Home Aviação Executiva A Embraer fecha contrato com a Petroecuador

A Embraer fecha contrato com a Petroecuador

143
0

Empresa Estatal Petróleos del Ecuador, assinaram um contrato de serviços de dez anos para o programa Pool de peças de reposição, que apoiará o jato ERJ 145 operado pela companhia equatoriana. Este programa especial de suporte ao cliente oferece um controle de estoque otimizado e
reduz o custo inicial de investimento em peças de reposição e infra-estrutura.

“É com muita satisfação que celebramos a assinatura desse importante contrato de serviços de suporte para a aeronave ERJ 145 da Petroecuador”, disse Geraldo Ferreira, Diretor de Suporte ao Cliente da Embraer, Mercado de Defesa e Governo. “Temos certeza que o programa Pool atenderá plenamente às expectativas de nosso cliente no que se refere à disponibilidade de peças de reposição e componentes necessários a uma operação eficiente da aeronave.”

Em setembro do ano passado, a Embraer entregou um jato ERJ 145 à Petroecuador. Configurada com 50 assentos, a aeronave é utilizada para o transporte de funcionários da estatal entre os aeroportos de Quito (capital equatoriana), Lago Agrio e El Coca (ambos na região amazônica do país).

O jato ERJ 145 é o primeiro integrante de uma diversificada família de aeronaves, que conta atualmente com mais de mil unidades entregues. Em operação desde 1996, a família ERJ 145 já ultrapassou 14 milhões de horas voadas. No segmento de Defesa e Governo, as aeronaves Embraer voam em mais de 20 países em todo o mundo.

Sobre a Petroecuador

A Petroecuador (www.petroecuador.com.ec) é uma empresa estatal cuja finalidade é gerar recursos para o desenvolvimento da população equatoriana mediante a exploração eficiente dos hidrocarbonetos, sempre respeitando e protegendo o meio ambiente e de acordo com as políticas estabelecidas pelo Governo Nacional e as leis vigentes.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Andrei
Visitante
Andrei

Olha o calote aí gente! (mais um) rsrs

Andrei
Visitante
Andrei

Olha o calote aí gente! (mais um) rsrs

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Só espero e aquele “paga-pau” do Rafael Corrêa cumpra estre contrato…

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Só espero e aquele “paga-pau” do Rafael Corrêa cumpra estre contrato…

fernando
Visitante
fernando

so espero que nao deixem de pagar a embraer, pois isso virou mania agora no continente….

fernando
Visitante
fernando

so espero que nao deixem de pagar a embraer, pois isso virou mania agora no continente….

Erich Hartmann
Visitante

Ah não de novo esse filme do calote não!
(desculpem o novo desabafo)

Erich Hartmann
Visitante

Ah não de novo esse filme do calote não!
(desculpem o novo desabafo)

Walderson
Visitante
Walderson

Galera,

se não estou enganado, o Presidente do Equador pagou a dívida. Vi uma matéria bem pequena no jornal há pouco tempo. O cara só queria fazer barulho.

Um abraço.

Walderson
Visitante
Walderson

Galera,

se não estou enganado, o Presidente do Equador pagou a dívida. Vi uma matéria bem pequena no jornal há pouco tempo. O cara só queria fazer barulho.

Um abraço.

Erich Hartmann
Visitante

Bem lembrado ele pagou a dívida,mas pelo barulho que ele fez merecia tomar uns Danos Morais(se fosse possível)…

Erich Hartmann
Visitante

Bem lembrado ele pagou a dívida,mas pelo barulho que ele fez merecia tomar uns Danos Morais(se fosse possível)…

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Esta relação entre Brasil e Equador está parecendo coisa de mulher de malandro. Apanha mas não larga o seu homem. Idem com a Bolívia. Só ainda não sei quem é a mulher e quem é o malandro.

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Esta relação entre Brasil e Equador está parecendo coisa de mulher de malandro. Apanha mas não larga o seu homem. Idem com a Bolívia. Só ainda não sei quem é a mulher e quem é o malandro.

