A foto acima mostra os dois caças que foram projetados segundo as ideias de um piloto chamado John Boyd....
- Advertisement -
- Advertisement -