Julio
Visitante
Julio

Joao-Curitiba, é bem verdade e a mulher do malandro é o Brasil, lamentável…viram no site defesabr que o Ministro Celso Amorim, e Edison Lobao reuniram com o Ministro Paraguaio e concordaram que o Brasil irá pagar mais pela energia que compra de Itaipu…estou apenas aguardando qual será a desculpa do Lula para justificar o aumento que teremos na energia para compensar a ajudinha ao Bispo Paraguaio…..ou se ele irá dizer que não sabia de nada. Sds

Julio
Visitante
Julio

Joao-Curitiba, é bem verdade e a mulher do malandro é o Brasil, lamentável…viram no site defesabr que o Ministro Celso Amorim, e Edison Lobao reuniram com o Ministro Paraguaio e concordaram que o Brasil irá pagar mais pela energia que compra de Itaipu…estou apenas aguardando qual será a desculpa do Lula para justificar o aumento que teremos na energia para compensar a ajudinha ao Bispo Paraguaio…..ou se ele irá dizer que não sabia de nada. Sds

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Julio

Ele vai usar o mesmo discurso que fez a favor do Morales e do Correa. Na verdade ele vai ler o mesmo discurso que o Marco Aurélio redigiu pra ele.

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Julio

Ele vai usar o mesmo discurso que fez a favor do Morales e do Correa. Na verdade ele vai ler o mesmo discurso que o Marco Aurélio redigiu pra ele.

Patriota
Visitante
Patriota

galera

Com relação ao Paraguai este é o preço que pagamos por eleger
o Lula nunca vi um presidente deixar seu paìs ser tão humilhado
como o lula tem deixado primeiro o chapolin depois a Bolivia e Equador o Brasil virou mulher de malandro mesmo, so falta este cara devolver o Acre pros bolivianos.

Patriota
Visitante
Patriota

galera

Com relação ao Paraguai este é o preço que pagamos por eleger
o Lula nunca vi um presidente deixar seu paìs ser tão humilhado
como o lula tem deixado primeiro o chapolin depois a Bolivia e Equador o Brasil virou mulher de malandro mesmo, so falta este cara devolver o Acre pros bolivianos.

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Esses caras deveriam ser presos por traição e lesa-pátria. Todos eles juraram perante Deus e a Bandeira do Brasil defender os interesses da NAÇÃO E DE SEU POVO…

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

Esses caras deveriam ser presos por traição e lesa-pátria. Todos eles juraram perante Deus e a Bandeira do Brasil defender os interesses da NAÇÃO E DE SEU POVO…

Julio
Visitante
Julio

Zeno Uno, esqueceram de falar para esses caras que o juramento era para defender os interesses da Nação Brasileira e do povo brasileiro..Marco Aurelio e cumpadres acham que devem defender a nação indigena boliviana, paraguaia e o povo do partido que pertencem. Sds

Julio
Visitante
Julio

Zeno Uno, esqueceram de falar para esses caras que o juramento era para defender os interesses da Nação Brasileira e do povo brasileiro..Marco Aurelio e cumpadres acham que devem defender a nação indigena boliviana, paraguaia e o povo do partido que pertencem. Sds

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

E eu, assim como outros, votei nesses caras pela posição mais nacionalista que tinham… Não estão separando o ITAMARATY da política partidária! Um absurdo.

E agora? Votar em quem?

Zero Uno
Visitante
Zero Uno

E eu, assim como outros, votei nesses caras pela posição mais nacionalista que tinham… Não estão separando o ITAMARATY da política partidária! Um absurdo.

E agora? Votar em quem?

Vassili Zaitsev
Visitante
Vassili Zaitsev

Julio,

Celso Amorim não é Ministro de Estado como vc falou.

Ele é Chanceler da República.

abraços.

Vassili Zaitsev
Visitante
Vassili Zaitsev

Julio,

Celso Amorim não é Ministro de Estado como vc falou.

Ele é Chanceler da República.

abraços.

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Caro Vassili Zaitsev

Mas o chanceler tem status de ministro, assim como o presidente do BC e os juízes do STF. Apenas uma questão técnica, eh eh eh.

Abraços

João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Caro Vassili Zaitsev

Mas o chanceler tem status de ministro, assim como o presidente do BC e os juízes do STF. Apenas uma questão técnica, eh eh eh.

Abraços

trackback

[…] atualmente dois jatos EMBRAER 170 e três EMBRAER 190. Em setembro de 2008, a Embraer entregou um jato ERJ 145, de 50 assentos, à empresa estatal Petroecuador, que utiliza a aeronave para transportar empregados entre as unidades da empresa no país, e, em […]

trackback

[…] atualmente dois jatos EMBRAER 170 e três EMBRAER 190. Em setembro de 2008, a Embraer entregou um jato ERJ 145, de 50 assentos, à empresa estatal Petroecuador, que utiliza a aeronave para transportar empregados entre as unidades da empresa no país, e, em […]